VIOMUNDO

Diário da Resistência


Opinião do blog

O preconceito que se esconde por trás do mapa vermelho e azul


01/11/2010 - 19h17

por Luiz Carlos Azenha

Nem de longe é uma tentativa majoritária. E a imensa maioria dos analistas tem dito isso: o mapa que divide o Brasil entre azul e vermelho não conta toda a história da escolha de Dilma Rousseff.

Mas o mapinha simplório e simplista serve aos que pretendem ligar Dilma Rousseff ao suposto “atraso” das regiões Norte e Nordeste. O preconceito sempre dá um jeito de reaparecer, sob outros disfarces.

Dilma teve 58% dos votos de Minas Gerais, mais de 60% dos votos do Rio de Janeiro, quase 50% dos votos no Rio Grande do Sul e quase 46% dos votos em São Paulo.

Se todos os votos dos dois candidatos no Nordeste fossem descartados, ainda assim Dilma venceria a eleição, mas dizer isso assim pode soar — ao gosto dos que semeiam preconceitos — como desqualificação do voto do nordestino.

Individualmente, os governadores Eduardo Campos, Jacques Vagner, Sergio Cabral, Cid Gomes, a família Sarney e o vice-presidente José Alencar foram os grandes cabos eleitorais de Dilma.

Quanto ao preconceito, foi o alimento de uma das candidaturas e não há de desaparecer assim, por encanto. Neste momento, serve às tentativas de “deslegitimar” o resultado das eleições.





278 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Nordestinos e Preconceito, o caso Mayara Petruso | Trezentos

01 de dezembro de 2010 às 12h02

[…] porém, mostram que Dilma venceria mesmo sem o nordeste e Luis Carlos Azenha, no Vi o Mundo, completa: Se todos os votos dos dois candidatos no Nordeste fossem descartados, ainda assim Dilma venceria a […]

Responder

Desvios que não fazem bem ao Brasil | A Tal Mineira – Blog da Sulamita

04 de novembro de 2010 às 12h12

[…] Coimbra postado por Luiz Nassif On Line. Luiz Carlos Azenha, do Vi o Mundo, também escreve sobre O preconceito que está por trás do mapa azul e vermelho, tão ao gosto da mídia tupiniquim. Aqui, em postagem deste blogue, você fica por dentro da […]

Responder

Silvana

04 de novembro de 2010 às 00h28

Também agradeço a vc, Azenha, por ter munido a militância para a batalha na conquista dos votos indecisos e atingidos pela campanha difamatória contra nossa candidata. Fomos à luta, sofremos com as injustiças, mas agora estamos comemorando. Vivas ao povo brasileiro, aos jornalistas éticos, a militância, ao presidente Lula, à candidata que, com dignidade se superou na sua caminhada. Parabéns a todos! Estamos felizes!

Responder

Um basta ao preconceito e à discriminação | A Tal Mineira – Blog da Sulamita

03 de novembro de 2010 às 23h50

[…] Aliás, ele desmonta a fantasia, que alimenta o preconceito, de que não fosse o Nordeste, Dilma Roussef não teria vencido a eleição: O preconceito que se esconde por trás do mapa vermelho e azul. […]

Responder

Tiago Pacheco

03 de novembro de 2010 às 23h05

Se você conversar com típico paulistano, dá para perceber o seu grau de politização. Uma beleza!

Responder

Raquel

03 de novembro de 2010 às 14h45

Caro Azenha, é importante frisar que, embora todos nos saibamos, este blog VI O MUNDO foi, e permanecerá um dos grandes "fronts" na batalha em prol de uma mídia verdadeiramente independente e na luta contra o obscurantismo midiatico tucanodenista, que como abutres se alimentam do povo ferido na guerra por eles travada contra um Brasil justo, solidário, democrático e soberano. Agradecemos aqui a este e outros importantes blogs que travaram esta batalha, que ainda continua…
Raquel

Responder

    Raquel

    03 de novembro de 2010 às 15h35

    Eu discordo. Apesar da grande liberdade dada pelos moderadores do blog, o próprio comportamento dos comentaristas, por vezes com ofensas, afasta a possibilidade de se estabelecer uma discussão séria e com fins elucidativos a todos os leitores. Não digo que são todos, mas em sua maioria. Acredito que quanto a isso, os moderadores nada podem fazer, porém, cabe às pessoas ter respeito umas às outras e saberem expor suas idéias apenas com argumentos, sem ofensas e, muito menos, sem fundamentalismos partidários.

Marcia Sil

03 de novembro de 2010 às 13h36

PRECONCEITO X RESPEITO

Esse discurso contra o nordestino é coisa de pessoas raivosas e preconceituosas, que 'coincidentemente' votam em José Serra.

Seria coincidência ou seria apenas um retrato dos eleitores de Serra que também em vários momentos demonstrou preconceito com os nordestinos???

Ou seja, Serra e serristas dissiminam ódio, preconceito de classes e também de regiões.

Isso tudo é muito triste pois todos somos brasileiros e democraticamente a maioria escolheu Dilma para presidente deste país tão lindo.

Dilma foi a escolhida primeiro por ser a sucessora de um governo que deu e está dando certo. Segundo por méritos próprios dela, que já demonstrou ter competência para exercer o cargo de presidente.

Preconceito gera ódio. Ódio gera injustiça. Preconceito e ódio geram violência. E violência põe tudo de bom que alcançamos serra abaixo.

Vamos respeitar nossos irmãos nordestinos e a vontade popular que resultou na eleição vitoriosa de Dilma.

É isso que penso.

Responder

    André Pestana

    03 de novembro de 2010 às 16h33

    Tome cuidado para não beber na mesma fonte dos que você julga preconceituosos…"Ou seja, Serra e serristas dissiminam ódio, preconceito de classes e também de regiões."…é uma frase legitimamente preconceituosa. Fui eleitor do Serra nessas eleições e tenho muitos amigos nordestinos, tendo alguns deles, inclusive, demonstrado apoio ao Serra também. Toda a generalização é burra, essa é a minha opinião.

    Rafael

    04 de novembro de 2010 às 02h26

    Não acredito que haja preconceito para com os nordestinos! O que me revolta, é que meu dinheiro ta sendo desviado, e infelizmente nao é pra divisão de renda, e sim para o bolso dos nossos atuais políticos. O problema é que A MAIORIA continuou no poder, e estamos com taxas de crecimento baixas demais. Nosso país é lindo, belo e tudo que disseram aí, por isso ele deveria crescer 35% e não apenas 7%. Não me contento com o pouco que eles estão fazendo. Desculpe.

steniourbano

03 de novembro de 2010 às 12h56

Nordeste Indepedente

Já que existe no sul esse conceito
Que o nordeste é ruim, seco e ingrato
Já que existe a separação de fato
É preciso torná-la de direito
Quando um dia qualquer isso for feito
Todos dois vão lucrar imensamente
Começando uma vida diferente
De que a gente até hoje tem vivido
Imagina o Brasil ser dividido
E o nordeste ficar independente

Dividindo a partir de Salvador
O nordeste seria outro país
Vigoroso, leal, rico e feliz
Sem dever a ninguém no exterior
Jangadeiro seria o senador
O cassaco de roça era o suplente
Cantador de viola o presidente
O vaqueiro era o líder do partido
Imagina o Brasil ser dividido
E o nordeste ficar independente

Em Recife o distrito industrial
O idioma ia ser nordestinense
A bandeira de renda cearense
“Asa Branca” era o hino nacional
O folheto era o símbolo oficial
A moeda, o tostão de antigamente
Conselheiro seria o inconfidente
Lampião, o herói inesquecido
Imagina o Brasil ser dividido
E o nordeste ficar independente

O Brasil ia ter de importar
Do nordeste algodão, cana, caju
Carnaúba, laranja, babaçu
Abacaxi e o sal de cozinhar
O arroz, o agave do lugar
O petróleo, a cebola, o aguardente
O nordeste é auto-suficiente
O seu lucro seria garantido
Imagina o Brasil ser dividido
E o nordeste ficar independente

Se isso aí se tornar realidade
E alguém do Brasil nos visitar
Nesse nosso país vai encontrar
Confiança, respeito e amizade
Tem o pão repartido na metade,
Temo prato na mesa, a cama quente
Brasileiro será irmão da gente
Vai pra lá que será bem recebido
Imagina o Brasil ser dividido
E o nordeste ficar independente

Eu não quero, com isso, que vocês
Imaginem que eu tento ser grosseiro
Pois se lembrem que o povo brasileiro
É amigo do povo português
Se um dia a separação se fez
Todos os dois se respeitam no presente
Se isso aí já deu certo antigamente
Nesse exemplo concreto e conhecido
Imagina o Brasil ser dividido
E o nordeste ficar independente
http://steniourbano.wordpress.com/

Responder

    jucanapoleão

    03 de novembro de 2010 às 15h12

    Parece que tem uma moça Paulista?(os Paulistas na minha concepção não pensam assim, denegrindo a imágem dos Nordestinos), anda difamando o Nordeste. No dia que ela esperimentar o calor de um Nordestino, os comentários frios e preconceituosos acabarão. Ou algum Nordestino não gostou da frieza dela?!

teresa

03 de novembro de 2010 às 12h49

.

Mapa de votação por municípios
http://blogdofavre.ig.com.br/2010/11/dilma-vence-

.

Responder

dilma gouveia

03 de novembro de 2010 às 12h01

O nordeste sempre teve um nível de politizaçao bem maior do que o resto do pais,eles foram muito privilegiados,tiveram
D.Helder Câmara,Jorge Amado,MIguel Arraes,Paulo Freire e tantos outros"cabeças".Na década de oitenta eles já votavam
Lula,sem bolsa-familia.Sou de Curitiba,Paraná,e na primeira eleição de Lula só consegui um material de campanha de Lula
em uma viagem ao nordeste.Ganhei uma viseira .Vamos aproveitar este espaço para politizarmos o resto do pais.É claro que
entre uma patriota como a Dilma e os vendilhões,lesa-pátria,como os tucanos ,fizeram o que todo patriota deveria fazer.
Parabéns .

Responder

Liz Vasconcellos

03 de novembro de 2010 às 11h48

Azenha,
Eu acho que nessa fictícia divisão do Brasil em dois grupos, feita pela direita, existe muito mais do que preconceito.
Aquele vídeo apocalíptico, o Brasil 2012 ( que tem exatamente a mesma estrutura dos apresentados contra a eleição de Obama, por ocasião da campanha presidencial de lá), ao final da relação das desgraças previstas para o Brasil com o governo da Dilma, apresenta, surpreendentemente, o " Hugo Chavez aquartelado no Palácio do Planalto" !?! Azenha, isso jamais sairia da cabeça de um brasileiro! Já de um americano… E, curiosamente, o vídeo começa com as palavras: " Dilma inicia seu governo com o país dividido".
Você conhece o lema "Dividir para Conquistar"?

Responder

David Maximino

03 de novembro de 2010 às 11h21

Alguém conhece algum link onde posso encontrar os votos totais por estado?

Responder

    A.Junior

    03 de novembro de 2010 às 11h55

    edineuza

    03 de novembro de 2010 às 12h42

    no sitio do TSE, você vai ter essa votação, inclusive por municipios. é o link que fala das estatisticas da eleição.

    David Maximino

    03 de novembro de 2010 às 14h38

    Entrei lá mas não sabia exatamente onde estava.
    Muito obrigado!
    ;)

Genario Azevedo

03 de novembro de 2010 às 10h56

O Nordeste tem crescido a "taxas chinesas". Nunca na história desse país temrecebido tantos investimentos, como refinarias de petróleo (Ce, Pe e Ma), siderúrgica (CE), indústria naval (Pe, Al e Ce), Centros Tecnológicos e novas Universidades. O Ceará terá a maior central de produção de energia solar e a exploração de urânio em Itataia. A interligação das águas do São Fco vai resolver o problema hídrico do sertaõ nordestino, ao mesmo gerar um polo de agricultura irrigada para milhares de agricultores familiares. A migração foi reduzida e tem muita gente aproveitando para voltar e se beneficiar do desenvolvimento do Nordeste. No Nordeste, milhões passaram pela formação das Comunidades Eclesiais de Base (CEBs), e beberam na fonte da Teologia da Libertação com Dom Helder, Dom Fragoso, Dom Pelé, Dom Aloísio, Dom Hélio Campos e tantos outros bispos "vermelhos". Alguns do Sul e Sudeste não sabem porque a esquerda domina o Nordeste.

Responder

Otto

03 de novembro de 2010 às 10h22

O Brasil de azul representa a concentração de renda e poder econômico,e que não quer abrir a mão disso.
O Brasil de vermelho experimentou distribuição de renda e crescimento econômico,e com certeza não irá abrir a mão disso.

Responder

    edineuza

    03 de novembro de 2010 às 12h44

    digo mais:o Brasil Azul, na sua maioria é o BRAZIL do latifundio, grilagem, agronegocio, desrespeito a natureza

wmporto

03 de novembro de 2010 às 09h58

Um estudo desmentiu a lenda de que o bolsa-família desencoraja as pessoas de trabalharem. Os beneficiários não largaram o trabalho para viverem só de renda. O programa funciona como um complemento às famílias que ganham até R$140 e estas pessoas tem usado o dinheiro para comprar alimentos.
http://www.mds.gov.br/saladeimprensa/noticias/201

Responder

Maria

03 de novembro de 2010 às 09h57

AO CZAR: "SULDESTE"? SULdeste é o seu…

Responder

wmporto

03 de novembro de 2010 às 09h36

Dilma foi eleita pelos brasileiros de norte a sul. Por exemplo, se não fossem os 7 mi de votos no Sul ou 10,4 mi em São Paulo, mesmo com a vitória elástica no Nordeste, Dilma não teria sido eleita.

Responder

wmporto

03 de novembro de 2010 às 09h26

A OAB-PE entrou com representação na justiça contra a estudante de Direito Mayara Petruso, por crime de racismo e incitação ao crime, no caso, homicídio. Para quem é estudante de Direito e pretende fazer concursos, vai ser ruim prá ela trazer consigo uma ficha de antecedentes criminais.

Responder

Denise Paiva

03 de novembro de 2010 às 02h23

Sobre o mapa da eleição, é a mais pura verdade. Mas quando li no portal Terra, na hora me lembrei, que da Dilma e de Lula, conseguiu tirar o Brasil dos 25 anos de ditadura, depois lutamos várias eleições para eleger o primeiro presidente operário do Brasil, foram tantos golpes, mas hoje tem a maior aprovação da história e fomos nós também conseguimos eleger a primeira mulher presidente, a mais votada do mundo. Sei que o que move mesmo a história é a nossa honestidade, o altruismo, a criatividade de superar tudo e seguir em frente, todos os dias de nossas vidas.
Ainda sofro e sinto vergonha, quando vejo o preconceito sobre a figura do presidente Lula que tanto amo e admiro e também sobre Dilma, antes só pelo fato dela ser mulher, agora por ser mulher E PRESIDENTE..

Responder

O JUIZ

02 de novembro de 2010 às 23h15

Azenha e navegantes,
Nada de novo em se tratando da Capitania Hereditária Tucana de São Paulo.
Onde o atrazo político impera desde o descobrimento.
Cito como Capitania Hereditária porque tucano entende muito de "concessão, e nada de partilha".

Responder

Baixada Carioca

02 de novembro de 2010 às 22h49

Essa manifestação grosseira e imbecil partiu de uma elite branca de São Paulo desejosa de descolar São Paulo do Brasil. Não devemos dar importância ao que dizem, mas devemos ficar alertas ao que aprontam.

Responder

    edineuza

    03 de novembro de 2010 às 12h48

    É verdade. Sem querer ser separatista, mas sendo assim mesmo, fico a me perguntar: O que seria de São Paulo sem os nordestinos, bolivianos, chineses, japoneses, italianos, e tantos outros povos, enfim sem a mão de obra explorada que produz a riqueza de alguns poucos paulistas?

Marcos C. Campos

02 de novembro de 2010 às 22h34

Azenha, a gente gasta um tempão lendo os comentários, mas é algo que nos traz sempre grandes informações novas do brasileiro. É sensacional esta nova forma de jornalismo.
Parabéns pelo trabalho durante as eleições.

Responder

Czar

02 de novembro de 2010 às 20h36

Meus camaradas, infelizmente o Sul e Sudeste sustentam e dão sustentação para os miseráveis do Norte e Nordeste e quem se locupleta disso é justamente quem mais faz falcatruas, mazelas, malversação e prevaricação do erário público. Infelizmente esta gente do Norte e Nodeste podem ficar irados com que vou dizer… Mas é a mais pura das realidades quem os sutenta é literalmente Trabalhadores do Sul e do Suldeste do Brasil!!! Aí eles se vendem pro SISTEMA BOLSA ESMOLA, OU BOLSA VOTO DE CABRESTO, então na minha opinião esta gente jamais passará do que é hoje meros e miseráveis passadores de votos de CABRESTO!!!!!!!!

Responder

    Marcos C Campos

    02 de novembro de 2010 às 22h05

    Uma mentira repetida n vezes vira verdade .. e tem gente que acredita.

    Roberto

    02 de novembro de 2010 às 22h23

    Senhor Czar,

    Pobreza no norte ou no sul não há diferença, aliás na capital mais rica do pais 1milhão e 300 mil familias dependem desta TRANSFERÊNCIA DE RENDA (so um milhão esta recebendo). É uma invenção capitalista, a transferencia de renda, para que não haja insatisfação com o sistema. Até tio san faz isso. Parece que qundo EUA faz, não é esmola é estratégia econômica. Mas aqui tudo que é feito de bom para maioria, é atraso, esmola… Ora, reconsidere a opinião emitida.
    Paulistas, Sulista, não caiemos em tentação da divisão insana deste país maravilhoso, pregado pelas aves de rapina. Vejo que muitos emitem opiniões equivocadas pelo pouco aprofundamento de informações. Na verdade são vitimas da má ou pouca informação. Abraço Brasil. Viva o Brasil.

    Rodrigo

    02 de novembro de 2010 às 22h28

    Com esta argumentação facista, você deveria se mudar para a europa e tentar se filiar a algum partido neo-Nazista.
    O Brasil não é só o Sul ou Sudeste, o nosso país é muito maior do que a arrogância da classe média conservadora e reacionária, que come mortadela e arrota caviar.
    Qual é o problema do Bolsa família redestribuir a renda para as camadas menos favorecidas da sociedade e diminui tamanha desigualdade social?
    Não tá satisfeito com os avanços do país e com a nova condição dos pobres que agora podem comer carne e até viajar de avião?
    Pegue o primeiro vôo para a Suíça, rapaz!!!

    Fox - Brasileiro

    03 de novembro de 2010 às 00h43

    Czar….

    Já é nome que lembra Rússia e adjacências. Que tal mudar pra Rússia? Quer mesmo é repercussão certo?

    Primeiro pare de tentar se achar escrevendo bonito pq tem um puta pleonasmo na sua escrita.

    Segundo, muda de país se não tá satisfeito com a ala Norte do Brasil e procure se informar melhor.

    Que tal ser mal tratado no primeiro mundo? Vaza…

    Raphael Tenório

    03 de novembro de 2010 às 03h52

    Camarada Czar:

    De onde vem esse ódio, meu caro? Você alguma vez viajou pelo seu país? Faça isso. Tenho certeza que depois do que você vir, terá outra opinião. Você terá elementos para pensar por conta própria e não repetirá esses absurdos plantados em sua cabecinha.

    Fraternalmente, direto do Nordeste.

    Carlos Albergaria

    03 de novembro de 2010 às 05h43

    Eu não me sinto ofendido nem irado até porque o seu texto é fruto da sua ignorância. Quanto ao cabresto acredito que lhe cabe bem. Continue com a sua leitura erudita na OIA e na Falha de SP. Alem do cabresto não esqueça de complementar a sua indumentária com o tapa olho. Só não deixe que lhe botem uma sela.

    edineuza

    03 de novembro de 2010 às 12h52

    Você de fato não vive no Brasil, esse discurso está tão ultrapassado quanto o século 20 e o uso de maquina de datilografia meu caro.

    jucanapoleão

    03 de novembro de 2010 às 15h27

    É POR ISSO QUE VOSSA MERCÊ ESTÁ NO BRASIL, FOI DEPOSTO!
    VOLTA PARA A RUSSIA, LÁ A DEMOCRACIA NÃO É IGUAL AQUI (LIBERDADE LIMITADA).
    QUEM SABE VOSSA MERCÊ RECUPERA O CARGO QUE PERDEU EM 1917( ORRA MEU! TU É ANTIGO!)
    AH! QUEM DISSE QUE É SÓ O NORTE E NORDESTE QUE RECEBE O BOLSA FAMÍLIA.
    OUTRA COISA, ESSES PROGRAMAS EXISTEM ATÉ NO EEUU.

    gilmar

    04 de novembro de 2010 às 11h22

    Czar, meu camaradinha,quanta bobagem em tão poucas linhas. Então Vejamos: Bolsa Família compra o quê? Produtos vários, de chinelinho de borracha a cachaça, de calção a desodorante, de pão a aspirinas em quem os produz? Na cachaça por exemplo alguém planta a cana, alguém colhe, transporta, moe, cozinha, destila, faz alcool, açúcar e melaço e rapadura e açúcar mascavo e …pinga e aí alguém faz a garrafa, o engradado, a rolha e vai pr'o boteco, supermercado e etc. Pobre não produz, pobre consome e eu concordo com voce numa parte somente. Eu acho que quem sustenta o PSDB no Brasil é São Paulo que te mantem despolitizado e ignorante

Iolanda

02 de novembro de 2010 às 19h15

Deixem quem quiser falar! O importante para mim é que Dima ganhou e vamos ajudá-la a governar esse país enorme e com milhões de cabeças pensantes.

Responder

Vanessa

02 de novembro de 2010 às 19h10

Sao Paulo ainda vai aprender , eu tenho vegonha de ser de Sao Paulo, meus amigos estao raivosos e ao meu ver sao politicamente nulos, dificil ter uma conversa civilizada com eles, eles nao enxergam a diferença do Brasil de 2002 pra ca, precisa ser cego para na ver o avanço, mas o odio e preconceito do Lula os deixam cegos, eles falam que o lula fez esta separaçao, imagina … se pegam em argumentos vazios, em coligações deixa o Sarney quieto, O lula sabe o que faz, ele tem controle destes oportunistas… isto é politica, todos falam do vice da Dilma o Michel, tb nao gosto dele, mas prefiro ele do que o Indio…aquilo la sim é de chorar, Falam do PMDB, mas e o DEM este sim é o antigo PFL e Arena ( ditadura) eu sou classe media Alta e minha faxineira, me disse que eu meu Marido, meus pais , eramos as unicos patroes dela que nao votaram no Serra. VIVA… e disse com todo orgulho, votei por nos, por que se vc ta melhor , eu tb vou estar melhor. Sempre votarei para quem fizer coisas para a populaçao como um todo.

Responder

    José Lucena

    02 de novembro de 2010 às 20h40

    Esquente não, Vanessa.
    Nós, criamos e já nos protegemos com um antídoto para esse tipo de coisa.
    Vivemos a "obrar" para os sulinos.

    jucanapoleão

    03 de novembro de 2010 às 15h34

    MOREI EM SÃO PAULO,TRABALHEI COM COLEGAS PAULISTAS E GUARDO NA LAMBRANÇA OS TEMPOS IDOS.
    LEMBRE QUE O MAIOR ORGULHO DE SÃO PAULO É PATERNO ( ADOTA GENTE DE TODOS OS RINÇÕES), PORTANTO , NÃO SE DEVE ACEITAR UM SENTIMENTO NAZISTA EM SÃO PAULO ( VIU NO QUE DAU NA ALEMANHA?).
    ANALISE SE NÃO TIVESSE TODA ESSE DIVERSIDADE, O QUE SERIA SÃO PAULO?

Gerson Carneiro

02 de novembro de 2010 às 15h44

Incrível foi o candidato que dizia que iria fazer um governo de "União Nacional" dizer em sua fala candidato derrotado, que "a guerra começa agora". Isso pronunciando sob um aspecto cambaleante de um típico derrotado. O sujeito se esforça para não perder a pose. Chega a ser hilário. Enquanto mais o sujeito abre a boca mais rídiculo se revela.

Responder

Noé

02 de novembro de 2010 às 15h25

Adorei a vitória, adorei a festa no Marco Zero,aadorei ver o Zé de Abreu pelo telão, adorEEEEEEEEEIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIII acordar abrir minha caixa de emails e não ter que delatar todos os emails imbecis que me mandavam.Ufa!!!!graças a Deus esse povo sifu!!!!

Responder

Julio

02 de novembro de 2010 às 15h17

Sou um paulistano e sempre me indignei com este assunto:

Associar os nordestinos somente à pobreza é praticamente um crime velado e sinônimo de inconsciência absoluta.

Quem deixou este povo à margem, oprimindo-os e sugando-lhes tudo o que tinham para se desenvolver?

É, de fato, entristecedor ver que ainda continuamos com os velhos coróneis enjaulados em nossa (in)consciência.

Quando vamos nos libertar de tamanha hipocrisia?

Parece que isto não tem fim, mas após um nordestino e torneiro mecânico ter se tornado Presidente e agora, uma mulher, sinto-me otimista em dizer, que a política de inclusão social e o reconhecimento da capacidade de um povo que foi ignorado por muitas décadas, podem fazer da região norte e nordeste o que NUNCA JAMAIS deixaram: uma região desenvolvida e com potencial para dividir a tarefa de transformar o Brasil num país econômico, político e socialmente equilibrado.

Aos racistas e preconceituosos: TENTEM OUVIR SUAS CONSCIÊNCIAS, SE FOREM CAPAZES!

E viva o BRASIL (para TODOS)!

Responder

    Benélia

    02 de novembro de 2010 às 18h16

    Gostei muito do que escreveu. É estarrecedor pensar que ainda existem pessoas que pensam assim. O Brasil ainda é muito novo, tem muito que aprender, e com ele, esses jovens sem consciência política.

erickfigueiredo

02 de novembro de 2010 às 15h11

Dividir o país seja lá como for, é muito perigoso.

Responder

    Maurizene

    02 de novembro de 2010 às 18h43

    Maravilhoso! voce conseguiu traduzir em palavras o sentimento de todos nós! Viva o Brasil!

Fernandes

02 de novembro de 2010 às 15h10

A edição extra da revista Veja é um verdadeiro lamaçal, um esgoto a céu aberto em matéria de desqualificação da nossa Presidenta. Dilma tem que fazer alguma coisa pra mudar esse pseudojornalismo no Brasil. Isso não é jornalismo. Desinformação não é jornalismo.

Responder

Elite redesenha o Brasil. SP é Sul. E Rio e MG caem para o Nordeste | Conversa Afiada

02 de novembro de 2010 às 15h04

[…] A Secretaria de Educação – que paga o salário PSDB, o Pior Salário Do Brasil – do José Serra produziu um livro de Geografia com dois Paraguais.Agora, a Geografia do PiG (*), me lembrou o Vasco, redesenhou as regiões do Brasil para justificar o racismo.É mais ou menos assim a Nova Geografia Política do PiG (*).Quem vota na Dilma é pobre, nordestino, semi-analfabeto.Os “migrantes” do Serra, aqueles com quem, na Móoca, ele falava “normalmente”. É o esmoler da Bolsa Vagabundagem, diria a Monica Serra, aquela que, segundo alunas, fez aborto. Como a Dilma ganhou, além de massacrar no Norte e no Nordeste,  ganhou também no Rio e em Minas.Teve 46% dos votos de São Paulo e 50% dos votos do Rio Grande do Sul, o PiG (*) e a elite branca (e separatista, no caso de São Paulo) se dedicam agora a criar uma Nova Geografia, diz o meu amigo Vasco.São Paulo foi deslocado para a Região Sul Maravilha – de brancos, olhos azuis e fala levemente germânica ou italiana, línguas que se empregam nos Açores, como se sabe.Lá, como demonstrou Fernando Henrique Cardoso, não há negro ( o Paulo Paim nasceu no Kenya, na mesma maternidade do Obama).(Clique aqui para ler o artigo arrasador que o Mino escreveu sobre o FHC)Na Nova Geografia Política da Elite de São Paulo, o Rio e Minas foram miseravelmente rebaixados à segunda divisão: a Região Nordeste !É assim que fica a divisão do país em regiões – e em preconceito racial.É assim que frequentadores dividem o Brasil no restaurante Fasano.Trata-se, na verdade, de uma tentativa de desqualificar a vitória da Dilma por goleada, é sempre bom lembrar: 56% a 44%.Mas, quem tratou disso com muito mais seriedade do que o Vasco, um bonachão, como se sabe, foi o Azenha: […]

Responder

franciscouilame

02 de novembro de 2010 às 15h02

Dentre a companhias, a única que desqualifico como não digna da companhia/apoio de lula e dilma é a família sarney no maranhão.

Responder

Henrique B. Neto

02 de novembro de 2010 às 15h00

O q a oposição busca é um renascimento moral… Jogaram todas as cartas que tinham na manga, mostrou sua verdadeira face golpista e está desmoralizada.

Agora busca racionalizar a derrota, justificar que perdeu não por incompetência política, mas por motivos externos.

Cinismo em seu estágio mais triste: o do auto-engano.

Responder

Paulo

02 de novembro de 2010 às 14h36

Quando o paulistano metido a intelectual e a besta passar a ter mais noção do que diz sobre este assunto e o PT ganhar em SP.. o PSDB vai afundar de vez.. e pelo o que me consta falta pouco para o PT passar a ganhar em SP.

Sou de SP não sou metido a intelectual, mas conheço perfeitamente a historia de meu país e para mim basta conhecer a historia do meu pais em vez de ficar tentando me passar por um intelectual.

Abraço pessoal.

Ahhh lembrei.. rs rs rs

Ontem estava no estacionamento de um Shop fumando.. quando uma mulher virou e falou.. PUTZ aquelazinha lá ganhou.. bando de corruptos.. ai respondi.. eheheheh ué.. só eles sao corruptos??? e os brasileiros em si nao sao?
ela simplismente concordou… entao posso lhe garantir que nao existe governo no mundo que nao é corrupto que tenha uma populaçao corrupta. ( em varios segmentos e de maneiras distintas ) pois o brasileiro sempre achar uma maneira de dar um jeitinho né.. entao venhamos e convenhamos.. só existe uma maneira da corrupçao acabar.. MAIS EDUCAÇÃO PARA TODOS E UM JUDICIARIO RAPIDO E IMPARCIAL para acabarmos com a corrupçao em todas as esferas da nossa democracia.

Agora eu vou..

ABRAÇO PESSOAL..

Responder

Will Belmeck

02 de novembro de 2010 às 14h32

KKKKKKKK !!!!! Eles já estão espalhando q DILMA não pode assumir o cargo !!!!! KKKKKKKKK !!!!!! Pq nasceu na Bulgária !!!!! KKKKKKKKKKKK !!!!!

Responder

    Baixada Carioca

    02 de novembro de 2010 às 22h28

    Demonstram que não conhecem a própria constituição.

    Liz

    03 de novembro de 2010 às 10h49

    Igualzinho quando a direita americana diz que Obama nasceu no Quênia, e não no Havaí.

donizete

02 de novembro de 2010 às 14h29

para aqueles que não se lembram do período em que erundina esteve na prefeitura de são paulo, durante os quatro anos a imprensa (elitista) foi implacável com ela.
Nestas eleições, não houve mudança alguma no proceder dos elitistas, e os ataques de injurias e calunias criadas durante o embate eleitoral, certamente foi apenas as preliminares do que estará por vir. Todos nós devemos estar atentos, como dito pelo Azenha: "o preconceito sempre dá um jeito de reaparecer".

Responder

Joaquim Machado

02 de novembro de 2010 às 14h28

Alguém super inteligente poderia me explicar os motivos que levam o Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Espirito Santo, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Goiás, Rondonia, Acre, Roraima a darem a maioria dos seus votos a José Serra? Seria por ódio, rancor, preconceito? Por favor, me ajudem a entender.´Por exemplo. O que leva a cidade de Itajaí, no estado de Santa Catarina, a dar 19% de votos a mais ao tucano, justamente depois de alguns dias atrás, o Presidente Lula ter entregue a população o seu porto totalmente reconstruído? Tem explicação?

Responder

    Gabo Gentile

    02 de novembro de 2010 às 18h36

    Pignorância…

    Marcos C. Campos

    02 de novembro de 2010 às 22h13

    Basicamente , acredito que seja preconceito contra o PT e as esquerdas. A lavagem cerebral da época da ditadura, a mídia e os conceitos arraigados da guerra fria ainda fazem efeito.

    E tem também o medo da classe media de perder sua "identidade" em um pais "socialista".

    Querem viver como nos EUA , mas sabem que não dá mais, não funciona, e então se recusam a mudar de mentalidade.

    Yrez

    02 de novembro de 2010 às 23h49

    Não me sinto superior a ninguém, porem, posso começar a entender esses resultados. Tenho certeza que se não fosse uma campanha sórdida que apelou para questões do aborto, da luta armada, da suposta inexperiência administrativa da Dilma, da corrupção dos outros e não deles, da religião, de liberdade de imprensa, ou seja, de mentiras, meias verdades e calunias, o resultado poderia ter sido diferente. Serra e sua campanha conseguiram atingir na alma dos eleitores que poderiam votar em Dilma. Infelizmente, a consciência da classe media e aqueles setores metidos a ricos, funciona pela defesa de interesses curtos e pequenos. Quando estas classes se sentem ameaçadas e inseguras se agarram não à razão e ao bom senso, mas ao que sobra: o pré-conceito. Além disso, infelizmente, muita gente dos setores populares ainda não se libertaram da atitude de subordinação em relação à elite branca e letrada. Mas, a superação disso tudo exige um processo longo que não pode parar. Devemos ler trabalhos como de Paulo Freire, para entender melhor a alma do povo brasileiro e sua possível libertação. Com certeza, somente o exercício político e a educação de qualidade contribuirão para isso.

    LHDias

    03 de novembro de 2010 às 00h27

    Joaquim, em relação ao Espírito Santo, posso te dizer o que notei aqui…

    O Casagrande, governador eleito, na sua primeira entrevista como governador falou claramente que apoiava a Dilma. Isso foi um dia depois do primeiro turno. Desde então o Casagrande foi simplesmente cortado de tudo… Não teve nem uma matéria com ele… Ainda mais sobre a sucessão presidencial… =/

    Os dois "grandes" jornais daqui são bem complicados… Um é ligado a globo, e o outro, tem uma linha editorial muito complexa… rs. Sei que nenhum dos dois deu muita informação sobre o apoio do governador eleito a Dilma…

jair

02 de novembro de 2010 às 14h09

São paulo é uma região a ser conquistada,pois a midia faz a cabeça de grande parte do povo de são paulo,são paulo tem uma grande importância no pleito,conquistar são paulo desde já tem que ser estratégico,é isso que a direita percebeu,sem são paulo eles não tem força,por isso temos de derrotar esta midia,esta ultima fortaleza da direita.

Responder

jair

02 de novembro de 2010 às 14h03

Fomentar preconceito não é bom para o pais,agora é hora de trabalhamos juntos,que alguns falsos brasileiros da região sul e sudeste não apresentam um grau de patriotismo é uma pena,mas lembremos que em são paulo e na região sul do pais ela teve uma votação expressiva,e que qualquer região do mundo que tenha uma ditadura mediatica que tem são paulo e o sul não conseguem ter o nivel de discernimento adeguado.

Responder

sophia

02 de novembro de 2010 às 14h03

SE TEM UMA COISA QUE ME DEIXA POSSESSA É NOS TRATAR FEITO COITADINHOS , NÓS TEMOS HISTÓRIA E HISTORIADORES PARA CONTAR NOSSA HISTÓRIA E ORGULHO HISTÓRICO ! NENHUM ESTADO NESTE PAIS SOFREU MAIS QUE PERNAMBUCO ( DO IMPERIO AOS ANOS FHC !) , NENHUM ESTADO FOI MAIS MUTILADO TERRITORIALMENTE DO QUE PERNAMBUCO (FAZIAMOS DIVISA COM MINAS GERAIS SABIAM ? )
PARA QUE NOS CONHEÇAM MELHOR A POESIA DE JOÃO CABRAL QUE RESUME TUDO !

O MAPA DE PERNAMBUCO
Só vai na horizontal
nos mapas em que o mutilaram;
em tudo é vertical:
dos sobrados aos bueiros da Mata.

Até o mandacaru
que dá a vitalícia banana
a todos que do Sul
olham-no do alto da mandância.

Aquela horizontal
enganosa, está só nos mapas:
não diz de sua história
e muito menos de sua casta.

Responder

alice

02 de novembro de 2010 às 13h17

A maioria mais ampla do Serra foi no Acre e em Roraima, estados que também não se enquadram no perfil sul-maravilha…

Responder

duarte

02 de novembro de 2010 às 12h54

Não sei o restante do nordeste, mas aqui no Ceará tiramos um coronel que so fêz coisas para os ricos, e votamos bem consciente. Em São Paulo, votam no maluf no tiririca ou em qualquer bobo. São Paulo não tem o grau de politização que temos, basta ver o que o Padre Francisco falou em Canindé.

Responder

    luiz c checchia

    02 de novembro de 2010 às 14h24

    Oh, Rapaz, sou paulistano do bairro do Bixiga (qdo estiver em SP, venha conhecê-lo, alegre, boa comida e mto bacana), descedente de índios e italianos e criado por padrasto baiano e, infelizmente, sou obrigado a concordar contigo totalmente. Amo minha cidade, acho q sua beleza tem suor dos milhões de imigrantes e migrantes q p cá vieram,além de negros e índios. Mas infelizmente apenas a elitizinha arrogante daqui parece mandar. Manda nas pessoas, nas suas mentes e nas suas ações. Conseguiram despolitizar o paulista, ou a maioria deles (sejamos justos àqueles q NÃOo votam em malufs, pittas, tiriricas e, mto menos, em serras). Mas vamos continuar em frente, vamos unir as pessoas das diversas regiões do Brasil q ainda mantem sua lucidez política. Vamos ensinar aos outros, mostrar q somos diferentes em modos de falar, de comer, de viver, mas somos iguais nos desejos, necessidades e na vontade de transformar esse país. Vamos mostrar q nossas diferenças nos unem!!! Vamos continuar unindo forças pq a reação da direita n tarda!!!

    Admar

    02 de novembro de 2010 às 14h42

    APLAUSOS!!!

CC.Brega.mim

02 de novembro de 2010 às 12h53

o preconceito é contra pobre
sabemos disso
o nordestino está identificado ao pobre
que como mostrou a Maria Rita Kehl
votou com consciência
é só mais uma face da luta de classes…

espanta e assusta a agressividade
o descaramento de defender o indefensável
mas são gestos da derrota
desespero dos vencidos…
que esbravejem
que mostrem sua garras
sua cara horrenda
de monstro perverso…

vencemos. não nos deixemos pautar
pela elite derrotada e violenta…

vamos comemorar
vibrar com a vitória do povo
e
bom dilma brasil!

Responder

    C. K. y A. (abrev.)

    02 de novembro de 2010 às 14h58

    A luta de classes está mais viva do que nunca!! Quem diz o contrário é a turma do diversionismo!!

    C. Khosta y Alzamendi

Gustavo

02 de novembro de 2010 às 12h50

No primeiro turno, aqui no RS, a Dilma ganhou. No segundo turno perdeu por pouco. Achei a campanha dela muito tímida aqui em Porto Alegre nesse segundo turno.

Os gaúchos sempre deram vitória ao Lula… desde 89. Uma vergonha votarem agora no tal Zé Alagão.

Responder

    Antõnio Carlos

    02 de novembro de 2010 às 13h58

    Gustavo, na minha opinião os gaúchos deram uma resposta muito boa a José Serra. Ele esperava uma vitória estrondosa aí no RS. A difernça em percentuais foram de apenas 1%. Eu, cinseramente, esperava uma derrota massacrante de Dilma aí no RS e não foi o que aconteceu.

    Admar

    02 de novembro de 2010 às 14h43

    Eu não entendi também, minha esposa que é gaucha ficou indignada com a vitoria do Serra no RS!

Joaquim Machado

02 de novembro de 2010 às 12h40

Azenha, será que dá para você colocar o mapa geográfico da cidade de São Paulo com os bairros onde venceu a Dilma(em vermelho) e José Serra (em azul)? Obrigado.

Responder

Mauricio

02 de novembro de 2010 às 12h36

Bye Bye Zé Bolinha…

Parabéns aos nossos irmãos do norte/nordeste
Vcs deram uma lição ao "resto azul" do país

Responder

PhabyoRodovalho

02 de novembro de 2010 às 12h29

Sou pernambucano, assim como o Nordeste, Pernambuco é um oásis de prosperidade, amo meu país sem distinção mais Pernambuco é especial, as cabeças pensantes, os intelectuais, os artistas, os escritores, as praias, as cidades, o interior, as festas, a comida, a cultura e etc, dão um toque especial a este estado mais amo além de tudo meu país. Pernambuco, Alagoas, Sergipe, Bahia, Paraíba, RN, Ceará, Maranhão, Piauí, Pará, Amazonas, Amapá, Acre, Roraima, Rondônia, MT. MS, Tocantins, Goiás, Brasília, Minas, Rio de Janeiro, São Pulo, ES, Paraná, SC e RS. Amo a todos pq amo o Brasil.

Responder

Leila Pasqualini

02 de novembro de 2010 às 12h18

As instituições brasileiras não estão tomando nenhuma atitude em relação a recente criação do PNNP
(Partido NeoNazista Paulista.

Sugiro que a policia federal rastreie os IPS destes twiteiros e tomem providencias com urgencia. Foi assim que esse cancer começou com a Ku Klux Klan nos EUA e o Partido Nazista na Alemenha.

Os filiados já estão agindo impunemente, veja.
http://xenofobianao.tumblr.com/page/2
http://www.ebandreporter.com.br/brasil/00004598-x
http://blogs.estadao.com.br/radar-politico/2010/1

Sou paulista e não quero esse cancer no meu pais, e muito menos o rótulo de estado nazista para SP. Não deixem que esses vermes transformem isso aqui nos EUA de Bush, e muito menos na Alemanha de Hitler.

Responder

    Tulio C

    02 de novembro de 2010 às 14h35

    Navegando pelo orkut, deparei-me com essa excrescência denominada "MANIFESTO SÃO PAULO PARA OS PAULISTAS" ( http://www.manifesto.rg3.net ), que, a pretexto de denunciar uma pretensa invasão cultural nordestina, exala todo ódio e preconceito contra nossos irmãos daquela região, principalmente os radicados em SP, e divulga um manifesto de conotação fascista e preconceituosa, no meu entender, em flagrante desrespeito à constituição da República FEDERATIVA do Brasil.
    Sou paulistano e tenho orgulho de sê-lo, mas antes de tudo sou brasileiro e meu intuito é apenas o de verem preservadas a lei e a ordem acima de tudo. Devemos evitar a todo custo essa intenção de se iniciar uma guerra de gentílicos e voltar a eras obscuras na história da humanidade. Hitler e o Nazismo, nunca mais.
    Por favor, pode ser apenas uma manifestação de "trolls" desocupados, mas em nome da democracia, penso que mereça ao menos uma manifestação de indignação.

    Grande abraço

    jucanapoleão

    03 de novembro de 2010 às 16h33

    AQUÍ, NO NORDESTE, QUEM NÃO CANTARIA " SAUDOSA MALOCA E TREM DAS ONZE" DE JOÃO RUBINATO( AH! É MELHOR ESCREVER ADONIRAM BARBOSA. SE ALGUEM FALAR O NOME DE BATISMO PODEM ATÉ PENSAR QUE É NOME DE NORDESTINO). NUM PAÍS TÃO PLURAL A INVASÃO CULTURAL É BEM-VINDA.
    AGORA, VEJA AS FOTOS DESSE CIDADÕES QUE IMPOSTAM MENSAGENS DIFAMATÓRIAS SE NÃO TEEM CARAS DE BÔBO. POIS É LEILA, FOI ATRAVÉS DESSE TIPO DE ARGUMENTO QUE SURGIU O NAZISMO. SÓ QUE NA ÁPOCA, QUEM FINANCIOU O REGIME FOI O POVO JUDEUS (CONFISCARAM SEU BENS).

ruypenalva

02 de novembro de 2010 às 12h12

O grande eleitor de Dilma foi o governo Lula. Os grandes inimigos: o preconceito religioso, machista e midiático. Venceu a tese no lugar da hipótese, a demonstração em lugar da proposição. Viva os nordestinos, que depois de anos e anos votando à cabresto hoje votam no contexto, no que vêem e não no que descrêem; porque não eleger Dilma seria uma das maiores injustiças que se cometeria com o maior presidente do Brasil desde Getúlio Vargas. O nordestino não é e nunca vai ser ingrato, ele vota no feto e no fato, ele mata a cobra e não deixa o pau escondido no mato.

Responder

eraldo

02 de novembro de 2010 às 12h07

Conhece aquele velho ditado, me digas com quem andas e tirei quem é.
Veja com quem Dilma anda…Eduardo Campos, Jacques Vagner, Sergio Cabral, Cid Gomes, a FAMÍLIA SARNEY

Responder

    gilmar

    04 de novembro de 2010 às 11h31

    José Serra ainda com Vitor Civita, ÍNDIO ( foi genro de Salvatore Cacciola) da Costa, Gabeira, Bornhausen, Arthur Vírgilio ( do coleguinha no curso de dança na Espanha com nosso dinheiro ) FHC Paulo Prêto e etc…

Maxsuel Siqueira

02 de novembro de 2010 às 11h51

Para que vejamos quem se escondia por trás do eleitorado de Zé Serra. Alguém lembra o quê dizia a carta aberta do Partido Verde Europeu?

"(…) A carta dos verdes europeus faz um alerta sobre José Serra, a quem não consideram sequer um social democrata de centro. 'Por trás dele, a direita brasileira vem mobilizando tudo o que há de pior em nossas sociedades: preconceitos sexistas, machistas e homofóbicos, junto com interesses econômicos os mais escusos e míopes. A direita sai do porão', afirma a carta."

Então, errou de novo a menina que disse acima que o PT joga sujo. Entendeu TUDO errado e isso é preocupante.

Por outro lado, uma baita vitória destas mostra que a quantidade de pessoas que chegam à compreensão já é, por si só, um fato bastante animador.

Apesar disso, alguém sempre terá de fazer o papel do medio-classista que apoiou Hitler. Goebbels era muito competente no que fazia.

Abraços,
Maxsuel Siqueira http://maxsuel-siqueira.blogspot.com
@jomax5

Responder

Ronaldo Sanches

02 de novembro de 2010 às 11h50

Alo Azenha: Seria bom que voce colocasse para alguns que frequentam seu blog que a Dilma deu sua primeira entrevista a TV Record e não para a Globo como alguns tem colocado aqui.

Responder

Carlos.

02 de novembro de 2010 às 11h49

Em SP, feudo tucano, udenista e reacionário por excelência, serra não obteve nada mais do que 8% de vantagem sobre Dilma. Para desgraça da extrema-direita, direita e fanáticos religiosos em geral, os únicos estados onde serra se saiu muito melhor do que Dilma tem eleitorado muito pequeno: Acre, Roraima e Rondonia. Portanto os Separatistas da Media Luna Brasileira estão com um enorme problema nas mãos: tem gente para caramba que não reza pela cartilha deles por aqui.
Dilma obteve cerca de 55.500.000 votos; destes, cerca de 21.900.000 (quase 40% de seu total) foram obtidos onde ela perdeu. Acho melhor o serra e a extrema-direita reavaliarem seus conceitos sobre a "trincheira" porque ela foi construída à base de fanatismo religioso e lavagem cerebral da mídia.

SP – 45,9% NÃO votaram no serra
ES – 49,2% NÃO votaram no serra

RS – 49,1% NÃO votaram no serra
PR – 44,6% NÃO votaram no serra
SC – 43,4% NÃO votaram no serra

GO – 49,2% NÃO votaram no serra
MS – 44,9% NÃO votaram no serra
MT – 48,9% NÃO votaram no serra

AC – 30,3% NÃO votaram no serra
RO – 47,4% NÃO votaram no serra
RR – 33,4% NÃO votaram no serra

Responder

vamberto

02 de novembro de 2010 às 11h46

Sou paulista do interior do Estado.Tenho orgulho de minha terra.Estou mais orgulhoso ainda pq o nosso querido Brasil de Norte a Sul escolheu Dilma presidente!! Os tucanos e os Demos de SP (+ o PIG) não conseguem enxergar o Brasil além das fronteiras paulistas; mal visualizam o Sudeste com sendo Brasil! O mapinha dividido entre azul e vermelho não resiste a 1 minuto de análise e poucas contas de matemática.
Se somarmos todos os votos dos 2 candidatos em todos os Estados das regiões Sul, Sudeste, Centro Oeste e DF (os mais ricos da federação com PIB diversificado e pintado de azul pelo PIG) Dilma vence com + de 390 mil votos. O Norte e o Nordeste completaram a alegria de ser brasileiro, democrático e co-irmao!!!!!

Responder

João Carlos

02 de novembro de 2010 às 11h34

Precisamos manter vivas na memória todas as baixarias promovidas e/ou acobertadas por serra e serristas contra a pessoa da Presidenta Dilma.
A tucanalha está empenhada em apagar blogs e outros canais por onde escorreu o esgoto da campanha demotucana, subestimando, mais uma vez, a inteligência dos brasileiros com a pífia versão de que o site do derrotado foi atacado por hackers!
A comandante da central de baixarias da tucanalha, a tal Soninha, quer agora tentar inverter os fatos acusando os apoiadores da Presidenta Dilma de terem feito o que eles tucanos fizeram.
Não esqueceremos. Está tudo devidamente gravado e arquivado e será novamente exibido na blogosfera em futuras campanhas de baixarias que a tucanalha fatalmente irá promover.

Responder

cesar a giometti

02 de novembro de 2010 às 11h32

Bem colocado muito do que está acima, nos comentários, pois em SP, se Dilma não venceu a eleição, ainda assim teve muitos votos, da mesma maneira que ocorreu em MG. Em nenhum estado o psdb conseguiu uma votação semelhante à de Dilma em alguns estados nordestinos, com quase 80% dos votos. Onde o serra venceu, foi ali pelos 55% o que não representa a adesão "de cabeça" nas suas propostas. Então, de maneira geral, Dilma foi mesmo a gande vencedora nacional. Não importa se Lulla foi o seu cabo eleitoral, o serra tinha o Itamar e o FHC e poderia acioná-los em sua campanha. Ah!. Não trazia voto? Aí é questão de colher o que plantou. A grande obra do psdb é privatizar e arrochar. E a esse modelo o Brasil disse não, apesar de toda a mídia engajada em fazer serra o presidente. Se a mídia alternativa fez de tripas coração para lutar e vencer o ódio e o preconceito, isto demandou um enorme esforço. O que faz o resultado ser maravilhoso! Dizer que brasileiro não sabe votar, isso é coisa de cachorro que teve o osso roubado pelo gatinho.

Responder

jucanapoleão

02 de novembro de 2010 às 11h29

ONDE NASCERAM O PT E PSDB? ATÉ FHC JÁ NAMOROU O PT! DILMA MINEIRA E JOSE SERRA PAULISTA, POLITICA DO CAFÉ COM LEITE E É NORDESTINO QUE SOFRE?!

Responder

vania maria

02 de novembro de 2010 às 11h29

eu ja penso completamente o contrario…
quem votou e elegeu Dilma esta anos luz a frente…
sem preconceito disseram não ao machismo e ao primitivo jeito de governar.
so nao vê quem nao quer…

Responder

Juçânia Facchin

02 de novembro de 2010 às 11h27

Gente, vamos raciocinar. Eles, tanto como nós sabem olhar o mapa eleitoral. Essa manifestação preconceituosa em relação aos nordestinos só é oportunista. Sou sulista, mas como costumo me definir sou uma gaúcha da gema, sou brugre, como dizem aqui nos pampas a mistura do negro com o índio. Nasci na região nordeste do RS, que como todos devem saber é majoritariamente de descendentes de italianos, minha cidade natal Caxias do Sul, até algumas decadas atrás era na proporção de 80% de decendência italiana. Sou casada com um, e mesmo com todo o carinho e respeito que conquistei com os anos de convivência com a família do meu marido, até hoje sou chamada de "negrotta". Tenho muito orgulho da minha ascendência, então sempre protesto, dizendo à eles que não sou negra, que sou a mistura de duas raças .Sou um pouco índia e um pouco negra, com muito orgulho. EU SOU BUGRA, entenderam ou preciso desenhar? hehehehe
Vamos combinar que se FHC ou Serra tivessem implantado, qdo governantes, políticas de inclusão com fez timidamente Lula durante seu mandato, eles também seriam odiados pelas elites que hoje os veneram.
Nasci e cresci em uma região cantada e decantada pelo resto do Brasil como a Europa Brasileira, acho que o povo daqui, começou a acreditar realmente que eramos mais brancos e mais inteligentes que os brasileiros das outras regiões. Resultado disso? Fomos ficando para trás. Politicamente não diferimos em nada no atraso, mesmo tendo um verniz..O Brasil tem a Globo, nós gaúchos e catarinenses temos a RBS, para nos vender a falsa idéia de que somos melhores. Amigos ,aqui a luta contra o preconceito, pode ser diferente da luta dos nordestinos em relação ao Brasil, mas não é menor.
Acho que com a vitória de Dilma, ganhamos uma batalha, mas não a guerra. Avançamos muito nestes meus quase cinquenta anos de vida, quero mais. Então não vamos nos acomodar, deixem os derrotados continuarem conversando e convencendo uns aos aos outros. Vamos é lutar no dia a dia, e não apenas em períodos eleitorais, para que o clubezinho deles fique cada dia menor. Hoje resido com com minha fámilia em Florianópolis, e creiam vocês, essa cidade é uma ilha, ilha de elitismo, ilha de alienação política, ilha d falta de identidade cultural. Estou sendo preconceituosa? Creiam-me, não estou. E mesmo assim foi muito bacana , no dia da vitória de Dilma nas urnas, fizemos muita festa na Beira-Mar, sabiamos, estavamos em território hostil, mas juntos eramos muitos, e a próxima seremos um pouco mais. E assim será.
PS: Quero agradecer aos nossos irmão nordestinos, pois quando eles votavam nos "coronéis", não eram tão ofendidos pelo "Sul Maravilha". Mas saibam eles que do Iapóque ao Chuí , nossas lutas tem mais convergências do que divergências.

Responder

Rita

02 de novembro de 2010 às 11h23

Para mim o preconceito começa quando usa a palavra nordestino, é um forma pejorativa, não vejo em nenhum momento usar a palavra sudestino, para e pense.

Responder

    antonia

    04 de novembro de 2010 às 05h19

    Não Rita … temos orgulho em ser chamados de nordestinos…somos do Nordeste. Mas eu te entendo. O que é pejorativo não é a palavra, mas a conotação dada a palavra….isso é terrível. E a palavra para quem mora no Sul existe sim é sulista, só que eles não impingiram a ela a conotação pejorativa,,,,essa é a diferença,,,,

José

02 de novembro de 2010 às 11h15

Cearense: dia 31, senti orgulho de minha origem Cearense.76% a favor de Dilma Vana Rousseff.Ali o psdb não tem vez. Não adianta o vampiro espernear, nem agora, nem em 2014.

Responder

    juarez

    02 de novembro de 2010 às 15h59

    Parabens sr cearense seu orgulho ficará gravado na retina do tempo,a juventude não ama os vencidos,nem os coloca em seus monumentos.

Fernando

02 de novembro de 2010 às 11h01

Sugiro olhar o mapa por municípios feito pelo Estadao. Dá uma visão melhor: http://www.estadao.com.br/especiais/mapa-da-votac

Responder

fernando

02 de novembro de 2010 às 10h56

Reparem que a oposição, via imprensa, inclui nos cálculos a favor deles
até as abstenções!!! Somam os votos de Serra com as abstenções pra
provar que a vitória de Dilma não foi tão expressiva e que terá que considerar
– tomar muito cuidado! , o velho terrorismo – esse fato na hora de formar seu
governo e na hora de governar.
Arre, aja saco!

Responder

Armando do Prado

02 de novembro de 2010 às 10h53

O preconceito é combustível da direita reacionária , fundamentalista e separatista de S. Paulo. Sempre foi. Historicamente herdaram o vício dos bandidos e assassinos Bandeirantes e, hoje, continuam a valorizar o separatismo dos alucinados e aristocratas de 1932: separação e hegmonia. Falo com traquilidade desse assunto, pois sou paulistano e paulista.

Responder

jucanapoleão

02 de novembro de 2010 às 10h37

ENGRAÇADO, DILMA MINEIRA E SERRA PAULISTA.
ARROZ COM FEIJÃO E NORDESTINO LEVA A FAMA! ONDE NASCERAM PT E PSDB?
SERRA PERDEU POR USAR A TÁTICA, DESSES IDIOTAS QUE TALVÉS NÃO SABEM NEM A SUA ORÍGEM, DE AGREDIR E DENEGRIR A IMÁGEM DO SEU ADVERSÁRIO. CERTA FEITA, EU ESTAVA EM UM ÔNIBUS E OUVI UMA SENHORA FALAR COM OUTRA: "NÃO SUBJUGUE NINGUEM!"

Responder

Lucas

02 de novembro de 2010 às 10h33

Será que tem alguma coisa errada comigo ou o comentário desse Augusto Nunes é tão preconceituoso, um tanto mais sutil, mas de mesmo conteúdo, quanto ao da Petruso? http://veja.abril.com.br/blog/augusto-nunes/diret

Responder

Fábio Villela

02 de novembro de 2010 às 10h32

Nossa!!!
Ver o Jrnal da Globo ontem foi um verdadeiro show de orror. Ao passar o histórico de Dilma, a edição da reportagem colocou uma música sinistramente de filme de terror e a maneira como foi tratada as imagem remetem a uma pessoa assustadora. Meu, achei isso ridiculo…A globo sai derrotada e ela tá colhendo do próprio ódio que plantou para si mesma.

Responder

CESAR AUGUSTO

02 de novembro de 2010 às 10h28

A Vitoria da DILMA, trouxe uma alegria especial a todos nos que lutamos contra o preconceito.
Os Nordestinos massacraram,nas urnas, a Elite rancorosa que apoiava o Serra.E depois ver uma mulher derrotar um machista como Serra,não tem preço!!! KKKKKKKKKKKKKKKK
Chora na cama que é lugar quente!!!!

Responder

Ricardo_Alves

02 de novembro de 2010 às 09h58

gente esta turma ja era, vamos falar dos 8 anos de governo dilma e depois mais 8 do nosso lula ai teremos 24 anos de um governo mais justo e iqualitario, um quarto de seculo e o suficiente para mudar um pais.

Responder

zepgalo

02 de novembro de 2010 às 09h54

O preconceito é parte integrante do que é a direita brasileira. Está escancarado no meio da face deles, não tem como sair.

E com o desenvolvimento do país, cada vez mais o povo em todas as regiões vai recusar esse discurso. O destino dessa direita, com um goveno popular eficente, será o desaparecimento. Mas tem chão ainda.

Responder

Rita

02 de novembro de 2010 às 09h53

Será que a globo não considera Rio e Minas Sudeste?? E o ES foi 50 a 49, assim como o RS e GO. Quando os presidentes só governavam para o sul e o sudeste todo mundo achava normal, o nordeste sempre foi descriminado. Mas agora o Brasil é tratado igualmente, e fico abismada de ver que tem gente que é contra isso.

Responder

Robert - PR

02 de novembro de 2010 às 09h53

Azenha, acho que o Presidente Lula jogou errado aqui no Paraná. Se Orlando Pessuti fosse o escolhido como candidato do governo, das forças vivas, n ão tenho dúvidas de que venceríamos as eleições, inclusive, dando maioria para nossa Presidente.

Agora é dissipar o ódio, o medo, a discriminãção instilada por Serra, esse monstro nojento, o PIG, a ELITE capitaneada pela Av. paulista. Internert em todos os cantros do Brasil, com banda larga, isolar o grande PIG, fortalecendo a Record e outros canais. Mais, Lei nessa gente desgraçada.

Responder

Marina Serette

02 de novembro de 2010 às 09h50

Somos todos brasileiros independente do estado que vivemos. Eu moraria em qualquer parte desse país e me sentiria em casa. Conheço 70% dos estados brasileiros e onde eu vou sou tratada com carinho e simpatia. O povo brasileiro tem bom coração e todos foram responsáveis pela vitória da Dilma. As vezes, devo reconhecer que me envergonho de uma parte da população do meu estado (São Paulo) que é muito conservadora, como disseram as vezes aqui a elite branca e separatista, mas depois me recomponho, pois preconceito é coisa dos demo/tucanos. Somos 46% , quase a metade desse estado votou na Dilma e isso também ajudou a elegê-la, parabéns paulistas. Entretanto, o meu muito obrigada, de coração, para os nordestinos, pois deram um show de cidadania que me encheu de orgulho de ser brasileira!!!!

Responder

    Fernandes

    02 de novembro de 2010 às 15h15

    É por aí, Marina. O Caminho é este. Sou e moro na Paraiba. Não podemos desconsiderar mais de 10 milhoes de votos que Dilma recebeu dos paulistas. A elite é direitista em qualquer lugar desse país, por que eles sempre pensaram que o Brasil era só deles.

    MCG

    02 de novembro de 2010 às 16h39

    Concordo Marina. Agora é hora de comemorar. Somos um só Brasil. Sou do Paraná e fico triste por não termos vencido no meu Estado, mas olhando no todo, grande parte da população sulista de diversas classes sociais ajudou a eleger Dilma.
    Cuidemos para que também nós aqui em nossas avaliações não nos tornemos preconceituosos.

Priscila Susan

02 de novembro de 2010 às 09h47

Entramos em luta, o povo quando quer modifica as estruturas, e nós fizemos essa mudança por uma via democratica. A militancia para a PIG estava acabada e nós mostramos que não. A militancia hoje se divide em dois espaços: a rua e internet.
Parabéns a todos e a todas pela lição de democracia e de debate de auto nível, Obrigado as blogs sujos; a cada um que entrou de corpo e alma nesta luta, a Grande batalha foi vencida.
Mas, a luta continua.
Obrigada a professora Tania Barcelar, por explicar porque o nordeste deu mais de 10 milhões de votos a nossa presidenta Dilma.
Obrigada a todos/todas.

Olinda-PE

Responder

William

02 de novembro de 2010 às 09h40

Azenha.
Como você mesmo diagnosticou, trata-se apenas de choro imediato de derrotado.
Não acredito que a maioria das pessoas que utilizem ou aceitem o argumento de que a Dilma foi eleita pelo Nordeste seja racista ou preconceituosa. Talvez sejam um pouco invejosos, pois acredito que se eles tivessem ganho a eleição com os votos dos nordestinos, estariam satisfeitíssimos.
Por mais que queiram jogar uns brasileiros contra outros, percebo que os brasileiros das diversas regiões se amam e se orgulham de pertencer a uma nação com as peculiaridades regionais que temos.
Acredito que as pessoas que, neste momento, utilizam este tipo de argumento, fazem isto mais para justificar a derrota eleitoral do que para ofender os brasileiros que vivem no Nordeste. Na hora que a poeira baixar e passar este despeito imediato pela derrota eleitoral, elas aceitarão a idéia de que Dilma foi eleita pelo Brasil e não apenas pelo Nordeste.
Acima de todas as regiões está o Brasil, que todos amamos, e Dilma sabe que foi eleita para ser Presidente de todos os brasileiros.

Responder

Fabiano

02 de novembro de 2010 às 09h38

Sou paranaense, e digo que os nordestinos é quem sabe votar então, e estão muito mais lucidos e melhor informado que o sul e sudeste. Mas também né com a desinformação que existe por parte dos meios de informação que da pena. Mas agora sabemos que a dilma venceria mesmo com os votos daqui isso mostra que estamos lucidos também. Valeu nordeste valeu Brasil

Responder

    Renato

    03 de novembro de 2010 às 08h08

    Também, com os investimentos que o Lulla fez por lá, deixando os Estados do Sul e Sudeste por forá.
    EM São Paulo, o governo federal não investiu nenhum $$$$ na construção do Rodoanel.
    O PT não entra no palácio dos Bandeirantes.(lindo nome, nome feio é Palácio Che Guevara)

luiz

02 de novembro de 2010 às 09h38

O que tem de Psdbesta raivoso, destilando por todos os poros seu preconceito, principalmente no Terra, é impressionante. Quando em 1998, FHC se reelegeu ainda no primeiro turno, os nordestinos eram altamente politizados. Agora que levaram uma surra, passaram a ser burros e despolitizados.
Também falam muito que a alternância de poder seria muito saudável ao Brasil. Por que não pregam essa máxima para os Estados de São Paulo e Santa Catarina?

Responder

    Maria da Fé

    02 de novembro de 2010 às 11h43

    Não é à toa que esses dois Estados brasileiros carregam esses nomes, ao atenderem (felizmente só em parte) os apelos do Papa nazista e da Opus Dei.

Marilda Oliveira

02 de novembro de 2010 às 09h36

Depois de uma luta sem limites para salvar a canditada da igreja inquisitória, com a finalidade de elegê-la a presidencia do meu País, me deparo com a continuidade da tentativa de desmoralização dos povos, jogando uns contra os outros; da mesma forma como aconteceu na revolução de 1932 quando até os excluídos do Caldeirão no Carirí foram selecionados pelo governo, para combaterem contra São Paulo em troca de comida. ISTO TUDO muito me entristece, como cidadã brasileira que sou.

Responder

Mário José Costa

02 de novembro de 2010 às 09h35

A DILMA teve muito voto no sul. Infelizmente aqui corre muito dinheiro…

Responder

Fábio Venâncio

02 de novembro de 2010 às 05h51

Moro em uma pequena cidade do interior de São Paulo,próxima ao sul de Minas.
Minha cidade é governada pelo psdb ,que é quem domina o cenário político da cidade ,que já foi dominada pelo partido do Maluf na década de 70 e 80.
Minha cidade é símbolo do atraso e do retrocesso,que é marca registrada do psdb.
Na década de 90, no primeiro mandato do atual prefeito licenciado,algumas empresas que se instalavam aqui na cidade foram embora.Entre elas uma grande empresa do setor de sementes .
A cidade perdeu bastante arrecadação de impostos.
Várias empresas que tentaram se instalar no município não tiveram sucesso,pois foram impedidas ,direta ou indiretamente.
Não fossem os espanhõis ,que compraram uma usina de cana de açúcar da região ,que estava a beira da falência,o índice de desemprego seria grande.
O sistema de saúde aqui vai mau,a educação.O índice de violência aumenta a cada ano.
Uma meia dúzia de famílias comandam a cidade ,assim como no século XIX.Com destaque para a família do prefeito licenciado.
Aqui tudo é muito caro ,fora do normal.Aluguel ,terrenos ,casas ,roupas ,mercearia .Quem é de fora estranha os preços.
Depois querem dizer que quem vota no PT e na Dilma é ser ignorante e atrasado???!!!!!
Igonorante para mim é aquele que comeu capim a vida toda ,e quando ofereceram um filé a ele , o mesmo preferiu continuar comendo capim.

Responder

Márcia Aranha

02 de novembro de 2010 às 05h37

E o Bonner, hein? Desembarcando em Brasília no jatinho da Globo para "cobrir" a vitória de Dilma depois de sua participação pra lá de facciosa nas entrevistas… Que cara de pau…

E que bom que os tempos mudaram… Antigamente eram os presidentes que corriam para a Globo assim que o resultado final era anunciado.

Responder

    João

    02 de novembro de 2010 às 11h38

    Oi Márcia. Concordo com você. veja só:
    Andam dizendo por aí que um terceiro turno já começou.
    Penso diferente. O que começou mesmo foi o primeiro turno de 2014. O sinal foi dado por Serra (“a minha mensagem de despedida não é um adeus, mas um até logo. A luta continua”.). Quem primeiro captou a mensagem foi a Rede Globo (sempre ela).
    Vejam só o que aconteceu ontem no JN. Dilma é entrevistada nos estúdios da emissora em Brasília. Por alguma circunstância ela não foi ao Rio.
    Bonner se dirige até lá, mas para não perder a pompa, viaja no jatinho da emissora. O que acontece no estúdio? Em primeiro lugar, mostra-se Dilma entrando para a entrevista pela “área de serviço”. Parecia até parte de uma reportagem sobre os bastidores de algum evento de campanha. O usual seria começar a entrevista com ela já acomodada ao lado do entrevistador. Seria mais estético.
    Que imagens foram exibidas? Do primeiro discurso de Dilma já eleita presidente da república, suprimiu-se aqueles segundinhos em que ela quase chora quando se refere ao apoio que recebeu de Lula. No domingo e ao vivo, esse trechinho foi o momento mais emocionante do pronunciamento de Dilma. O JN cortou.
    Quem trechos da reportagem “roubada” do Fantástico foram reapresentados? A informação de que o pai de Dilma viajou para ao Brasil deixando na Bulgária a esposa grávida. Nunca vi tanta imagem de mulher grávida em campanha eleitoral como nas inserções diárias da propaganda política de Serra. Lembram-se da frase da atribuída à senhora Serra “Dilma é a favor da morte de criancinhas?”
    Ressalta-se ainda na reportagem o fato de Dilma ter estudado em colégio de rico (Serra, menino pobre, estudou em escola pública).
    Não sei não. Talvez eu esteja vendo cabelo em casca de ovo.

Brito

02 de novembro de 2010 às 04h08

Depois da campanha sórdida feita pelo tucano, pode-se dizer que a vitória de Dilma foi sim esmagadora em todo o Brasil, pois muitos eleitores se iludiram com o "Zé de deus". Os nordestinos porém, foram mais sensatos por não terem dado crédito a esta farsa.
Caso o Zé chorão fizesse uma campanha limpa, o resultado seria DILMA 65% X 35% SERRA, uma verdadeira surra.

Parece até que a campanha do Zé baixaria não foi para ganhar, e sim para perder por menos.

Responder

    Márcia Aranha

    02 de novembro de 2010 às 05h34

    Discordo, Brito…

    Se a campanha tivesse sido honesta, com viés – que é natural – mas sem a intervenção direta da velha mídia, Dilma teria liquidado a fatura no 1o Turno com um mínimo de 55% dos votos válidos.

    Abraços.

    Cícero

    02 de novembro de 2010 às 06h32

    Boa essa, Gostei.

    Eli

    02 de novembro de 2010 às 10h44

    Pois é Brito! É incrível, mas o povo do nordeste, que costuma ser tachado de apegado a crendices, de praticar o catolicismo do séc. retrasado, e mesmo os evangélicos, não se deixaram enganar. Já o pessoal do sul, "tão esclarecido", rsrsrs

MauMauQuirino

02 de novembro de 2010 às 03h37

Nordestinos:

– Castro Alves
– Gilbeto Freire
– Augusto dos Anjos
– Milton Santos
– Ariano Suassuna
– Ruy Barbosa
-Luiz Gonzaga
– João Gilberto
– Glauber Rocha
– João Ubaldo Ribeiro
– João Cabral de Melo
– Jorge Amado
– Jose de Alencar
– Wagner Moura
– Lázaro Ramos
– Gal Costa
– Caymmi
– Graciliano Ramos
– Manuel Bandeira
– Celso Furtado
– Assis Chateaubriand
– Gonçalvez Dias
– Aurélio Buarque de Holanda
– Zumbi dos Palmares
– Djavam
– José Lins
– Carybe
– Cruz e Sousa
– Maria Bethania
– Gilberto Gil
– Alceu Valença
– Zé ramalho
– Dominguinhos
– Zeca Balheiro
– Alvares de Azevdo
– Clarice Lispector
– Rachel de Queirós
– Patativa do Assaré
– Caetano Veloso
– Itamar Franco
— Anisio Teixeira
– Dias Gomes
– Teodoro Sampaio
– Tobias Barreto

1 de novembro de 2010 17:30
Danilo Augusto em o esquerdopata

Responder

    Taciana

    02 de novembro de 2010 às 08h12

    Alberto Maranhão, Nizia Floresta, Amaro Cavalcanti, Alzira Soriano, Luis Maranhão,Celina Guimarães, Felipe Camarão e os seus irmãos e mulheres, os operários que fizeram São Paulo, os que ajudram a fazer o Rio, os que ajudaram a desbravar o Sul em 1877 e 1970, os que fizeram a Guerra da Borracha no Norte, os que suportaram a reta final da 2ª Guerra e…

    Rita

    02 de novembro de 2010 às 09h40

    E o grande NORDESTINO LULA.

    Genisete

    02 de novembro de 2010 às 09h44

    Acrescente o poeta Jorge de Lima, alagoano de União dos Palmares.

    Dolores Santa Cruz

    02 de novembro de 2010 às 10h03

    Danilo, vocês esqueceu de colocar, o herói que nos tirou das mãos do FMI, naquela época eramos o capacho dos EUA.
    Você esqueceu de colocar LUIZ INÁCIO "LULA" DA SILVA – nascido em CAETÉS, PERNAMBUCO, NORDESTE, BRASIL.

    jucanapoleão

    02 de novembro de 2010 às 10h04

    EM OUTRAS REGIÕES EXISTEM OUTROS ILÚSTRES, SOU FÃ DE ADONIRAN BARBOSA(JOÃO RUBINATO). O QUE DOI, É O PROCONCEITO QUANTO AOS NORDESTINOS E NORTISTAS COMO NÃO FOZSSEM GENTE, COMO SE NÃO EXISTISSE POBRES E ANALFABETOS NO SUL E SUDESTE TAMBÉM (E NATIVOS DA REGIÃO, NÃO MIGRANTES).

    clausius

    03 de novembro de 2010 às 10h13

    Joaquim cardoso ( o poeta e calculista pernambucano que permitiu os devaneios de niemeyer tornarem-se realidade), os dois maiores matemáticos que já surgiram neste pais ( o cearense mauricio peixoto e o pernambucano Leopoldo Nachbin) , dois dos maiores físicos que este pais produziu ( os pernambucanos Mario Schemberg e José Leite Lopes),Luis Jardim ( o escritor conterrâneo de Lula que precisa ser resgatado imediatamente :produziu algumas das melhores obras infantis e contos bem como teatro de alto nível ) . Marlos Nobre ( o compositor erudito pernambucano brasileiro mais festejado no mundo ), alberto nepomuceno ( grande cerarense expoente da musica erudita nacionalista). Abreu e lima ( o general pernambucano que lutou ao lado de bolivar e que tem a mais fantástica biografia a ser contada )

lipe

02 de novembro de 2010 às 03h37

Na minha leiga percepção, em uma Eleição para Presidênte, quando a mídia distingui os estados onde o eleito teve maior números de votos, ela está ferindo e fomentando a discriminação, conforme o "Art. 1º A República Federativa do Brasil, formada pela união indissolúvel dos Estados e Municípios e do Distrito Federal, constitui-se em Estado Democrático de Direito (…)"
Visto que em nenhum Art. dos príncipios fundamentais da Constituição Brasileira, não há distinção entre estado A ou B, nem sequer cita o nome dos estados!
Fica explícito que está forma utilizada se sobrepõe como mensagem subliminar (persuasão inconsciente) onde fomenta uma disputa na sociedade nos âmbitos geografico, culturais e principalmente político! Que não é salutar para nenhum estado, sociedade ou pesssoa!

Site com perfil dos preconceituosos http://kioshi.blogspot.com http://xenofobianao.tumblr.com/ http://blogdosakamoto.uol.com.br
É vergonhoso!

Responder

Cícero

02 de novembro de 2010 às 03h35

OU O BRASIL ACABA COM A GLOBO, OU A GLOBO VAI ACABAR COM O BRASIL!

Responder

    LuisCPPrudente

    02 de novembro de 2010 às 09h40

    "Ley de Medios" nela!

antonia lima

02 de novembro de 2010 às 03h24

Ah, vencemos a VEJA, a GLOBO, a FOLHA, a UOL, o JC (aqui de PE), as Igrejas…muitos pastores….a CNBB, o PAPA…o medo, a fofoca, a baixaria, a guerra, (e o Sérgio Guerra, o Jarbas, o Marcos Maciel)…as classes ricas e médias, a hipocrisia, a malandragem do Serra, a neutralidade da Marina…VENCEMOS!
Não sentimos preconceito com o título da matéria…"Dilma ganharia mesmo sem o Nordeste"…
Obrigada ao Rio de Janeiro, a Minas Gerais e a todos que em seus estados votaram em Dilma mesmo não dando a maioria dos votos a ela…todo os votos são importantes…O Nordeste está feliz…
Antonia Lima

Responder

    Cícero

    02 de novembro de 2010 às 06h30

    Bem lembrado. Foi uma luta difícil, mas afinal venmcemos. Todos saímos vitoriosos: a Dilma, nós, o Brasil.

    José Roberto Amaral

    02 de novembro de 2010 às 07h18

    Antonia Lima. Moro em Brasília após 30 anos de Alagoas. Me sinto muito honrado pelo que o Nordeste está fazendo mais uma vez pelo Brasil. Viva o Nordeste Brasileiro que deu ao povo o MAIOR E MELHOR PRESIDENTE DA HISTÓRIA DO BRASIL – LUIZ INÁCIO LULA DA SILVA.

lucia

02 de novembro de 2010 às 03h23

O fato de Dilma ter ganho na Região Sudeste está sendo omitido reiteradamente, será descuido?
Outra coisa que está me preocupando muito é a falta de consciência do povo brasileiro sobre o valor da conquista do Estado Laico para as sociedades republicanas. Essa interação entre líderes religiosos e politiqueiros oportunistas é muito perigosa. Pode levar o país a retrocessos inaceitáveis! Hoje falam do aborto, amanhã pode ser a distribuição de anticoncepcionais, camisinhas ou seringas. Nos EUA chegaram a impor o ensino de teorias criacionistas nas aulas de ciências.
Agora que importamos o Movimento do Chá precisamos desenvolver "vacinas" para prevenir os futuros estragos que isso pode acarretar.

Responder

Vivianne Fattibene

02 de novembro de 2010 às 03h02

Um brinde à VITÓRIA da Dilma! Lavou nossa alma!
Porém, ao analisar o mapa azul/vermelho que mostra a distruição dos votos pelo Brasil, uma coisa chama minha atenção e peço ajuda a quem puder me esclarecer: o Acre, que renasceu sob os ótimos governos do PT dos últimos 12 anos, deu 69% dos seus votos ao Serra….!!! Como entender? Deixo a pergunta, mas também a minha imensa alegria pelo resultado final: DILMA PRESIDENTA DO BRASIL!

Responder

antonia lima

02 de novembro de 2010 às 02h37

Caro Azenha
1) Agradeci a um colega meu do BCB/Recife por me apresentar este blog…Muitos dias corria aqui para ter mais esperanças….
2)Adorei sua reportagem de hoje na Record mostrando o Presidente Lula aqui em Recife, sexta passada e outros momentos como o daquela família sem luz/energia…
3) Ontem era risível para nós a cara de enterro dos globais (principalmente da Globo News)…a Cristiana só falava no Aécio e nada sobre o nosso governador Eduardo Campos…ontem mesmo ela e a Mônica Waldvogel começaram a delinear a oposição e a sonhar com o "Presidente Aécio…"
4)Falaram do Nordeste vermelho com tanto preconceito…dizendo que os grandes produtores do sul não tinham como votar em Dilma…
4) Não reconhecem que mesmo os estados azuis se mesclavam de vermelho com a quantidade de votos que nossa presidenta eleita teve…São Paulo, por exemplo, teve milhões de votos em Dilma…Assim como Goiás, etc…quando eles pintam de azul esquecem de dizer que o azul não é puro, é lilás ou roxo porque no azul tinha millhões de pingos estrelados vermelhos…
5)O Bonner hoje no JN "começou a sorrir para Dilma"…Esqueceu da dureza de suas palavras durante toda a campanha….mas Dilma sabe que a Globo faz parte do PIG.
6) Estão chamando o Nordeste de Nova China….Lula é nordestino….de Caetés-PE. Eles nunca engoliram um presidente de origem pobre, etc,etc.
Obrigada pela atenção, Azenha….e agradeço pelos seus sensíveis textos e maravilhoso blog.
Escrevi no meu orkut: Felicidade, emoção, êstase…esse é o meu estado.
Antonia Lima,
é novembro em Recife de Pernambuco de Dilma e de Lula…
Recife-PE

Responder

Edson Silva

02 de novembro de 2010 às 01h58

Nos últimos 12 meses passei meus fins de semana, feriados e madrugadas pesquisando na net e enviando e-mails mostrando os podres de Serra, do PSDB e do DEM, enviando e-mails combatendo as injúrias, mentiras e calunias contra Dilma. Imprimi textos, adesivei meu carro, fiz bandeiras. Trabalhei muito, de graça, anonimamente, visando dar continuidade às melhoras do nosso país, visando evitar um retrocesso monstruoso para nosso país, caso Serra vencesse. Ontem vibrei, gritei, comemorei muito, com a vitória de Dilma

Porém, hoje estou injuriado, decepcionado, revoltado, com a entrevista exclusiva de Dilma à rede globo. Considero essa entrevista uma ofensa, um desrespeito aos eleitores de Dilma, principalmente depois da palhaçada que fizeram tentando provar que serra tinha sido agredido. Entrevista exclusiva deveria ser unicamente para a Record, que tratou Dilma com respeito, com a verdade, com dignidade. Entrevista para a mída golpista e financiada deveria ser apenas em coletivas.

Eles agora estão rastejando, lambendo os sapatos de Dilma, mostrando a verdadeira história e trajetória de vida dela, mas isso só será por um ou dois anos, migalhando pelo dinheiro do governo, depois voltarão a fazer camapanhas sórdidas com a que fizeram, em prol do próximo candidato deles.

O governo deveria cortar toda e qualquer propaganda dos veículos desses facínoras, dessa gangue que é a velha mídia, que tem a rede globo como seu maior expoente. O Brasil não precisa dessa escória.

Responder

    Ronaldo

    02 de novembro de 2010 às 08h09

    Não acreditei quando me informaram, já que não assisto noticiários na TV há mais de 20 anos, que a Dilma concedeu uma entrevista a Globo.

    Apesar de ter sido depois da Record ainda acho que foi uma tremenda de uma concessão. A Dilma foi maltratada, insultada, ofendida, difamada, e o que mais desejarem, por este grupo de comunicação através de seus noticiários e comentaristas, e se entregou de primeira. Não vem ao caso o que foi dito. O simbolismo do gesto, a linguagem corporal, o tom ameno é o que conta, é a mensagem transmitida. Como a militância e os eleitores vão interpretar este fato?

    A reconciliação é uma atitude cristã, mas a dignidade é uma virtude. A Dilma deveria, no mínimo, evitar a ida ao ninho da serpente. Exigir que a equipe da TV fosse até ao comitê ou algo que o valha. Ter discutido a pauta, algo mais republicano. Mas o ideal mesmo teria sido uma coletiva, semelhante às que fazem as lideranças políticas do primeiro mundo, já que almejamos chegar lá.

    O ambiente do discurso logo após a confirmação da vitória já deixou a desejar. Como o PHA mesmo destacou, a Dilma foi apresentada ao mundo com aqueles papagaios de pirata enchendo a tela e fazendo caras e bocas durante todo o discurso. Quer prestigiar a equipe? Muito bem, mas existem outras maneiras. Nem que seja pela estética.

    Quem acessora a Dilma nestes assuntos? Quando vi o Lula sentadinho ao lado do Bonner durante aquele famoso JN eu relativizei porque achei que o Lula, pela sua origem e sua vida, poderia ter algum deslumbramento pela telinha. E que pelo menos agora, pelas suas declarações, aprendeu a não ter. E alertou a quem ouviu para não encher a bola do PIG.

    Mas a Dilma teve uma formação diferente. E o seu caratér é de luta, de enfrentamento. É um dos motivos pelos quais dediquei meses de esforço em sua campanha. Enfrentei parentes e amigos. Participei de blogs, fui a comícios e caminhadas.

    Dilma, minha querida conterrânea de Belo Horizonte, minha contemporânea de Colégio Estadual. Posso estar errado, sei que não sou dono da verdade, mas nesta você me contrariou.

    IVANDA

    02 de novembro de 2010 às 09h49

    Edson, a Dilma deu sua primeira entrevista ao vivo para a RECORD, quem a entrevistou foram as jornalistas Ana Paula Padrão e Patricia. A globo é que diz que toda entrevista dela é exclusiva, quando não é verdade. Tudo que ela falou para Wilian Bonner eu já sabia porque assistir na RECORD.

    Um grande abraço

    Rita

    02 de novembro de 2010 às 09h49

    Edson, acho que vc está enganado. A primeira entrevista de Dilma foi à Record, depois ela foi ao jn. Ela estava com Ana Paula Padrão e uma outra jornalista que não lembro o nome. Masd fique tranquilo, vá lá no CAF e veja o PHA falando.

    Goreti

    02 de novembro de 2010 às 11h34

    Concordo com você que deveria ter sido uma entrevista coletiva. No entanto, a entrevista foi exclusiva para a Record. Edson, agora o importante é que a GLOBO, queria mesmo era tá entrevistando o Seu SERRA….Sabe Edson, temos agora é que torcer pra que o governo dela seja excelente, porque assim, responderá de forma positiva essa mídia golpista: Globo, Estadão, Veja, etc. Um grande abraço Maria Goreti

Mauro toshiuki

02 de novembro de 2010 às 01h15

Sobre isso só posso dizer uma coisa, sou paulista do interior do estado portanto venho de uma região extremamente conservadora e quercista por natureza, sou pobre sim e não tenho vergonha desse fato e nem mesmo vejo por que por ser pobre meu voto valha menos que o voto de um empoado preconceituoso cheirosinho Também não consigo ver nada que justifique a idéia de que o voto de nordestinos ou nortistas valham menos que o voto de sudestinos ou sulistas, votei em Dilma por entender que o projeto de país que eles defendem é o mesmo projeto de país que eu desejo, não desejo o projeto de país que o PSDB defende e implanta no estado de São Paulo onde todas as políticas públicas ignoram a necessidade de tratar as camadas mais pobres de forma diferenciada e onde o único projeto claro que eles possuem é de encolhimento do estado e da privatização do estado , o de abandono da população à própria sorte e à defesa dos interesses dos detentores do poder econômico. Disse não ao neoliberalismo do PSDB e percebo agora que eles são incapazes de perceberem meu recado.

Responder

Cícero

02 de novembro de 2010 às 00h47

A verdade é que eles não estão aceitando a derrota. A GLOBO TÁ QUERNDO MENOSCABAR A VITÓRIA EXPRESSIVA DA DILMA NAS URNAS. O Serra é tão nocivo à sociedade que, mesmo derrotado, continua semeando o ódio entre os irmãos do Norte, Nordeste, Centro Oeste e do Sul, Sudeste. Os tucanos disseminaram e continuam disseminando preconceito entre os brasileiros. Pior pra eles: em 2014, a resposta dos Nordestinos e Nortistas a esse preconceito será ainda maior nas URNAS. Dilma foi eleita democraticamente pelo povo. Venceu nas urnas. Os tucanos que ainda não aceitaram a sua vitória, que morram, metam a cabeça na parede, pule no tietê, fodam-se. DILMA É A NOSSA PRESIDENTE! E ponto final.

Responder

    Ramon

    02 de novembro de 2010 às 03h10

    Não precisam de nada disso, só de uma fita crepe! Se ocorrer uma distribuição massiva de bolinhas de papel o eleitorado tucano será reduzido à metade. Mas o PT não vai fazer isso, Dilma vai fazê-los felizes ao final de 4 anos e o efeito final vai ser mais uma vitória dos progressoistas contra as forças do atraso.

Liz

02 de novembro de 2010 às 00h46

Azenha, isso é mais que preconceito! Quem foi que disse que os eleitores do Serra (maioria elite), sabem fazer alguma "leitura" do quadro político estabelecido nesse país?! Eles são os maiores "analfabetos"! Para alguns nunca haverá leitura que dê jeito. Digo isso porque em Santa Catarina, a Dilma venceu no 1º turno na maioria dos municípios, da mesma forma no 2º turno. A diferença de números ente ela e Serra está nos grandes centros, com maioria dos eleitores. Nos municípios pequenos, as pessoas tem bastante inteligência para decidirem seus votos, a maioria com atividade peculiar rural. Lá as ações do governo chegou, com os programas desenvolvendo a agricultura familiar, o programa que levou "luz para todos", e todos mesmo, pois meus avós moravam num sítio onde não chegava luz. Ouvi sempre meu avô dizer que jamais teria o "dinheirão" que o governo queria para instalar energia elétrica na localidade dele. Infelizmente, a "luz" chegou quando ele faleceu. Meu avô acendeu lampião a base de "liquinho" em todos os anos da vida dele. A lembrança do meu avô é boa, lamento apenas que ele não esteja vivo pra ver o progresso que nosso país está trilhando. Ficaria muito feliz em discutir com ele, a política de hoje em contraponto com a política do ontem.
Ainda bem, que estou vivendo "à luz" do progresso, e não a opressão da "escuridão".

Responder

    Goreti

    02 de novembro de 2010 às 11h36

    Liz, você faz uma leitura corretissima!!! O pior analfabeto é o que não consegue ler a verdade!!!
    Goreti

Carlos Henrique

02 de novembro de 2010 às 00h40

Parece até coisa de outro mundo. O Norte/Nordeste andou esquecido por muitos anos. Fecharam a SUDENE com uma medida provisória e falam em união nacional.
A figura do nordestino sem educação, pobre e desnutrido está acabando. Isso deixa uma parcela da população, que sempre explorou essa gente, com medo.
Moro em Olinda-PE, nordestino com todo amor, e torço para que ela seja uma presdidenta como o maior presidente da história desse país, o Lula.
Avante Brasil.

Responder

Portela

02 de novembro de 2010 às 00h38

Considerando – boa ficção – apenas 6 estados (RS, SC, PR, SP, RJ e MG) conforme a tabelinha abaixo, a Dilma ganharia as eleições com uma diferença de 435.000 votos. Ou 50,4% dos eleitores.
Estado Dilma Serra% Dilma
RS3.117.761 3.237.207 5,4
SC1.556.226 2.030.135 2,7
PR2.593.086 3.226.216 4,5
SP 10.462.44712.308.483 18,2
RJ4.934.077 3.223.891 8,6
MG6.220.125 4.422.294 10,8
Total 28.883.72228.448.226 50,4
Diferença435.496
Fonte: http://eleicoes.folha.uol.com.br/2010/2turno/apur
É só isto.

Responder

    jucanapoleão

    02 de novembro de 2010 às 10h11

    A JUSTIFICATIVA DE UM CIDADÃO NO "SITE" DA GLOBO, É QUE NO SUDESTE TEMBÉM EXISTEM NORDESTINOS.
    LAMENTÁVEL! COM CERTEZA ESSE CIDADÃO DEVE TER ORIGEM DE OUTRAS REGIÕES, MOREI 3 ANOS EM SÃO PAULO E OS PAULISTAS SÃO RECEPTIVOS( NÃO MIGRANTES E DE ORIGEM, PAULISTAS MESMO!).

    Lucio Padovani

    03 de novembro de 2010 às 00h03

    Pura verdade, Portela! Também fiz essa conta e cheguei à mesma conclusão. A notícia boa é que tive a ideia de fazer a conta DEPOIS que vi, no Estadão de hoje, um infográfico em que o Estadão separou = mostra em quadro separados, barrinhas azuis, do Serra, e barrinhas vermelhas, de Dilma, com o total de votos de c/um. Pensei: p q separaram as barrinhas, pondo as azuis e as vermelhas beeeeeeeeeeeeeeeem longe umas das outras?
    Quando fiz as contas é q entendi: se deixassem as barrinhas próximas, tooooooooooooooooooooodo mundo veria exatamente o contrário do q a matéria dizia! São perfeitos idiotas, os tais 'jornalistas' desses jornalões. Será q ñ se envergonham do q fazem?

Taciana

02 de novembro de 2010 às 00h32

Falando em preconceito, estou assistindo agora, mais por solidariedade, o massacre de José Dirceu, no Roda Viva.
Nojentos!
Grande Dirceu! Um dia este País ainda vai lhe fazer justiça.

Responder

    Maria Lucia

    02 de novembro de 2010 às 11h34

    Taciana
    Eles estavam mesmo babando de ódio, queriam pular na jugular do Dirceu de qualquer jeito!
    Mas, no meu entender, quem os massacrou com sua perfeita coerência e inteligência brilhante foi o Zé Dirceu.
    E olha que eram cinco contra ele!
    O importante é que ele deixou claro que não vai participar do governo e que seu único objetivo é lutar por sua absolvição no STF e após isso,exigir uma justa anistia política. E deixou em aberto se, caso consiga esses seus objetivos,voltará a se candidatar a cargos eletivos.
    Fez questão de mostrar a parcialidade quanto ao tratamento dado para ele e ao que recebe o senador Eduardo Azeredo, do PSDB,que surpreendentemente está sendo julgado em instâncias comuns, enquanto ele, que não tem foro privilegiado, é julgado pelo STF, que finge não saber de sua absolvição em instâncias inferiores.

Penha Rocha

02 de novembro de 2010 às 00h27

Caro Azenha,
Belo texto! sabemos que a direita não sabe perder e tem como pretensão desqualificar a vitória de uma mulher guerreira, inteligente, competente e com compromissos sociais. Pela primeira vez na vida minha profissional – sempre morei no Rio e São Paulo- estou no Maranhão como Jornalista, Pesquisadora e Professora da UFMA. É uma experiência e tanto para nós que viemos do sul maravilha!É um retrato em branco e preto do Brasil que o Presidente Lula tentou mudar e conseguiu em muitas áreas, como na educação.
Acreditamos na Dilma e sempre iremos enfrentar o preconceito com suas mentiras e falcatruas com firmeza e de cabeça erguida!
Abrsços
Penha Rocha

Responder

Silvio

02 de novembro de 2010 às 00h24

Azenha:
Serra foi muito bem votado. Tudo, graças à quantidade de beijos, que deu os santos, em suas caminhadas, e em rosários. Ter tido a mãozinha do Papa, 48 horas antes do pleito, e da mãozinha dada ,pelos evangelistas, inimigos do aborto. Si não tivera tido isso, ele não chegava ao numero de votos, que ele obteve.

Responder

SérgioFerraz

02 de novembro de 2010 às 00h18

Este preconceito contra o voto do nordeste é coisa de gente mal intencionada, não mencionam que Dilma/PT obteve:
60% votos no RJ (terceiro maior colégio eleitoral);
58% votos em MG (segundo maior colégio eleitoral),
49% votos no RS e
46% votos em SP (o maior colégio eleitoral e Estado administrado pelo "mais preparado dos brasileiros").
Preferem empurrar para os outros a própria incompetência.

Responder

Cláudio

02 de novembro de 2010 às 00h17

Moro num estado Maravilhoso e numa cidade linda que é Floripa, mas infelizmento nosso estado é muito preconceituoso e por isso os Demos ganharam no nosso estado.Um dia isso terá que acabar, o País é um só, não existe cidadão de primeira nem de segunda classe, indepedente da região que ele pertence.Temos que sempre lutar contra o preconceito.Parabéns pelo seu comentario Azenha.

Responder

Lili

02 de novembro de 2010 às 00h10

Azenha,
sou cearense de Fortaleza, mas moro em SP há quase 2 anos. Já ouvi comentários do tipo mesmo sem ser época de eleição. Portanto, isso não me surpreendeu. O engraçado é que essas pessoas se julgam tão superiores, mais cultas e inteligentes que nós, mas na verdade são uns pobres (de espírito) ignorantes. Sou mais eu um milhão de vezes. :)

Responder

Silvio

02 de novembro de 2010 às 00h09

Vander- Em São Paulo não ganhou com o voto dos nordestinos. Não ganhou, porque onde e votado o PSDB/DEM e no centro, e bairros de ricos da cidade, E o nordestino não mora em esses bairros, mora nos bairros das periferias, que foram que votarão em Dilma. Existe muito nordestino, que não transferiu seu titulo, e por essa razão, não votou. Seria interessante, que os senhores congressistas, pensarem alguma forma de politizar, mais o povo, para que este concorra a votar, e não anule seu voto.

Responder

jony

02 de novembro de 2010 às 00h07

isso é coisa dos que tem nojinho de pão com mortadela, tubaina e pinga.

Responder

    turmadazica

    02 de novembro de 2010 às 11h04

    Opa, como charcuteiro me vejo obrigado a defender a mortadella… É que as nossas são mal feitas, mesmo a Ceratti… Mas algumas, com pistache, sementes de erva doce, e muitas outras são sensacionais, muito superior ao que a gente come como presunto cozido, mas é uma massa de carne suína prensada… Mas to brincando com vc brother, sei que foi uma alegoria, a qual eu concordo! =D

Rogério Leonardo

02 de novembro de 2010 às 00h04

Azenha, acho que a Lúcia Hipólito andou bebendo novamente…

Responder

Roger Oliveira

02 de novembro de 2010 às 00h04

E esse preconceito contra nordestino se estendeu até no Twitter, Azenha. A estudante de Direito aqui de São Paulo chamada Mayara Petruso postou o seguinte absurdo devido ao Nordeste ser decisivo na eleição de Dilma: "Nordestisto não é gente. Faça um favor a SP e mate um nordestino afogado!"

Nem sei da onde veio esse neologismo "Nordestisto", e nem tô afim de saber também. O que sei é que notei um claríssimo preconceito contra o povo do Nordeste. E provavelmente, por essa dita cuja ter postado uma barbárie dessas, só pode ser integrante do White Power e partidária ferrenha da direitalha que acha que o Zé Serrote Cego é a salvação da Humanidade.

É lamentável ver manifestações como essa na Internet. Quem posta uma coisa dessa só pode ser comedor de cocô, pois isso é de uma burrice, é de uma obtusidade ilimitada! Só um ignorante tem a audácia de postar algo assim. Pessoas como ela não enxergam que não importa se você é nordestino, paulista, gaúcho, branco, negro ou índio. O que importa é que somos brasileiros acima de tudo.

Responder

    Osmildo

    02 de novembro de 2010 às 04h11

    Olhem a falta de respeito com o povo e a nação brasileira. O que estão estão fazendo é um crime com o brasil!!!!!! O que estão ensinando para a juventude desse país? Olhem o que essa eleição trouxe de benefícios para o futuro desse país!!!!!! Olhem o que o nosso "querido" Serra conseguiu com a campanha de alto nível proporcionada pela cambada do PSDB!!!! ( http://xenofobianao.tumblr.com/ ) Ajudem a denunciar!!!!!!

    jucanapoleão

    02 de novembro de 2010 às 10h17

    ESSA CRIATURA DEVE TER SANGUE NORDESTINO E TEM VERGONHA DE TER.

Meio São Tomé

01 de novembro de 2010 às 23h55

Desconfiado sempre serei e como tal ainda não "engolí" as falas do ministro do TSE Marco A. de Melo e da famigerada Dra. Cururu, Curau, sobre os efeitos pós eleições da lei eleitoral .
Meu desconfiômetro não aceita também goela abaixo um vice com cara de mordomo de filme de terror, jeitão de cavalo de tróia e spyware.
Barbas de molho companheiros.

Responder

PauloMSM

01 de novembro de 2010 às 23h51

Temos um neotroll serrista? KKKKKK
Chegou atrasado!!!

Responder

José

01 de novembro de 2010 às 23h51

O Brasil, com a sua maior riqueza que possui, que é o seu próprio povo é maior que toda essa mesquinharia "humana" que é transmitida ao mundo pela mídia. Vamos lá BRASIL! A VITÓRIA É NOSSA!!

Responder

Lucio

01 de novembro de 2010 às 23h49

Marília Gabriela no Roda Viva "_Foi um eleição apertada". O país para essa gente de mídia é outro. Sempre foi e nunca vai mudar. Tudo o mais não tem importância. "Que história é essa de governo que pensa priorizar qualquer coisa além do nosso fiel público ?". Meus queridos leitores , meus queridos telespectadores, meus queridos… O governante do Brasil deles seria pouco exigido. Precisaria governar pra uns poucos e seria exaltado todo dia. Há anos desliguei TV.Agora fui fazer exceção .Deu no que deu. Eu e mídia somos irreconciliáveis. Prefiro o mundo real. Esse sim, me estimula a viver cada dia.

Responder

    donizete

    02 de novembro de 2010 às 14h49

    lucio sempre haverá aqueles que ao toparem com um copo pela metade: uns dirão que está meio cheio, outros dirão que está meio vazio, é uma questão de interpretação do fato..

antonio c a santos

01 de novembro de 2010 às 23h38

preconceito anti-nordestino é moeda corrente em certos circulos intelectuais do psdb e pasmem do pt.

Responder

Roberto A.P.

01 de novembro de 2010 às 23h37

No RS, o Serra ganhou por apenas 1 ponto, graças a ignorância que impera em certas cidades como Porto Alegre que só respira futebol,o resto não importa pra eles. Na cidade de Rio Grande por exemplo,único porto do estado,bem ao sul e um dos 5 maiores do país, a Santos gaúcha, nessa cidade que é a mais importante do Estado a Dilma deu uma lavada de 60 x 40.

Responder

Natale

01 de novembro de 2010 às 23h25

Caro Sr.Azenha, entendo, modestamente, que esta notícia promoveria uma boa discussão:

Dilma se elegeria sem contar com Norte e Nordeste:

Excluindo, sem nenhum preconceito apenas como exercício aritmético, os eleitores das Regiões Norte e Nordeste, e comparando apenas as votações dos dois candidatos nas Regiões Sudeste, Centro-Oeste e Sul, a diferença pró Dilma é de: 839.695 votos

A Região Sudeste, idealizada pelos parvos críticos de nordestinos e nortistas como bastião do PSDB, deu à Petista-Dilma 1.630.614 votos de eleitores a mais do que seu adversário.

Esta quantidade supera em 839.695 votos a soma das vantagens que Serra teve na Região Sul, 656.485 votos, e na Região Centro-Oeste, 134.434 votos. (Diferença: 839.695 votos)-(Terra Magazine-01/11/10)

Responder

vander

01 de novembro de 2010 às 23h23

Azenha, ouvi muito isso dos nordestinos, eu como um nordestino trabalhador honesto, fiquei aliviado quando a Dilma derrotou essa cambada tucana,porque no fundo esse é tambem o que pensam FHC/SERRA, gra;ças ao meu bom deus que eles ficaram pra tras. Nunca em toda minha vida eu me dediquei tanto a uma candidatura.
é lamentaval que essa gente pense assime ainda sao contraditorios pois em São Paulo serra ganhou com a maioria dos votos dos nordestinos, mas isso eles nao falam.

Responder

Antonio- SC

01 de novembro de 2010 às 23h22

Para a grande massa de assalariados que deixaram de sonhar com a sua casa própria, que puderam adquirir o seu veículo ou moto, que em suas viagens a passeio agora podem optar entre o avião ou ônibus, e que tudo isso agora é realidade, deixando de ser exclusivo para uma pequena classe de favorecidos, então só poderia dar a lógica.

Responder

Substantivo Plural » Blog Archive » O preconceito que se esconde por trás do mapa vermelho e azul

01 de novembro de 2010 às 23h21

[…] Por Luiz Carlos Azenha Vi o Mundo […]

Responder

Marcelo Zero

01 de novembro de 2010 às 23h19

Caro Azenha,
Tentam agora deslegitimar a vitória da Dilma com o seguinte cálculo: somam o voto adversário+abstenções+ brancos e nulos e chegam a conclusão de que a maioria não votou com a Dilma. Isso é ridículo. Esse tipo de cálculo deslegitimaria qualquer eleito. Esses cálculos podem ser feitos para qualquer eleição. Por exemplo, em 1998 FHC se elegeu com cerca de 36 milhões votos, em 1º turno. A abstenções + votos brancos e nulos somaram 38 milhões. Os adversários somaram cerca de 31 milhões de votos. Conclusão: quase 70 milhões de brasileiros não quiseram FHC, que, mesmo assim, se elegeu com apenas 36 milhões de votos. Entenderam?

Responder

José

01 de novembro de 2010 às 23h12

É importante considerar toda forma de pensamento que promova o desenvolvimento humano e elimine o preconceito que mesmo assim não diminui a considerável e consolidada vitória do povo. Parabéns ao Azenha e aos comentaristas…

Responder

    José

    01 de novembro de 2010 às 23h13

    OK!

geniberto p. campos

01 de novembro de 2010 às 23h02

caro Azenha,
seria bom relermos – talvez guardar – o discurso de Dilma ontem à noite, após a divulgação do resultado pelo TSE. Imaginava um pronunciamento "ligeiro", talvez eufórico por conta da viitória, mas foi algo bem maior e mais consistente, coisa de estadista iniciante, mas estadista; pode conferir; os tucanos, juntamente com o ministro Marco Aurélio do STF, já passaram recibo. É o terceiro turno em curso? Mas vale reler,sim, o discurso.
O Brasil , a propósito, deve muito a você e aos outros "blogueiros sujos', uma verdadeira aula – quase diria um balie – de Jornalismo e de Democracia. Parabens.Como se dizia antigamente – A LUTA CONTINUA…

Responder

    Yglesias

    02 de novembro de 2010 às 00h28

    Apoiado. E vamos lutar pela verdadeira liberdade de imprensa, ou seja: direito de resposta, consagrada na Constiuição Federal, II – Dos DireitosDireitos e Garantias Fundamentais, artigo 5º , inciso V – é assegurado direito de resposta, proporcional ao gravo,…

José Lucena

01 de novembro de 2010 às 22h59

A Dama de Ouro brasileira desfilou nos jornais televisivos, hoje, lindíssima e vestida de AZUL petróleo. Nos próximos 4 anos vestirá o Brasil com todas as cores.

Responder

Edmar

01 de novembro de 2010 às 22h56

O $erra e seus esbirros não ganharam, como eles dizem, NEM NO nosso BRASIL, nem no Brazil deles. Perderam por 10 milhões no Norte/Nordeste, nosso Brasil e por 1,5 milhão no resto, o Brazil deles. Pra essa gang não falta só escrupulos não, falta POVO também, e principalmente!

Responder

marinopiccoli

01 de novembro de 2010 às 22h56

É impressionante ver aqueles que se dizem "defensores da democracia e da liberdade de imprensa" emitirem opiniões tão ridículas em facebook, twitter, orkut e afins, falando em separatismo, em vergonha de ser brasileiro, etc..

O ódio, a raiva e o rancor se enraizaram forte em algumas pessoas. Não é a toa que a direita vai ficar 12 anos longe do poder… espero que um dia aprendam a lição.

Responder

Paulo Oliveira

01 de novembro de 2010 às 22h56

Moro em Campo Grande-MS, trabalho com muitos colegas "serristas" de 80 só eu e mais um votamos na Dilma! Eles alegam que Dilma não venceu aqui em Campo Grande. Concordo. Quero SERROJAS presidente de Campo Grande-MS. Kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk………

Responder

    Daniel Francelino

    02 de novembro de 2010 às 00h00

    olá, conterrâneo! Também tive que ouvir esse papinho frouxo de "fora petezada"… Eu reanimei aquela que vi inclusive aqui no Vi o Mundo: Serra ganhou onde o desmatamento e crimes ambientais são recordes. Calei uma horda tucanalha com uma só frase. Se olha no twitter dos tucanos-órfãos, vai ver o quanto tem microposts incitando o ódio, o revanchismo e a sabotagem. Pior do que perder, e muito pior, é não saber perder. Eles não propõem fiscalizar. Propõe se opor a toda tentativa de melhorar o Brasil. Dá pra acreditar? Definitivamente, Tucanos, sejam eles candidatos ou eleitores, não são brasileiros e nem querem o bem do país… querem apenas a ruína.

Iowa, Juliano

01 de novembro de 2010 às 22h55

Prezado Azenha,

Vi ate gente falando que 'so vota na Dilma pobre, analfabeto, metalurgico, comunista estudante de curso que nao é voltado ao mercado de trabalho e que nao serve pra nada, drogado, mendigo, nego metido a revolucionario, e aquele bando de passa fome que tem no nordeste'

EU OUVI ISSO.

lamentavel.

Responder

    Jussara

    01 de novembro de 2010 às 23h50

    Sou classe média alta, curso superior e voto Dilma. `Defendo as mesmas coisas que ela. Um Brasil mais justo, a erradicação da miséria, igualdade para todos.

    Bruno

    02 de novembro de 2010 às 00h33

    Juliano, essa gente não sabe o que fala!
    Sou PAULISTA, branco (descendente de europeus), estudei na melhor Escola de Engenharia do país, sou considerado da classe A (por nível de renda), trabalho no mercado financeiro e VOTEI NA DILMA!! Não só eu, mas toda minha família!!
    Infelizmente estamos cheios de sociólogos de botequim!

    CC.Brega.mim

    02 de novembro de 2010 às 00h38

    de minha parte, votei na dilma e não sirvo pra nada…

    Ramon

    02 de novembro de 2010 às 14h05

    Se temos 56 milhões de pessoas com este perfil, ou é mentira, ou o Brasil precisava realmente eleger Dilma ou as duas coisas.

    Gabo Gentile

    02 de novembro de 2010 às 19h04

    Quanta pignorância… quanto medo… quanta tristeza…

Airton Kern

01 de novembro de 2010 às 22h55

Azenha, sou gaúcho e hoje moro no Ceará. Vi que em muitos municipios do Sul e Sudeste Dilma venceu. É possível um mapa com os municipios onde cada um venceu? Pois concordo com a idéia do preconceito, de classe!

Responder

    Gersier

    01 de novembro de 2010 às 23h40

    http://www.estadao.com.br/especiais/mapa-da-votac

    Aguarde carregar.Passe o mouse sobre as regioões.No lado esquerdo vc tem a opção de aumentar o zoom e movimentar o mapa para cima,para baixo e para os lados.

    Cícero

    02 de novembro de 2010 às 06h39

    Vamos ter de pedir para o Mino da Revista Carta Capital fazer isso: elaborar um mapa dos resultados com todas as cores do Brasil e colocá-lo na capa da revista.

gefferson

01 de novembro de 2010 às 22h53

por favor vejam este debate entre a sonsinha e o prefeito de Osasco sobre os blogs coloquei 2 links diferentes sobre o tema
http://www.youtube.com/watch?v=xE2WO5nmWk8
http://www.youtube.com/watch?v=jXeKJP9Thyw

Ela falou sobre os Blogs principalmente o dos amigos do presidente LULA

Responder

Lucila

01 de novembro de 2010 às 22h44

Essa demonstração só ganhou tanta repercussão entre o "povo" poruqe o twitter é uma ferramente que permite que poucas opiniões atinjam muitos. Mas, a demostração de preconceito não chega perto do que foi a eleição de 2006, por exemplo. Alías, acredito que eles camuflaram muito bem a visão do eleitorado tucano médio, justamente para conseguir implantar uma aversão a candidata do PT onde acreditavam que a reação seria semelhante a que o próprio eleitorado do PSDB tem: no preconceito. Tentaram fazer com que o nordestino médio se prendesse a preconceitos de gênero, sexualidade, de crença, etc. Não conhecem o NE. Somos sensíveis, pela dureza do dia-a-dia, e sabemos identificar o que é realmente importante. Não ficamos a procurar problemas, até que batam em nossa porta. Eles batem todos os dias e é labuta diária enfrenta-los. Problema de mentira não tem espaço aqui, não…

Responder

    CC.Brega.mim

    02 de novembro de 2010 às 00h47

    maravilhosa sua colocação
    só a classe média
    que não passa fome
    pra acreditar em problemas de mentira
    e pautar sua ação em palavras ao vento
    esse é o sentido do moralismo político
    do simbolismo do combate à corrupção
    que pega quem acha que não tem problemas reais
    porque não quer se ver como trabalhador
    trabalhador explorado.

Luiz

01 de novembro de 2010 às 22h42

É preciso dizer que quase metade do eleitorado do sul e centro-oeste ajudaram eleger Dilma e quase metade do eleitorado de SP também. Logo, atribuir somente ao Nordeste e Norte pela eleição de Lula é uma falácia. Por sinal, foi estúpido e de uma cretinice rídicula as frases feitas do Arnado Jabour na rádio CBN. "Parabéns mensalão, José Dirceu etc. e blá blá blá…"

Responder

paulom

01 de novembro de 2010 às 22h36

Entao vejamos, o que muda nos governos estaduais?

No nordeste, a oposicao ganhou o RN e perdeu a PB.
No norte, a oposicao ganhou o PA e perdeu RO.
No centro-oeste, a oposicao ganhou GO e perdeu MT.
No sudeste, a oposicao perdeu o DF.
No sul, a oposicao levou PR e SC, mas perdeu o RS.
Nos demais estados, tudo como dantes.

Considerando o encolhimento da oposicao nas duas casas do congresso, como queria o Lula, a oposicao se ferrou.
Esse mapa azul X vermelho nao diz nada.

Responder

    Renato

    03 de novembro de 2010 às 08h17

    Cuidado. Pois o Lula não conseguiu diminuir o peso do PMDB. Se o PMDB abandonar o Barco, a Dilma não consegue se reeleger em 2014.

Amira

01 de novembro de 2010 às 22h35

tem o mapa e os dados aqui, mesmo sem norte e nordeste, ela levava. Por pouco, mas levava. http://g1.globo.com/especiais/eleicoes-2010/notic

Responder

Fernando-Osasco

01 de novembro de 2010 às 22h34

Lendas e Verdades.
Lenda: Dilma só ganhou nas regiões pobres. Verdade: Dilma massacrou Serra no triangulo mineiro, região rica.
Lenda: Dilma foi eleita pelo NE. Verdade: Dilma recebeu 10,4 milhões de votos em São Paulo, precisa juntar Ceára, Bahia e Pernambuco para igualar este número.
Lenda: Aécio não ajudou Serra. Verdade: No prim. turno Serra ficou em terceiro em BH, no seg. turno com apoio de Aécio ganhou em BH.

Responder

Nilva

01 de novembro de 2010 às 22h34

Adorei a PRIMEIRA ENTREVISTA FOI PARA A RECORD. PARABÉNS! Viu, Azenha, ela prometeu que vocês serão os primeiros a saber qual será a sua equipe de governo. É isso aí, a Globo deve ter ficado fula da vida..kkkkk Adorei os sorrisos da Ana Paula Padrão e da Adriana Araújo e as reportagens que você, a Flávia e o Rodrigo fizeram. VOCÊS SÃO DILMAIS !

Azenha, o golpe está em andamento. A Dilma nem assumiu e já estão pregando seu impeachment. Teremos muita luta pela frente.

Responder

ROSI SOUSA

01 de novembro de 2010 às 22h30

Uma estratégia constante dos poderosos que querem entregar o Brasil em benefício próprio, é criar tal ilusão de divisão: o Brasil de primeira categoria e o de segunda. "Dividir para conquistar".

Eles não conseguirão! Porque somos muitos aqui, sempre atentos, para garantir que não consigam.

Responder

Ricardo Oliveira

01 de novembro de 2010 às 22h28

Ninguém é bobo, as urnas mostraram isso. Ou será que os quase 70% que votaram na Dilma são beneficiários dos programas sociais do governo? A divisão dos votos nas outras regiões também mostram a realidade local e a pecepção das pessoas que moram nessas regiões. Exemplo, no RJ temos o mesmo fenômeno, a população aprova o governante e a relação que ele tem com o governo federal. Em MG, idem. O que explica a eleição do Anastasia e a vitória da Dilma. No RS, vimos a não aprovação do governo tucano, tal qual aconteceu com o governo petista no PA. Ou seja, o voto não é questão pura e simples de bolso, mas de percepção de bom exercício do mandato e oferta de melhores condições de vida, de uma forma geral. O país mostrou que amadurece a cada eleição, a classe política e os analistas precisam acompanhar esse amadurecimento.

Responder

    Renato

    03 de novembro de 2010 às 08h19

    Quero lembrar que 44% dos Brasileiros votaram para a oposição, cuidado. A DIlma não tem ampla maioria do povo.

Ricardo Oliveira

01 de novembro de 2010 às 22h27

Os números podem ser (e muitos assim trabalham) utilizados para fixar preconceitos. Na verdade, a presidente ganhou a eleição no país. Uma maior ou menor diferença em determinadas regiões deve-se e reflete a maior percepção de mudança na vida das pessoas. No NE, é patente o crescimento do PIB, maior do que nas outras regiões, gerando mais oportunidades de trabalho, mais universidades, centros de pesquisas, vagas no ensino superior… (continua)

Responder

José Pelegrino

01 de novembro de 2010 às 22h23

Estes que foram derrotados representam o atraso político do Brasil, simples assim

Responder

Polengo

01 de novembro de 2010 às 22h21

Eles (psdb/dem) sempre querem pôr a culpa em alguém, que normalmente já é vitima dos preconceitos deles.
Ora a culpa foi dos nordestinos, ora foi do lula que dá o bolsa esmola pra eles.
Ora a culpa é do tiririca, que é analfabeto.

Mas nunca dirão que a culpa é da incompetência, deslealdade e mau-caratismo deles, que cada vez torna-se mais evidente.

Responder

Gilson

01 de novembro de 2010 às 22h17

Azenha, segue abaixo uma informação importante, para desarmar os preconceituosos em relação ao Norte e Nordeste. Acho que merece um post e deve ser replicada:

"Mesmo excluindo Norte e Nordeste, e considerando apenas Sudeste, Sul e Centro-Oeste, ainda assim Dilma venceria por cerca de 275 mil votos. MG, RJ e DF, sozinhos, neutralizaram e venceram SP, ES, o Sul e o Sudeste.
O Norte (1,045 milhão a favor de Dilma) e o Nordeste (10,733 milhões a favor de Dilma) foram mais uma cerejona no bolo….

Responder

Fabio_Passos

01 de novembro de 2010 às 22h13

Não fico nenhum pouco surpreso com as manifestações racistas deste pessoal que apoiava jose serra.
O farsante fez do ódio e do preconceito sua plataforma eleitoral… como poderia ser diferente?

Estes racistas envergonham todos os brasileiros.

Responder

aracri

01 de novembro de 2010 às 22h11

Eu escrevi exatamente sobre isso hoje em meu blog: http://escalasgeograficas.wordpress.com/2010/11/0

Convido-o à leitura. Um abraço.

Responder

    Luana

    01 de novembro de 2010 às 22h55

    O NE foi e continuará votando neste projeto de governo que está aí. Ele foi e será decisivo a partir do momento que o PSDB não tem espaço lá, ou seja, mesmo Serra perdendo no Sudeste por pequena margem, se ele tivesse voto que pudesse tirar esta diferença lá, a eleição poderia ser outra, mas não foi. Ou seja, o NE aumentou significativamente esta diferença. Claro que isto não nulifica os votos das outras regiões, mas o fator fundamental é o peso do NE em votar no projeto que está aí. Quem vê isto como preconceito, só lamento.

    Nós, nordestinos não vemos e não estamos mais preocupados com isto, o que queremos é desenvolvimento econômico, a força política é consequência. Fiquem aí pensando que vão governar sem nós, tucanos. Ledo engano.

    Luana

    01 de novembro de 2010 às 22h59

    Quanto ao preconceito isso é muito interessante, pois só ajuda que a cada quatro anos, mais o NE adere ao projeto de governo que está aí. Fiquem aí pensando que o NE vai votar em candidato que estão preocupados com seus próprios umbigos e não tem visão de país. Somos a segunda população em região do país. a maior bancada de governadores, de senadores e a segunda bancada de deputados. Crescemos há oito anos em ritmo chinês, se continuarmos com este ritmo, em 20 anos seremos a segunda região econômica do país. Então, enquanto nos menosprezam, crescemos e nos fortalecemos. E o que é mais interessante, estamos mais próximos do Hemisfério Norte e temos as mais belas praias do país.

    Temos inúmeros desafios a vencer, mas a nossa força está em nossa própria gente, com nossa cultura, nossa identidade e capacidade de superação sempre. O resto é preconceito e que com Lula superamos e vamos superar mais e mais.

    Solange

    02 de novembro de 2010 às 00h12

    Muito esclarecedor! Essa forma de tratar o Brasil, sempre de forma regionalizada e, sempre utilizando as regiões do IBGE é uma bobagem! Gera ou acentua preconceitos.
    Como profa. de geografia sempre critiquei o tratamento de muitos livros didáticos que já introduzem o estudo de Brasil, na 6ª série, regionalizado e fragmentado, quando deveriam tratar primeiro do Brasil uno porque é o que ele é! As regiões não existem a não ser para fins de estudos, pois regionalizar é simplesmente dividir o Brasil em partes segundo objetivos de quem a faz. É incrível a naturalização que os livros didáticos passam de Brasil regionalizado.
    Dilma ganhou no Brasil não por regiões. Se por um lado dizer que sem os votos dos nordestinos ela ganharia pode parecer preconceituoso, por outro dizer que ela perdeu em SP significa afirmar que o meu voto e de 46% de paulistas não valeu nada! Na verdade foi a soma de todos os votos, incluindo o meu, que deram a vitória a Dilma.
    Mesmo entendendo isso, ainda assim, sinto vergonha de ser paulista. O governador mais progressista que o estado já teve foi Franco Montoro. O resto foi lixo!

Rodrigo Leme

01 de novembro de 2010 às 22h10

Mais: onde a CAMPANHA Serra semeou o preconceito? Repito: a CAMPANHA.

Pq pegar declarações de idiotas que votaram em Serra e atribuir isso ao partido é baixo, pra dizer pouco. Se for assim vou coletar um monte de petistas que se comportaram lamentavelmente e botar na conta da CAMPANNHA Dilma tbm.

Responder

    Marcelo

    01 de novembro de 2010 às 23h27

    Ao dizer que os resultados ruins nas escolas de SP devem-se aos "migrantes nordestinos", seria o quê, elogio? Isso não veio da "CAMPANHA", veio da boca do "mais preparado"…

    VLO

    02 de novembro de 2010 às 00h36

    Meu amigo, você só pode ser biruta. Não viu as declarações da mulher dele? Não viu o filminho sem vergonha falando em 2012? Não viu o jeito paternalista que ele assumia nos debates com a Dilma? Não ouviu/viu ele dar um exemplo de bandido baiano? Por favor! Não ofenda nossa inteligência. Vá dormir.

    LuisCPPrudente

    02 de novembro de 2010 às 09h52

    Rodrigo Leme, continue tentando, um dia, talvez, você consiga convencer a si mesmo do que você escreve aqui.

    Não só a campanha do PSDB, mas o próprio finado José Serra (que pretende ficar como um moribundo para atacar insistentemente o governo, aliás, ele é um péssimo Carlos Lacerda!) e os seus próprios discursos desqualificaram e sempre menosprezaram a Dilma e o grande nordestino Luiz Inácio.

    Portanto, caro Rodrigo Leme, não seja cínico, você ajudou a semear o preconceito.

    Rodrigo Leme

    02 de novembro de 2010 às 15h37

    Gostaria de ver um vídeo onde a campanha tenha feito isso. Pq desqualificar po adversário é algo que o PT faz em uma base diária e nem por isso é preconceito. Eu já fui chamado de imbecil por ser de um estado que vota PSDB, e nem por isso ponho na conta do PT.

    Então, ou me mostre onde vc viu a campanha Serra falando a mesma coisa destes desqualificados ou vou continuar preferindo acreditar em mim mesmo.

    Ane

    02 de novembro de 2010 às 21h01

    Ele deu entrevista na Globo dizendo que a piora no desempenho das escolas estaduais em São Paulo se devia ao fator de migração dos nordestinos para o Estado, e não da incompetência dele e do PSDB há 16 anos no governo.
    Sem falar que usou religião e aborto como bandeiras de campanha. E se comprometeu com um pastor mais do que mal intencionado a garantir o direito a insuflar seus fiéis contra os homossexuais. Tudo isso, contra a Constituição! Um espetáculo de tolerância e boa fé!

    Carlos.

    02 de novembro de 2010 às 11h52

    Acho que você e a soninha andam consumindo as mesmas coisas…

Josse Martins

01 de novembro de 2010 às 22h09

Meu caro Azenha, senti esse mesmo incômodo com o traçado do mapa Brasileiro dividido entre azul e vermelho. Na materia anteriormente postada por você eu já indica esse preconceito regional dissimulado no discurso dos que defendiam a candidatura hoje derrotada. Como nordestina, nesse instante, cabe apenas um gesto de lamento… Lamento por tanto preconceito… O fato é que para dissabor deles, o Nordeste faz parte do Brasil! Isso não como negar, fingir ou mudar… Mas outra coisa me assusta: por trás desse discurso de discriminação ainda estão algumas criaturas daqui mesmo do Nordeste… Me envergonho com criaturas como o Senador (reeleito, diga-se de passagem) José Agripino Maria e o seu papel na campanha tucana e na oposição ao longo da gestão Lula… Me envergonho profundamente do meu estado ter reelegido um político tão sórdido e de discurso tão superficial… Mas o mundo gira e a serra desceu ladeira abaixo… Para o bom grado não apenas dos nordestinos, norte-riograndenses, mas especialmente dos brasileiros!

Então boas lágrimas e cada vez mais deslizes para o Sr. Agripino Maia e toda a corja tucana e democrata desse país… Aprendam a ser oposição… Aprendam a perder… Reflitam sobre uma coisa chamada bem comum!

Para encerrar, cito que esse preconceito imundo foi alimentado pelas redes de comunicação do Brasil que detém o controle da informação em nosso país… Eles acusam o governo atual e vitorioso de ser tendencioso à regimes ditatoriais, mas o fato é que vivemos desde sempre aqui uma ditadura da informação, concentrada em poder de uns poucos grupos "oligárquicos"! Já chega disso!

Avante Brasil! Avante Nordeste! Avante informação transparente!

Responder

    Cícero

    02 de novembro de 2010 às 00h39

    Concordo com você. Assino embaixo. A verdade é que eles não estão aceitando a derrota. O Serra é tão nocivo à sociedade que, mesmo derrotado, continua semeando o ódio entre os irmãos do Norte, Nordeste e do Sudeste. Os tucanos disseminaram e continuam disseminando preconceito entre os brasileiros. Pior pra eles: em 2014, a resposta dos Nordestinos e Nortistas a esse preconceito será ainda maior nas URNAS. Dilma foi eleita democrticamente pelo povo. Venceu nas urnas. Os tucanos que ainda não aceitaram a sua vitória, que morram, metam a cabeça na parede, pule no tietê, fodam-se. DILMA É A NOSSA PRESIDENTE! E ponto final.

Rodrigo Leme

01 de novembro de 2010 às 22h09

"Quanto ao preconceito, foi o alimento de uma das candidaturas"

De UMA das candidaturas? E ter que ouvir de petista que o povo paulista é "burro", "elitista", "golpista", "atrasado" e outros adjetivos menos nobres só pq SP não toma a hóstia petista? Preconceito vem de todos os lados, e só só não votar em que querem que você vote que você vai ser vítima de um…

Responder

    LuisCPPrudente

    02 de novembro de 2010 às 10h02

    Eu como um cidadão que nasceu na cidade de São Paulo e mora no interior paulista, posso afirmar : os paulistas estão desinformados, foram atingidos em cheio pela propaganda conservadora e reacionária do PIG. Os paulistas foram enganados novamente pelos meios de comunicação do PIG. Muitos paulistas são elitistas por opinião formada pelos meios de comunicação do PIG, mas são pessoas oprimidas pelos trens lotados, pelas quatro ou cinco horas diárias que gastam no precário transporte público do estado, que pagam absurdos pedágios nas estradas privatizadas, que pagam os mais caros IPVAs do Brasil, que tem a pior educação pública do Brasil, além disto, por conta da osmose provocada pela imprensa do PIG e seus meios de diversão (novelas, jogos televisionados) acham que um dia se tornarão elites tal qual o Serra e o Rodrigo Leme!

    Rodrigo Leme

    02 de novembro de 2010 às 15h38

    Obrigao, por porovidenciar o perfeito exemplo pro meu argumento. O LuisCPPrudente é uma dessas pessoas que falam as coisas que citei.

    turmadazica

    02 de novembro de 2010 às 11h13

    Aí tenho que concordar com ele… O preconceito contra SP (não estou falando das críticas) é muito grande, e ao meu ver estimulado por exemplo no PHA… 42% do estado não votou no Serra, e considerar que o restante é formado somente por separatistas, antinordestinos, neonazis, integralistas e outras aberrações é igualmente imbecil… Mas isso não tem nem comparação com Malafaia, Índio, meteoros de papel, Soninha e, principalmente, o PiG.

    Rodrigo Leme

    02 de novembro de 2010 às 15h41

    Comparação ou não, isso é real. Parece que precisam envergonhar os paulistas pra votar no PT. Ridículo. A citação do PHA é mortal: ele é grande cretino por trás desse ódio ao paulista; ele é um imbecil com caráter compatível com sua altura.

Trindade

01 de novembro de 2010 às 22h08

Dilma ganhou, apesar de todos os ataques da Imprensa Golpista e medíocre deste país.
Dilma ganhou com folga, apesar de nunca ter concorrido a nenhum cargo eletivo.
Dilma ganhou, apesar da religiosidade que tentou impor sua vontade inquisitória do pecado.
Dilma ganhou, apesar de ser mulher.
Ganhou porque o país mudou e diminuíram-se as diferenças sociais e os preconceitos.
Mudou porque havia elegido um torneiro mecânico do Senai como presidente por duas vêzes.
Viva a Democracia! Viva a Liberdade! Viva a Igualdade!
Viva Dilma!
Viva o Brasil!

Responder

Roberto SP

01 de novembro de 2010 às 22h08

Sério que ontem a noite entre o prazer inenarrável de ver a cara de tacho do Merval, Waack e outros tipos da mesma turma, me dava nojo ver esse mapa do Brasil dividido em duas cores.

Como se na parte de baixo Dilma não tivesse apóio algum.

Esse mapa é apena mais uma mentira que essa mídia de esgoto vai usar para tentar esconder a própria derrota.

Responder

monge scéptico

01 de novembro de 2010 às 22h08

SR AZENHA. Por isso disse lá no AMORIM; Nós não baixaremos as armas. Eles já estão atuando,
no sentido de provavelmente,criar dificuldades, ou circunstâncias artificiais para confundir. São
gangsters de uma escola muito boa a usa e abusa/uk. Temos que vigia-los com a única arma
que dispomos; os blogs, onde o srs. gestore nos permitem dar combate a ilações precipitadas e,
as mentiras de falsos pregadores. Hoje foi um dia emocionante; amanhã, estaremos a postos na
trincheira para defender DILMA E O BRASIL. OBRIGADO LULA!! TE AMAMOS DILMA!!

Responder

zacharias

01 de novembro de 2010 às 22h03

A queda dos preconceitos no país está em marcha. Lula inaugurou mais recentemente a marcha e caberá a nós brasileiros contribuirmos para que tenhamos no futuro um país mais diverso como aquele visto na campanha politica de Dilma.O desafio está posto!!!

Responder

Gerson Carneiro

01 de novembro de 2010 às 22h01

O que vale mais: o preconceito ou os votos da região Norte e Nordeste?

Tem gente que se diz "mais preparado" que escolhe e prefere o preconceito, e é por isso que perde eleição.

Responder

Fábio otimista

01 de novembro de 2010 às 22h01

Azenha, se vc olhar o resultado por município, vc ainda ver ver uma coisa clara: cidades mais ricas votaram em Serra; cidades mais pobres, em Dilma. Exemplos:

– São Paulo votou em Serra; Osasco, São Bernardo, Cotia, Embu, Diadema, em Dilma

– Campinas votou em Serra; Sumaré, Hortolândia Indaiatuba, em DIlma;

– Belo Horizonte votou em Serra; Contagem, Ribeirão das Neves, em Dilma;

– No RJ, a capital votou em Dilma, mas a votação mais expressiva foi na baixada fluminense; Petrópolis e Teresópolis foram maciçamente Serra;

No nordeste, foi mais difícil ver isso pq teve um domínio mto grande, mas o interior votou mais em Dilma do que as capitais. Natal teve maioria serrista.

Sul, CO e Norte também seguiram esse padrão.

DIlma vai ter que lidar cuidadosamente com esta divisão, pois os contrários a ela são os que detêm mais poder na sociedade.

Responder

    jucanapoleão

    02 de novembro de 2010 às 09h59

    "AUMENTAR O BOLO, PARA DEPOIS DIVIDIR" , autrora se dizia isso. pois é, é essa chance que o povo está querendo ter. QUEM SOFREU COM COLLOR E FERNANDO HENRIQUE SABE.

    Fernando-Osasco

    02 de novembro de 2010 às 12h47

    Ao lado de Osasco acrescente, Carapicuiba, Jandira, Itapevi, Baruerí (Zona Oeste da Grande São Paulo é um paredão vermelho). Lembrando que o Alphaville fica em Baruerí e Santana do Parnaíba (onde Serra ganhou mas apertadinho 50,9 x 49,1), como diz a minha irmã, deixa os playba votar no Serra, pois nós o Povo somos maioria.

André Ferreira

01 de novembro de 2010 às 22h01

Perfeito!

Responder

jucanapoleão

01 de novembro de 2010 às 21h59

"Matéria sem noção e manipuladora de opinião. Todos nós sabemos que na região Sudeste tem muitos Nordestinos. Isso mostra o porquê a Dilma tbm venceria sem contar os votos das regiões Norte/Nordeste" #RichardRF
SOBRE ESSA MATÉRIA VEICULADA NO "SITE" DA GLOBO. SÓ NÃO SALIENTAM QUE NO SUDESTE TEM NORDESTINOS, NORTISTAS, SULISTAS, E OUTRAS ORÍGENS. ESSA É MAIS UMA FORMA DE PRECONCEITO E DESRESPEITO A ALGUMAS FIGURES COMO(NA BAHIA) RUY BARBOSA E NILTON SANTOS(QUE REVOLUCIONOU E GEOGRAFIA MUNDIAL)

Responder

Fábio

01 de novembro de 2010 às 21h58

Genial, Azenha! Parabéns pela sua, sempre brilhante, capacidade de revelar o texto por trás do texto. Nesse caso, por trás do mapa.

Responder

Angela RAMarques

01 de novembro de 2010 às 21h55

Azenha, recebi de minha filha, indignada, esse link que denuncia tuitadas xenófobas. Vale a pena a divulgação para que possamos dar um basta a isso. Veja as barbaridades que o pessoal capturou e pede a quem capturar coisas do tipo que faça o mesmo, junto ao Ministério Público, inclusive. http://xenofobianao.tumblr.com

Responder

    Arlete

    01 de novembro de 2010 às 23h39

    Nossa! Fiquei horrorizada!!!!!!!!!!!! Copiei para denunciar.

Beto Lima

01 de novembro de 2010 às 21h55

É isto Azenha. Querem menosprezar a força de um projeto que está dando certo.

Responder

Denise

01 de novembro de 2010 às 21h54

Sugiro que a nossa Presidente visite os Municípios onde foi mais votada:

Calumbi (PE) –
Central do Maranhão (MA) –
Betânia (PE) –
Itacuruba (PE) – 5
Presidente Juscelino (MA) –

Responder

carlos

01 de novembro de 2010 às 21h53

salve, azenha,
o noticiário hoje da record frisou seus números. a blogosfera também. não vi na globo. alguém viu?

Responder

@DenisdePaula10

01 de novembro de 2010 às 21h52

Em primeiro lugar, quero dizer que a oposição é pequenina, minoritária e em decomposição. O futuro será melhor e consolidará de vez nossa democracia. A Direita rancorosa e golpista mostrou a cara. Será mais fácil agora domá-la. Quanto a esta picuinha do mapa vermelho e azul, entre outras, que desde ontem os analistas do PiG e da Globo tentam obnubilar a verdade dos fatos, não será suficiente para desequilibrar a capacidade e dignidade de Dilma governar. Estão muito enganados aqueles que imaginam que o povo não estará atento aos golpes da imprensa marron. Caberá também a banda boa da imprensa, dos intelectuais, dos artistas, dos sindicatos, do funcionalismo público, dos professores e principalmente dos jornalistas e blogueiros neutralizar a pequena minoria autoritária e golpista que amplificam sua intervenção com os microfones da Globo quase unicamente. Eu já não assisto os jornais da Globo. Cancelei assinaturas de revistas e jornais como Época, Quatro Rodas e Folha. Assisto aos jornais da Record e RecordNews, Band, e Carta Capital. Um movimento nacional neste sentido teria um papel fundamental. O povo tem que influir também. Não somos gado.

Responder

    vander

    01 de novembro de 2010 às 23h29

    Denise faz tempo fiz isso tambem se todo mundo que posta aqui fizesse o mesmo eles iriam sentir um grande golpe, nao foi a toa que hj a globo pediu para entrevistar a dilma e ela educadamente sem rancor nenhumdeu uma entrevista maravilhosa eles sabem que pegaram pesado e estao com medo de perder a hegemonia, o Bonner chegou a cumulo de perguntar duas vezes sobre liberdade de imprensa.

    Cícero

    02 de novembro de 2010 às 00h24

    Conordo. Temos de privilegiar veículos de comunicação alterntativos, que apresentem conteúdo jornalístico consonante com a verdade dos fatos e que -prezem pela ética no que tange à infrmação.

Guillermo

01 de novembro de 2010 às 21h47

Aqui no Sul, sempre compramos redes e colchas de nordestinos que as comercializam a duras penas. Dormem amontoados, comem mal, e com um carrinho andam pelas ruas a vender seus produtos. Regateamos, conversamos e enfim negociamos. Eles aparecem nas praias de Florianópolis onde morei e aqui nas ruas de Francisco Beltrão no Paraná, mas já os vi em Pato Branco, Chapecó, Joaçaba e Concórdia.
É uma visão comum em todo verão.
Com os governos Lula e Dilma, talvez esta visão se acabe, talvez no ano que vem, poderei comprar uma rede nordestina, lindamente feita a mão em uma loja, talvez em uma franquia.

Responder

Marcos Neves

01 de novembro de 2010 às 21h44

Mostrar o mapa com toda a área colorida provoca erros de interpretação, além de igualar grandes diferenças a diferenças insignificantes, estados grande em dimensão, mesmo com população pequena provocam uma percepção equivocada. O mais correto é mostrar duas barras por estado, com a altura proporcional ao número de votos.

Responder

NeyLima

01 de novembro de 2010 às 21h42

Mesmo sem os eleitores do Norte e do Nordeste, Dilma venceria Serra

Petista teve mais votos que Serra na soma de Sul, Sudeste e Centro-Oeste.
Foram 33,2 milhões de votos contra 32,9 milhões.
http://g1.globo.com/especiais/eleicoes-2010/notic

Responder

Marcelo Laureano

01 de novembro de 2010 às 21h41

Azenha, mesmo retirando os votos da região Norte, o panorama ainda é melhor pra Dilma!
Alguns "cidadãos" ignorantes de São Paulo (acredito não ser a maioria) acham que apenas eles trabalham, apenas eles pagam impostos para nos sustentar deitados numa rede esperando o bolsa família! Falta de conhecimento é um problema sério e tem em todos os lugares!

Responder

Janio (Ubajara/CE)

01 de novembro de 2010 às 21h40

Azenha, sua análise é inteiramente verdadeira. Mesmo sem os votos do NORDESTE e do NORTE Dilma se elegeria PRESIDENTE, é o que deixa bastante claro reportagem que saiu agora a pouco no portal terra.
http://noticias.terra.com.br/eleicoes/2010/notici

Esse preconceito contra nordestinos é totalmente sem noção de uma ignorância sem precedentes!

Responder

    jucanapoleão

    02 de novembro de 2010 às 11h22

    Carlos Henrique
    postado:
    02/11/2010 – 08h36
    Falta uma pergunta a ser respondida…
    QUEM SERÁ A PRIMEIRA DAMA? (COLHIDO NO MESMO "SITE")

    ACHA QUE ELE DEVERIA SE CANDIDATAR.

João

01 de novembro de 2010 às 21h40

Pois é Azenha, e mesmo em São Paulo Dilma teve uma votação mais do que expressiva.
Deveriam pintar o mapa de São Paulo com metade vermelho, e metade azul. O mesmo com o Paraná.

Responder

SôniaG.

01 de novembro de 2010 às 21h38

Acabei de assistir ao Jornal da Record.
Show de entrevista com a PRESIDENTE DILMA, (a 1ª) um show de edição e história do Brasil contemporâneo. Agradável, informativa, afetiva e sem hipocrisia.

Fiz uso do santo "controle remoto" algumas vezes, habituada que estou desde o 1º turno em verificar e avaliar o comportamento de determinados jornalistas/redes de comunicação concessionárias do Estado, para emitir posteriormente minhas considerações (geralmente críticas negativas, infelizmente) às pessoas que não fazem uso do zaaappp….mudança de canal.

Responder

Bonifa

01 de novembro de 2010 às 21h36

Todo o rancor despertado e alimentado por Serra na campanha, serviu para expor o que vai na alma de uma classe média despolitizada e guiada por uma mídia criminosa. De repente, tudo o que se passa de ruim em suas vidas, como o desastre familiar quase sempre presente em quem não pode entender os filhos porque a mídia não permitiu que ele entendesse o Mundo, foi jogado em uma fogueira de ódio com um só destino: Lula, Dilma e o PT.
Isto me faz crer que agora não há objetivo mais urgente no Brasil do que desmontar o poder incontratável dessa mídia. Fazer com que os jornais sejam apenas jornais e não armas perigosas do submundo da política. E fazer com as tevês sejam apenas tevês, e não centrais de hipnotização em massa agindo em favor de grupos inescrupulosos.

Responder

Edson Gomes

01 de novembro de 2010 às 21h14

(Creio que ) Tancredo Neves foi quem definiu assim, Minas Gerais: "É o Estado onde "terminam" as riquezas do Sul e "começam" as pobrezas do Norte". O "mapa" em azul e vermelho retrata, muito bem, que o preconceito e a pobreza ainda estão no consciente dos brasileiros "sulistas", que, tal como "Cerra" culpou os nordestinos pelos resultados escolares de SP.

Responder

SJúnior

01 de novembro de 2010 às 21h11

http://g1.globo.com/especiais/eleicoes-2010/notic

Mesmo sem os eleitores do Norte e do Nordeste, Dilma venceria Serra
Petista teve mais votos que Serra na soma de Sul, Sudeste e Centro-Oeste.
Foram 33,2 milhões de votos contra 32,9 milhões.

A sensação de que a petista Dilma Rousseff foi eleita apenas em razão da vantagem aplicada nas regiões Norte e Nordeste é falsa. Levantamento com base nos dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) revela que ela ganharia a eleição mesmo se fossem computados apenas os votos do Sudeste, do Sul e do Centro-Oeste.

Se todos os eleitores das regiões Norte e Nordeste forem excluídos da conta, no entanto, a petista ainda aparece na frente. Na soma de Sul, Sudeste e Centro-Oeste, ela tem 33,2 milhões de votos, contra 32,9 milhões – uma margem pequena, de 275 mil votos, mas suficiente para elegê-la.

Responder

Fernando

01 de novembro de 2010 às 21h06

"Li que Dilma Rousseff perdeu 12 quilos para se eleger
à Presidência. Pelo que entendi, trata-se do principal
ponto de sua plataforma eleitoral. Estou torcendo para
que Dilma Rousseff seja a candidata do PT em 2010.
Estou torcendo muito. Sem a Dilma, o PT chega em
terceiro lugar. Com a Dilma, ele chega em quinto"

Diogo Mainardi, em 2008
http://veja.abril.com.br/190308/mainardi.shtml

Responder

    NeyLima

    01 de novembro de 2010 às 22h48

    Um ano depois, as previsões de DM tinham melhorado. Só que em mais um ano, melhorou para o Brasil: DM se autoexilou (ou fugiu, sabe-se lá)

    "Um dado que ninguém tem, só eu: no segundo turno, de acordo com a última pesquisa eleitoral do Ibope, José Serra teria 51 pontos e Dilma Rousseff, 25. Descontando os votos brancos e nulos: 67 a 33. Ao contrário da calota polar ártica, Dilma Rousseff continua a derreter."

    (Diogo Mainardi, na "Veja" de 16 de dezembro de 2009 – dica da Guta Nascimento, via Revista Zé Pereira – http://www.revistazepereira.com.br/ , com fotos de Márcia Cunha)

    vander

    01 de novembro de 2010 às 23h26

    Fernando mais quem diabo é DM?

silvio

01 de novembro de 2010 às 21h01

azenha, não seria wagner com W ?

Responder

EDUARDO SOUTO JORGE

01 de novembro de 2010 às 20h53

AZENHA, EU ACHO QUE A GENTE DEVERIA DAR UM "GELO' NESSES CARAS. EU , PELO MENOS , NAO VOU MAIS ME PREOCUPAR COM ELES. AGORA O IMPORTANTE E' NOS MANTER UNIDOS PARA DAR RESPALDO AO GOVERNO DILMA. PRINCIPALMENTE COBRANDO DELE ATITUDES CORRETAS.NAO E' POSSIVEL MAIS O GOVERNO FICAR DANDO "ESSES MOLES", TIPO FILHOS DA MINISTRA, QUEBRA SIGILO DO CASEIRO, ETC..NAO ADIANTA FALAR QUE O PIG MANIPULA, AMPLIA, TAL E COISA. ELES SAO FORTES E VAO ESTAR AI PROCURANDO TODOS OS DIAS UMA MERDINHA, POR MENOR QUE SEJA, PARA FAZEREM SUAS CAPAS DE REVISTA E JORNAIS. ASSIM , VAMOS, TODOS NOS QUE NOS DESPENTELHAMOS NESSES ULTIMOS MESES, CONTINUAR ATENTOS,MAS SEM VALORIZAR DEMAIS OS SERGIOS GUERRA DA VIDA.

Responder

Marcelo

01 de novembro de 2010 às 20h50

Dividir os estados em vermelhos e azuis, de acordo com os vencedores, deixa longe a idéia real de como seria esse "colorido".

O mais interessante seria atribiur vermelho a 100% de votos à Dilma e azul para 100% do Serra.

Como esse cenário é impossível, teríamos gradientes de cores entre o azul e vermelho, também conhecido como o famoso violeta. Nesse caso, o brasil estaria muito mais para o vermelho do que a divisão de cores usadas na grande mídia tenta passar.

Não prometo, mas tentarei fazer um mapa nesses moldes e mando aqui para o blog.

Responder

Marco Aurelio

01 de novembro de 2010 às 20h25

http://www.vermelho.org.br/noticia.php?id_noticia

Mesmo sem Nordeste, Dilma se elegeria presidente

Depois de uma das campanhas mais acirradas à Presidência da República, a ex-ministra Dilma Rousseff, de 62 anos, se consagrou neste domingo (31) como a primeira mulher a governar o Brasil. A candidata da coligação Para o Brasil Seguir Mudando conseguiu ampliar seu colchão de votos no Nordeste e no Amazonas, além de melhorar seu desempenho em Minas Gerais e no Rio de Janeiro, segundo e terceiro colégios eleitorais do país.

"……….Na região, consolidada como maior reduto eleitoral dos partidos de esquerda, a candidata teve 10,7 milhões de votos a mais que Serra. Mesmo se o Nordeste fosse excluído dos cálculos, Dilma venceria a eleição por um saldo superior a 1,3 milhão de votos – ou 0,9 ponto percentual (50,9% a 49,1%).

Responder

Reginaldo

01 de novembro de 2010 às 20h19

Azenha, tive a mesma impressao quando vi um comentário imbecil na tv, dizendo isso. Peguei o mapa e fui rabiscando algo que mostrasse as proporçoes estado a estado. Exercicio grosseiro, mal feito, mas dá uma ideia da coisa: os estados 'azuis' tem grande parte vermelho. O R.G. Sul, por exemplo, está rachado. Certamente, alguem com mais talento do que eu fará coisa melhor. Vou mandar o mapa proceis.

Responder

@SilMarq

01 de novembro de 2010 às 19h47

O melhor mapa dos resultados é o do Estadão, feito por cidade. Dá pra ver o Sul/Sudeste azul com muitas pintas vermelhas…
http://www.estadao.com.br/especiais/mapa-da-votac

Responder

Marilda Oliveira

01 de novembro de 2010 às 19h39

Azenha, os rumores de difamações entre os cidadãos pelos votos. Lembrem-se que os tucanos tentaram levar o ódio religioso para a política.

Agora, insatisfeitos com o resultado das eleições, levarão o ódio entre os povos. Não podemos permitir que isto aconteça.

É necessário verificar a procedência dos insultos se partiram mesmo dos paulistas ou se é mais uma safadeza destes marqueteiros que comandaram a suja campanha tucana. A finalidade deles agora é começar a trabalhar, colocando os nordestinos contra os paulistas e vice-versa. A meu ver, esta não é a melhor saída no mandato de Dilma respeitando o Estado Democrático. O que os petistas, nordestinos, … tem a fazer é ignorar, dar tempo ao tempo, fortalecendo as eleições de 2014. Enfim, conseguimos o objetivo Dilma está eleita presidente; – o importante para frente é semear o amôr e entendimentos entre os povos.

Responder

    Fernando-Osasco

    01 de novembro de 2010 às 22h35

    São Paulo deu 10,4 milhões de votos para Dilma, o resto é tro-lo-ló tucano.


Deixe uma resposta

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding