VIOMUNDO

Diário da Resistência

Sobre


Denúncias

Serra participou da armação Veja-Gilmar


31/05/2012 - 10h47

Mônica Bergamo, Folha de S. Paulo, via blog do Nassif

QUARTO ELEMENTO

Há alguns dias, José Serra ligou para o ex-ministro Nelson Jobim. Pediu a ele que falasse com a revista “Veja”. Jobim atendeu ao pedido do amigo -e só então soube da reportagem sobre Lula e o ministro Gilmar Mendes. Escaldado, Jobim disse não ter presenciado nada beligerante na conversa entre os dois, que ocorreu em seu escritório, em Brasília.

MEMÓRIA

Mendes afirmou à revista que Lula tentou convencê-lo a adiar o julgamento do mensalão. Em troca, teria oferecido proteção na CPI do Cachoeira. Jobim contradiz o ministro. Lula também nega.

Leia também:

Santayana: Gilmar Mendes não é o Supremo



Ajude o VIOMUNDO a sobreviver

Nós precisamos da ajuda financeira de vocês, leitores, por isso ajudem-nos a garantir nossa sobrevivência comprando um de nossos livros.

Rede Globo: 40 anos de poder e hegemonia

Edição Limitada

R$ 79 + frete

O lado sujo do futebol: Tudo o que a Globo escondeu de você sobre o futebol brasileiro durante meio século!

R$ 40 + frete

Pacote de 2 livros - O lado sujo do futebol e Rede Globo

Promoção

R$ 99 + frete

A gente sobrevive. Você lê!


89 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Ciro Gomes: “Serra mandou algemar jornalista do Estadão num poste” « Viomundo – O que você não vê na mídia

12 de junho de 2012 às 00h41

[…] Serra participou da armação Veja-Gilmar […]

Responder

Jorge

07 de junho de 2012 às 23h01

Nelson Jobin é “o” cara que, quando estava no STF, disse que havia dois ou três artigos na Constituição Federal que haviam sido incluídos sem a aprovação dos constituintes. Instado a explicar quais eram, dada a gravidade do fato, enrolou e não tocou mais no assunto. De Gilmar Mendes rolam muitas historiazinhas e, a rigor, cada um dos personagens desta meleca tem lá seus motivos para negar ou insinuar. Há muita coisa podre no reino e não falo da Dinamarca…..

Responder

Cynara Menezes: Gilmar Mendes tentou usar Ayres Brito como escada « Osvaldo Palmeira

03 de junho de 2012 às 17h23

[…] Pietá: Um político de oposição no STF Serra participou da armação Veja-Gilmar -14.789279 -39.277804 Gostar disso:GostoSeja o primeiro a gostar disso […]

Responder

Cynara Menezes: Gilmar Mendes tentou usar Ayres Brito como escada « Viomundo – O que você não vê na mídia

02 de junho de 2012 às 17h55

[…] Elói Pietá: Um político de oposição no STF Serra participou da armação Veja-Gilmar […]

Responder

Roberto Locatelli

01 de junho de 2012 às 12h23

De fato, o Governo Lula e agora Dilma mudaram radicalmente o Brasil para melhor. Mas ainda precisamos de outra onda de revolução para colocar Serra, Gilmar e outros bandidos na cadeia. É preciso que a sociedade civil se organize para preparar esse gigantesco salto.

Responder

alício

01 de junho de 2012 às 06h08

Em todo o Universo, além da galáxia mais longínqua, donde houver maracutaia serrágio estará metido. Êta sujeitinho tinhoso. Nem o diabo o aceitará no inferno. Vai ser mais uma alma penada vagando a ermo.

Responder

PMDB acusa Rodrigo Maia de criar perfis falsos no Facebook « Viomundo – O que você não vê na mídia

01 de junho de 2012 às 00h44

[…] Serra participou da armação Veja-Gilmar […]

Responder

everaldo

01 de junho de 2012 às 00h28

… o PIG só existe no meio intelectual, e seu poder hoje não passa das fronteiras de São Paulo. A grande massa que vota, e que portanto, é a verdadeira dona do poder em nossa democracia, com os governos de LULA e DILMA, há muito desconhece a sua importância ( do PIG ).
O PIG com seus escândalos e fofocas só é considerado pelos fofoqueiros, que assim o supervalorizam.
Para a maioria do povo brasileiro, o Zé Serra, é um defunto.

Responder

Marat

31 de maio de 2012 às 23h43

Folha tentando ser imparcial e Jobim tentando ser honesto? Há algo muito estranho em tudo isso. O Serra ser o Serra é normalíssimo…

Responder

Gerson Carneiro

31 de maio de 2012 às 23h12

Lula: – Se Dilma não quiser continuar eu serei candidato. Não vou permitir que um tucano volte à Presidência.

Ratinho: – Serra, você tá ralado.

#LulaNoProgramaDoRatinho

Responder

Voar é com Gilmar, o Mendes « Ficha Corrida

31 de maio de 2012 às 22h17

[…] Serra participou da armação Veja-Gilmar […]

Responder

Voar contradiz versão de Gilmar Mendes « Viomundo – O que você não vê na mídia

31 de maio de 2012 às 20h52

[…] também: Serra participou da armação Veja-Gilmar Maierovitch: Gilmar Mendes pode ter cometido crime contra a honra de […]

Responder

Messias Franca de Macedo

31 de maio de 2012 às 20h34

[Data Venia]

… Na Comissão de (A)ética do Senado Federal, o virtual depoente, [DEMotucano] DEMÓstenes Torres mostrou à nação brasileira que aprendeu [mais!] uma lição do “professor” Cachoeira: recorreu à atitude de “ficar caladinho da Silva”! Depois deste ato de bravura, o ex-(!)senador de Goiás de Marconi ‘Perigo’ passou a responder pelo nome de ‘DEBÓCHEnes’ Torres…

[… E depois da calcinha encontrada no plenário da Câmara dos Deputados, O Circus Brasilias (Congresso Nacional) poderá ser eleito a primeira (sic) maravilha do mundo!…]

Que país é esse, sô?! República das Bananas dos Estados Unidos do Brasil, lembrando a bolinha de papel do (S)erra – responde, “na lata”, o matuto bananiense!

Bahia, Feira de Santana
Messias Franca de Macedo

Responder

Francisco

31 de maio de 2012 às 19h51

Eis então o Dart Vader da bolinha de papel…

Responder

Fabio Passos

31 de maio de 2012 às 18h50

Então a tramóia fracassada do rupert civita e gilmaluco mendes também contou com a participação do serra.

Desconfio que ninguém vai ficar surpreso com esta revelação…

Responder

    Roberto Locatelli

    31 de maio de 2012 às 19h51

    É nessas horas que a lentidão do PT me irrita. Tinha que colocar a militância na rua. Ainda bem que a CUT não esperou o PT acordar: já entrou com pedido de impeachment contra Gilmar.

    Fabio Passos

    31 de maio de 2012 às 22h06

    A oposição hoje é um saco de gatos sem paralelo na história: carlinhos cachoeira, rupert civita, jose serra, gilmaluco mendes, jose roberto marinho, demóstenes torres, otavinho frias… Deus do céu! Jesus-Maria-José!

    E ainda querem disputar o poder?
    Estes coitados só merecem disputar vaga na cadeia ou no hospício.

    Tá na hora de varrer este lixo atrasado e corrupto do cenário político brasileiro.
    É dever dos partidos da base aliada dar o fim merecido a esta turma que só faz comprometer o futuro do Brasil.

Alexandro Rodrigues

31 de maio de 2012 às 17h38

Vale a pena ler este artivo de Paulo Moreira Leite na EPOCA (Esse cara qualquer dia vai ser demitido, a Record vai acabar o contratando…)

VERDADES INCÔMODAS SOBRE O MENSALÃO

O leitor que tiver paciência de ler esta nota até o fim terá elementos melhores para julgar o debate envolvendo Lula e Gilmar Mendes.

Escrevi em nota anterior que o pano de fundo deste conflito envolve o ambiente político em torno do mensalão.

Uma das partes tem interesses em politizar o debate no ponto máximo. A outra tem esperança de convencer os ministros a apoiar-se em argumentos de natureza técnico, no exame das provas.

A leitura do relatório do delegado da Polícia Federal Luiz Flávio Zampronha, disponível na internet, é rico em detalhes e bastante completo na abordagem.

Só para o leitor ter uma ideia da radicalização da situação. Tratado pela imprensa, o relatório já foi exibido como prova definitiva da existência do mensalão. Também foi apontado como prova do contrário.

Em suas conclusões, o relatório mostra que se o PT não pode estar feliz com as denúncias apuradas, a oposição não tem o direito de festejar por antecipação.

É por isso que o julgamento é aguardado com tensão. Todo mundo espera um proveito político mas ninguém sabe o que pode acontecer.

Ninguém quer prestar atenção ao relatório.

Zampronha juntou os fios dos empréstimos bancários e dos contratos de publicidade do Banco do Brasil e concluiu que houve sim desvio de dinheiro público para pagar os compromissos assumidos pelo PT. Os dados estão lá.

O PT pode alegar, corretamente, que o mensalão de Delúbio Soares é igual ao mensalão mineiro e até pode dizer que o esquema dos tucanos mineiros está melhor demonstrado. Tudo isso é verdade. Mas a culpa de Marcos Valério em Minas pode até ajudar a denúncia em seu devido lugar. Mostra que o esquema do PT tinha antecedentes.

Mas nada disso ajuda a demonstrar que ele era inocente quando se juntou ao PT.

Pelo relatório, petistas e não petistas que deixaram sua assinatura em algum documento oficial terão dificuldades muito grandes para demonstrar que são inocentes.

O problema, para a oposição, é que essas conclusões estão longe de demonstrar a culpa dos 38 réus. Pior ainda. Para quem transformou José Dirceu no cérebro e gênio do mal, a investigação da Polícia Federal é uma decepção.

Evitando mencionar hipóteses que estão na mente de muitas pessoas, mas não podem ser comprovadas com fatos, o relatório não apresenta uma linha contra Dirceu.

Embora Zampronha não dê entrevistas, é fácil concluir o que aconteceu.

A culpa de Dirceu não foi registrada pela equipe de policiais encarregada de apurar os fatos capazes de incriminá-lo. Não há provas contra ele.

Não há uma denúncia nem uma testemunha. O próprio Roberto Jefferson, que fez acusações políticas a Dirceu em 2005, não apontou um caso específico nem uma situação precisa. Aliás: quem voltar à entrevista de Jefferson a Renata Lo Prete, na Folha, irá encontrar palavras em que ele testemunha a reação de Dirceu de crítica ao próprio Delúbio. Jefferson contou a Lo Prete que, ao ser informado do que ocorria, Dirceu até deu socos na mesa. (Ele também disse que Lula chorou).

Puro teatro maquiavélico, você pode dizer. Coisa de tem treinados profissionais do crime. São todos farsantes, mentirosos…Esses políticos são todos iguais. Quem sabe?

Falando para os autos, Jefferson também não falou sobre o esquema de “compra de votos no Congresso” nem de “compra de consciências”. Jefferson repete nos vários depoimentos que deu à Polícia que jamais votou em projetos do governo em troca de dinheiro. Lembra que ele e sua bancada estavam de acordo com as propostas de Lula. Dá exemplos.

Fala que o problema é que os petistas combinaram e não entregaram recursos para a campanha de 2004.

Jefferson, neste aspecto, concorda com aquilo que Delúbio sempre disse. Era dinheiro de campanha.

Já estou ouvindo um grito do leitor do outro lado: “P…que p…!”

“Não é possível!”

“O PML enlouqueceu de vez!”

“Não percebe que a Polícia Federal faz o que o governo quer?”

Todos nós temos direito a uma opinião sobre o caso e seus protagonistas mas, acionada pela Procuradoria Geral da República, aquela que denunciou o governo pela montagem de uma “organização criminosa”, a Polícia Federal chegou a outro caminho.

Não demonstra o “mensalão”. Tampouco aponta para José Dirceu. Mas incrimina quem foi apanhado numa operação que implicava em desvio de recursos públicos. Não é pouca coisa, num país de altíssima impunidade. Mas não irá agradar quem acredita que estava tudo provado e demonstrado sobre a “quadrilha criminosa.”

Isso quer dizer que o Supremo irá seguir as recomendações da Polícia Federal? Nem de longe. Cada ministro tem o direito a suas convicções e próprias conclusões. O relatório da Polícia Federal pode inspirar alguns ministros, a maioria, a minoria, ou nenhum. Com certeza não será um julgamento unânime como a votação sobre cotas.

Não é inteiramente bom para nenhum lado. Nem totalmente ruim.

Responder

Maria Izabel L Silva

31 de maio de 2012 às 17h34

Por causa de uma notinha, atacam a moça, acusando-a de ser agente infiltrada, por ser namorada do advogado Zé Dirceu. E daí? O que tem a ver o advogado de Zé Dirceu com essa lama toda??? Fonte ele não é. Então agora Zé Dirceu esta pautando as notinhas da Folha??? Onde?? Como?? O PIG rachou e a culpa é do Zé Dirceu??? Essa foi demais.

Responder

Fabio SP

31 de maio de 2012 às 17h19

Essa Monica Bergamo não é a mesma que disse que uma aluna disse para a professora que a mulher do Serra tinha feito um aborto no Chile?
Huuummm… tô sabendo!

Responder

    Bonifa

    31 de maio de 2012 às 19h58

    Tá sabendo? Pois corre a enredar pro Serra… Vai ganhar pontos extras por isso.

    P Pereira

    31 de maio de 2012 às 20h17

    Você se esquece sempre, né? Então releia:
    Hipocrisia na campanha eleitoral: “Ela é a favor de matar criancinhas”
    https://www.viomundo.com.br/denuncias/sheila-ribeiro-o-que-mais-choca-e-que-ate-as-militantes-contra-o-aborto-fazem-aborto.html

    abolicionista

    31 de maio de 2012 às 20h50

    Deixa ele falar sozinho, P Pereira, esse aí é fascistinha de carteirinha. Não está interessado em argumentar, é filhotinho do PIG.

    abolicionista

    31 de maio de 2012 às 20h49

    Quem deveria ter feito um aborto é a mãe do Serra.rs

    Mário Cesar Serafim

    01 de junho de 2012 às 16h03

    Se a lei do aborto de anencéfalos houvesse sido aprovada antes, teríamos nos livrado do Serra, dos Marinhos, dos Civitas, dos Frias, do Gilmar Mendes, do Dantas, do Cachoeira, de toda essa porcaria!

Bruce Guimarães

31 de maio de 2012 às 17h01

Antigamente a culpa era sempre do Fernando Henrique. Agora, pelo menos mudou de cara, a culpa é sempre do Serra!!!

Responder

Pedro

31 de maio de 2012 às 16h29

Por falar em TUMORES, quando o grande empresário do ramo de lavagem de dinheiro José serra ( privataria tucana)sera ” convidado” a dar satisfações à sociedade brasileira da roubalheira que cometeu, se isso não acontecer, as portas dos presidios precisam ser abertas.. ( pelo menos para os ladrões).

Responder

    rita

    31 de maio de 2012 às 20h22

    de fato, estou sonhando com esse dia!

Luciano Prado

31 de maio de 2012 às 15h59

Ainda não acharam a dona da calcinha encontrada na Câmara.

Mas seguranças da casa dão conta de que o deputado Francischini estava procurando por sua cueca.

Responder

Ramalho

31 de maio de 2012 às 15h16

Gilmar repete a falácia do espantalho: tanto no caso do grampo sem áudio, quanto neste último episódio, Gilmar inventa que foi atacado – e ele, realmente, acredita-se ameaçado, perseguido. Não prova a existência do ataque, mas prova que [o ataque inexistente] é injusto. Assim, queima aquele que teria desferido o ataque que não houve. Tal se deu com Paulo Lacerda, e é assim agora com Lula (se Lula tivesse agido como deveria no episódio Lacerda, não passaria pelos atuais constrangimentos).

A motivação de Gilmar, por evidente, é a de responder aos delírios persecutórios dos quais padece há anos provavelmente. Não se move por razões políticas, porém emocionais, medo principalmente. Ademais disto, os delírios persecutórios fazem parte de quadro psíquico mais amplo em que a capacidade crítica é diminuída (o que explica, por exemplo, o uso do bordão envolvendo Chaves, inadmissível em pessoa com nível intelectual de ministro do Supremo).

O uso da falácia do espantalho não é intencional em Gilmar, mas fruto de quadro psíquico adverso. O delírio persecutório o faz ver ameaças inexistentes e ele, com capacidade crítica diminuída, as associa a vilões fáceis – por causa da baixa capacidade crítica – que povoam seu imaginário, tais como Lula, Abin, Lacerda, Chaves, Estado policial.

Os espertalhões, claro, aproveitam-se de Gilmar e o usam politicamente como se fora um espantalho. Sad, but that’s it.

Responder

Secretário-geral da CUT-DF pede impeachment de Gilmar « Viomundo – O que você não vê na mídia

31 de maio de 2012 às 15h10

[…] Serra participou da armação Veja-Gilmar […]

Responder

Elói Pietá: Gilmar Mendes, um político de oposição no STF « Viomundo – O que você não vê na mídia

31 de maio de 2012 às 15h06

[…] Serra participou da armação Veja-Gilmar […]

Responder

Mello

31 de maio de 2012 às 15h02

O Sr. “ministro” Gilmar Mendes mente descaradamente, protegido pelo foro privilegiado. Afinal, se o Sr. Lula da Silva tivesse cometido algum crime contra ele, ter-lhe-ia dado voz de prisão no ato, tendo como testemunha o Sr. Jobim. Mas não. Em vez de levá-lo, preso em flagrante, à autoridade competente, esperou um mês para “denunciá-lo” à Veja. O Senado deveria discutir urgentemente o impedimento do Sr. Gilmar Mendes do STF.

Responder

João - Rio de Janeiro

31 de maio de 2012 às 14h56

E eis que surge a figura hedionda do alien, o 4º passageiro…

Responder

Elias

31 de maio de 2012 às 14h51

Suposta conversa entre Serra e Jobim

Serra – O que é isso, Jobim, por que você desdisse o que Gilmar disse?
Jobim – Votei em você, sou seu amigo, mas não vou jogar minha toga no lixo.
Serra – Então, prepare-se, vou mandar a Veja te chamar de leproso. Ninguém mais vai chegar perto de você.
Jobim – Faça como que bem entender, mas na minha toga você não mexe. Pode até amassar meu capacete de bombeiro, só não chegue perto da minha toga.
Serra – Eu vou mandar meus jornalistas acabar com você.
Jobim – Você que sabe. Lembre-se que também sei muita coisa que pode te ferrar.

Responder

O_Brasileiro

31 de maio de 2012 às 14h47

Será que foi esse tipo de coisa que o Serra foi “estudar” nos EUA?
Pensava-se que tivesse sido Economia…

Responder

Renan

31 de maio de 2012 às 14h20

Na falta do Cachoeira, o qual está hospedado no “resort” da Papuda-DF, a Veja lança mão de outro Editor de notícias. Ser dono da Veja é fácil: os Editores trabalham de graça e ainda pagam (caríssimo) para a revista veicular suas notícias. Bom negócio!!

http://www1.folha.uol.com.br/poder/1098270-serra-pediu-a-jobim-que-falasse-sobre-encontro-entre-lula-e-mendes.shtml

Responder

    MARCELO

    31 de maio de 2012 às 14h48

    Alguém que tem a história do Lula,não deveria ir no Ratinho.Esse cara manipulou
    uma matéria pra ferrar a Marta contra o candidato dele,o Maluf em 2000.Eu,se fosse
    o Lula daria uma entrevista coletiva em rede nacional falando a verdade sobre o
    Gilmaluco Mendes.

reinaldo bordon carletti

31 de maio de 2012 às 14h19

esse escroto..(serra), já deveria estar na cadeia, junto com os seus familiares que roubaram o pais. mediocres serão, os deputados e senadores do pmdb, partido de merda,que estão encobrindo esse bandido.alguns com etica, devem imediatamente dar os nomes desses elementos que estão contra o brasil.a limpeza do nosso pais, a entrada triunfal para a democracia exige: prisão dos marinhos, dos frias, dos alguens do “estadão”, do g. mendes, dos deputados e senadores, subordinados ao bandido cachoeira,a expulsão do pais, tal como na argentina, desse outro bandido mor,civita.
a cpmi decente, de politicos decentes, tem em mãos a chave para um novo pais.não tenham medo, pois a nação estará com voces.
reinaldo carletti

Responder

    HUGO VASQUEZ MARTINS

    31 de maio de 2012 às 17h58

    Sr.Reinaldo, PARE DE FUMAR ! ÜNZINHO¨ACABA COM SEUS NERÔNIOS.

Willian

31 de maio de 2012 às 13h36

Eliane Cantanhêde apanha que nem boi ladrão pro ser casada com tucano; já Mônica Bergamo não se deixa influenciar pelas amizades ao escrever sua coluna.

Responder

    MARCELO

    31 de maio de 2012 às 15h01

    A Folha é igual ao PSD do Kassab.Não é de esquerda,direita ou centro.Não fede
    nem cheira,afinal de contas.

RicardãoCarioca

31 de maio de 2012 às 13h28

Deu no PiG (chic, segundo PHA), quero dizer, deu no Valor:

Ex-prefeito e ex-governador de São Paulo, o pré-candidato do PSDB à prefeitura da capital paulista, José Serra, associou ontem problemas registrados no metrô e na CPTM a suposta “sabotagem eleitoral” articulada pela oposição.

Ao falar sobre as repetidas falhas nos sistemas do metrô e da CPTM, em sabatina promovida pelo SBT e pelo portal Terra, o pré-candidato do PSDB insinuou que há motivações político-eleitorais por trás das panes. “Eu não descarto, numa parte, sabotagem, porque você sabe que uma porta aberta paralisa o trem. Se você puser um jornal, um pacote de jornal, uma gravata, você consegue parar”, disse. Questionado se as supostas sabotagens teriam ligação com a eleição de outubro, respondeu: “Com vistas à eleição. Eu não diria que é tudo não, entendeu? Você tem uma combinação de coisas. Quando eu fui governador teve problemas assim também”. Na sequência, Serra foi questionado sobre quem teria interesse nisso. “Quem? É a oposição”.

Durante a sabatina (promovida pelo SBT), Serra acusou um dos jornalistas que o entrevistava de estar pautado pela oposição. O jornalista do SBT comentou que partidos como PT e PMDB apostaram em nomes novos para disputar esta eleição em São Paulo e perguntou ao pré-candidato qual será sua estratégia para apresentar-se com algum tipo de inovação.

“Agora os adversários vão dizer de tudo, até para poder pautar a imprensa, como é o seu caso, você é pautado por aqueles que desejam combater e ganhar a eleição e vão dizer qualquer coisa”, respondeu Serra. “Então é melhor não dar muita bola para isso e trabalhar firmemente, positivamente porque adversário vai tender a querer sempre o quanto pior, melhor”.

É um ‘Jênio’! (jota maiúsculo mesmo, Conceição, obrigado)

Responder

    Marat

    31 de maio de 2012 às 23h54

    Sabotagem eleitoral é votar no PSDB

Fred Oliva

31 de maio de 2012 às 13h24

Se Serra está metido, seja no religioso, no social, no político, e até no esportivo (estava ao lado de Gilmar Mendes no camarote, na Final da Libertadores do ano passado no Pacaembú) é sinal de que algo podre está sendo tramado. Esse cidadão é um câncer, para São Paulo e para o Brasil.

Responder

    Alexandro Rodrigues

    31 de maio de 2012 às 17h28

    E o povo de São Paulo são as céluas cancerígenas que alimentam este mal e o fazem crescer.

    Me incomoda profundamente essa história de ser condescendente com o povo paulista. Só a classe média alta de São Paulo não elegeria ele para nada. Muita gente que pode ser classificada como “povo” acredita neste vagabundo.

    São Paulo merece!

flavio

31 de maio de 2012 às 12h53

AZENHA….o assunto aqui é outro, mas………o juiz FERNANDO TOURINHO NETO, acaba de adiar a apresentação de carlinhos cachoeira perante a justiça federal em goiânia……o que voce acha disso????

Responder

RicardãoCarioca

31 de maio de 2012 às 12h51

E a coisa piora!

Estadão abre mão dos fatos!

Para o Estadão, notas oficiais dos poderes da República não valem nada, o que vale é o que as suas ‘fontes credenciadas do governo’ – que ninguém sabem quem é ou se sequer existem de verdade – dizem:

A Secretaria de comunicação do Planalto emitiu a seguinte nota:
http://www2.planalto.gov.br/imprensa/notas-oficiais/nota-a-imprensa-14

O STF emitiu a seguinte:
http://www.stf.jus.br/portal/cms/verNoticiaDetalhe.asp?idConteudo=208716

O Estadão emitiu esta:
http://www.estadao.com.br/noticias/nacional,estado-divulga-nota-e-mantem-as-informacoes-publicadas,880024,0.htm

O PiG está totalmente descontrolado. Acabaram de inventar o ‘jornalismo do disse-me-disse’.

Responder

    Serrote

    31 de maio de 2012 às 18h01

    É que, desprovido da cachoeira, o “jornalismo investigativo” secou, dando lugar ao “jornalismo inventivo”. Há também, para complementar, o “jornalismo esotérico”, baseado em bola de cristal, telepatia, leitura da borra de café, leitura de tarô, interpretação do lançamento de buzios e outros menos conhcidos.

    Fabio Passos

    31 de maio de 2012 às 18h54

    O estadão tomou duas notas desmentindo sua reporcagem… e então fez uma nota sustentando as mentiras?

    Inacreditável. jornaleco desclassificado.
    Devem estar seguindo orientações do serra. rsrs

Bonifa

31 de maio de 2012 às 12h50

Bem, pelo menos para nós está tudo completamente explicado. Acabou todo o mistério. Isso prova que sem o Cachoeira a Veja só sabe fazer armações previsíveis.
.
Eis como tudo se passou: Sabendo que tinha acontecido o encontro entre Lula e Gilmar, a bruxa da Veja se convenceu que podia desse acontecimento fazer uma ótima armação para atingir seu arquiinimigo Lula, usando por base o ego descomunal do Gilmar. Massageando o ego do Gilmar, sua participação na armação estaria garantida. Mas havia um obstáculo, um elemento duvidoso a ser dominado, que era o Jobim. A bruxa da Veja não tinha coragem de contatar pessoalmente o Jobim. Então a bruxa da Veja contatou o Serra e expôs seu plano. Pediu que Serra intermediasse um encontro da bruxa com o Jobim. E Serra topou fazer a ponte entre Jobim e a bruxa, providenciando o encontro dos dois. Ouvindo a conversa da bruxa e entendendo seu potencial explosivo e até suicida, Jobim espantado respondeu com um belo “Não”. Então a bruxa e seus fiéis assessores lhe pediram que pelo menos permanecesse calado, porque o plano ia seguir em frente. E finalmente procuraram o Gilmar (Quando? Onde?). Pediram ao Gilmar que narrasse detalhadamente o encontro com Lula. E foram cuidadosamente alertando o Gilmar de que tal palavra poderia significar outra, tal coisa poderia significar outra, que Zeca seria Cazuza e assim por diante, de modo que Gilmar foi, voluntaria ou involuntariamente, absorvendo toda a nova edição que a bruxa foi fazendo de seu encontro com Lula. Eis porque agora, em apuros, Gilmar falou aos jornalistas que: “Seus próprios colegas (A bruxa da Veja e seus assessores) foi que me alertaram sobre esta possibilidade (de que Lula tinha dito assim e não assado)”. Fim. Foi isso o que aconteceu.

Responder

SILOÉ-RJ

31 de maio de 2012 às 12h50

Já é de praxe. Armação é com ele mesmo.

Responder

    Serrote

    31 de maio de 2012 às 18h03

    Digo e repito: onde houver uma bandalheira GRANDE, logo aparece a mãozinha de ALGUÉM.

Fernando Jose

31 de maio de 2012 às 12h31

O cara tem o SATANÁS dentro dele. Só pode… digam alguma coisa positiva nele !!!
A impressão que se tem é que ele só consegue dormir em paz, depois que praticar uma maldade.

Responder

João-PR

31 de maio de 2012 às 12h23

Quem cedeu veículos para os milicos transportar cidadãos raptados pelo milicos do golpe de 64 pode ser adjetivado como?
PIG é pouco. Folha é mais do que isso.

Responder

paulo roberto

31 de maio de 2012 às 12h20

O Serra é uma ameaça para a Democracia.

Responder

lulipe

31 de maio de 2012 às 12h17

Enquanto o lula é o responsável por tudo de bom que acontece na nossa galáxia, o Serra é o responsável pelos males de toda a humanidade e de alguns outros planetas…Não deixa de ser engraçado ler estas matérias.Coitado dos programas humorísticos com esta concorrência desleal!!!Ah, eu também já vi um saci…

Responder

    Eli

    31 de maio de 2012 às 17h12

    Rapaz! Vc é analfabeto funcional? Não entendeu o texto? O que Serra tinha que ligar para o Jobim? Pra que? Esse cara é maquiavélico, não perdoa Lula por ter perdido a eleição DUAS VEZES!

    lulipe

    31 de maio de 2012 às 20h57

    Seguindo o seu raciocínio, ruim por sinal, o lula deve ter um ódio mortal de FHC, já que perdeu duas vezes para ele e no primeiro turno, concordas???

Hélio Pereira

31 de maio de 2012 às 12h05

Já que Roberto Civita não pode mais ir pela “cachoeira”,resolveu descer a “Serra”!

Responder

Sérgio Ruiz

31 de maio de 2012 às 12h04

Serra, Veja, Mentes, que trio diabólico. Chama-los de canalhas mentirosos e imundos é pouco.

Responder

Aline C Pavia

31 de maio de 2012 às 11h41

Fui falar da Bergamo ontem. Parecia que eu tava adivinhando.

Responder

Geysa Guimarães

31 de maio de 2012 às 11h40

Até meus cachorros sabem que Mentes só fala quando sobe a serra.
Já postei pelaí – assim que a blogosfera divulgou a quebra do sigilo da Delta – que o “sinistro” lançou esse factóide para proteger o “seu presidente”.
Os “sujinhos” me ensinaram a ler nas entrelinhas.

Responder

Alexandre Bitencourt

31 de maio de 2012 às 11h34

Não sei não …. a Folha prejudicando o Serra (?):

” … Escaldado, Jobim disse não ter presenciado nada beligerante na conversa entre os dois …”

A impressão que dá é que a Folha tenta reforçar a tese de que Jobim mentiu para não se envolver na polêmica.
Como o Reinaldo já está reclamando, pode ser que a Folha tenha dado um tiro no pé.

Responder

Carlos Ribeiro

31 de maio de 2012 às 11h34

Não me surpreende .

Responder

Bonifa

31 de maio de 2012 às 11h32

Participou? Claro. Uma ousadia desmedida contra a saudabilidade da opinião pública teria que ter o respaldo de poderosa força política dedicada a atividades clandestinas.

Responder

Fernando

31 de maio de 2012 às 11h27

Saem os jornalistas investivos Jairo e Dada e entra o personal araponga itagiba.

Responder

Alencar

31 de maio de 2012 às 11h22

É fácil deduzir:
Serra trata o ex-supremo do Supremo de “meu presidente”.
Serra tem receio do poder eleitoral do nosso ex-presidente em São Paulo.
Nosso ex-presidente é o mentor e cabo eleitoral de Hadad para a PM de São Paulo.
Desmoralizado, nosso ex-presidente perde força.
Nada de mais pedir a ajudazinha do ex-supremo do Supremo, com o beneplácido da “grande” revistinha semanal.

Responder

Gerson Carneiro

31 de maio de 2012 às 11h21

Flagrante do Serra no momento em que Lula conversava com Gilmar

Responder

    Geysa Guimarães

    31 de maio de 2012 às 12h11

    Gerson, essa foi demais!
    Tava precisando alegrar o pedaço, vc me arrancou gargalhadas!

    priscila maria presotto

    31 de maio de 2012 às 18h23

    kkkkkkkkkkk!

italo

31 de maio de 2012 às 11h21

Só nossa legislação mesmo para facilitar pela quarta vez, quando veja, Gilmar e a globo tentam levar as eleições na mão grande. Tá sinistro um Ministro aparecer em tantas operações da PF e agora, pela segunda vez, armar uma fofoca para aliviar a do cachoeira. A banda podre sempre aparece, cade a maioria de bons Ministros do STF?

Responder

Marcelo de Matos

31 de maio de 2012 às 11h17

Tudo leva a crer que o encontro Lula/Jobim/Mendes foi mesmo uma ação entre amigos. Um conhecido meu disse que Lula e Mendes são amigos, inclusive suas respectivas esposas se dão muito bem. Pode ser. Jobim, reconhecidamente amigo de Mendes, pode ser também “amigo de Lula”. De acordo com o ex-magistrado Walter Fanganiello, blogueiro do Terra, o encontro foi um “episódio de bas-found parisiense de quinta categoria”. Eu não diria tanto, mesmo porque sou lulista e admiro o doutor Jobim. Eis, porém, que surge mais um amigo, “mui amigo”: o Zé Pedágio. Aí parece que o encontro foi mesmo uma armação. Um camarada meu costumava dizer – Quem tem amigo é mulher de programa: trabalha a noite toda e depois vai encontrar com o amigo, que toma o dinheiro dela. O Lula precisava ter ouvido isso.

Responder

    Bonifa

    31 de maio de 2012 às 17h17

    Não acreditamos que o encontro em sí tenha sido motivado por nenhuma armação. É provável até que encontros semelhantes tenham ocorrido sem qualquer repercussão. A armação deve ter surgido no momento em que a entidade chamada Veja tomou conhecimento do tal encontro e atinou para seu tremendo potencial para uma irrestível baixaria. E é possível isso se tenha dado a partir de uma terceira pessoa, que teria ouvido algum comentário de Gilmar sobre o referido encontro. Gilmar, gabola e boquirroto, pode ter falado a algum outro amigo acerca do encontro e das conversas de Lula, aumentando um pouco, para impressionar. Foi este outro amigo que mostrou a pista da armação aos ouvidos da Veja.

Fernando

31 de maio de 2012 às 11h13

Quer dizer que os canalhas tinham a declaração do 3º participande da conversa e só colocaram a do esquizofrenico?

Responder

Teco

31 de maio de 2012 às 11h06

Serra,Mendes,Demóstenes,prá mim, todos torcedores do Palmeiras

Responder

Frank

31 de maio de 2012 às 11h04

Concordo com vc: a Monica Bergamo e Folha exageram nos seus progressismos!! Por isto que eu só leio a Veja, lá é garantido o ” regressismo”.

Responder

Regina Braga

31 de maio de 2012 às 11h01

A baixaria é tamanha, que nem indignação dá pra sentir.O que resta é NOJO.

Responder

Willian

31 de maio de 2012 às 10h57

Tava demorando alguém da imprensa progressista colocar o Serra na história. E não estou falando do Azenha, que só reproduz a matéria.

Responder

    Luis Fernando

    31 de maio de 2012 às 11h04

    Quanto cinismo ! Quem entrou na história foi o próprio serra ! Basta acompanhar a imprensa limpinha. Saudações !

    Observadoro

    31 de maio de 2012 às 11h07

    Desde quando a Folha de S Paulo faz parte da “imprensa progressista”? FSP é “PIG” na veia!! Se até o “PIG” está falando que tem dedo do Serra nisso, imagina o que mais está por trás…

    JESUS

    31 de maio de 2012 às 11h15

    A imprensa progressista seria a Folha de S. Paulo??

    Sérgio Troncoso

    31 de maio de 2012 às 11h18

    Leia de novo a origem da notícia Sr. Willian…
    Também não me preocupo em declarar que se a origem fôsse o Nassif eu acreditaria mais. Ok?
    Um abraço.

    Walter

    31 de maio de 2012 às 11h18

    Folha “imprensa progressista”?!!!!!!!
    Bebeu?!!

    Marcio H Silva

    31 de maio de 2012 às 13h37

    Não, é troll profissional, remunerado. Ignore-o, faz bem…..

    MARCELO

    31 de maio de 2012 às 14h42

    A Mõnica Bergamo é namorada do advogado de Zé Dirceu,José Luis de Oliveira Lima.
    Putz,que coincidência!

    abolicionista

    31 de maio de 2012 às 11h24

    Pobre Serra, um injustiçado, um homem de coração tão puro, com intenções tão nobres!rs

    Vlad

    31 de maio de 2012 às 15h13

    hahaha

    Metade não entendeu a ironia do Wilian.

    A outra metade, esforça-se em doloroso contorcionismo mental para abstrair o “incompreensível” fato de que, no PIG, não há patrulhamento absoluto.

    Se bem que o Observadoro não está de todo virado pro lado errado, já que o que é ruim para o Marechal do Tietê pode ser bom para o Picolé de Chuchu, um dos ases que resta na manga da burguesia para voltar a ser roubada por gente chique (e não pelos perebas), já que o mineirin tá pra lá de Woodstock.


Deixe uma resposta para Willian

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding
Loja
Compre aqui
O lado sujo do futebol

Tudo o que a Globo escondeu de você sobre o futebol brasileiro durante meio século!