VIOMUNDO

Diário da Resistência


Coletivo de Advogados denuncia propaganda da Lava Jato: Fere a Constituição, é contra a República Federativa do Brasil; quem pagou?
Denúncias

Coletivo de Advogados denuncia propaganda da Lava Jato: Fere a Constituição, é contra a República Federativa do Brasil; quem pagou?


25/03/2019 - 14h48

por Conceição Lemes

Nesta segunda-feira (25/03), quem chega ou sai de Curitiba, pelo Aeroporto Afonso Pena, em São José dos Pinhais, vai encontrar no caminho os procuradores da Lava Jato Paraná.

Não são eles ao vivo, não. Mas este outdoor com a imagem de todos e a mensagem: Aqui se cumpre a lei.

Propaganda eleitoral antecipada do novo partido do Brasil, o Partido Lava Jato, e de seus candidatos?

Quem pagou a confecção do outdoor e a exibição?

Quanto custou?

Os gastos já são por conta de fundo ilegal de R$ 2,5 bilhões?

Pode até não ser propaganda eleitoral antecipada, mas que parece, parece.

“Este outdoor fere o princípio constitucional da impessoalidade ao qual os procuradores estão adstritos”, condena Tânia Mandarino, do Coletivo Advogadas e Advogados pela Democracia (CAAD).

Esse princípio proíbe que os nomes e rostos dos procuradores sejam elevados acima do serviço público que prestam.

“É um claro desvio de finalidade, como prevê o artigo 37 da Constituição Federal”, afirma.

“Como bem observa a advogada Stela Bruna Santo, esse outdoor fere ainda o artigo primeiro da Constituição, pois é propaganda contra a República Federativa do Brasil”, denuncia Mandarino.

Não é só. Como ficam os outros estados? Só Curitiba cumpre a lei? Curitiba está querendo ferir o pacto federativo?

“O Brasil não possui uma República de Curitiba. Se os senhores procuradores acham que existe, ela precisa ser desmantelada porque fere os princípios republicanos e federativos do Brasil”, observa, parafraseando Stela Bruna.

— Mas se foi um admirador da Lava Jato que pagou a conta? – a essa altura certamente já levantou essa hipótese, em socorro dos procuradores.

Na hipótese de ser um admirador, os próprios procuradores devem ingressar imediatamente com uma reclamação no Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP), pedindo providências .

“Para assegurar que não são responsáveis pelo outdoor, o mais correto é os procuradores investigarem quem foi o autor e informarem publicamente, a fim de se livrarem de eventuais ilações”, sugere Tânia Mandarino.

De qualquer forma, o CAAD entrará com uma representação no CNMP, pedindo explicações e pedindo a retirada imediata do outdoor.

A mídia descontrolada: Episódios da luta contra o pensamento único
A mídia descontrolada

O livro analisa atuação dos meios de comunicação.

A publicação traz uma coletânea de artigos produzidos por um dos maiores especialistas do Brasil no tema da democratização da comunicação.

Por Laurindo Lalo Leal Filho



11 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Julio Cesar

28 de março de 2019 às 17h02

Conceição, alguns comentarios meus estão sendo omitidos.

Responder

    Conceição Lemes

    28 de março de 2019 às 17h15

    Não foram, não. Veja. Foram liberados agora. Obrigada. abs

    Julio Cesar

    28 de março de 2019 às 18h22

    Obrigado pelo retorno Conceição, realmente tardaram mas não falharam. Rsrsrs. Abraço

João Bosco

27 de março de 2019 às 13h16

“Aqui se cumpre a lei”. É muita cara de pau desses deslumbrados. Se a lei fosse cumprida mesmo, muitos deles estariam na cadeia, junto com os gurus da justiça lavajateira .

Responder

Marys

26 de março de 2019 às 00h51

Relembrando Brizola, “Mauricinhos e Patricinhas”. São os Meninos de Ouro de Trump, treinados pela CIA com nosso dinheiro pra ferrar com a nação e aparecer
na mídia como salvadores da pátria.

Como é que Juiz de Direito manda a polícia atalhar no meio da rua um ex-presidente que tem endereço fixo, pra fazer cena pra televisão e isso é considerado ato jurídico legal? fundado em que lei?
Como é que um juiz da Vara de Curitiba, manda 200 homens armados conduzir o ex-presidente em sua casa em São Paulo, sem, intimacao prévia, pra prestar depoimento num aeroporto e isso é considerado ato jurídico legal? fundado em que lei?

Hora de perguntar porque não prenderam Temer e Moreira antes das eleições nem cassaram a liminar que os libertou?

Fica cada vez mais claro que a prisão de Lula e de líderes do PT foi pra convencer o povo, antes do pleito, de que só o PT é corrupto e destruiu o país, pois seu líder era chefe de quadrilha e com seus comparsas foram pra prisão e lá vão ficar até a morte.

Qualquer outro pode sair em respeito à constituição ou à indústria da delação.

Melhor é fechar as academias jurídicas, rasgar a Carta Magna, os Códigos Penal e de Processo Penal e criar a “Constituição da República de Curitiba”.

Responder

nelson

25 de março de 2019 às 21h21

Pode-se interpretar que aqui esses homen descumprem as LEIS que o resto do BRASIL cumprem são uns hipocritas desavergonhados santo de pau oco zé ruelas.

Responder

Zé Maria

25 de março de 2019 às 19h56

Para ganhar Holofotes a Força Tarefa dos Patifes age na Clandestinidade

Responder

Zé Maria

25 de março de 2019 às 19h48

Aparentemente fizeram um ‘gato’ na Rede Elétrica
dos Refletores/Holofotes para iluminação do Outdoor

Responder

Nelson

25 de março de 2019 às 16h43

Poderíamos esperar algo diferente, a partir do momento em que, com o beneplácito do STF, a Lava Jato passou a pisar reiteradamente na Constituição? O STF, cuja função principal é ser o último bastião de defesa da democracia e da Carta Maior, fechou os olhos e deu corda a todos os desmandos desses “reizinhos”. Só poderia dar em coisas assim desse tipo, “fundinhos” módicos, de R$ 2,5 bilhões, com tendência a piorar.

Responder

abelardo

25 de março de 2019 às 15h29

A casa suja da lava jato está caindo e residentes estão se borrando de medo de não ter mais holofotes para iluminar seus trevosos corpos. Existe ainda a ameaça de muitos inconformados meliantes irem em cana, ou seja: pra cadeia; pro xilindró; ver o sol nascer quadrado. Porém, diferente do que fizeram com Lula, o melhor e mais popular presidente que o Brasil conheceu, não faltam provas, não faltam indícios, não faltam convicções e muito menos domínio dos fatos, que salvem os meliantes da casa suja da lava jato.

Responder

Zé Maria

25 de março de 2019 às 15h27

https://pbs.twimg.com/media/D2WSjSTXgAACqH7.jpg
https://twitter.com/adrianoargolo2/status/1109021909222596608

Se alguém da Esquerda se iludiu com o tal inquérito do Dias
e que o Alex Tucano iria investigar a cambada da Extrema-Direita,
se surpreendeu com a Perseguição ao advogado Adriano Argolo,
que sempre criticou radicalmente a Operação Lava-Jato
e se posicionou duramente contra algumas Decisões do STF.
.
.
“Cansado de posturas pusilânimes!!
A exposição de Adriano é mais pelo encolhimento dos outros
do que de sua inquietação e indignação com a política e a justiça!!
Precisamos de de um exército de Adrianos!”

Marcelo Tadeu, juiz alagoano aposentado
Em solidariedade ao advogado Adriano Argolo
https://reporternordeste.com.br/marcelo-tadeu-precisamos-de-um-exercito-de-adrianos/
.
.
Presidente do PT de Alagoas manifesta solidariedade a Adriano Argolo:

“Foi com indignação e revolta (além de inquietante preocupação) que recebi a notícia de ter havido cumprimento de mandados de busca e apreensão em face do amigo e companheiro de jornadas de lutas Advogado Adriano Argolo pelo grotesco motivo de ser Adriano uma “ameaça ao STF”!

Grotesco sim! Aberrante até! Pois não vi a Justiça tampouco a Polícia esboçar sequer desconforto quando um membro da clã dos Bolsonaro ameaçou fechar o Supremo com um cabo e um soldado.

Onde vamos parar?

Nossa democracia adoeceu!

O Poder Judiciário e a Polícia Federal envenaram-se com o falso discurso da moralidade seletiva. Pena que acreditem que seremos apenas nós da esquerda os que morrerão envenenados.

Ao amigo e companheiro Adriano minha total solidariedade!

Estamos juntos nessa luta!”

Ricardo Barbosa
Presidente do PT ALAGOAS

https://reporternordeste.com.br/presidente-do-pt-de-alagoas-manifesta-solidariedade-a-adriano-argolo/
.
.
Espera-se que a OAB, ao menos, peça vista do inquérito
para se cientificar e adotar as providências cabíveis
na defesa técnica do Advogado Adriano Argolo…

Responder

Deixe uma resposta para abelardo

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding
Loja
Compre aqui
A mídia descontrolada

O livro analisa atuação dos meios de comunicação e traz uma coletânea de artigos produzidos por um dos maiores especialistas do Brasil no tema da democratização da comunicação.

Últimas matérias
Luiz Antonio Simas e o assassinato de Agatha: O problema das polícias militares não é ter dado errado, é ter dado certo

Quase 30% da renda do Brasil está nas mãos de apenas 1% dos habitantes do país, a maior concentração do tipo no mundo. É o que indica a Pesquisa Desigualdade Mundial 2018, coordenada, entre outros, pelo economista francês Thomas Piketty. Notícia do El Pais de 14.12.2017 Um terço dos moradores do Rio estão nas comunidades, […]

Ler matéria