VIOMUNDO

Diário da Resistência

Sobre


Cônsul dos EUA para o qual Temer fez “análises” trabalhou no Pentágono; na diplomacia, focou em cultivar futuros líderes “por uma economia mais aberta”
Falatório Política

Cônsul dos EUA para o qual Temer fez “análises” trabalhou no Pentágono; na diplomacia, focou em cultivar futuros líderes “por uma economia mais aberta”


15/05/2016 - 14h35

Captura de Tela 2016-05-15 às 12.59.17

Da Redação

Em 2006, o cônsul dos Estados Unidos em São Paulo, Christopher McMullen, teve o privilégio de ouvir do então presidente do PMDB, Michel Temer, pelo menos duas análises de conjuntura, em 11 de janeiro e 19 de junho.

Não se sabe se isso cobre toda a extensão do contato entre o então deputado federal e o diplomata dos Estados Unidos.

Era início de ano eleitoral, o presidente Lula concorreria à reeleição e Temer mantinha distância do Planalto.

O diplomata dos Estados Unidos colocou tudo no papel e despachou telegramas para seus superiores no Departamento de Estado, liderado então por Condoleezza Rice. Era o segundo mandato de George W. Bush.

As relações entre Bush e Lula eram cordiais na aparência, embora o presidente brasileiro liderasse a formação de um bloco sul-americano muito distante dos objetivos econômicos dos EUA para a região, que eram os da implantação da ALCA, a Área de Livre Comércio das Américas.

Temer informou ao cônsul que “alguns líderes do PT roubaram as finanças públicas” — o que deixa claro que ele não tinha constrangimento ao denunciar o partido parceiro do PMDB no governo diante de uma autoridade estrangeira.

Uma cópia dos telegramas escritos por McMullen foi enviada ao Comando Militar Sul dos Estados Unidos em Miami e outra foi parar no Conselho de Segurança Nacional. São destinos tradicionais de telegramas diplomáticos, onde a informação é coletada, analisada e serve de base para futuras decisões.

Num dos telegramas, McMullen definiu o PMDB então como uma “coalizão de oportunistas”.

As conversas entre diplomatas e autoridades locais são comuns. Porém, McMullen obteve uma fonte de primeira qualidade: o presidente do maior partido do Brasil, em coalizão formal com o ocupante do Palácio do Planalto. Era um momento em que os Estados Unidos se preocupavam com uma possível guinada à esquerda de Lula no segundo mandato.

Uma análise da carreira do diplomata demonstra que ele teve um treinamento sofisticado.

Formou-se no National War College, o colégio de guerra dos Estados Unidos, que agora integra a National Defense University.

Foi analista sênior do Pentágono, antes de tentar a carreira diplomática.

Tornou-se doutor em História na Universidade de Georgetown, em Washington.

McMullen chegou a São Paulo para chefiar o consulado geral antes da eleição presidencial de 2006 e foi embora no ano seguinte.

Tornou-se então subsecretário de Estado para assuntos do Hemisfério Ocidental, tendo no portfólio assuntos andinos, do Brasil e do Cone Sul.

O diplomata envolveu-se diretamente em questões internas da Venezuela.

Em 21 de julho de 2009, já no primeiro mandato de Barack Obama, McMullen encontrou-se em Washington com o prefeito de Caracas Antonio Ledezma e com os governadores Pablo Pérez e Cesar Pérez Vivas, dos estados de Zulia e Táchira. Todos eram opositores de Hugo Chávez. A Venezuela detém as maiores reservas de petróleo do mundo.

Em 2010, o diplomata Christopher McMullen finalmente chegou ao topo da carreira: foi indicado embaixador em Angola, onde serviu até 2013.

Angola é outro grande produtor mundial de petróleo e um dos países prioritários na política externa dos Estados Unidos, considerando a forte presença local de interesses da China.

Washington tem a estratégia de longo prazo de reduzir sua dependência do Oriente Médio e de obter fontes de petróleo mais próximas de casa, daí a importância de Angola, Nigéria, Venezuela e agora do Brasil.

McMullen aposentou-se em 13 de junho de 2013 e tornou-se… professor do Colégio Nacional de Guerra dos Estados Unidos.

Numa entrevista de setembro daquele ano, definiu o que o moveu na carreira: “Minha estratégia diplomática pública foi focada na próxima geração de líderes, como identificá-los e cultivá-los, tentar trabalhar com eles por uma sociedade mais democrática e por uma economia mais aberta”.

Captura de Tela 2016-05-15 às 13.11.03

WikiLeaks definiu Temer como informante da inteligência e dos serviços militares dos EUA mas não disse se foi apenas naqueles dois episódios; entre os destinos do telegrama estavam o Comando Militar Sul, baseado em Miami, e o Conselho de Segurança Nacional dos Estados Unidos

Wikileaks revela reunião de Temer com funcionários dos EUA

Ao publicar estes documentos, o WikiLeaks identificou Temer em sua conta do Twitter como um “informante de inteligência” dos Estados Unidos

AFP – Agence France-Presse, no Diario de Pernambuco

O novo presidente interino Michel Temer se reuniu ao menos duas vezes em 2006 com funcionários da embaixada dos Estados Unidos no Brasil para comentar a situação política e as possíveis alianças eleitorais, revelou nesta sexta-feira o site WikiLeaks.

Temer, na época deputado e presidente do PMDB, considerava que a eleição de Luiz Inácio Lula da Silva havia criado uma “enorme esperança” na população, mas ao mesmo tempo pensava que seu desempenho na presidência havia sido decepcionante, razão pela qual avaliava a possibilidade de que seu próprio partido político lançasse um candidato.

Também cogitava fazer uma aliança eleitoral com o PT caso uma candidatura própria não fosse viável.

As declarações de Temer estão reunidas em um arquivo “sensível”, mas não classificado, do Departamento de Estado dos Estados Unidos, com data de 11 de janeiro de 2006.

Ao publicar estes documentos, o WikiLeaks identificou Temer em sua conta do Twitter como um “informante de inteligência” dos Estados Unidos.

Segundo os arquivos, Temer criticava Lula por sua “visão estreita” e pela “ênfase excessiva nos programas sociais que não promovem o crescimento e o desenvolvimento econômico”.

Em sua conversa, Temer afirma, inclusive, que “alguns líderes do PT roubaram as finanças públicas, não para seu benefício pessoal, mas para ampliar o poder do partido”.

Outro documento diplomático publicado também pelo WikiLeaks e com data de 21 de junho de 2006 identifica o cônsul-geral como o interlocutor de Temer nestas reuniões.

O documento, assinado pelo (então cônsul Christopher) McMullen, também contém duros comentários do diplomata sobre o partido de Temer.

“O verdadeiro problema com o PMDB é que não tem uma ideologia ou uma estrutura política que lhe permita elaborar e implementar uma agenda política nacional coerente”, escreve McMullen, ao definir este partido como “uma coalizão de caciques regionais oportunistas”.

Temer, de 75 anos e até então vice-presidente de Dilma Rousseff, assumiu na quinta-feira interinamente a presidência do Brasil, depois que o Senado aprovou a abertura de um julgamento de impeachment da presidente por maquiar as contas públicas.

O Brasil está abalado pelas revelações de um escândalo de corrupção descoberto há dois anos na Petrobras, que tem na mira dezenas de políticos do PT, do PMDB, do Partido Progressista e poderosos empresários.

Dilma não é alvo de nenhuma investigação ou acusação por corrupção e sustenta que seu afastamento do poder constitui um golpe, além de ter classificado Temer de traidor.

Ajude o VIOMUNDO a sobreviver

Nós precisamos da ajuda financeira de vocês, leitores, por isso ajudem-nos a garantir nossa sobrevivência comprando um de nossos livros.

Rede Globo: 40 anos de poder e hegemonia

Edição Limitada

R$ 79 + frete

A mídia descontrolada: Episódios da luta contra o pensamento único

R$ 40 + frete

Pacote de 2 livros - A mídia descontrolada e Rede Globo

Promoção

R$ 99 + frete

A gente sobrevive. Você lê!


49 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

José Carlos Vieira Filho

17 de maio de 2016 às 18h08

Passou, no passado? Ou continua passando, no presente?

Responder

Plinio Marcos Moreira da Rocha

17 de maio de 2016 às 12h57

Prezados,

Por entender, que a história é escrita pelos “vencedores”, apresento o documento “GOLPE DE ESTADO com “Ares” de Ato Jurídico Perfeito”, https://pt.scribd.com/doc/312413948/GOLPE-DE-ESTADO-com-Ares-de-Ato… , onde procuro relatar os fatos, que em meu empírico entendimento, ratificam, corroboram, o “GOLPE DE ESTADO” em favor do “Mercado”, ora em curso no Senado Federal.

Muitos hão de afirmar que sou PTista, mas presumivelmente outros poucos, terão a sensibilidade, de ler, apreender, avaliar e concluir, que não foram poucos os descaminhos, que permitiram o que aí esta.

Abraços,

Plinio Marcos

Responder

Mariano

16 de maio de 2016 às 08h43

Vixe Maria!

Será que o povo ainda pensa que é a Dilma que está governando?

12 16 de maio de 2016 – 0h57
Entrevista na Globo provoca primeiro protesto nacional contra Temer

http://www.vermelho.org.br/noticia/280915-1

Entrevista na Globo provoca primeiro protesto nacional contra Temer
O esforço da rede Globo em reduzir a ilegitimidade de Michel Temer resultou no primeiro protesto nacional contra o presidente golpista. Em centenas de cidades brasileiras ocorreram protestos durante a entrevista de Temer ao programa Fantástico.

Foto: Reprodução Jornal do Brasil

A noite de domingo (15) foi sombria para Michel Temer, ocupante ilegítimo da Presidência da República por força do golpe jurídico-midiático-parlamentar. O esforço da rede Globo para dar alguma legitimidade a Temer impulsionou o primeiro grande protesto nacional contra o presidente sem votos. A ocasião escolhida foi durante o Fantástico, que por sua vez não vive seus melhores dias de audiência. No roteiro do programa uma entrevista com Michel Temer somou-se a outras matérias, dentre elas uma visita a um vilarejo libanês onde residem seus parentes e uma entrevista com Henrique Meireles, ocupante do ministério da Fazenda, com o intuito de sinalizar para o mercado com medidas para, supostamente, conter a crise.

Antes mesmo da entrevista ir ao ar na íntegra, houve registros de protestos. “Fora, Temer!” e “Golpista!” eram as palavras de ordem mais gritadas das janelas dos prédios, de onde também partiram apitaços e panelaços. Os protestos durante a entrevista foram registrados no Rio de Janeiro, São Paulo, Salvador, Belo Horizonte, Porto Alegre, Recife, Fortaleza, Brasília, Niterói e outras centenas de cidades em todo o Brasil.

Já na entrevista com Henrique Meirelles houve panelaço ainda sem muita intensidade. Durante a reportagem sobre a repercussão em um vilarejo do Líbano – onde familiares de Temer moram – do fato dele ocupar interinamente a Presidência, panelaços e apitaços também foram ouvidos.

“Mundo feminino”

Confrontado com as críticas pelo fato de não haver mulheres em nenhum dos ministérios anunciados, Temer citou a chefia de gabinete da Presidência da República, cargo exercido atualmente por Nara de Deus Vieira. “Contesto a afirmação de que não há nenhuma mulher. Um dos cargos mais importantes da República é a chefia de gabinete da Presidência, ocupada por uma mulher. Aliás, no dia da reunião ministerial, ela participou. É um dos principais cargos, não digo que esteja acima dos ministros, mas evidentemente tem uma prevalência muito grande em relação ao ministério.”

Apesar de refutar as críticas, Temer afirmou que pretende chamar mulheres para cargos de secretaria. “Para a Cultura, quero trazer uma representante do mundo feminino. Para a Ciência e Tecnologia e Comunicações, quero trazer uma representante do mundo feminino, e também na chamada Igualdade Racial, Mulheres e etc., que passou a ser Cidadania, eu quero trazer uma mulher. Portanto, terei no mínimo quatro mulheres integrantes do ministério”, disse, minimizando o fato de essas funções não terem status de ministro. “Há pessoas que se seduzem com a historia de ser ministro ou não. Eu já exerci funções sem ser secretário de Estado e desenvolvi trabalhos extraordinários.”

Lava Jato, previdência e popularidade

Ao ser questionado pelo fato de o ministro Romero Jucá ser investigado na Operação Lava-Jato, Temer lembrou que ele ainda não é réu e que, caso isso venha a acontecer, vai “examinar” o que fazer.

Temer afirmou ainda, com relação à Previdência, que qualquer mudança que “vulnere direito adquirido” não será feita. Contudo, admitiu mudança de regras: “As chamadas regras de transição muitas vezes não ferem o direito adquirido porque apanham aqueles que ainda estão para se aposentar. Essa matéria não está definida. O que não é possível é não fazer nada ou, daqui a alguns anos, quem sofrerá as consequências serão exatamente os aposentados.” Este assunto já gerou um racha na base de Temer por parte do deputado Paulinho da Força que criticou a possivel fixação da idade mínima para aposentadoria em 65 anos.

Sobre os programas sociais, Temer garantiu sua permanência, porém se o mesmo papel de fomentadores da economia que têm até o momento. “Quando eu disse ‘olhe, eu vou manter o Bolsa Família e outros programas sociais’ é na concepção mais absoluta de que há de haver uma certa proteção para aqueles que não têm por conta própria a possibilidade de sobrevivência. Se for necessário cortarei de outros setores, não cortarei daqueles mais carentes no país.”

Em que pese ser inelegível por conta da Lei da Ficha Limpa, Michel Temer também comentou sobre a possibilidade de reeleição, caso permaneça na função após os 180 dias de afastamento da presidenta Dilma Rousseff. “Não é a minha intenção. Assim eu posso ser até, digamos assim, impopular, mas, desde que produza benefícios para o país, para mim é suficiente.” Sobre ser candidato: “É uma pergunta complicada.. Em nenhuma hipótese… De repente, pode acontecer.”

Assista nos vídeos encontrados nesta matérias os protestos:
http://www.vermelho.org.br/noticia/280915-1

Responder

Cabra da Peste

16 de maio de 2016 às 08h15

Panelaço durante a apresentação de Temer no Fantástico

Eu não estou compreendendo mais nada; alguém precisa avisar a esse povo que a Dilma já foi embora.

http://www.conversaafiada.com.br/brasil/gritos-apitos-e-panelas-temer-foi-ao-fantastico

Responder

Kurt Cobain

16 de maio de 2016 às 04h02

Por que essa informação só veio agora e não quando ele anunciou que iria ser vice-presidente em 2009?

Responder

    Viviane

    17 de maio de 2016 às 08h41

    É o que eu também estou me perguntando até agora: o WikiLeaks só descobriu isso este ano (2016)?

FrancoAtirador

16 de maio de 2016 às 04h00

.
.
Bom Resumo da Entrevista do Michel Jaburu

para a Representante do Mundo Feminino:

(https://twitter.com/igordisco/status/732020680380809216)
.
.

Responder

FrancoAtirador

16 de maio de 2016 às 03h08

.
.
Michel Jaburu Decreta Feriado Nesta Segunda-Feira:

Armaram Ratoeiras na Frente do Palácio do Governo.

https://pbs.twimg.com/media/CigfMZXWwAU3FC0.jpg
.
.

Responder

FrancoAtirador

16 de maio de 2016 às 03h03

.
.
Mal Havia Roubado a Faixa Presidencial

e Michel Jaburu já era internacionalmente

Reconhecido como um Grande Conspirador.

https://pbs.twimg.com/media/Cih6nW-W0AA4ah8.jpg

https://twitter.com/d_Norte/status/731969757591814144
.
.

Responder

Messias Franca de Macedo

16 de maio de 2016 às 00h37

… E não é que, além dos estadunidenses, o golpe do nazista TRAIDOR TEMERário/TEMERo$o está sendo comemorado pelo povo… Libanês!

Família Temer faz festa, no Líbano, por chegada de primo ao poder
Para comemorar tamanho acontecimento, teve música tradicional libanesa, dança do ventre e uísque para todo mundo em Btaaboura

NOTA ACAUTELATÓRIA:
a fonte [IMUNDA] da matéria é também uma festa só:
http://g1.globo.com/fantastico/noticia/2016/05/familia-temer-faz-festa-no-libano-por-chegada-de-primo-ao-poder.html?utm_source=facebook&utm_medium=social&utm_campaign=fant

Ah, a matéria é acompanhada por um vídeo, digamos,…]

Responder

    Messias Franca de Macedo

    16 de maio de 2016 às 00h37

    … Aqui mais uma filial do *PIMG narrando a felicidade do povo… Libanês!

    *PIMG (Partido da Imprensa Mafiosa &$ Golpista)

    https://www.youtube.com/watch?v=0nKyoOYfmlI

Messias Franca de Macedo

16 de maio de 2016 às 00h36

Xadrez dos primeiros dias do governo interino

DOM, 15/05/2016 – 22:17

Por conspícuo e impávido jornalista Luis Nassif

Castello Branco foi um interino com agenda…
(…)
Pelo aperitivo da primeira semana, o grupo que tomou o poder é jejuno em políticas públicas, desinformado sobre a estrutura do Estado e, mais ainda, sobre a nova estrutura social brasileira e sobre o papel da opinião pública globalizada.
Não possui a retaguarda de intelectuais capazes de fornecer a narrativa básica para, a partir dela, detalhar as propostas de cada Ministério.
(…)
No entanto, no seu primeiro ato como Chanceler, José Serra emite uma nota sem o menor verniz diplomático, contra vizinhos que condenaram o golpe. E, pelas informações divulgadas, a nota foi endossada e completada pelo próprio presidente interino.
Será que não havia um conselheiro diplomático para opinar?
(…)
Esses movimentos induziram a uma nova distribuição da opinião pública, com um forte segmento de classe média moderna nos grandes centros – em geral refratárias ao PT, sendo a base do público da grande mídia – alinhando-se à frente anti-Temer.
Muito mais rapidamente do que sugeriria a prudência, vai-se definindo um perfil restrito de governo, ligado aos grotões e aos movimentos religiosos conservadores.
(…)
Enfim, a primeira semana mostrou ampla descoordenação do governo interino. Não há um fio condutor das ações.
Nas próximas semanas pode ser que se acertem as arestas. Ou pode ser que não.

FONTE [LÍMPIDA!]: http://jornalggn.com.br/noticia/xadrez-dos-primeiros-dias-do-governo-interino

Responder

C.Pimenta

16 de maio de 2016 às 00h32

Culto Procurador de SP (que não confunde Engels com Hegel) escreve contundente artigo contra o golpe.

http://www.justificando.com/2016/05/14/fascista-o-vento-sera-tua-heranca/

PS – Por quê será que Lula e Dilma não conseguiram achar um Procurador desse quilate para chefiar a PGR?

Responder

Messias Franca de Macedo

15 de maio de 2016 às 23h36

CHINA E RUSSIA NÃO RECONHECEM GOVERNO TEMER

https://www.youtube.com/watch?v=N80wy0ZXODE

Responder

FrancoAtirador

15 de maio de 2016 às 23h12

.
.
Apitaços e Panelaços pelo Brasil

Protestos contra o Michel Jaburu
no Programa Fantástico da Globo

Em São Paulo, teve Barulho
em Pinheiros, Higienópolis,
Santa Cecília e Bela Vista.

No Rio de Janeiro, no Flamengo,
em Santa Teresa e em Ipanema.

E em Brasília, na Asa Sul.

https://twitter.com/DCM_online/status/732028701366423552
.
.

Responder

FrancoAtirador

15 de maio de 2016 às 22h14

.
.
PLANTÃO GLOBO DE JORNALISMO INFORMA:
.
Ministro da Fazenda do Governo de Michel Jaburu

Henrique Meirelles acaba de Anunciar que a Inflação

vai Cair pois ordenou ao Joesley e à Ticiana a Baixar

os Preços dos Produtos do Grupo JBS/SEARA/FRIBOI

e determinou o Córte de R$ MILHÕES Desperdiçados

com Fátima Bernardes, Tony Ramos e Roberto Carlos,

gerando assim uma Economia na Verba Publicitária.
.
É FANTÁSTICO!
.
(http://exame.abril.com.br/revista-exame/edicoes/1012/noticias/o-preco-de-henrique-meirelles)
.
.

Responder

José Fernandes

15 de maio de 2016 às 22h05

O farol do golpe como diz PHA.,a maldita globo faz agora no fastantico uma homenagem ao golpista,safada,traidor da Pátria,usurpador, sem voto,sem moral,sem faixa,sem vergonha.

Responder

C.Pimenta

15 de maio de 2016 às 21h55

O golpe visto de fora (vídeo):

https://www.youtube.com/watch?v=VPmN5FEd74o

Responder

Nelson

15 de maio de 2016 às 21h29

Enquanto a “diplomacia” dos EUA comia solta e aplicava golpes de Estado em vários países, nossos governos do PT mantinham o país escancarado às organizações “beneficentes” vindas do império.

A Embrapa continuou tomada pela Monsanto e a expandir seus nefastos transgênicos, a Polícia Federal pela DEA. A comunicação seguia praticamente 100% nas mãos de golpistas históricos ao mesmo tempo em que o governo rejeitava a criação de uma rede de televisão pública. “Já temos a Globo” teria dito José Dirceu a Requião.

Para culminar, pouco dias antes do golpe, o governo Dilma apoiava a aprovação, pelo Congresso, de uma lei feita para satisfazer os interesses dos governos dos EUA, a lei antiterrorismo.

Seria só um caso de inocência e infantilismo? Custa-me crer nisso. De todo modo, Leonel Brizola, indignado, daria bom pontapé no traseiro desses amadores do PT.

Responder

FrancoAtirador

15 de maio de 2016 às 21h14

.
.
!!! Agora !!! VOMITAÇO !!!

!FaceBook do Fantástico!

https://www.facebook.com/vomitaco

(https://www.facebook.com/events/814674255304095)
.
.

Responder

Bacellar

15 de maio de 2016 às 20h54

Não é teoria da conspiração…É teoria da constatação.

Querem reanexar o Brasil. Não é por capricho mas por necessidade.

E contam com esse tipo de Judas -Serra,Temer, FHC, Robertomarinho Jrs, Moro- para atingir tal objetivo.

Responder

Bel

15 de maio de 2016 às 20h46

Acho que sei o que a oposição ao governo Dilma foi fazer na Venezuela: aprender com a oposição de lá como dar o golpe. E acho que sei o que motivou o Michel a dar o golpe além de se proteger e proteger seus companheiros da Lava Jato: Fonte: Wikipedia: ¨Antes da Guerra Civil Libanesa (1975-1990), o país vivia um período de relativa calma e prosperidade, impulsionada pelo turismo, agricultura e serviços bancários.[9] Por causa de seu poder financeiro e diversidade…¨Antes das eleições de 2014 o Brasil também vivia relativa calma e agora está com ares de guerra civil.
Continuando com a Wikipedia: ¨O Líbano é uma democracia parlamentar regida pela constituição de 23 de maio de 1926. Esta constituição consagra a divisão do poder em três ramos, o executivo, legislativo e judicial. Segundo a lei, os cargos de presidente, primeiro-ministro e porta-voz do parlamento devem ser ocupados respectivamente por um cristão maronita, por um muçulmano sunita e por um muçulmano xiita.¨ Com o golpe, o Brasil está com ares de parlamentarismo. Finalizado o golpe, os cargos de presidente, primeiro-ministro e porta-voz do parlamento serão ocupados por um da bancada da Bíblia, outro do boi e outro da bola.

Responder

Zé Pereira

15 de maio de 2016 às 20h32

Viva Paulo Coelho!

Previsão do “mago” Paulo Coelho: ‘o monstro do golpe’ vai se autodevorar

Por Jari da Rocha, colaboração para o Tijolaço · 15/05/2016

http://www.tijolaco.com.br/blog/previsao-do-mago-paulo-coelho-o-monstro-do-golpe-vai-se-autodevorar/

Nem a nossa mídia, atolada até o pescoço no golpe do 12 de maio, está conseguindo, apesar de tentar a toda hora dizer que golpe não é golpe, esconder a repercussão da ruptura da democracia brasileira no mundo.

O mundo inteiro já está sabendo o que nós sempre soubemos: o golpe é golpe!

E não é só pelas capas de jornais, editoriais, artigos e matérias de telejornais dos quatros cantos do planeta.

Gostem dele ou não como autor, Paulo Coelho, é o escritor brasileiro mais lido do mundo, e é mais um dos tantos que se pronunciam diante desta falácia.

O estrago que Paulo Coelho causa é maior do que a maioria dos artigos que a mídia lá de fora publica.

Seu twitter é demolidor:

@paulocoelho 14 de mai Esclarecendo: 11 milhões seguidores, apenas 2 milhões no Brasil. Os outros 9 me enchem de perguntas q tenho vergonha de responder #basta

Onze milhões, nove deles lá fora. Um canhão verbal.

Traduzido em mais de 70 línguas, seus milhões de seguidores por esse planeta ficam sabendo o que se passa aqui com o nome de “vergonha”.

Goste-se ou não do que ele escreve como literato, o que diz como cidadão brasileiro tem impacto avassalador.

É objetivo, não depende de crer ou não na filosofia do “Mago”.

Embora a gente torça pra crer, quando ele diz:

@paulocoelho Há 2 horas Política: 11 milhões seguidores, + só 2 milhões no BR. Lá fora não entendem, aqui já sabem tudo. O monstro vai se auto-devorar, fiquem zen.

Ok, Paulo. Mas como aqui a gente aprendeu a “confiar, desconfiando”, vamos ficar zen, mas vamos para a rua.

Não custa dar uma “mãozinha” ao Destino.

Responder

    FrancoAtirador

    16 de maio de 2016 às 01h28

    .
    .
    Uma Ótima Ilustração, Prezado Zé Pereira.

    Demonstra Claramente que Qualquer Pessoa,
    Esclarecida, de um País Minimamente Civilizado,
    onde vigore uma Democracia Constitucional Laica,
    não consegue compreender a Barbárie Institucional
    Praticada por um Bando de Corruptos no Congresso.
    .
    .

FrancoAtirador

15 de maio de 2016 às 18h55

.
.
JUÍZO FINAL
Os Estados Unidos da América e Israel foram os Países Escolhidos por Jeová
para nos Salvar do Reino do Anti-Cristo que está Instalado em todo o Mundo,
sob o Comando dos Comunistas da China, da Rússia e da Coreia do Norte,
dos Ateus Idólatras da Índia e dos Bolivariano-Petistas do Foro de São Paulo.
Aqui no Brasil, Nosso Grande Líder Jaburu já pôs a correr a Bruxa Vermelha,
mandou pra rua @s Petralhas Diabó[email protected] que eram [email protected] pela Lei Ruanê
e expulsou @s [email protected] [email protected], fechando o Ministério da Cultura.
Agora, está Preparando o Palácio para o Nosso Futuro Imperador Jair Bolsonaro,
que irá nos livrar, à Bala, do Comunismo Satânico que inferna a Vida [email protected] [email protected]
.
O Texto Acima Parece Escrito Satírico do Professor Hariovaldo de Almeida Prado.
Mas, na realidade, é o que estão repetindo Milhões de Pessoas por todo o País.
.
.

Responder

Messias Franca de Macedo

15 de maio de 2016 às 18h29

Confiram esse trabalho sensacional da Agência Pública!

[Publica – Agência de reportagem e jornalismo investigativo]

O que há contra Temer?

Por jornalistas Anna Beatriz Anjos, Bruno Fonseca | 12 de maio de 2016

(…)

FONTE [LÍMPIDA!]: http://www.ocafezinho.com/2016/05/15/video-apublica-mostra-o-que-existe-contra-michel-temer/

Responder

JOSE MARIO

15 de maio de 2016 às 18h20

Os golpistas, querem colocar idade minima para se aposentar, TEM TANTAS COISAS PARA FAZER ANTES DISSO, por que a previdência em primeiro lugar, taxar grandes fortunas, isso não, cobra CPMF, dos ricos, por que incluir pobre na jogada, SEMPRE O POBRE QUEM PAGA A CONTA, quem trabalha para o governo não tem idéia própria. Centrais Sindicais, esperamos que vocês não aceitam esse absurdo, o povo vai para as ruas sim se for colocar idade minima para quem já está na ativa.

Responder

Carol Majewski

15 de maio de 2016 às 18h01

O Temer é o mais perfeito espelho do PMDB. Esse partido realmente não tem programa nem projetos sócio-econômicos para tirar o Brasil do atoleiro. O Temer, além de hipócrita, é um traidor que muda de opinião como a ventoinha muda com o vento. E, agora, parece que ele também é traidor do Brasil, ao dar informações estratégicas para o consul americano. É um pústula que ajudou a roubar a presidência da República. Político, portanto, muito perigoso. Carol Majewski

Responder

Leonam

15 de maio de 2016 às 17h24

DESPEITO de máus perdedores. Deviam se mandar para a Venezuela …

Responder

    Nelson

    15 de maio de 2016 às 21h14

    “Deviam se mandar para a Venezuela…”. “Vão para Cuba”, “se mandem para a Coreia do Norte”, ou “para a Nicarágua Sandinista”, etc.

    Meu caro Leonam. Este sempre foi o lema dos bajuladores e sabujos dos governos dos Estados Unidos, demonstrando que aprenderam muito bem as lições de seu amo. Estou errado ou você se sente muito gratificado em pertencer a este time?

Serjão

15 de maio de 2016 às 17h18 Responder

Julio Silveira

15 de maio de 2016 às 17h02

Esse tipo de vergonha impatriotica é uma coisa bem típica deste país, de frágil cultura de nacionalidade. E nem se pode dizer que esse é um caso isolado, é apenas um caso de imensa gravidade, que será diminuído por conta da manutenção das nossas fragilidades tão economicamente necessárias, que veio a público por um agente informativo internacional. Mas no Brasil isso está impregnado e em todas as instituições, todas, até aqueles que deveria ser as primeiras a defender nossos interesses pátrios. A falta de pudor na falta de brasilidade são encobertas por motivações as mais diversas, inclusive a ideológica. Mas a verdade, insofismavel para essa ausência de moral é a questão particular. Econômica mesmo. Vendem o Brasil é seu povo, sem a menor parcimônia, por saberem que temos um povo de pouca profundidade no conhecimento cívico, de parca educação patriótica, de fácil capacidade de distorção da verdade da trairagem. Já que por essa cultura alimentada, muitos comungam dos mesmos e distorcidos pensamentos e interesses de que a pátria é apenas um meio.

Responder

Esmeraldo Cabreira

15 de maio de 2016 às 16h25

MARAVILHA. O COXINHA GOLPISTA MICHELE TEMER É ESPIÃO DOS EUA! TUDO QUE UM COXINHA AMA! SERVIR SUA PÁTRIA ATÉ A MORTE!
Esmeraldo Cabreia Mestre e Doutor UFRGS.

Responder

Zé Pereira

15 de maio de 2016 às 15h46

Segundo o Conversa Afiada, um Temer colaborador tá em tudo quanto é jornal:

http://www.conversaafiada.com.br/brasil/informante-dos-eua-ganha-o-mundo

Informante dos EUA ganha o mundo!

Cerra, pede ao FHC para reclamar do Le Monde…

Russia Today:
O presidente em exercício do Brasil costumava ser informante para a inteligência dos EUA

AFP:
Wikileaks revela reunião de Temer com funcionários dos EUA

Yahoo:
Temer do Brasil fez relatórios para diplomatas americanos no passado

La Jornada (México):
Temer foi informante dos EUA

Pravda (Rússia):
Temer foi informante do governo dos EUA, revela Wikileaks

Süddeutsche Zeitung (Alemanha):
Wikileaks acusa o chefe de estado brasileiro Michel Temer

Diário de Notícias (Portugal):
Wikileaks acusa Michel Temer de ser informante dos EUA

Huffington Post / Le Monde (França):
Segundo Wikileaks, Michel Temer passou informações à inteligência americana

Sputnik News (Rússia):
Notícia da colaboração de Temer com segurança nacional dos EUA repercute no Brasil

Responder

Deixe uma resposta

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding
Loja
Compre aqui
A mídia descontrolada

O livro analisa atuação dos meios de comunicação e traz uma coletânea de artigos produzidos por um dos maiores especialistas do Brasil no tema da democratização da comunicação.