VIOMUNDO

Diário da Resistência


Abril as pernas: Explicando o ataque de Veja a Romário
Denúncias

Abril as pernas: Explicando o ataque de Veja a Romário


30/07/2015 - 21h15

Captura de Tela 2015-07-30 às 21.04.51

De O Lado Sujo do Futebol, 24 de março de 2015

ABRIL AS PERNAS

A revista Veja São Paulo desta semana é um escândalo.

Marco Polo Del Nero, novo presidente da CBF e nada neófito nos negócios do futebol, foi homenageado pela revista do Grupo Abril.

Na capa, ao lado do sugestivo título “O novo dono da bola”, Del Nero posa com uma reluzente chuteira dourada com um enorme símbolo da Nike, patrocinadora master da CBF e motivo de inúmeras denúncias no mundo do futebol (destrinchadas em nosso livro).

A “reportagem” é descaradamente favorável ao dirigente.

Leia, se tiver estomago:

http://vejasp.abril.com.br/m…/marco-polo-del-nero-perfil-cbf.

A capa da Vejinha lembra a histórica edição da IstoÉ de julho de 2004, quando Rosinha Garotinho era governadora do Rio de Janeiro.

Para quem não se lembra, segue trecho de matéria da própria Veja em ataque à concorrente:

“A capa da edição da revista IstoÉ que chegou às bancas no dia 24 de julho, intitulada ‘Rio trabalhador’, trouxe evidências de que a publicação entrega a seus leitores material publicitário disfarçado de reportagem.

O informe publicitário com 21 páginas de elogios ao desenvolvimento do Estado do Rio de Janeiro chamou a atenção de dois jornalistas de veículos diferentes: Milton Coelho da Graça, do site Comunique-se, e os responsáveis pela coluna de Monica Bergamo, na Folha de S.Paulo.

O primeiro, em artigo veiculado no dia 26 de julho, pergunta: ‘Como uma revista pode ter credibilidade em suas reportagens investigativas enfiando no meio delas matérias pagas desse tipo?’. Uma semana depois, a coluna de Monica Bergamo informou que a ‘reportagem’ de IstoÉ teria sido paga pela Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan).

Em carta a VEJA, a Firjan explica o episódio, mas não melhora em nada a situação de IstoÉ. Fica claro que a revista usa métodos heterodoxos: a redação faz e o comercial cobra pelas reportagens.

A Firjan diz que um repórter de IstoÉ solicitou entrevista com seu presidente, Eduardo Eugênio Gouvêa Vieira, para uma ‘reportagem especial sobre o Rio de Janeiro’ e que, ‘depois da entrevista, o comercial da IstoÉ procurou a área de marketing da Firjan oferecendo espaço publicitário para apoiar a publicação’. O ‘jornalismo’ praticado por IstoÉ já rendeu à revista, em círculos bem informados, o apelido de ‘QuantoÉ'”.

Sobre o anúncio da Nike na capa da Vejinha, fica a pergunta: QuantoFoi?

PS do Viomundo: Pergunta que não quer calar, será que a capa lá atrás tem relação com o ataque mais recente da Veja a Romário, o presidente da CPI da CBF? Ou seria mera coincidência?

Leia também:

Gleisi Hoffmann: “Apesar da crise” é o novo “imagina na Copa”





15 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

J Ferreira

03 de agosto de 2015 às 07h04

A VEJA (que nojo) é uma depravação para o jornalismo brasileiro. Os profissionais da área deviam se unir contra as barbaridades deste lixo. Eu não entendo como um ser digno tem coragem de trabalhar na veja.

Responder

Urbano

02 de agosto de 2015 às 13h43

As canetas, as canetas; pronto…

Responder

Fabio Silva

01 de agosto de 2015 às 13h45

Porra, Viomundo! “Abril as pernas”? Sério? Vão mesmo recorrer ao imaginário machista sobre posição sexual feminina no coito para dizer que fulano está em desvantagem ou em posição inferior?

Responder

FrancoAtirador

01 de agosto de 2015 às 06h24

.
.
Para a Página de Humor do Viomundo
.
Revista Veja e a Ficha Falsa do Romário
.
“VEJA publicou a reportagem sobre o senador Romário
cumprindo o papel mais nobre da imprensa.
.
O extrato que ilustra a reportagem está nas mãos do Ministério Público Federal.
.
Ao contrário de Romário, VEJA não tem nenhuma razão
para duvidar da autenticidade do extrato que publicou.”
.
(veja.abril.com.br/noticia/brasil/romario-essa-conta-nao-fecha)
.
.

Responder

josé antonio cid peres

31 de julho de 2015 às 15h22

EVIDENTEMENTE, QUE ESSE “LIXO DA ABRIL” ESTÁ QUERENDO CALAR E AMENDRONTAR O ROMÁRIO.
GOSTARIA DE SABER, SE O ROMÁRIO QUE DISSE QUE IRIA INVESTIGAR O RICARDO TEIXEIRA, MARIN E DEL NERO, E SENDO QUE OS TRÊS TEM LIGAÇÕES UMBILICAIS COM A GLOBO, TERIA CORAGEM PARA ENFRENTAR ESSE CONGLOMERADO MIDIÁTICO E, NOTÓRIO SONEGADOR DE IMPOSTOS?

Responder

roberto

31 de julho de 2015 às 14h44

Prezado Azenha,

lógico que a matéria sobre o romário e a reportagem da veja-sp desta semana é pura coincidência mania de quere ver conspiração. pergunto; existe alguém que mereça uma reportagem-homenagem como esta do que dr del nero?

Responder

italo

31 de julho de 2015 às 13h32

Não demora uma semana e o Romário vai receber pedradas das ‘transmissões televisivas’ que pagam propinas para transmitir a copa do mundo. Transmissões televisivas é uma expressão em inglês que o FBI usa para se referir à globo, quando a palavra propina aparece muito perto.

Responder

italo

31 de julho de 2015 às 13h25

O FBI já emitiu passagem do Del Nero só de ida para os EUA. De lá dos States dá pra ver os crimes cometidos nas barbas da justiça brasileira com apoio da Imprensa que nem sonha com corrupção dos amigos. A capa da veja fala fino com Del Nero, Daniel Dantas, privateiros em geral, mas fala grosso com Lula. Só os eleitores querem combate à corrupção.

Responder

italo

31 de julho de 2015 às 13h14

É não é só a globo que tem ‘lado’. Liberdade de Imprensa brasileira, tem que ter estomago forte.

Responder

Julio Silveira

31 de julho de 2015 às 06h35

Eles estão tentando encontrar o caminho…do dinheiro de qualquer jeito.

Responder

Alexandre Tambelli

31 de julho de 2015 às 00h41

Pensei no ataque à Romário por causa da CPI do Futebol. E tem toda a questão do envolvimento da Rede Globo nas questões ligadas aos direitos de transmissão dos jogos do Brasileirão, dos regionais e da Copa do Mundo.

São duas direções ao mesmo tempo.

CPI do Futebol e Eleição para Prefeitura do Rio. Romário, certamente, não é o candidato da Rede Globo e seus parceiros da velha mídia.

É notória a terceirização de ataques à CPI do Futebol, que não ficaria bem ser feito diretamente pela Rede Globo porque ela está diretamente interessada que não se investigue nada.

Querem desmoralizar o Romário logo de saída.

Seria o Senador Romário um destemido?

Parece que ele não foge de briga.

Responder

Urbano

30 de julho de 2015 às 23h10

Lembrei-me de uma piada de um versátil artista, que eu o tinha por guru, na qual relacionava as melhores marcas que alinhavam, da cabeça aos pés, certo personagem granfino. Só que após a citação da brilhante marca das meias, encerrou a piada mais ou menos assim: ‘mas um p*ta tênis no pé’.

Responder

FrancoAtirador

30 de julho de 2015 às 21h49

.
.
Romário Bola na Rede
afugenta Marqueteiros
da Nike no Facebook:
.
(http://jornalggn.com.br/noticia/romario-faz-reporteres-da-veja-sairem-do-facebook)
.
.

Responder

Deixe uma resposta para J Ferreira

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding