VIOMUNDO

Diário da Resistência

Sobre


Júlio Cerqueira César Neto: Sabesp privilegia acionistas em detrimento de  usuários
Foto Divulgação
Denúncias

Júlio Cerqueira César Neto: Sabesp privilegia acionistas em detrimento de usuários


22/05/2012 - 22h33

por Júlio Cerqueira César Neto

No último dia 15 de maio a Sabesp foi homenageada na Bolsa de Valores de Nova York, quando completou 10 anos de negociação de suas ações.

Na série de atividades comemorativas foi realçada a excelente valorização de suas ações, 601% nesses 10 anos, superando em muito a performance do [índice] Dow Jones, que subiu 29% no período, além de destacada sua posição de maior empresa de saneamento das Américas e quarta do mundo em número de clientes: 27,6 milhões de pessoas.

O valor de mercado da Sabesp quase triplicou: passou de R$ 6 bilhões para R$ 17 bilhões.

Entretanto, essa invejável situação da empresa e dos seus acionistas apresenta enorme contraste com a de seus usuários da Região Metropolitana de São Paulo (RMSP), que representam mais de 70% dos clientes e de certa forma podem explicar a lógica desse formidável sucesso empresarial.

A empresa não investe em novos mananciais desde a conclusão do Sistema Cantareira, há mais de 20 anos, deixando o abastecimento em situação gravíssima, à beira de um colapso, como já ocorreu em 2003.

Não investe em sistemas avançados de tratamento de águas, necessários há mais de dez anos, tendo em vista a péssima qualidade das águas dos mananciais, colocando em risco a saúde de seus usuários.

Desde a sua criação, em 1973, [a Sabesp] não protegeu os seus mananciais, permitindo que Guarapiranga atingisse a lamentável degradação que apresenta hoje.

Além dessa situação do abastecimento de água, desenvolveu o seu programa de esgotos privilegiando a construção de redes coletoras, com lançamento sem tratamento nos córregos e rios da região, que hoje se constituem em canais de esgoto à céu aberto.

Trata apenas 25% dos esgotos gerados na região.

Após a execução das duas primeiras fases do Projeto Tietê (1992-2000 e 2000-2010), a qualidade das águas superficiais da região está muito pior do que antes do início da obra.

A empresa, que no próximo ano faz 40 anos, sempre decidiu suas ações de forma isolada, atendendo aos seus próprios objetivos (comerciais), sem nenhum controle externo, inclusive a implantação do sistema tarifário, responsável pelo sucesso econômico-financeiro que, além de nunca ter sido auditado, cobra pela prestação dos serviços de tratamento de esgotos sem executá-lo.

Para concluir mais uma imagem futebolística: a Sabesp não tem marcador, sempre jogou livre.

Júlio Cerqueira César Neto é engenheiro, durante 30 anos foi professor de Hidráulica e Saneamento da Escola Politécnica/USP.



Ajude o VIOMUNDO a sobreviver

Nós precisamos da ajuda financeira de vocês, leitores, por isso ajudem-nos a garantir nossa sobrevivência comprando um de nossos livros.

Rede Globo: 40 anos de poder e hegemonia

Edição Limitada

R$ 79 + frete

O lado sujo do futebol: Tudo o que a Globo escondeu de você sobre o futebol brasileiro durante meio século!

R$ 40 + frete

Pacote de 2 livros - O lado sujo do futebol e Rede Globo

Promoção

R$ 99 + frete

A gente sobrevive. Você lê!


22 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Sabesp e Petrobrás devem ser as estrelas das próximas eleições | CartaCampinas

06 de maio de 2014 às 18h51

[…] A empresa não investe em novos mananciais desde a conclusão do Sistema Cantareira, há mais de 20 anos, deixando o abastecimento em situação gravíssima, à beira de um colapso, como já ocorreu em 2003. Não investe em sistemas avançados de tratamento de águas, necessários há mais de dez anos, tendo em vista a péssima qualidade das águas dos mananciais, colocando em risco a saúde de seus usuários. Desde a sua criação, em 1973, [a Sabesp] não protegeu os seus mananciais, permitindo que Guarapiranga atingisse a lamentável degradação que apresenta hoje. (Vi o mundo) […]

Responder

Itabuna

06 de maio de 2014 às 12h29

50% das ações da Sabesp pertencem ao Governo de SP. Uma perguntinha: quem são os principais acionistas dos outros 50%?

Responder

Júlio Cerqueira César: "Alckmin e Sabesp já estão fazendo racionamento de água; é dirigido aos pobres, vão deixar os ricos para o fim" - Viomundo - O que você não vê na mídia

24 de março de 2014 às 23h08

[…] Júlio Cerqueira César Neto: Sabesp privilegia acionistas em detrimento de usuários […]

Responder

Júlio Cerqueira César: Estadão induz leitor a acreditar em programa que é ficção « Viomundo – O que você não vê na mídia

17 de dezembro de 2012 às 18h52

[…] Júlio Cerqueira César Neto: Sabesp privilegia acionistas em detrimento de usuários Sabesp faz o que condena na população: joga sujeira em córregos […]

Responder

J

01 de junho de 2012 às 13h37

Veja as 10 ações que mais subiram e as que mais caíram no ano:

Construtoras lideram perdas até maio, com quedas de até 40%; Sabesp e Cemig encabeçam a lista de papéis que mais ganharam na bolsa, com altas de até 38%.

Responder

ccbregamim

23 de maio de 2012 às 18h36

a sabesp não joga livre:
a sabesp tem cúmplices.

e a palavra liberdade
nunca é pejorativa..

(fora isso
de acordo.

Responder

Cláudio

23 de maio de 2012 às 18h13

“Se você não for cuidadoso, os jornais farão você odiar as pessoas que estão sendo oprimidas, e amar as pessoas que estão oprimindo” – Malcolm X (1925-1965).

“Com o tempo, uma imprensa cínica, mercenária, demagógica e corruta formará um público tão vil como ela mesma.” – Joseph Pulitzer (1847-1911).

Ley de Medios, já ! ! ! Comissão da Verdade, já ! ! !

Responder

Roberto Locatelli

23 de maio de 2012 às 14h39

Esse é um problema grave, resultado da privatização de empresas de água e eletricidade. Explico: quem não estiver satisfeito com os serviços da Eletropaulo, faz o quê? Não há como mudar para outro fornecedor de eletricidade. Quem não estiver satisfeito com os serviços da Sabesp, ou o preço cobrado por ela, faz o quê? Não há alternativa. É o capitalismo sem concorrência.

E há mais: a Sabesp, que já deixou de ser estatal, fez mais: terceirizou a água. Ela compra água de fornecedores privados, que são “donos” dos reservatórios. Esses “donos” se recusam a abrir suas comportas quando as chuvas aumentam. Afinal, não querem jogar fora seu produto. Resultado: quando as barragens já estão transbordando por cima das comportas, aí abrem-se as mesmas, inundando cidades. Foi o que houve em episódios recentes.

Responder

Mariac

23 de maio de 2012 às 14h18

Vocês não imaginam o que está por vir. Vamos pagar literalmente nossa sobrevidencia para respirar, evacuar,acender a luz. E enviar os dividendos para os ricos do mundo.

Responder

Serrote

23 de maio de 2012 às 11h06

O que está acontecendo com o blog do Eduardo Guimarães? Desde ontem que ninguém consegue acessá-lo.

Responder

    Tasso Slongo

    23 de maio de 2012 às 12h08

    Estamos mudando de servidor de hospedagem
    Volte em instantes.

    Blog da Cidadania.

Julio Silveira

23 de maio de 2012 às 09h33

É a politica da Veja. Esse é um aprendizado tucano.

Responder

Mardones Ferreira

23 de maio de 2012 às 09h15

No Paraná, o que vem acontecendo com a SAnepar é criminoso. Uma tabelinha entro o governo do estado, Beto Richa – PSDB e o mercado de ações. Umas das últimas notícias foi a valorização das ações antes de um decreto do governador para aumentar as tarifas em 16,5%. O fato foi comentado por um deputado da oposição:

“as ações da Sanepar tiveram súbita valorização e grande crescimento nos volumes negociados na Bovespa em dias que antecederam ou coincidiram com o decreto de Beto Richa que aumentou as tarifas de água e esgoto cobradas pela empresa em 16,5% – reajuste que começa a vigorar a partir de 15 de março. Gente do mercado ficou intrigada com a variação, pois não vira a publicação de “Fato Relevante” em data no mínimo simultânea com a edição do decreto. Aliás, estranharam que a valorização dos papéis da Sanepar na bolsa ocorreu antes mesmo de o decreto, assinado no dia 15 passado, ser publicamente conhecido.”

E mais:

“a média diária de negócios com papéis da Sanepar girava em torno de 28 mil ações.

No dia 1.º de fevereiro, houve uma movimentação atípica: foram negociadas 457 mil ações, na cotação unitária de R$ 5,30 e em movimento de baixa de 1,85% no dia. Os adquirentes desse volume investiram, portanto, R$ 2,4 milhões.

Do dia 2 em diante voltou a vigorar a modesta média diária de 28 mil ações cotadas em torno de R$ 5,50.
No dia 15, Richa assinou o decreto, publicado no Diário Oficial com data do mesmo dia mas com circulação posterior. A CVM só recebeu o “Fato Rele­­­vante” no dia seguinte, 16”

Jogo de cartas marcadas. Tudo pelo privado. Esse é o choque de gestão dos tucanos.

Responder

Cláudio

23 de maio de 2012 às 08h13

Não sei por que (ou a penas desconfio) essa situação (que não se relaciona comigo, pelo menos não diretamente: nem sou usuário da Sabesp) tem algo a ver (ou tudo a ver) com

“Se você não for cuidadoso, os jornais farão você odiar as pessoas que estão sendo oprimidas, e amar as pessoas que estão oprimindo” – Malcolm X (1925-1965).

“Com o tempo, uma imprensa cínica, mercenária, demagógica e corruta formará um público tão vil como ela mesma.” – Joseph Pulitzer (1847-1911).

Ley de Medios, já ! ! ! Comissão da Verdade, já ! ! !

Responder

Ildefonso Murillo Seul

23 de maio de 2012 às 07h37

E desse mesmo portal o diagnóstico do zelo da SABESP com o saneamento em São Paulo:

Saneamento básico: Esgoto do Palácio dos Bandeirantes é jogado em córrego

Não precisaria dizer mais nada, mas há muito mais a dizer.

https://www.viomundo.com.br/denuncias/saneamento-basico-serra-acusa-governo-federal-mas-tem-telhado-de-vidro.html

Responder

Mancini

23 de maio de 2012 às 00h19

(Não confirma o recebimento?) Azenha, por aqui, nas montanhas a COPASA já foi uma empresa totalmente pública. A tarifa é muito alta se aproxima fácil da de energia elétrica da CEMIG. Esta última não oi privatizada porque Itamar peitou o FHC. Ambas estão envolvidas a mando do governo em várias operações no mínimo, estranhas. Tarifas caríssimas e muita gente terceirizada. http://refazenda2010.blogspot.com

Responder

    Luiz Carlos Azenha

    23 de maio de 2012 às 00h38

    Caiu no spam, Mancini. Quando for assim, não precisa repetir várias vezes o comentário, please. abs

    Mancini

    23 de maio de 2012 às 00h52

    Acontece muito comigo e posto pouco. Os filtros da web… Sorry ab

ricardo

22 de maio de 2012 às 23h50

Para a maioria das empresas prestadoras de serviços, a satisfação de seus clientes está diretamente ligada ao valor de suas ações. Isso não ocorre com a Sabesp, que atua em um nicho onde não há concorrência. Como a população não tem escolha e o governo não fiscaliza, a empresa está livre para forçar lucros exorbitantes em detrimento da qualidade do serviço.

Responder

Fabio Passos

22 de maio de 2012 às 23h28

E o PIG seguramente comemora este “sucesso”.

O sucesso da empresa não é mais medido pela expansão e qualidade do atendimento da população em seus direitos fundamentais: água limpa / coleta e tratamento de esgoto.
O “sucesso” da empresa é valorização na bolsa.

O PIG idiotizou uma parcela significativa da nossa classe média.
Ao invés de defender os interesses da sociedade, esta parcela da classe média adestrada pelo PIG defende os interesses da diminuta minoria branca e rica.

Responder

    Mariac

    23 de maio de 2012 às 14h20

    Idiotizada. Adquire cultura na Veja, Estadão e Folha e às vezes o valor. Seu idolo é o Azevedo e o Noblat.Adoram Ipads e nem sabem direito usar. Conheço uns 40 iguais. Boçais.Lamaçais, banais.

    Fabio Passos

    23 de maio de 2012 às 18h06

    Pois é.
    Os leitor da veja são tudo uns classe média endividado até o pescoço que defendem interesses de grã-fino que sequer precisa trabalhar.
    Comemoram o sucesso da Sabesp na bolsa… mas vivem sentindo o futum de bosta do Tiete e do Pinheiros.
    Os cara não tem noção.


Deixe uma resposta para Roberto Locatelli

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding
Loja
Compre aqui
O lado sujo do futebol

Tudo o que a Globo escondeu de você sobre o futebol brasileiro durante meio século!