VIOMUNDO

Diário da Resistência


Entrevistas

“PSDB é coautor do assassinato de reputações na internet”


28/04/2010 - 19h16

por Conceição Lemes

O jogo sujo na rede contra Dilma Rousseff, candidata do PT à presidência da República, e o seu  partido, está aumentando em quantidade e intensidade.

Na madrugada de 12 de abril, o site do PT foi invadido. Ficou um dia inteiro fora do ar. Ao acessá-lo, muitos usuários tiveram seus computadores infectados por vírus.

Em 14 de abril, nova invasão (veja aqui e aqui). Além de os crackers terem pichado a capa com dizeres favoráveis a José Serra, candidato do PSDB,  redirecionavam o usuário para um blog apoiador do tucano.

Em 18 de abril, a TV Globo colocou no ar o jingle do aniversário dos 45 anos da TV Globo. Embutia, de forma disfarçada, propaganda favorável a  Serra, como alertou prontamente pelo twitter Marcelo Branco, o responsável pela campanha de Dilma Rousseff na internet.

Ontem, 27 de abril, o deputado federal José Carlos Alelulia (DEM-BA) embarcou na demonização de Dilma, mas se deu mal.

A outra investida suja  foi no site oficial do PSDB, que dá link para um outro – também registrado em nome do partido – intitulado “Gente que mente”, dedicado a atacar pessoalmente Dilma e os petistas.

“Ao dar espaço no seu site para um blog que ataca de forma virulenta a Dilma, tentando estigmatizá-la, o PSDB assina oficialmente a baixaria”, denuncia o deputado federal André Vargas (PT-PR). “Já pedimos ao nosso departamento jurídico o estudo de medidas judiciais cabíveis. O PSDB é coautor desses crimes de assassinato de reputações.”

“Os ataques na internet e o episódio do jingle dos 45 anos da Globo já mostraram que os adversários estão dispostos a tudo”, prossegue  Vargas, que é Secretário Nacional de Comunicação do PT . “Se agem assim em abril, já imaginou a baixaria que adotarão em agosto, setembro, outubro?  Temos de estar atentos o tempo inteiro e reagir rápido.”

Comunicação é considerada por muitos o calcanhar-de-aquiles tanto do PT quanto do governo federal. Por isso, resolvemos aprofundar esta entrevista, abordando algumas questões já levantadas pelos próprios leitores do Viomundo.

Viomundo –  O PT está há 7 anos no poder. A mídia corporativa esconde as realizações federais, distorce ou mente sobre elas. Ao mesmo tempo, basta ligar TV, rádio, abrir jornais e revistas, para encontrarmos montes de anúncios do governo federal, Petrobrás, Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal. É masoquismo?

André Vargas – Todos os meios de comunicação já existiam à época da ditadura. E se constituiu consenso de que é preciso anunciar na mídia independentemente do posicionamento político. Se você pega o governo do Fernando Henrique Cardoso (PSDB), havia sintonia entre o projeto neoliberal do ex-presidente e aquilo que o setor privado desejava.  O nosso governo não é neoliberal, também não podemos dizer que é socialista. É um governo social-democrata preocupado com o bem-estar social, com a soberania e que entende o papel do estado na realização do projeto nacional de desenvolvimento.

Boa parte do setor privado, mesmo ganhando muito dinheiro, mantém na cabeça ideias, como “o mercado resolve”, “estado mínimo”. Concorda com a crítica do Serra de que “nós estamos fazendo o Estado crescer muito”, “não tem sentido o governo criar novas universidades federais”.  Isso repercute nas linhas editoriais, dois anunciantes de peso na mesma linha. Na verdade, os meios de comunicação ainda têm o coração lastreado nos princípios do governo anterior.

Nesse contexto, como o governo federal não vai anunciar? Seria muito incompreendido no Brasil de hoje. Mas o governo está fazendo uma inversão na distribuição das verbas publicitárias. Na semana passada O Estado de S. Paulo disse que os gastos do governo Lula com publicidade cresceram 40% em seis anos. Mas “esqueceram” de dizer que são apenas 10% maiores que o maior gasto do governo FHC. Temos dissintonia de visão do setor público e privado e ao mesmo tempo distribuição mais democrática.  Isso contraria interesses.

Viomundo – Como é a distribuição das verbas publicitárias?

André Vargas – No período FHC eram divididas entre 260/270 veículos de comunicação. Hoje, entre aproximadamente 2.500. Proporcionalmente os investimentos na chamada grande imprensa diminuíram.  Está-se investindo em veículos pequenos no interior do país, que, antes, não recebiam nada. A internet também teve algum investimento. Ainda é pequeno, mas já cresceu. A ideia de democratizar fere os interesses dos grandes meios de comunicação. Na prática, o “bolo” é quase do mesmo tamanho da época do Fernando. Só que, agora, é dividido em 2.500 pedaços, antes, em menos de 300. É um critério técnico. É a democratização dos anúncios do governo.

Viomundo – Como senhor explica o fato de PT e o governo raramente reagirem com firmeza quando atacados? É medo, contemporização ou resignação?

André Vargas – O PT apanhou bastante ao longo da sua história, mas os episódios de 2005 deixaram o pessoal aturdido. Nunca se viu uma mobilização midiática tão grande contra um governo, contra um partido, estigmatizando-os. Isso não quer dizer que os erros do PT não têm de ser analisados pela mídia. Devem, sim. Mas o que reivindicamos é isonomia: tratamento idêntico para problemas idênticos.  É só observar a cobertura da enchente em São Paulo para ver a discrepância. Quando a Marta estava no governo, era a maior ripa todo dia. Nas enchentes de dezembro de 2009 e começo de 2010, parecia que não tinha governador. O Serra sumiu do noticiário. A população acabou sendo a culpada.

Viomundo – Publicar informação correta não é favor; é obrigação de toda a mídia. Ao deixar de responder à altura, vocês não estariam contribuindo para desinformar a sociedade e, ao mesmo tempo, estimular a oposição a bater à vontade, já que ela conta com o apoio da mídia corporativa?

André Vargas – Uma coisa é o governo. Outra coisa, o partido político. No Brasil, a área de comunicação é uma das que mais resistem à democratização. Veja a reação dos grandes veículos à Conferência Nacional de Comunicação (Confecom). As emissoras de televisão e de rádio não se vêem como concessão pública. Mas, realmente, o governo e o partido poderiam ter entrado mais nesse debate. Precisamos usar todas as alternativas democráticas de comunicação. No próprio PT, muita gente ainda não se deu conta do papel que a internet terá nesta eleição. O cidadão vai poder interagir com a informação no momento em que ela está sendo construída e não só depois de pronta, no final do dia, após os telejornais. Reconheço que a sociedade está mais esclarecida sobre o que estamos fazendo por ação da internet. Graças à internet, aliás, muitos factoides foram desmascarados. Se dependêssemos da grande imprensa, estaríamos fuzilados.

Viomundo – A eleição deste ano promete muito golpe abaixo da cintura, e a mídia tradicional terá papel central. O que os senhores pretendem fazer?

André Vargas – Nós sabemos disso e estamos nos preparando para acompanhar, juridicamente, todas as possibilidades que os meios de comunicação têm de manipular as informações. Assim como nós estamos acompanhando a questão das pesquisas. Nós temos de estar muito vigilantes nestes meses agora – abril, maio, junho e julho – que não temos horário político. E como o Serra é o candidato bem tratado  pela  mídia, será favorecido em termos de espaço e/ou melhor exposição. Depois, vem o horário político e os tempos e espaços terão de ser iguais. Daí o desespero por parte dos aliados do José Serra de abrir larga vantagem agora. Aí, tentam construir uma imagem irreal dele e desconstruir a nossa candidatura. A tática da oposição será inclusive tirar o presidente Lula da eleição.

Viomundo – De que forma?

André Vargas – A nossa força é a relação do Lula com a população. Então, vão dizer que é abuso de poder político, que o Lula é o presidente, que ele não pode dar declaração… Essa é a estratégia da oposição capitaneada pela mídia. Como o presidente Lula já disse que fará campanha nos finais de semana, vão questionar: “Como ele vai separar o que é a presidência e o que é campanha?”

O episódio do jingle dos 45 anos da Globo mostrou que estamos atentos. Reclamaram, mas nós fizemos o que achávamos certo. E vai ser assim. Tem de ser assim. Vigilância total. E com rapidez. Na hora.

Viomundo – Como foi?

André Vargas – O Marcelo Branco, responsável pela campanha da Dilma na internet, enviou um twitter, avisando que o tal jingle embutia, de forma disfarçada, propaganda favorável a José Serra. No ato, apoiei o que ele fez e retwitei.  O episódio do jingle mostrou que os adversários estão dispostos a tudo. Portanto, temos de estar atentos o tempo inteiro e reagir rápido. Entre a noite de domingo e a manhã de segunda-feira, a mensagem do Marcelo foi retwitada para mais de 100 mil internautas. À noite, por várias razões, inclusive a reação na rede, o anúncio foi tirado do ar.

O Marcelo Branco não foi criticado pelo PT, ao contrário da Folha noticiou. A campanha tem uma direção, mas é nosso dever reagir também. Na terça-feira, dia 19, nós tivemos uma reunião da Executiva Nacional do PT e todas as falas sobre o assunto foram positivas.

Viomundo – O senhor achaa que a blogosfera fará a diferença nesta eleição?

André Vargas – Não tenho a menor dúvida. Não interessa ao Brasil uma eleição judicializada, mas pode interessar à oposição. A oposição, aliás, já está judicializando o processo. É um caminho mais tortuoso, pois depende da cabeça de cada juiz.  A oposição prefere a judicialização, pois não quer o debate, não quer a movimentação, não quer que o presidente Lula expresse a sua oposição.

Viomundo – O PT não fará nada contra a judicialização?

André Vargas – O PT de São Paulo já moveu uma ação e estamos nos preparando para essa batalha jurídica.  Uma coisa é certa: não vamos entrar em baixarias.

Viomundo – E a militância? Muitos reclamam que o PT se afastou das bases, da rua…

André Vargas – A mobilização física é importante. Mas a mobilização pela internet talvez vá ser muito mais importante. E ela vai muito mais visível daqui em diante porque o PT e a esquerda têm conteúdo político, temos organizações sociais que atuam nas várias questões cruciais: gênero, meio ambiente, raciais, cotas, saúde, trabalhador…

Viomundo – Nós temos informação de que a oposição está preocupada com a blogosfera independente, que defende a informação correta, adequada, ética e verdadeira, os movimentos sociais, a democratização dos meios de comunicação. Fala-se que a oposição e seus aliados teriam como estratégia o  sufocamento, o cerceamento e a intimidação desses blogues e sites progressistas. O que  acha disso?

André Vargas – Nós temos de continuar garantindo à internet a liberdade de expressão, para que as informações verdadeiras cheguem à sociedade. Pelo Congresso Nacional, tentativas de restrição não passam. Não há ambiente propício a isso. Talvez tentem pelo Judiciário, mas acredito que não consigam seus objetivos. Mas temos, de novo, de ficar atentos. Caso tentem sufocar esses blogues e sites, nós teremos de ter uma reação dura da cidadania. Por isso, a gente de tem de estar mobilizado. A nossa força é a nossa mobilização. Se nós nos apropriarmos da internet, como  aconteceu nos EUA, vamos ter condições de manter governos mais ousados, avançar mais nas conquistas sociais e insistir mais na liberdade de imprensa verdadeira.

A mídia descontrolada: Episódios da luta contra o pensamento único
A mídia descontrolada

O livro analisa atuação dos meios de comunicação.

A publicação traz uma coletânea de artigos produzidos por um dos maiores especialistas do Brasil no tema da democratização da comunicação.

Por Laurindo Lalo Leal Filho



118 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Nando Ponti

30 de novembro de 2010 às 11h05

Mais uma análise partidária e subjetiva que critica apenas um lado. Será que fui só eu que recebi maledicências, boatos, interpretações malucas e estapafúrdias, a negação das evidências feitas pelo partidários de Dona Dilma de todas as cores? A baixaria não foi e não é exclusidade de nenhuma organização partidária ou grupos políticos. São raras as exceções em que há alguma objetividade. Sabemos que a isenção total é impossível pois sempre estaremos movidos por algum ponto de vista. Mas é inadmissível esse tipo de posicionamento num espaço que pretende informar com seriedade.

Responder

jose carlos

24 de novembro de 2010 às 10h06

Depois esses seguidores do psdb-dem dizem que são éticos, respeitáveis, etc.
E acham ruim quando o presidente diz que tem que estirpar esse povo da politica.

Responder

Nentz

08 de setembro de 2010 às 09h45

Eu só queria ver se o PT estivesse sofrendo das mesmas "sacanagens" pré-eleitorais que estão sofrendo Serra e os seus, o estradalhaço que estariam fazendo. A baixaria que estariam aprontando Lula e seus seguidores.

Responder

J. Carlos S. Pereira

30 de abril de 2010 às 01h26

Fraquíssimo este André Vargas. Saíu pela tangente todas as vezes que o entrevistador quiz uma explicação para a apatia do PT e do governo diante dos ataques sujos que vem sofrendo ao longo dos últimos anos. Pelas respostas tímidas dá para ver que com este André Vargas Lula e Dilma continuarão sendo impiedosamente atacados e não reagirão. Uma postura lamentavelmente pusilânime do entrevistado. Nossa candidata está muito mal protegida.

Responder

Mouro

30 de abril de 2010 às 01h18

Brizola Neto Denuncia Jogo Sujo do PSDB na Internet[youtube 284UtwXmF4U&feature=player_embeddedhttp://www.youtube.com/watch?v=284UtwXmF4U&fe… youtube]

Responder

    Taiane

    17 de maio de 2010 às 21h04

    cortaram o microfone dele num ato super "democrático", não consigo carregar o vídeo até o final.

alexandre melo

30 de abril de 2010 às 00h22

hackers
lembrem sempre
psdb apoia win e software proprietario
pt apoia gnu/linux e software livre
voce sabe a quem apoiar..
e a quem detonar.

Responder

Silvio Freg

30 de abril de 2010 às 00h17

Não é Política, é Box! … os caras tão dando soco no ar, estão se cansando, no último round a Dilma pega eles …

Responder

ALL

29 de abril de 2010 às 23h47

CARTILHA E CURSINHO
A cartilha do “tucaninho cara de pau”

quinta-feira, 29 abril, 2010 às 15:01

A cartilha tucana é charge do Estadão: tucano de celular e Lula de ficha telefônica. E diz que essa será a campanha da "inteligência e do bom senso" contra "a mentira e o dinheiro". Só não dizem quem vai ter qual papel.

Quase ninguém deu atenção a um evento ocorrido no final do mês passado, quando o PSDB reuniu 160 tucanos para ouvirem o advogado e cientista político André Regis dar, segundo o Estadão, uma aula de “como ser oposição” e conseguir votos para José Serra. Agora, esta “aula” está circulando por milhares de e-mails bombardeados a 3×4 na web. Evidente que, sendo pró-tucano, não é considerado campanha antecipada.

Recebi de uma das “vítimas” uma cópia do texto, de onde extraí algumas pérolas para vocês.

“Vamos falar de abertura e universalização da telefonia – esqueça este papo de privatização.”

(continuação no .. Blog Tijolaço)

Responder

Aroldo Lima Aranha

29 de abril de 2010 às 22h24

Esse deputado Andre Vargas comandou a única CPI da história da humanidade que concedeu um atestado de elevada idoneidade aos investigados. No caso, as empresas exploradoras do pedágio nas rodovias do Paraná (os segundo mais caros do mundo, atrás apenas de São Paulo). Agora vejo que ele está no comando da campanha da Dilma e isso explica muita coisa. Esse PT não aprende mesmo.

Responder

Sérgio

29 de abril de 2010 às 22h04

Olá Azenha
Gostei das duas perguntas sobre o medo e a resignação do PT, demonstrado ao não responder as acusações da oposição. Continuamos a assistir o medo de ser feliz dos burocratas e parlamentares do PT. Desde o episódio do 3 em 1, em 1989 (debate Lula X Collor), a direção do PT vem gradativamente perdendo a capacidade de responder, em situações de conflito não previstas. O motivo penso que seja a opção do afastamento da direção – a profissionalização dos dirigentes criou uma casta burocrática que tem interesses próprios – dos movimentos sociais.

Responder

augustodafonseca13

29 de abril de 2010 às 20h20

Enquanto os demo-tucanos-pepessistas utilizam a baixaria, a manipulação da informação e a omissão, nõs apresentamos fatos:

Desgoverno Serra mantém 54 casas em risco de desabamento em Paraitinga

Texto completo em:http://festivaldebesteirasnaimprensa.wordpress.co

*

Responder

    carlos

    21 de outubro de 2010 às 17h29

    sai da ai !
    vota na dilma ela vai fazer o q fez no passado dela . morte e persseguicao

francisco.latorre

29 de abril de 2010 às 17h18

é estratégia.

não vê quem não quer.

..

Responder

Carlos

29 de abril de 2010 às 19h16

"Comentários considerados ofensivos ou difamatórios, com uso de linguagem inapropriada, serão excluídos. "
Cínicos.

Responder

Blog do Marcelo Sereno | PT pretende uma campanha sem baixarias

29 de abril de 2010 às 16h11

[…] Confira a entrevista na íntegra. […]

Responder

francisco.latorre

29 de abril de 2010 às 18h00

se parar de anunciar perde a única exposição possível. não é por aí.

parece que a estratégia é deixar o golpismo se afogar na própria merda.

parece estar dando certo.

..

quem tem que bater é o pdt.. ou o pcdob.

o jogo ainda tá pra nós.

se mudar o jogo.. aí muda a estratégia. antes não.

..

ps..

tá cheio de trollinho fantasiado por aí.

detonando sutilmente… e querendo empurrar o pt pro confronto antes da hora.

observem.

..

conceição.. parabéns de novo.

não tá perdendo uma.

muito boa a entrevista.

..

Responder

francisco.latorre

29 de abril de 2010 às 17h23

isso aí mesmo.

..

Responder

O vice do Lula?

29 de abril de 2010 às 17h21

dukrai,vamos lá; 1º) CONCEITO; defino como classe média aquela cabeça de familia,segundo o DIEESE,que tenha este rendimento,esta aqui;http://www.dieese.org.br/rel/rac/salminMenu09-05…. ,enquanto o IPEA,analisa a soma do salário familiar,ou seja,uma coisa é a familia toda trabalhar pra ser "classe média",outra coisa é ser cabeça,segundo DIEESE, 2º) FACTUAL; sou classe média assalariada,e também tem classe média que vive da exploração do trabalho alheio,ou seja,um vive na condição de explorado o outro vive na condição de explorador,é a luta de classes,o fato é que a pequena burguesia(os partidos) nunca esclarece isto pro povão,o porque desta condição. 3º) HISTÓRICO; é realidade que a classe média detem o conhecimento e a informação da história de luta de classes, nunca socializou estas informações com a periferia,melhor dizendo,a classe média nem sabe aonde fica a periferia,por isso,atravéz dos seus partidos,acabam usando a classe trabalhadora como massa de manobra,sem politiza-la. Abraços fraternos.

francisco.

Responder

@rldigital

29 de abril de 2010 às 14h13

Cada um de nós, na medida do nosso tempo disponível, devemos postar regularmente comentários nos sites da Folha, UOL, CBN, Terra, Estadão, etc.

Isso é importante para combater a baixaria do lado de lá com argumentos que possam ser lidos pelos milhares e milhares de internautas sem opinião formada que visitam esses sites.

Responder

jose carlos lima

29 de abril de 2010 às 16h47

Até quero ver quando o povo descobrir que o brazil (com Z) pode mais de Serra é o mesmo brasil que podia menos na Era FHC

Responder

Glecio_Tavares

29 de abril de 2010 às 16h17

http://www.gentequemente.org.br/sobre/

Na pagina sobre do site eles assumem que o site é deles.
Cade o TSE?

Replica da tela sobre do gente que mente, ou seja eles mesmo.

Sobre
Esse blog foi criado pelo PSDB e é administrado por um grupo de colaboradores do partido. O nosso objetivo é combater o uso da mentira como arma política.

Você, que também não compactua com a mentira, denúncie! Participe, comente, e repasse o endereço do “Gente que Mente” para a sua lista de amigos. Não deixe a mentira prevalecer sobre a verdade.

Nossos comentários são aprovados por um moderador para garantir que o conteúdo publicado seja relevante para os demais leitores, de acordo com o objetivo do blog.

Comentários considerados ofensivos ou difamatórios, com uso de linguagem inapropriada, serão excluídos.

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem, necessariamente, a opinião do blog."

Responder

    Glecio_Tavares

    30 de abril de 2010 às 21h01

    Alem de caluniarem o PT, Lula e Dilma, incentivam outros a faze-lo e não se responsabilizam por isso.
    Será que eles se responsabilizam pelos artigos?

    Acho que cabe até processo por calunia na justiça comum.
    A grana poderia ir para a campanha da Dilma.

Lavrentiy P. Beria

29 de abril de 2010 às 16h07

Calha reproduzir uma frase do nobre Deputado Brizola Neto. Ocorre que ele disse tal frase em outro contexto, mas cabe bem ao caso em questão:
"Nossa elite não é apenas gananciosa e incompetente. É má". (Dep. Brizola Neto)

Responder

Antonio Costa

29 de abril de 2010 às 12h48

Cara, eu não acredito no tamanho da ingenuidade do Deputado Vargas. Quando perguntado porque o PT não reage ao linchamento diário que sofre desde 2005, ele candidamente diz que o PT quer ISONOMIA de tratamento da grande mídia.

Vargas, voce parece a Alice no País das Maravilhas, então o PT está apanhando encolhidinho no seu cantinho e chorando baixinho para não irritar seus agressores, até que a grande mídia fique com " dózinho do PT " e resolva, por um ato de suprema magnanimidade passar a tratar o PT com ISONOMIA e respeito, e não como um " partido da bandidagem", como afirmou o jornal Estado de São Paulo no mês passado, repercutindo o factóide da Banccop?

Ser chamado por um órgão da mídia Serrista de " partido da bandidagem " não foi ainda o bastante para cair a ficha do PT e de sua direção de como vai ser esta campanha ? E o nobre deputado fica esperando ISONOMIA dessa cambada de golpistas e reacionários ?

SANTA INGENUIDADE E QUANTA INCOMPETENCIA !

Responder

Explicado o desespero da campanha tucana | Maria Frô

29 de abril de 2010 às 12h16

[…] meu ver os coordenadores da campanha tucana, especialmente o Sr. Graeff (veja aqui e aqui) estão dando  um tiro no pé, enquanto isso Lula segue tranquilo com aprovação recorde na […]

Responder

dukrai

29 de abril de 2010 às 14h53

cara, achar que as esquerdas entre aspas sempre foram partidos pequenos burgueses, (classe média) populistas e de salvadores da pátria tem uma penca de erros conceituais, factuais e históricos. A pequena burguesia não se confunde com classe média como conceito, uma coisa é uma coisa, outra coisa é outra coisa. A pequena burguesia não se confunde factualmente com a classe média, que é muito mais abrangente e incorpora, segundo o IPEA a metade da população do Brasil. Historicamente a pequena burguesia e essa classe média são convergentes no seu conservadorismo mas tiveram e têm papéis distintos, particularmente na política contemporânea, com a pequena burguesia incorporada pelos partidos de direita e a classe média dando índices da aprovação estratosféricos para o Lula e seu governo. Por fim, achar que o Lulinha é o maioral não é pecado e pra quem pensa que a opinião de fora é mais importante a Time, Le Monde, o Obama e o dukrai's blog acham isto também rs

Responder

Tavaresdemello

29 de abril de 2010 às 11h38

Eu ainda acredito que é estratégia mesmo e não medo. Afinal, por que Lula teve que inventar o "Lulinha paz e amor"? Com que discurso, os do lado de lá, elegeram Collor? Como eles criaram e vêm mantendo o "tunganato" há dezesseis anos em São Paulo? A verdade, é que a classe média brasileira ainda carrega ranços de conservadorismo, preconceito e ainda, por comodismo, se deixa guiar pela grande mídia. Se alguém (nós, do lado de cá) "gritar", "sair da linha", a classe média, na hora, arregala os OlhOs. Este é um país de moderados e ainda tem muitas "Reginas Duarte" por aí…

Agora, eu penso que André Vargas, nesta entrevista, perdeu uma bela oportunidade de mobilizar a militância. As ruas, serão importantes sim!!! Não será como em 2006, quando uma certa apatia deixou que os militantes pagos tomassem o nosso lugar, ou será que não estamos tão aguerridos e com o mesmo espírito de luta de 2002?

Responder

nina

29 de abril de 2010 às 11h36

Até acho que a Marilia Gabriela pensa essas coisas todas do Lula,PT, Dilma……..ela joga no time das elites há muito tempo…
Já se esqueceram dos debates mediados por ela? Eu não. Mas confundí-la com essa colonista social realmente maculou
seu CV……tenho que rir.

Responder

Andre

29 de abril de 2010 às 14h33

Tao sério esse moço (Aleluia+Horacio), esses herdeiros de ACM e sua bandalheira….

Logo após cair a máscara da FARSA, ficou preocupado com alguma ação de busca e apreensão na sua casa

postou programa de CRIPTOGRAFIA no seu blog:

"O Wondershare SafeLock é um confiável software de criptografia…permitem que você proteja os seus dados confidenciais contra o acesso não-autorizado. Ninguém (especialmente os hackers) poderá ver para o que você usou o computador, penetrar no seu sistema ou encontrar as suas informações valiosas."

caso queriam perder tempo como eu:http://horaciocb.blogspot.com/2010/04/giveaway-of

1 pirulito pra quem adivinhar o q se acha no computador dos honestíssimos Horácio e Aleluia!!!!

em tempo: O panaca do Horácio se presta a tentar fazer crer que o apoio de Norma foi motivado pela indenizaçao recebida "há menos de 15 dias" do julgamento da Comissao de Anisitia, como se comprada fosse.
Entaum direito passou a ser barganha, esmola ou "bolsa anistia" como fala o medíocre do Lauro Jardim na Veja??? ah tah

Responder

dukrai

29 de abril de 2010 às 14h31

véi, ele não respondeu a qualquer pergunta que questionava a bundamolice do PT e do governo com o PIG, eles não vão tomar qualquer atitude e ainda querem que os blogs sozinhos dêem conta da bandidagem, vai ser frouxo nos quinto dos infernos.

Responder

Carlos

29 de abril de 2010 às 14h30

Tens os links, Milton?

Responder

Gerson Carneiro

29 de abril de 2010 às 11h16

Razões que fazem com que Comunicação seja o calcanhar-de-aquiles do PT e do governo federal:

A mentira tem inegavelmente um poder maior de disseminação e impacto.

Se chego aqui e afirmo que o Azenha é honesto não terá impacto e repercussão alguma;
mas se digo que ele é filiado ao Democratas, pronto. A desgraça estará feita. Ainda mais quando se tem toda uma estrutura midiática propensa e preparada para tal finalidade.

E também, a mim parece haver um gosto generalizado pela tal fofoca. Fulano não gosta de fofoca quando é fofoca sobre si, mas fica excitado quando a fofoca é sobre outrem. E aí a mídia se aproveita dessa fraqueza.

Confesso já ter me flagrado nesse pecado. (ui!)
Admito minha mea culpa.

Responder

edenildo freitas

29 de abril de 2010 às 14h08

Gostaria de saber quando terminam as concessões das rádios e Tvs do PIG, para que possamos pressionar as suas NÃO RENOVAÇÕES.

Responder

Carlos

29 de abril de 2010 às 14h03

André Vargas é de Londrina, região altamente influenciada pelo PT-SP….

Responder

Luiz Carlos Azenha

29 de abril de 2010 às 14h00

Estamos checando os problemas. abs

Responder

Luiz Carlos Azenha

29 de abril de 2010 às 13h58

Vou escrever sobre isso. abs

Responder

Clovis

29 de abril de 2010 às 13h37

Aviso: O PSDB tem gente especializada na internet para comentar nos blogs, são pessoas pagas. Quando os comentários começam elogiando e depois pondo em duvidas o pt e a Dilma, desconfie. Os caras estão super preparados. Se eu fosse mediador não deixaria passar certos comentários. Já que no PIG, certos comentários não passa.

Responder

Gerson Carneiro

29 de abril de 2010 às 13h35

Tire suas mãos de mim
Eu não pertenço a você
Não é me dominando assim
Que você vai me entender
Eu posso estar sozinho
Mas eu sei muito bem aonde estou
Você pode até duvidar
Acho que isso não é amor.
Será só imaginação?
Será que nada vai acontecer?
Será que é tudo isso em vão?
Será que vamos conseguir vencer?
Nos perderemos entre monstros
Da nossa própria criação
Serão noites inteiras
Talvez por medo da escuridão
Ficaremos acordados
Imaginando alguma solução
Prá que esse nosso egoísmo
Não destrua nosso coração.
Será só imaginação?
Será que nada vai acontecer?
Será que é tudo isso em vão?
Será que vamos conseguir vencer?
Brigar prá quê?
Se é sem querer
Quem é que vai
Nos proteger?
Será que vamos ter
Que responder
Pelos erros a mais
Eu e você?
"Será" – Legião Urbana – Composição: Dado Villa-Lobos / Renato Russo / Marcelo Bonfá

Responder

Milton Hayek

29 de abril de 2010 às 13h19

Comoi eu sei que o Azenha já esteve nos navios da gloriosa MB aí vai:

Marinha do Brasil forma Primeira Turma de Soldados Fuzileiros Navais da Namíbia
http://pbrasil.wordpress.com/2010/02/22/marinha-d

Chora PIG!!!!!!!!!!!!!!!!

Responder

Dil

29 de abril de 2010 às 13h10

Bom dia Azenha,

desculpe mudar o assunto mas achei importante:

Recomendo a leitura em meu blog: " O Globo joga baixo contra a poulação do Rio"
http://eagora-dil.blogspot.com/

Responder

Antonio Costa

29 de abril de 2010 às 12h37

O consórcio oposicionista demo/tucano/midiático/pig, no qual o PIG dá a linha e rumo da campanha do José Serra, agrade de forma sincera e penhorada a imensa omissão e covardia dos dirigentes do PT e a fraqueza do jurídico do PT nesta campanha.

ACORDA PT !!!

Responder

Cleverton Silva

29 de abril de 2010 às 12h34

Pessoal, cuidado com o pessimismo! Como em toda eleição, a decisão está nas mãos do povo. Não só as notícias manipuladas da mídia bandida chegam ao povão. A população sabe que Lula e seus auxiliares foram os responsáveis pelos grandes avanços da última década. A grande mídia é um recurso deles, da oposição, mas à bese de baixaria, sem discurso, sem propostas e sem sintonia com a população, o PIG e os Tucanodemoníacos não vão conseguir muita coisa. Outro ponto é que Lula nem entrou na campanha ainda, ao contrário do mito do PIG de que Lula faz campanha antecipada. Quando ele começar a pedir voto pra Dilma, e ela puder mostrar o quanto é combativa e competente, vai conquistar um grande filão de indecisos.

Responder

Antonio Costa

29 de abril de 2010 às 12h31

VOCES DO PT ESTÃO ERRADOS COM SUA OMISSÃO FRENTE AOS ATAQUES DO PIG.

Voces do PT e da campanha da Dilma não podem deixar apenas para nós da blogosfera e o povo o enfrentamento contra esses assassinos de reputações profissionais da grande mídia e da campanha do José Serra.
Se faltando 5 meses para o primeiro turno das eleições o nível de ataques do consórcio oposicionista demo/ltucano/midiático já está nesse nível de golpes baixos e sujeira, imagine como será nas vésperas do primeiro turno. O PT e a candidata Dilma não terão como reagir, e as mentiras, manipulações e factóides dos tucanos e da midia prevalecerão.

Responder

O vice do Lula?

29 de abril de 2010 às 12h28

A raiz politica do partido (que ERA) dos trabalhadores,hoje,tem a mesma profundidade que seus generais e assessores tem a nivel de comunicação com as massas,ou seja,nenhuma.É importante entender que,a lua de meu do povo é com Lula e não com o PT,ou com as esquerdas. Históricamente as "esquerdas" sempre foram partidos pequenos burgueses(classe média) ,e populistas,por isso,suas raizes nada ideológicas nunca foram alem de salvadores da pátria do tipo,Jango,Brizola e agora o Lula.É aí que mora o perigo.Se o proximo governo for de esquerda(de fato),será que esses social democratas terão coragem de chamar povo para as ruas,sem terem base necessária para isto,o João Goulart que o diga.

francisco.

Responder

Antonio Costa

29 de abril de 2010 às 12h27

Vou falar um coisa que está entalada na minha garganta faz algum tempo e foi confirmada pelo Deputado Vargas acima:

O PT SE " BORRA TODO " DE MEDO DO PIG – o Partido da Imprensa Golpista !

O Vargas acabou de confessar acima: depois da tentativa de golpe da grande midia no caso do Mensalão, o PT ficou e está acuado pelo PIG.

É uma covardia sem tamanho e irresponsabilidade enorme o PT e da coordenação de campanha da Dilma se omitirem nesse momento que se inicia a ofensiva mídiática contra o governo Lula e a candidatura da Dilma. Nós da internet e o povo com seus parcos recursos não podemos enfrentar sózinhos o poder economico desses assassinos de reputações da grande mídia.

E o jurídico do PT é fraquinho, uma lástima.

Acorda PT !!!

Responder

@vanderfaj

29 de abril de 2010 às 12h17

Vale a pena atentar para a entrevista de Coimbra, diretor do Vox Populi, à TV Bandeirantes.

Os pontos que ele analisa são os seguintes:

1) A eleição tende a ser cada vez mais plebiscitária.
2) Os eleitores costumam votar em pessoas, não em tese.
3) A aposta que o Lula faz em 2010 é uma aposta nova: se o eleitor aprova o governo Lula, vote em Dilma. Caso contrário, vote em Serra. Votação no grupo e nas propostas em detrimento das pessoas que estão concorrendo. A proposta do Serra é um debate de biografias pessoais, independentemente do grupo que cada um representa.
4) A tese da continuidade tem grande simpatia da população, pois as pessoas estão satisfeitas.
5) A tese do Lula (item 3) está fazendo efeito (como mostra o crescimento de Dilma nos últimos meses).
6) O Caso do Chile. Bachelet, com 80% de popularidade, não fez o sucessor. Porém, Bachelet fazia parte do grupo político Concertação, que estava há 20 anos no poder. Houve, então, uma fadiga, um cansaço com esse grupo, o que não acontece no Brasil no momento.
7) Método de pesquisas eleitorais e crítica ao Datafolha (por interferência no modo como se faz a pergunta ao eleitor).
.
Acompanhe o vídeo no link:
. http://videos.band.com.br/v_57000_entrevista_com_

Responder

Carlos

29 de abril de 2010 às 12h16

“Temos de estar atentos o tempo inteiro e reagir rápido.”
“Vigilância total. E com rapidez. Na hora.”

Até parece…
Somadas, quantas pessoas trabalham nas assessorias das bancadas no Congresso Nacional, assembléias legislativas, câmaras de vereadores? E nos diretórios nacional, estaduais e municipais?
Quantas?
Entretanto, a denúncia sobre o “gentequemente” – no éter desde meados de 2009 – deve-se à iniciativa do gabinete do deputado Brizola Neto, do PDT!

Responder

Rinaldo Reis

29 de abril de 2010 às 12h15

Meu amigo, não li uma frase desse sr. que animasse a militância contra-atacar!!! Vou pelos meus próprios princípios, começaram a enviar spams pela rede, denegrindo Dilma, eu mesmo recebi e estou dando o troco, falando a verdade a respeito do PSDB e Cia.

Responder

Adney

29 de abril de 2010 às 12h11

Muito devagar, esse moço. Parece que chegou há pouco de Marte. Não lembra dos sequestradores do Abílio Diniz presos "com a camisa do PT", da edição do debate Collor x Lula, da armação da compra do dossiê sobre o escândalo das ambulâncias (delegado Bruno + Globo), para citar apenas alguns. Não é esse marasmo que precisamos. Além disso, parece achar que a Internet resolve tudo. E a grande maioria, que não tem acesso a ela ? Precisa mais ação, mais mobilização.

Responder

Tavaresdemello

29 de abril de 2010 às 12h05

Azenha, Conceição, este comentário que postei, estava tentando desde ontem à noite. Tentei várias vezes mas, só recebia mensagem de erro. Havia algum problema no blog?

Responder

Luiz Rogerio

29 de abril de 2010 às 12h01

Pra mim esse André Vargas falou falou e não disse nada…

Responder

Pedro Miranda

29 de abril de 2010 às 11h27

Vou lhe explicar: O momento de reação não pode ser agora, porque não há espaço e voz para o governo. O momento será quando chegar o horário eleitoral, que aí, todos terão o mesmo tempo.

Responder

    francisco.latorre

    29 de abril de 2010 às 20h37

    concordo e acrescento..

    será arrasador.

    ..

gustavo l.d.

29 de abril de 2010 às 11h23

Não é que Serra tem dificuldades de administrar, o problema é a administração seletiva. Pelo que me lembro ele foi bem sucedido em desonerar os iates, e foi muito bem sucedido também em anular os efeitos do IPI reduzido.

O problema não é que ele não sabe o que está fazendo, sabe muito bem, mas tem o povo como inimigo. Isso é que é de dar medo.

Responder

Carlos

29 de abril de 2010 às 11h14

"Vigilância total. E com rapidez. Na hora."
Até parece…
Quantas pessoas trabalham nas assessorias das bancadas do PT no Congresso Nacional, assembléias legislativas, câmaras de vereadores, diretórios nacional, estaduais, municipais,…?
Quantas?
No entanto, descobrir e denunciar que o "gentequemente" é cria do PSDB – e que existe desde meados de 2009, conforme observado por alguém aqui – devemos à ação isolada do deputado Brizola Neto, do PDT!

Tirem o salto alto, saiam da redoma de vidro, senhores dirigentes e assessores do PT!

Responder

Otaciel de Oliveira

29 de abril de 2010 às 10h11

DOIS PESOS, DUAS MIL MEDIDAS

Quem viu as entrevistas da Dilma e do Serra no programa do Datena, sentiu como vai ser a coisa: no caso da Dilma, mal a mulher começava a responder uma pergunta o Datena fazia imediatamente outra, uma terceira, e aí por adiante. O momento de glória do apresentador foi quando ele perguntou à Dilma se ela tinha sido ESTUPRADA (durante as sevícias; uma curiosidade mórbida, não acham?). O Datena aproveitou ainda a entrevista para faturar em cima da popularidade do presidente Lula, dizendo-se admirador do mesmo por causa de tão elevada aprovação popular, como se o Lula fosse um "mágico, com uma grande capacidade de enganar as pessoas", como disse um internauta no blog do PHA. No final o telespectador ficou com a impressão de que a Dilma não tinha respostas para as perguntas formuladas. O negócio é não deixar nem o Lula nem a Dilma falarem. Já com o Serra, as perguntas foram combinadas, e ele teve todo tempo do mundo para falar sobre temas banais. Nada, contudo, que lembrasse um programa de governo. Nenhuma crítica às suas "propostas" (ou à falta delas).

O jogo vai (está sendo) sujo. Muito cuidado com as manchetes.

Outra coisa: ontem um animal dizendo-se PTista me enviou uma mensagem me esculhambando, pois segundo ele eu tinha feito críticas exacerbadas ao Lula num comentário que eu fiz aqui, nesse blog. Me chamou de ignorante porque eu grafei uma palavra errada. Mas o que me chamou mais atenção foi o fato do animal ter o meu e-mail, que apareceu na internet duas ou três vezes ao longo desses últimos três últimos anos. Já recebi várias mensagens dizendo que eu estava sendo processado por ter chamado, por exemplo, Sérgio Guerra, essa figura impoluta, de mentiroso, quando ele disse que ia acabar com o PAC. Ele disse isto na Veja e depois disse que não disse.

Todo cuidado é pouco com as manchetes. Viva a internet!

Responder

Antonio Lyra Filho

29 de abril de 2010 às 09h56

Me considero um militante pela a internet.
Diariamente rebato os ataques que são feitos a Lula Dilma e o PT.

Responder

Leider_Lincoln

29 de abril de 2010 às 09h33

Atribuído ao presidente Abraham Lincoln: pode-se enganar uma pessoa todo o tempo ou todas as pessoas por algum tempo, mas não se pode enganar todas as pessoas todo o tempo. Então: 1) eles começaram cedo demais e estão abusando.; 2) É fazer dizer que não e votar sim; 3)As classes beneficiadas pelo Lula são a maioria da população e não são tão bobas como muita gente pensa; 4) No horário eleitoral eles serão desmascarados. Além disso, o TSE não poderá se fingir de morto a vida inteira; 5) O brasileiro de um modo geral não é fã de sujeira.

Responder

Fábio Melllo

29 de abril de 2010 às 09h02

Essa entrevista me deixou mais preocupado ainda.

Responder

renato batisteli

29 de abril de 2010 às 08h36

O tom das respostas passa uma ideia de um alheamento ou de que as coisas não são tão graves quanto parecem. Se calhar ainda não perceberam o quanto é prejudicial para a campanha da Dilma e o quanto decepciona a nos partidários eleitores do partido este tipo de atitude típica de quem não desces do salto alto. Quando será que cairá a ficha e convocarão alguém com mais pulso e atitude para responder de forma firme a orquestração em curso? Lamentável!

Responder

José Carlos

29 de abril de 2010 às 07h58

Estou achando o PT muito lento nesta campanha.
Eleição e mineração, só depois da apuração.

Responder

beattrice

29 de abril de 2010 às 03h06

Desde julho de 2009, talvez antes disso.

Responder

Marcos Lopes

29 de abril de 2010 às 02h09

Concordo com você Meirelles: o deputado fala e fala e não vai ao cerne da questão. Enquanto isso, a oposição vai agindo e destruindo reputações. Também penso como Antonio Carlos Silva: ou os movimentos sociais partem para o ataque, denunciando essas conspirações da mídia e da oposição, ou teremos uma situação cada vez mais caótica e mais grave: perdermos as poucas conquistas desses oito anos de governo Lula. Ver se instalar no Brasil o mesmo que se instalou em estados como São Paulo, Rio Grande do Sul e Minas Gerais.

Responder

Pedro Henrique

29 de abril de 2010 às 02h06

Esse cara aí está nas cúpula. O governo alimenta o inimigo com sua publicidade. Esquerda não é capaz de ter nem um semanario. Isso que esta no poder. O Uruguay que tem menos de um terço da população do Rio Grande do Sul tem um semanário de esquerda, uma rádio de esquerda. Uma imprensa mais plural.
O PT se tornou um partido de frouxos é só olhar para o paulista.
Chega de chorar no que se refere a comunicação.
Partido ou movimento político sem jornal é que nem um exército sem armamento.
Enquanto isso aqui na base os militantes se quebrando para responder as armações da mídia que diversos parlamentares do PT gostam de aparecer para dar entrevistas, comportamento que dá credibilidade a mesma.
Esses burocratas do partido somente tirarão a bunda quando?

Um partido com trinta anos sem política de comunicação até hoje, nunca terá.

Infelizmente é isso.

Cansei.

Responder

Fátima-Ba

29 de abril de 2010 às 04h45

Conceição,

Como muitos já comentaram aqui,suas perguntas foram objetivas,você levantou as questões que tantos colocam aqui e em outros blogs,porém as respostas do responsável pela área de comunicação do PT pareceram ter sido dadas por alguém totalmente alheio ao que acontece!Quando vi o post me animei e achei que iria ter notícias da reação do PT a esse jogo sujo,o que vi foram evasivas,repostas que fugiam da pergunta e uma falta de energia que me preocupou verdadeiramente.No meu sentir,ou o PT está achando que o jogo está ganho ou está paralisado de medo da mídia e da justiça eleitoral,honestamente eu não entendo.

beijo,valeu o esforço e a boa vontade

Responder

Marcelo Gonçalves

29 de abril de 2010 às 04h03

Finalmente a comunicação do PT agiu. Eu já estava ficando chateado com a inércia do partido, mas essa entrevista do André Vargas me deixou mais tranquilo.

Responder

Augusto

29 de abril de 2010 às 03h59

Pelo menos eu acho que em algum momento, os anunciantes vão se dar conta de que o Estadão não vende absolutamente nada. Então, qual a razão de continuar anunciando num veículo que não tem alcace nenhum? Acho que esse momento está muito próximo, porque eu vou às bancas frenquentemente e constato que o encalhe do Estadão só aumento progressivamente. Não sei como aguentam imprimir tantos exemplares, porque deve ter um custo bem alto, suponho, sem falar na distribuição, de um jornal que não vende mais nada, literalmente nada.

Responder

baader

29 de abril de 2010 às 03h56

Definitivamente, não dá para entender tanta resignação. Um exemplo é a Petrobrás ser uma das patrocinadoras do jornal da Band, uma mesa na qual os pretensos comentários dos senhores lá sentandos, invariavelmente batem, mal intencionados, no governo federal. Como diz o jornalista do sitio: não é favor, mas obrigaçao de um noticioso informar. Achar que a internet terá aqui o mesmo peso que teve na eleição de Obama é ignorar como aquela sociedade anda mais plugada. Ademais, o que temos como imprensa aqui é algo imensamente destrutivo. Oxalá eu esteja errado.

Responder

Paulo

29 de abril de 2010 às 03h53

O que o TSE está fazendo para garantir uma contagem dos votos LIMPA e isenta?
1) Acredito que a Dilma vence;
2) Por(des)ventura o Serra vier a vencer, não acredito que ele possa impedir a propria morte do PSDB; Serra teve dificuldades de administrar SP, como poderia administrar o Brasil? É o caos e a morte do partido.
3) Marina vai surpreender; a mobilização é capilar e se os evangélicos (2 milhoes em um dia, somente no Rio…) decidem pelo nome dela…

Responder

    Gerson Carneiro

    29 de abril de 2010 às 14h13

    Marina com os evangélicos!
    Vixeeee! O sangue de Jesus tem poder.

Jorge

29 de abril de 2010 às 00h51

Senhores, é impossível que em oito anos de governo o Sr. Lula não saiba de todas as falcatruas do PSDB e seus membros. Calma: temos que esperar o serra ser ungido candidato: aí a paulera pode começar. EM NENHUMA HIPÓTESE devemos empurar o serra para disputar o cargos de governador de São Paulo. Calma, calma e calma: muita calma nesta hora, pois até para eles esse comportamento se esgota.

Responder

Armando do Prado

29 de abril de 2010 às 03h36

Frio. Burocrático. Twitter não diz respeito ao povo. Lembrou-me o banqueiro Meirelles.

Avante Dilma, mas junto ao povo, pois os burocratas acham que estão num convescote.

Responder

    Carlos

    29 de abril de 2010 às 14h23

    Dirigentes estão descolados da realidade da maioria.
    Locomovem-se em ônibus ou metrôs? – Não, só em avião e transporte individual.
    Lêem o que o povo lê, os jornais populares? – Não, lêem os jornais e revistas que dão "status" intelectual.



    Aguardam momento pra agir, após a copa na África, ou entendem que eleição tá ganha, que é desnecessário agirr?

Toni Gumauskas

29 de abril de 2010 às 03h29

Azenha,o PT no governo desde 2002,apesar das investidas morais e imorais do eixo PSDB/DEM/PPS e da grande midia é um pesadelo!
Serra não pode mais ouvir falar em Lula. E o pior! Precisa maneirar nas criticas,já que o presidente é popularmente muito bem avaliado.
E o que resta? O jogo sujo. E disso os partidos do eixo e o PiG entendem bem… http://tonigumauskas.wordpress.com/2010/04/29/res
Na verdade suas falhas,eles tentam esconder.
E assim fizeram em SP. Estado completamente dominado pela força tucana.
Executivo e legistativo. E CPI ?? Em São Paulo,engavetaram todas.
Mas eles não falarão sobre isso… O negocio é atacar!!
Atacar e não dar tempo ao eleitor pensar.

Responder

Harry Porter

29 de abril de 2010 às 03h26

O ambiente na Zona Sul Carioca lembra um pouco a santa inquisição. Jornaleiro, empregadas domésticas, taxistas, barbeiros…todos com medo de declarar em quem vão votar. Outra dia perguntei ao jornaleiro em quem ele votaria, o homem ficou pálido. Uma senhora no canto folheava O Globo, levantou a sobrancelha e vociferou em voz alta: – tudo menos na Dilma, né? e emendou: – tudo de bom que aconteceu no governo Lula começou com o FHC. O jornaleiro desconversou. Tive ali a certeza que o processo político atual retrocedeu. A pressão da midia está funcionando sim. A demonização da Dilma está colando e o pior é que este processo passa por uma intimidação violenta no dia a dia. Assédio moral mesmo, uma chantagem subliminar contra quem ouse defender a Dilma. Vejam, quantos aqui se expressam escondidos sob o véu do anonimato? Inclusive eu. A ditadura não acabou? Então porque o medo? É significativo que neste instânte esteja sendo julgado o processo de anistia em relação aos torturadores. Mais significativo ainda é sabermos de antemão que o STJ vai dar ganho de causa aos torturadores. Um jogo de cartas marcadas onde o PT sendo situação joga mal e já começa perdendo. Ou o PT acorda e reincarna o ímpeto que tinha quando era oposição e faz a coisa certa ou tá arriscado a perder estas eleições. Tem que sair do sapato alto, rolar na lama com adversário. Não estou pedindo para baixar o nível não, mas jogar com raça e inteligência. Mesmo porquê o adversário é burro, mas está correndo na frente e produzindo milhares de factóides por segundo.

Responder

    Clovis

    29 de abril de 2010 às 13h28

    Volta para a Terra, volta!!!!!

Felipe

29 de abril de 2010 às 03h13

Também reparei nessas partes… fiquei preocupado. É com essa energia que planejam se defender dos golpes sujos???

Responder

josé gilvar gonzaga

29 de abril de 2010 às 00h03

meu pai ja dizia que mentira tem pena curta. O demotucano, juntamente com o PPS do sr Roberto Freire eles tem conciência que ta fora, por isso eles fazem o que sabe. Nao tem proposta metem o tempo todo.

Responder

Marat

29 de abril de 2010 às 03h00

Por dever de profissão, convivo com muitas pessoas das classes média, A e alguns quatrocentões. Nesse grupo há pessoas boas, caridosas, honestas e gentis, mas, são minoria. A maioria é racista, elitista, fascista e, por tabela, eleitores do PSDB/PFL, que desejam ardentemente que o Brasil se transforme numa gigantesca Miami. Eis que essa turma enche meu e-mail com diversas apresentações contrárias à Dilma, rechadas de palavras chulas e tabuísmos… Ou o pessoal do PT é muito mais educado e cordial que eles (nunca recebo nada contra o PSDB), ou eles se tornaram "maloqueiros" e agem como eles dizem agir as pessoas das classes "inferiores"…

Responder

Marcílio Lucas

29 de abril de 2010 às 02h50

Companheiros!!! Nosso problema é a candidata, muito fraca. E a culpa é do lula.

Responder

    Arthos

    29 de abril de 2010 às 14h22

    Companheiro, fraco é o Zé… já percebeu que em suas frases não há sujeito? Sabe porque Lucão? Porque o cara não sabe o que fazer para reverter o quadro e fica sem ter o que dizer a não ser frases feitas de efeito que a mídia dele repercute. O sujeito é fraco demais, basta ver a situação caótica de SP. Ah! Lucão, Continua pondo a mão bolso para pagar nas cabines das estradinhas do Zé… ajuda o coitado!

    Carlos

    29 de abril de 2010 às 14h28

    Errou de turma, Marcílio.
    A cxontrário do Serra, Dilma tem luz e idéias próprias.
    Ubaldo prometeu e não cumpriu: discorrer sobre a tese de "doutorado em Economia" do Serra. Assim, você está convocado pra realizar tal façanha…

    dukrai

    29 de abril de 2010 às 15h00

    trollice pura

beattrice

29 de abril de 2010 às 02h46

Mas a Justiça para agir precisa ser acionada, e só pode acionar a parte lesada, ou o PT não se sente lesado?
No episódio do Marcelo Branco por ex, ficaram devendo uma declaração pública oficial de apoio, desmentindo a FRIAS PRESS.

Responder

beattrice

29 de abril de 2010 às 02h44

Leio uma entrevista dessas e tudo indica que ao invés de uma eleição nacional trata-se de uma enquete na blogosfera!!! O PT está a passeio!
O LULA precisa enquadrar essa executiva URGENTE.

Responder

beattrice

29 de abril de 2010 às 02h34

AS respostas são como o PT:
fazendo cara de paisagem e pose de samambaia.
Isso não vai dar certo.
Lembrando o CIRO GOMES:
"Serra em campanha, é certeza de baixaria"

Responder

felipe augusto

28 de abril de 2010 às 23h28

"gente que mente" já está lá a um bom tempo! desde o ano passado no mínimo.

Responder

    Carol

    29 de abril de 2010 às 14h21

    Tá registrado de 1998, mas não tem como saber quando entrou no ar.

Maria Dirce

28 de abril de 2010 às 23h04

Enqto não for tomadas providencias do STE vão continuar a fazer suas baixarias atinja aquer atingir, o que importa são os fins e não os meios!!!

Responder

Henrique

29 de abril de 2010 às 01h53

O PT se diz atento a tudo, mas pergunto: – Estão atentos às urnas eletrônicas?

Responder

carmen silvia

29 de abril de 2010 às 01h37

Sou filiada ao PT e a fala desse moço me deixou preocupada,sem convicção, repetitivo, sei não.Quem sabe teremos boas surpresas mais adiante se não ….é complicado.

Responder

Marcus

28 de abril de 2010 às 22h34

Nosso entrevistado continua demonstrando que o grupo está muito pouco combativo , quase complacente . Fraca a entrevista . Do ponto de vista Tático e Estratégico não vi nada na fala do nosso secretário que pudesse fazer diferença . Fico preocupado . Precisamos de "Massas", não que a Internet não seja importante , mas os movimentos sociais são muito mais . Esse negócio de twitar é coisa para uns poucos . Temos que ser mais agressivos , não violentos , nas igrejas , sindicatos , associações , comunidades de favelas , universidades e escolas através um Movimento Estudantil mais comunicativo e militante . Continuo preocupado com a inoperância dos nossos companheiros . Fraquíssimo nosso André Vargas,. Quase non-sense.

Responder

jbh

28 de abril de 2010 às 22h33

bla, bla, bla…… André Vargas….. não nos considere covardes e omissos como voces, voces todos do PT e do Governo tem sido. Não é possivel admitir que se forme no pais uma massa tão reacionária/facista como esta que esta se formando graças a omissão de voces. Sem qualquer resquício ideológico, para combater a imprensa, basta aumentar criar e incentivar mais imprensa…. mais jornais, mais canais tv a Cabo, mais portais na net, mais revistas informativas…. não precisa censurar.

Responder

Maria Efigênia

29 de abril de 2010 às 01h14

Nunca vi um apelido tão certo, "lobo em pele de cordeiro". Na foto da veja aquela carinha de cordeirinho e por baixo do pano o PSDB se iguala ao que há de pior. Eles sim é que são a patrulha da lama.

Responder

tia Carmela

29 de abril de 2010 às 01h07

O PSDB agora contratou o Gregório de Matos, o Boca do Inferno, para trabalhar na sua campanha…

Está emhttp://byebyeserra.wordpress.com/2010/04/28/pres-

Responder

magalipedro

29 de abril de 2010 às 01h04

"A mobilização física é importante. Mas a mobilização pela internet talvez vá ser muito mais importante."

Posso ser uma dinossaura ignorante, mas creio que a mobilização física é imprescindível.

A resposta a essa pergunta "Como senhor explica o fato de PT e o governo raramente reagirem com firmeza quando atacados? É medo, contemporização ou resignação?" A pergunta foi 10, já a resposta… "Sim, tem razão, a mobilização midiática contra o PT é enorme. Isso é muito chato. Queremos isonomia." – deixa a desejar, né?

Responder

priscila presotto

29 de abril de 2010 às 01h00

Perfeito Antonio.

Responder

Livio

29 de abril de 2010 às 00h54

45 anos da globo. Muito apropriado se levarmos em consideração que o número do PSDB na urna é 45 também.
É muita cara de pau.

Responder

Klaus

29 de abril de 2010 às 00h49

Conceição, por mais que eu insita, por que vocês não se defendem no caso da foto da Dilma Bengell? É como se não existisse o caso. vergonha?

Responder

    Milton Hayek

    29 de abril de 2010 às 11h33

    A própria Norma Bengel respondeu e declarou voto na Dilma.Deixa de ser sem-vergonha,Klaus Barbie do PSDB!!!!!!

    francisco.latorre

    29 de abril de 2010 às 17h49

    o caso não existe mesmo.

    informe-se.

    ..

magalipedro

29 de abril de 2010 às 00h45

Concordo, Marcos. Coloquei essa entrevista no word, Times Nem Roman 12: 4 páginas. Já fiz isso com artigos da Carta Maior e posso garantir que é difícil encontrar alguma coisa com menos de 2 páginas. Pra acompanhar blogs é preciso ter hábito de leitura. Dificilmente alguém vai ler um texto longo só porque está na internet – tem que ter o hábito de ler já enraizado. E é necessário também que se interesse por esse tipo específico de assunto.
Tem gente que parece que pensa que basta colocar um computador com banda larga na mão de cada brasileiro para, por mágica, todos se transformarem em leitores vorazes… ora, me poupe!!!

Responder

IV Avatar

29 de abril de 2010 às 00h37

Parabéns ao deputado Brizola Neto, que fez o que o PT já deveria ter feito há muito tempoÇ não deixar estes difamadores criminosos atacando Dilma. Quanto a nós, temos o dever de defender Dilma nests portais tipo Terra, Globo, Folha, etc. É um erro a gente deixar por conta dos trolls. Eu costumo postar minhas opinião por lá, claro, nem leio o que comentam, posto meu comentário e nem verifico se foi aprovado,,,procuro fazer minha parte. Ficar comentando nos blogs de esquerda, tudo bem, mas temos que marcar presença nos blogs de direita, isto sem dúvida. É fechar o nariz e ir lá, deixar nossos recados, eles que se se virem, que pelo menos tenham o trabalho de nos ler ou censurar. A proporção lá é de 10 da turma do esgoto ex-graef contra 1 nosso. Não podemos deixar que este quadro perdure. Imagina só em plena campanha eles ficarem cantando de galo.

Responder

Augusto

29 de abril de 2010 às 00h35

As ações são muito bem articuladas, envolvendo especialmente a imprensa tucana. É incrível como caminham juntas. Hoje mesmo, no editorial do Estadão, está explícita a tentativa de colar em Dilma o rótulo de mentirosa, inclusive retomando a questão do "doutorado". Aliás, a esse respeito, eu pensei que a imprensa tinha desistido disso, pois hoje se sabe perfeitamente que Serra não é doutor, não é mestre, não é economista, não é engenheiro, não é nem formado em um curso superior formal, ou seja, José Serra é segundo grau, hoje ensino médio. Isso importa? Absolutamente, mas importa quando se trata de Dilma Rousseff. Aliás, os editoriais do Estadão são peças que dão inveja ao preclaro Prof. Hariovaldo. Mas no caso do Estadão, acho que não tem importância nenhuma, porque esse jornal não vende mais nada. Isso eu verifico quase diariamente na banca. Acho, inclusive, que o Estadão não tem muito tempo de vida mais, não. Eu aposto em uns 5 ou 10 anos no máximo.

Responder

laura

29 de abril de 2010 às 00h34

Acho que este é o momento de crescer uma outra imprensa. A que morre é cada vez menos alternativa. Há que se criar outras e muitos querem outra coisa.

Responder

Antonio Carlos Silva

29 de abril de 2010 às 00h26

Continuação do comentário
1º) Candidata Dilma impiedosamente injuriada e calúniada por quase toda mídia .
2º) O Presidente Lula vilipendiado e censurado por quase toda mídia .
3º) Liberalidade total para os detratores e opositores tucanos atacarem Lula e a candidata Dilma nas rádios, TV´s, jornais e revistas .
4º) Coação da UNE utilizando-se factóides provocando a "neutralidade" política neste embate pré-eleitoral .
5º) Coação do Judiciário fazendo com que juízes atuem favoravelmente a qualquer ação da oposição tucana .
Posto isto, eu afirmo :
Acabou companheiros, este processo eleitoral está irremediavelmente "contaminado "
Vença Dilma ou Serra, a grande derrotada é a democracia brasileira, é o povo brasileiro .

Abs.

Responder

Aucélio Carlos

29 de abril de 2010 às 00h26

Infelizmente pelo visto a campanha do PSDB vai caminhar para o baixo nível, apoiada pela imprensa da direita que agora não tem mais como se esconder no véu da imparcialidade. Dá pena ler alguns artigos da imprensa tupiniquim relacionado a política.

Responder

Antonio Carlos Silva

29 de abril de 2010 às 00h25

Diversas vezes expus aqui neste conceituado blog e no PHA, Nassif, Eduardo Guimarães etc, que deveríamos fazer um grande ato em frente a sede da ABI para chamar a atenção mundial sobre as conspirações da porca mídia .
Este ato não foi feito, todo mundo (UNE, CUT etc..) ficaram com " bunda na janela", agora, vejam que situação nos
chegamos .
Comentário 1)

Abs.

Responder

T.G.Meirelles

29 de abril de 2010 às 00h24

A impressaõ que deu, foi a de um festival de evasivas. Falou, falou e não disse nada. As perguntas continuam lá, porém sem respostas. Esperava algo de mais concreto, mais positivo.
Preocupante…

Responder

Antonio L Teixeira

29 de abril de 2010 às 00h23

Marcus,
Ele fala para você, já que as "Massas" não twitam.

Responder

Bonifa

29 de abril de 2010 às 00h16

Pelo visto, o PT está muito atento. Atento talvez até demais. O problema é que o adversário está muito atento a este PT tão atento. E vai avançando. Se o PT não começar a mostrar que além de estar atento também é rápido no gatilho, logo vai cochilar com uma palhinha na boca, enquanto os bandidos fogem a galope com o cofre do banco.

Responder

M. Iack

29 de abril de 2010 às 00h02

E os comentários nos portais Terra, Uol, etc quando há alguma notícia sobre Lula, Dilma ou o Governo Federal?
É lixo, esgoto puro, palavras de baixo calão mesmo.
Só quem tem muito estômago consegue ler além de dois ou três comentários.

Responder

Laércio Nunes

28 de abril de 2010 às 23h35

Gente que mente? estão falando deles mesmos: DEM, PSDB, PIG… ficha falsa de Dilma, pesquisas Datafolha, baixarias na internet…

Responder

Supertramp68

28 de abril de 2010 às 23h10

Milhões de lares brasileiros não tem computador. Isso aliado a Banda Larga mais cara do mundo e ao analfabetismo politico da população a internet não vai fazer a menor diferença. Apenas os adoradores de Lula e os do diabo é que se digladiam em comentarios dos posts nos blogs politicos como este. Para o pobre mais vale um saco de cimento, uma cesta basica ou cinquenta pratas pela boca de urna. E que vença o melhor.Será???

Responder

José Luiz Rossi

28 de abril de 2010 às 22h53

"E se constituiu um consenso que é preciso anunciar na mídia, independentemente de seu posicionamento…….".Quem constituiu esse consenso?Pq. a Petrobras precisa colocar anúncio no JN(UM DOS SEGUNDOS MAIS CAROS DA TV COMERCIAL),quando até os minerais sabem que as Organizações Globo,como dizia o Ministro Sérgio Mota do FHC entreguista,faz parte da turma que gostaria de vê-la desmembrada osso por osso para ser privatizada,piratizada ou o que dá no mesmo, vendida, como sempre se fez com este pobre país?É puro e incompreensível masoquismo sim.

Responder

Vicente Cariry

28 de abril de 2010 às 22h50

O cara é Secretário de Comunicação, mas as respostas são evasivas. Parece mesmo "medo, contemporização ou resignação".

(Li um pouco do blog da Dilma — Dilma na Web — e está muito fraco.)

Se continuar assim vamos ter outra eleição do tipo Marta Suplicy.

Responder

Lucia Rangel

28 de abril de 2010 às 22h46

Muito boa a entrevista! As perguntas da jornalista Conceição foram ao cerne da questão( espero que o PT esteja atento mesmo e pronto a reagir contra a baixaria, contra o assassinato de reputações e pronto também a defender os blogs independentes). Parabéns Azenha.

Responder

Deixe uma resposta para dukrai

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding
Loja
Compre aqui
A mídia descontrolada

O livro analisa atuação dos meios de comunicação e traz uma coletânea de artigos produzidos por um dos maiores especialistas do Brasil no tema da democratização da comunicação.