VIOMUNDO

Diário da Resistência


PF e PM do Paraná atiram bombas e balas de borracha contra manifestantes pró-Lula, sem importunar os que celebravam prisão com fogos na rota do helicóptero; veja vídeo
Fotos twitter Rodrigo Vianna
Denúncias Falatório

PF e PM do Paraná atiram bombas e balas de borracha contra manifestantes pró-Lula, sem importunar os que celebravam prisão com fogos na rota do helicóptero; veja vídeo


08/04/2018 - 00h48

Fotos twitter Rodrigo Vianna

Da Redação, com informações do Brasil de Fato, da CUT e das redes sociais

O juiz Ernani Mendes da Silva Filho concedeu liminar interditando a presença de pessoas no entorno do prédio onde está preso o ex-presidente Lula.

Ele alegou que “o justo receio de turbação ou esbulho restou comprovado através dos noticiários, que registram a prática de confrontos em diversas localidades – em especial na sede do Sindicato dos Metalúrgicos, em São Bernardo do Campo –, com pessoas feridas e baleadas, assim como agressões à jornalistas e vandalismos em prédios públicos e particulares – à exemplo do ocorrido no imóvel de propriedade da Presidente do Supremo Tribunal Federal –, o que não se pode admitir no Estado Democrático de Direito”.

No caso de “pessoas baleadas”, não se sabe a quem o juiz se referia, se aos tiros à caravana do ex-presidente Lula no Paraná, embora naquele caso não tenha havido feridos. Também não ficou claro qual “noticiário” embasou a decisão do juiz.

De qualquer forma, a Polícia Federal disparou contra manifestantes pró-Lula quando as negociações para retirada dos manifestantes estavam em andamento.

Em seguida, a PM do Paraná, estado governado pelo tucano Beto Richa, atirou bombas de gás contra os militantes pró-Lula.

O ex-deputado federal Dr. Rosinha, que estava no local, testemunhou:

Nós estávamos lá dentro, negociando, e tomamos conhecimento do interditório. Nós concordamos com a ordem desde que a desocupação do espaço fosse simultânea, o nosso ato e o ato contra Lula também. Só nós assinamos, os outros, não. Aí os policiais federais começaram a atirar. Disseram que nós tínhamos forçado o portão de vidro, mas é mentira, eu estava lá.

Citado no site da CUT, o militante Athená Oliveira levantou a possibilidade de que um agente infiltrado tenha agido para provocar a repressão.

“Ele estava de calça jeans e camisa azul escura e provocou o ataque da polícia contra os militantes que estavam pacificamente em vigília na frente da Polícia Federal”, contou, dizendo que o homem empurrou um portão da PF como se pretendesse invadir o prédio.

As duas manifestações, pró e anti Lula, estavam separadas por barreiras.

O Brasil de Fato fazia a transmissão do evento quando o ataque aconteceu (trecho principal abaixo).

Nas imagens dá para ouvir os rojões disparados por aqueles que celebravam o desembarque de Lula. A imagem também mostra que as explosões aconteceram não muito longe do helicóptero em rota de pouso.

Segundo o repórter Gibran Mendes, os manifestantes foram pegos de surpresa pela ofensiva da polícia (ver entrevista ao Brasil de Fato, abaixo).

Oito pessoas ficaram feridas, dentre as quais quatro crianças, segundo informações iniciais do Corpo de Bombeiros.

Um petista argumentou que, se havia motivo para reprimir, foi dado pelos manifestantes anti-Lula, que disparavam rojões que, em tese, poderiam derrubar o helicóptero.

PS do Viomundo: Este post foi atualizado para corrigir imprecisões e para acréscimo de informações.

A mídia descontrolada: Episódios da luta contra o pensamento único
A mídia descontrolada

O livro analisa atuação dos meios de comunicação.

A publicação traz uma coletânea de artigos produzidos por um dos maiores especialistas do Brasil no tema da democratização da comunicação.

Por Laurindo Lalo Leal Filho



28 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Gersier

09 de abril de 2018 às 11h13

Policiais nojentos e FDP. tanto na pm do corrupto governador tucano, como na pf. Tenho verdadeiro asco por esses golpistas imbecis.

Responder

Antonio

08 de abril de 2018 às 15h17

Lula: Moro tem uma mente doentia

Em vídeo:

https://youtu.be/c17GBmf4Ds0

Responder

FrancoAtirador

08 de abril de 2018 às 15h16

.
.
Na Ditadura Midiático-Policial,
Estado Democrático de Direito
é Mera Ficção Acadêmica …
.
.

Responder

FrancoAtirador

08 de abril de 2018 às 15h04

“Hoje é o primeiro dia do resto das nossas vidas
em que a moral venceu o Direito,
o voluntarismo venceu a Constituição.
Hoje começamos a contagem regressiva
e levaremos muitos anos para juntar os cacos.”

Lenio Streck

https://www.conjur.com.br/2018-abr-05/especialistas-analisam-decisao-stf-aceita-prisao-antecipada

Responder

FrancoAtirador

08 de abril de 2018 às 14h50

“Hoje é o primeiro dia do resto das nossas vidas nas quais a moral venceu o direito, o voluntarismo venceu a Constituição. Hoje começamos a contagem regressiva e levaremos muitos anos para juntar os cacos.

Nos Estados Unidos, em 1857, houve o famoso caso Dred Scott [*], no qual a Supremo Corte negou a Dred, que era escravo, a condição de entrar em juízo, porque não era pessoa. Até hoje a Suprema Corte se envergonha dessa decisão.

Estou pensando se este caso não é o nosso caso Dred Scott, pelas circunstâncias, pela questão bizarra. Se Ministros disseram que estavam votando a tese, por que é que é a Ministra Rosa Weber levantou essa coisa da colegialidade?

Garantias fundamentais a gente reconhece nos direitos do inimigo. Mas não resisto a um comentário, ironia da história. Dos 6 votos que hoje são favoráveis à salvação do presidente, 3 não foram votados por Dilma e Lula: Celso de Mello, o decano, Gilmar Mendes, Marco Aurélio de Mello, que acabaram votando pela tese mais clara do mundo: onde está escrito xis, leia-se xis. Na clareza da lei, cessa a interpretação.

Em direito a coisa funciona assim: se tenho um dispositivo que diz xis, para eu não cumprir xis, eu tenho que dizer que essa norma não vale. O Supremo não diz que não vale e, na sua maioria, não cumpriu.”

Jurista Lenio Streck

[*] O Caso Dred Scott ( ou “Dred Scott v. John F. A. Sandford”, sob registro 60 U.S. 393)
é o nome pelo qual ficou conhecida uma decisão da Suprema Corte dos Estados Unidos da América de 1857, que sentenciou que as pessoas de ascendência africana, ‘importadas’ para o país e mantidas como escravas, ou os seus descendentes – quer fossem ou não escravos –
não estavam protegidos pela Constituição dos Estados Unidos
e nunca poderiam se tornar cidadãos daquele país.

Também decidiu que o Congresso não tinha autoridade para proibir a escravidão nos então territórios federais da União.
O tribunal também declarou que, como os escravos não eram cidadãos, não poderiam requerer em tribunais.

https://bit.ly/2uUQyqi

Responder

Bel

08 de abril de 2018 às 14h37

Olha o embuste! Li na internet que o juiz autorizou colocar uma televisão na sala onde Lula está para ele assistir Corinthians e Palmeiras, hj à tarde. As televisões de hoje podem vir acompanhadas de câmeras escondidas e captar sons. Que Lula tampe todos os buraquinhos da TV e fique distante da câmera dela. Melhor uma TV de tubo, antiga.

Responder

Aylan

08 de abril de 2018 às 12h50

J lorenco tem q arrebentar comesse esses golpistas do pig (porque não são jognalistas são golpistas)temos q radicalizar

Responder

Judas da Silva

08 de abril de 2018 às 12h38

os seguidores de Cristo aos milhares se jogavam nas pontas das lanças dos romanos em defesa do mestre e esses petistas achando muito umas balinhas de borracha. A Globo vai colocar uma big dentro da sela do Lula e cobrar por minuto para se acessar e assistirmos ao vivo o sofrimento dele?

Responder

Maiorca

08 de abril de 2018 às 10h43

Lula, uma força da natureza!

Não é uma citação literal, mas Freud dizia que a psicanálise seria derrotada pela religião. E é isso de fato que nós vemos nos dias atuais. Até porque os psicanalistas da linha freudiana cobram uma fortuna por um tratamento que geralmente se prolonga por anos a fio.

Na religião, os fiés pagam o dízimo, mas são enganados de maneira muito mais prazeirosa. Mas a religião também não resolve os problemas dos indivíduos na medida em que a humanidade nunca foi tão hipócrita, tão cínica e canalha como nos tempos atuais “de paz”. E basta o cidadão evangélico (“cidadão de bem”) ter uma oportunidade de colocar o pescoço um pouquinho acima da mediocridade reinante para ele liberar toda a sua fúria assassina, até porque esta é uma oportunidade de ouro para ele se destacar um pouco da manada a qual intelectualmente pertence, e se locupletar (enriquecimento material). Hitler entendia isso muito bem e estimulava como ninguém a desconfiança, a traição e a discórdia entre seus auxiliares mais diretos com o objetivo de se manter informado e bem assistido, e sobreviver.

Alguns desses Dallagnois (“cidadãos evangélios de bem”) são capazes de atos de crueldades impensáveis, e se comprazem, da mesma forma que o rufião da boate Bahamas, com a desgraça da figura mais GENEROSA, mais CAPAZ e mais SONHADORA já nascida nos grotões desse imenso e maravilhoso país chamado Brasil. E eu comparo Lula à figura de Jesus Cristo, sob o ponto de vista de amor ao próximo, por ter absoluta certeza de que Lula é também um filho predileto de Deus. Para os crentes, não há outra explicação para tanto despreendimento.

E, na hora de se entregar ao seu calvário, um pedido quase que de socorro: “os meus filhos legítimos também estão sendo crucificados, estão sendo perseguidos, estão sendo esmagados. Não se preocupem comigo, mas eles precisam de ajuda”.

Você conhece alguém mais digno?

Responder

Heitor

08 de abril de 2018 às 09h57

A polícia militar faz isso contra o povo e depois quando fazem greve querem o apoio da população. Por isso que não encontram apoio do povo e nem de ninguém da sociedade.
Atirar em manifestantes pacíficos é o fim do mundo. Um tiro desses de bala de borracha se pegar no olho cega.
O superjuiz não investiga ou prende ninguém do partido dele.

Responder

Paulo Roberto de Oliveira

08 de abril de 2018 às 09h13

Com certeza o sonho de muitos paranaenses de direita é ver a PM do estado deles em um uniforme que tenha a camisa verde e a calça preta.

Responder

    Gersier

    09 de abril de 2018 às 11h17

    E uma “suástica”, estampada que sabe-se clonada pelos nazistas. Esses otários vivem não na verdadeira realidade, mas na virtual incutida em suas mentes de ameba pelo PIG.

Julio Silveira

08 de abril de 2018 às 08h02

Com a entrega do Lula, dessa forma, os ditos progressistas brasileiros continuam patéticos garantidores do sistema de injustiça que assola o país desde sempre. E reafirma o direito de quem a pratica de poderem continuar indefinidamente no comando do estado para os direitas, aceitando a mistificaçào como uma hipocrisia geral de que podemos ter democracia.

Responder

João Lourenço

08 de abril de 2018 às 01h20

Meninos ,e as agressões que a imprensa sofreu dos petistas por todo Brasil ?No que difere vcs dos outros trabalhadores da mesma classe? Os patrões deles?Seria então a forma “suja” que eles recebem seus salários e que vcs abominam?É isso ,de onde vem a formação suas que não vi uma defesa se quer desse pessoal .Seu professor passou por alguns destes patrões e por isso ele abomina quem está do outro lado batalhando seu ganha pão e exercendo seu ofício?Me causa nojo este tipo de gente que se diz escrever verdades e defendo o correto .Uma pena a doutrinação errada que receberam!

Responder

    Gumercindo Saraiva

    08 de abril de 2018 às 05h00

    jugrande parte da imprensa é calhorda. O pior é que alguns jornalistas acreditam que pertencem à classe dominante e são tão reacionários quanto os seus patrões. Logo serão demitidos e daí cairão na real. Como pode em um país que o auxílio moradia a um juiz é o dobro do salário da maioria da população as pessoas estarem preocupadas com o “triplex do Lula”. Hipócritas! Rede Globo combatendo a corrupção. É risível.

Milton

08 de abril de 2018 às 01h07

Então a PM esperou o barulho dos fogos para mascarar a ofensiva de bombas e tiros?

Tucano é o rei da covardia e da dissimulação. Céus. Bolsonaro não chegaria perto, com todos os defeitos que tem.

Responder

Milton

08 de abril de 2018 às 00h59

Ainda por cima, apontaram laser no helicóptero. Crime grave – atentado contra o transporte aéreo, pois pode cegar o piloto. Mas ninguém nem comentou, pois com certeza veio do apê de algum coxa.

Responder

Antonio Passos

08 de abril de 2018 às 00h57

Esperavam o quê ? Pra mim foi um lamentável erro se entregar. Foi a repetição de Getúlio, sem tiro no peito, mas com o confinamento mortal. O discurso foi como a carta testamento, bonito, emocionante, mas utópico. Como quando Getúlio disse que o povo não seria mais escravo. Lula tinha de ter se asilado numa embaixada, até que os recursos fossem julgados. Nem sairia do país, continuaria em contato com o seu povo. Foi um grande erro na minha opinião.

Responder

    Joao Ricardo

    08 de abril de 2018 às 10h35

    Concordo. Primeiro erro foi fazer a tal caravana pelo sul durante essa fase final de julgamento e do pedido no stf. Ele tinha que estar em algum lugar onde a maioria fosse favorável a ele. Segundo, devia ter acompanhado o julgamento em Brasilia e se enfiado numa embaixada no final, condicionando a saída a analise do processo por corte internacional. Ou será que alguém acredita que as demais ações dos advogados dele no supremo vao ter resultado diferente? Nenhuma diferença se fosse decretada a prisão preventiva, só ia tomar um “não” a menos no stf.


Deixe uma resposta para Antonio Passos

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding
Loja
Compre aqui
A mídia descontrolada

O livro analisa atuação dos meios de comunicação e traz uma coletânea de artigos produzidos por um dos maiores especialistas do Brasil no tema da democratização da comunicação.