VIOMUNDO

Diário da Resistência


Fernando Oliveira: Só nos primeiros 23 dias de março, 1.076 pessoas morreram na fila por UTI covid no Paraná
Foto: Plural
Blog da Saúde

Fernando Oliveira: Só nos primeiros 23 dias de março, 1.076 pessoas morreram na fila por UTI covid no Paraná


24/03/2021 - 10h47

Mais de 1,6 mil pessoas já morreram na fila por UTI para Covid-19 no Paraná

Dado não inclui óbitos da Grande Curitiba; metade de todas as mortes na fila de espera ocorreu em março deste ano

Por Fernando Oliveira, no Plural

Ao menos 1.688 pessoas morreram por Covid-19 enquanto estavam na fila de espera por uma vaga de internação em unidade de terapia intensiva (UTI) no Paraná.

Esse dado, obtido pelo Plural junto à Secretaria de Saúde do Paraná (SESA), se refere ao período de março de 2020, no início da pandemia, até o meio-dia desta terça-feira (23). Ainda não estão incluídos nele os óbitos de pacientes na fila da Região Metropolitana de Curitiba, que mantém uma central própria de regulação de leitos.

Do total de óbitos na fila de espera, 1,1 mil (65,7%) foram registrados este ano. Apesar de inacabado, o atual mês de março, isoladamente, responde por 841 mortes –praticamente a metade de todo o período de pandemia no estado.

Em todo o ano de 2020, houve 578 registros. No último mês de janeiro, 93. E no mês passado, 176.

Às 11 horas da manhã de hoje, conforme boletim do governo do Paraná, 518 pacientes estavam na fila por um leito de UTI no Paraná. Somada a demanda por leitos clínicos, a fila reunia 921 pacientes.

A assessoria de imprensa da Secretaria de Saúde do Paraná argumenta que as pessoas na fila de espera seguem internadas em leitos semi-intensivos de unidades de pronto atendimento (UPAs) ou hospitais de pequeno porte, enquanto aguardam transferência.

Mas o fato é que o suporte mais adequado para esses pacientes com quadro agravado de covid-19 seria prestado apenas em leitos específicos de UTI.

O Plural está tentando obter os dados relativos à Grande Curitiba. A área técnica da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) da capital orientou que a reportagem procurasse a Secretaria de Saúde do Paraná, alegando que a informação também diz respeito a outras cidades. A pasta estadual, por sua vez, declarou que os dados seriam de responsabilidade do município.

A reportagem do Plural apurou que ao menos outras 235 pessoas morreram apenas neste mês de março enquanto esperam por uma UTI na Grande Curitiba.

Se confirmado, esse dado elevaria o total de óbitos no estado para 1.076 no mês em curso, o que corresponde a 46 mortes diárias.





1 comentário

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Ribeiro

24 de março de 2021 às 14h44

O MInistério Publico não vai responsabilizar criminalmente os responsáveis pela omissão e falta de providências cientificas???

Responder

Deixe uma resposta para Ribeiro

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding