VIOMUNDO

Diário da Resistência

Sobre


Dr. Rosinha: Daniel Silveira e o cabo de guerra entre democracia e ditadura fascista. Câmara tem que se posicionar!
Arapuca

Dr. Rosinha: Daniel Silveira e o cabo de guerra entre democracia e ditadura fascista. Câmara tem que se posicionar!


17/02/2021 - 14h55

Cabo de Guerra

Por Dr. Rosinha*

Daniel Silveira, deputado federal pelo PSL-RJ, é declaradamente fascista e — é pleonasmo, mas deve se registrar — violento.

Tornou-se conhecido na campanha de 2018, quando quebrou a placa indicando o nome da Rua Marielle Franco.

Foi a primeira demonstração para fora do Rio de Janeiro de sua posição política.

Fascista ligado ao clã Bolsonaro e às milícias.

Nessa terça-feira (16/02), divulgou um vídeo em que incita seus cães apoiadores a surrar o ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal, que tardiamente – três anos depois – se manifestou contra um tuíte do general Eduardo Villas Bôas de 2018, quando ameaçou o STF, caso liberasse a candidatura de Lula.

Naquele momento, no jogo de cabo de guerra, o STF perdeu pela segunda vez. A primeira foi quando os seus ministros permitiram o golpe contra Dilma.

Silveira não está só. Ele somente foi o porta voz de um setor – não sabemos o tamanho – das Forças Armadas, das milícias e de todo um segmento de polícias e seguranças privadas que querem impor um ditadura fascista militar no Brasil.

A manifestação de Silveira fez e faz parte de uma pretensa defesa do general Eduardo Villas Bôas.

Ele provocou – e pode ter sido orientado a isso – a própria prisão com o objetivo de testar o quanto ainda resta de democracia no nosso país. Sabe ele que sua prisão provoca falas e posições de defesa a ele e ao seu ato.

É um teste para sentir vários posicionamentos, como o do general Villas Bôas e dos militares no governo e, consequentemente, das Forças Armadas; do seu partido e do Congresso Nacional, em específico a da Câmara dos Deputados; e do próprio Bolsonaro.

Na Câmara – local do primeiro cabo de guerra –, o principal debate será sobre a conceito e aplicação da imunidade parlamentar.

Para o advogado criminalista  Antonio Carlos de Almeida Castro, o Kakay, não existe direito absoluto, portano não existe imunidade absoluta.

Segundo o Congresso em Foco, Kakay sugeriu a parlamentares que o procuraram nesta quarta-feira  que a Câmara mantenha a prisão do deputado Daniel Silveira (PSL-RJ).

Kakay entende que a manifestação de Silveira é uma ameaça ao Estado democrático de direito e à estabilidade institucional do país:

“Minha preocupação é que, se a Câmara soltá-lo, ele vai às redes fazer um enfrentamento ainda maior. Conversei com vários senadores e deputados hoje e disse a eles que é muito importante que a Câmara tenha visão histórica do que está acontecendo. Esse senhor colocou em risco a estabilidade democrática”

O momento é diverso e mais grave que o caso do ex-senador Delicídio Amaral.

Delcídio não atentou contra o Estado de Direito e a Constituição como faz Silveira.

Se a Câmara não puni-lo com a cassação do mandato, estará alimentando o fascismo e a construção de uma ditadura.

O cabo de guerra entre a democracia e a ditadura fascista continua e a Câmara dos Deputados terá que se posicionar.

*Dr. Rosinha é médico pediatra, militante do PT. Pelo PT do Paraná, foi deputado estadual (1991-1998) e federal (1999-2017).  De maio de 2017 a dezembro de 2019, presidiu o PT-PR. De 2015 a 2017, ocupou o cargo de Alto Representante Geral do Mercosul. 





3 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Zé Maria

17 de fevereiro de 2021 às 15h38

“Decisão unânime do @STF_oficial contra deputado
que ataca a democracia e as instituições.
No contexto do Brasil esse é o caminho da democracia.
A @camaradeputados tem que cassa-lo e ñ aceitar mais
parlamentares defendendo o AI5, a tortura, a ditadura.”
https://twitter.com/MariaDoRosario/status/1362102888915468292

Responder

Zé Maria

17 de fevereiro de 2021 às 15h35

É óbvio que não é uma posição individual isolada.
Está visto que houve articulação no Grupo Fascista.
Silveira foi escalado porque é um pau de galinheiro.

Responder

Zé Maria

17 de fevereiro de 2021 às 15h29

“STF manteve por unanimidade a prisão do deputado bolsonarista que defendeu o AI-5,
fechamento do STF e do congresso.
É preciso que a câmara federal mantenha a prisão desse criminoso
e dê o recado claro em defesa da democracia.”
https://twitter.com/LindberghFarias/status/1362101294035587081

“Por unanimidade o STF decide que houve fragrante delito
por parte do deputado Bolsonarista em atentado contra a democracia
e incitamento de violência e até AI5 contra Congresso e STF.
Cabe à Camara respaldar decisão de 11 a 0 e abrir processo
de cassação no Conselho de Ética.”
https://twitter.com/RogerioCorreia_/status/1362102829087944705

“Vou votar pela cassação do deputado Daniel Silveira PSL-RJ.
Ele cometeu crime contra a Constituição.
Ameaçou a integridade e ofendeu a honra de ministros,
além de defender o AI-5 e o fechamento do STF.”
https://twitter.com/HelderSalomao/status/1362066926000893954

Responder

Deixe uma resposta para Zé Maria

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding