VIOMUNDO
O VIOMUNDO só é possível também através de anunciantes, e detectamos que você utiliza um AdBlock, bloqueador de anúncios.
Por favor considere ajudar o VIOMUNDO desativando o bloqueador para este site.
Cartas de Minas
Cartas de Minas

Autoridades do Sul se negam a receber bancada do PT; presidente do partido no RS teme infiltrados e denuncia Globo

16 de janeiro de 2018 às 13h43

Presidente do PT-RS sobre editorial dO Globo: “Ato escandaloso”

Deputado Pepe Vargas conta que bancada do partido já procurou governador do RS para garantir segurança no dia 24 de janeiro, mas não foi recebida

do site do PT

O deputado federal Pepe Vargas, presidente do diretório estadual do PT do Rio Grande do Sul, definiu como “escandaloso” o editorial publicado nesta terça-feira (16) no jornal O Globo.

No texto, o jornal da família Marinho diz que o Partido dos Trabalhadores será o responsável pela segurança ou quaisquer atos de violência que venham a ocorrer no dia 24 de janeiro em Porto Alegre, durante o julgamento em segunda instância do ex-presidente Lula no processo envolvendo o triplex da OAS.

“A afirmação do jornal é escandalosa. Iremos, sim, a Porto Alegre, fazer uma manifestação pacífica, como prevê a democracia. Imputar-nos a responsabilidade pela segurança no local não faz sentido algum”, resumiu o parlamentar.

Vargas aproveitou para esclarecer que a bancada do PT na Assembleia Legislativa solicitou, na semana passada, uma audiência com o governador do Estado, José Ivo Sartori (PMDB), o chefe em última instância da Brigada Militar, a força policial gaúcha.

Na pauta: montagem de estratégias para garantir a segurança e a tranquilidade nas manifestações que irão ocorrer no dia 24 em Porto Alegre.

“Mas ele não quis receber a bancada. Disse que ia repassar ao se secretário de Segurança esta incumbência, mas nem este nos recebeu até agora”, informa Pepe Vargas.

O deputado diz estar preocupado com a possível infiltração de pessoas alheias ao movimento, que podem servir como agentes de provocação e legitimadores de uma reação generalizada da polícia.

“Isso já aconteceu algumas vezes. Agentes infiltrados provocam uma situação, e a polícia reage generalizadamente, seja por inépcia ou por leniência, atacando manifestantes pacíficos. Estamos preocupados com isso, queremos atenção da Brigada Militar”, alerta o deputado.

Pressão legítima e denúncia

Outra parte do editorial do diário dos Marinho chamou a atenção do deputado Vargas.

No texto, os donos do jornal afirmam: “A convocação que o partido e organizações ditas sociais fazem para militantes estarem em Porto Alegre no dia 24 é pressão política, indevida, sobre os desembargadores do TRF-4”.

Para o parlamentar, petista, o que o jornal quer não está de acordo com as regras da democracia.

“Qualquer um dos poderes estabelecidos em uma república democrática, Legislativo, Executivo ou Judiciário, pode e deve saber conviver com pressões da sociedade constituída. É sadio que seja assim. As pessoas precisam ter o direito de se manifestar e mostrar aos poderes seu posicionamento em relação a assuntos de interesse coletivo”, explica Vargas.

“Por isso, iremos, sim, a Porto Alegre, e estamos denunciando, sim, toda a parcialidade que marca a condução deste processo contra o Lula”, afirma Vargas.

“A atuação do juiz Sérgio Moro, que o condenou sem ter prova nenhuma, e também da mídia brasileira, da qual a Rede Globo é o maior representante, tentam empurrar para a opinião pública uma versão dos fatos descolada da realidade, sempre tentando criminalizar o PT e o Lula. Este editorial é mais uma prova disso”, concluiu o parlamentar.

Da Redação da Agência PT de Notícias

Leia também:

Gleisi: Presidente do TRF-4 tenta tumultuar julgamento

 

18 Comentários escrever comentário »

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Vanderlei

18/01/2018 - 00h10

Pessoal, LULA será condenado, isto é fato, caso contrario, vai ter um monte de coxinhas desesperados cortando pulso.

Responder

Elton Almeida

17/01/2018 - 08h56

A esperança é LULA

Responder

a.ali

16/01/2018 - 23h41

[email protected] em porto alegre dia 24 de janeiro…pois enquanto a caravana passa os cães ladram…
claro que terá infiltrados e não só os bobos da corte, leia-se, mbl, os próprios pé de porco, os bolsobostas… mas não nos intimidarão…

Responder

lulipe

16/01/2018 - 22h31

Típico da petezada, já estão terceirizando a culpa pela baderna que certamente farão no dia 24…Espero que a PM dê o tratamento devido!!!

Responder

Luiz Carlos P. Oliveira

16/01/2018 - 21h44

Petralhada, comunistas, esquerdistas… somoa tudo isso e mais um pouco. Mas… e vocês? São o que? Um bando de sociopatas que o único argumento que tem é falar mal do PT. Enquanto isso nosso país está sendo vendido a preço de banana para o capital predatório das multinacionais, suas aposentadorias estão indo para o saco, seus empregos estão sumindo; gasolina, diesel, gás e energia elétrica subindo, nossas hidrelétricas sendo vendidas, a base de Alcântara entregue aos EUA, nosso submarino nuclear (com tecnologia brasileira) sucateado, plataformas de petróleo quase prontas vendidas como sucata para a Gerdau, nossos estaleiros fechando, a Embraer sendo entregue para a Boeing, Aécio livre, Temer livre, Jucá livre, Padilha livre, Serra livre, Cunha em lugar incerto, Garotinho livre, Moreira livre, Casa da Moeda fechada (nosso dinheiro será impresso fora do país), Petrobrás pagando 10 bilhões aos americanos sem ao menos brigar na justiça, mulher do Cunha livre, mulher do Cabral livre (presa de novo?), Lula condenado por um apartamento que está em nome da OAS e que uma juíza de Brasilia mandou penhorar para pagar dívida da construtora com seua fornecedores, Dirceu e Vaccari condenados pela “nomenclatura” e não com provas, malas e caixas com dinheiro vivo (mais de 53 milhões) circulando por aí e só o Geddel foi preso, helicóptero de senador pego con 500 quilos de pasta de cocaína e ele nem investigado é. Esqueci alguma coisa, exceto os aviões que caíram e mataram o Eduardo Campos (que iria para o segundo turno em vez do Aécio) e o ministro Teori Zavaski? É… somos petralhas. Mas não somos burros. Tens algo a dizer, alienado mental?

Responder

Reinaldo

16/01/2018 - 21h31

Vagabundos e sindicalistas com certeza estarão lá defendendo Luladrão. Quem usa terno de 20 mil reais não é do povo.pode até já ter sido. Infelizmente as tias de sovaco peludo, os maconheiros, os sindicalistas, os bolsa família, os perderam a mamata no inss e o povo do MST que querem tudo sem esforço. Há sim esses serão os primeiros da fila da bateria. Abraço.Tchau querido.

Responder

    luiz castelo

    17/01/2018 - 15h40

    viuva do Aecio kkk

Guanabara

16/01/2018 - 20h33

Sugestão aos que forem aos atos: FILMEM, REGISTREM TUDO!!! E coloquem na internet, do jeito que for, o mais rápido possível.

Responder

Mario Cordeiro

16/01/2018 - 18h16

Existe interesses mas escusos. Onde a população e usada como massa de manobra. Para atender o q não leva a nada.
Hoje milhões de brasileiros desempregados e ninguém assume essa responsabilidade. Instituições falidas, políticos falidos moralmente mas não querem larga do osso. Essa classe de certa forma nunca foi digna de confiança.E hoje nos vemos por que.
Triste e lamentável é a nossa situação.
Brevemente vão bater em sua porta pedindo votos. Então é a sua vez de dar-lhes o que realmente merecem. Já que a justiça acabou faz tempo.

Responder

Messias Franca de Macedo

16/01/2018 - 18h08

JUSTIÇA?
Não!
RÉ CONFESSA NO CRIME HEDIONDO!
A natureza da família “pobrecida” Thompson Flores Lens – por mais um representante do clã nazigolpista!
FONTE [LÍMPIDA!]: https://scontent.fssa2-2.fna.fbcdn.net/v/t1.0-9/26734246_1790354697724145_2699655382877661405_n.jpg?oh=99a48104158da2dfa43414d6cff3306d&oe=5AF34556

Responder

Alexandre

16/01/2018 - 16h17

Ahahahah, claro, tudo culpa da Globo! Porque a petralhada nunca admite os erros cometidos? Óbvio se der quebra quebra é responsabilidade do pt, mst e ditos grupos sociais, baderna é com eles mesmos, pobre cidade de porto alegre.

Responder

    leonardo-pe

    20/01/2018 - 14h08

    voce simplesmente admitiu que é amante DESTA IMPRENSA PODRE que DEBOCHA DA SUA E NOSSA CARA TODOS OS DIAS! eita cara BURRO!

Valdeci Elias

16/01/2018 - 16h08

Hoje a maior contradição vivida pelo brasileiro , é afirmar que vive em uma Ditadura, e ao mesmo tempo vai resolver tudo Democraticamente em uma Eleição.

Responder

    a

    16/01/2018 - 19h58

    Os conceitos mudam com o tempo. Da mesma forma que o golpe para depor à presidenta Dilma diferiu do golpe tradicional, como o de 64, ditadura deixou de definir-se apenas pela impossibilidade de eleger os governantes. Neste momento, o povo brasileiro está totalmente excluído das decisões que afetam profundamente suas vidas, como a reforma trabalhista, tem visto seus direitos e conquistas anulados e corre o risco de não poder eleger o presidente de sua presidência graças à interferência do judiciário. A própria lei da ficha limpa foi um passo nesse sentido. No andar da carruagem, sobrará ao povo apenas duas opções, sim e sim senhor, na feliz expressão do jornalista Fernando Brito, de O Tijolaço. Não haver eleições pode ser sintoma de uma ditadura mas haver eleições por si só não significa democracia – governo DO, PARA e PELO povo
    Compare-se com a Venezuela, onde o Chavez consultou o povo, através de plebiscitos, sobre todas as decisões importantes e a população passou a ter intensa participação através dos milhares de conselhos criado s país a fora. Talvez esta seja uma das razões que impediu um golpe tão fácil como ocorreu entre nós.

    Luiz Carlos P. Oliveira

    16/01/2018 - 21h54

    Democracia onde, se o judiciário e a mídia vão influenciar diretamente no pleito? Deixem o Lula concorrer (porque não existem provas contra ele) e aí vocês verão o que é democracia. Deixem o povo julgar o Lula. O PT não está acabado? Por que o medo das urnas, então? A verdade nua e crua é que nem vocês, sociopatas, acreditam em crime do Lula, por isso o pavor de enfrentá-lo no voto direto. Perderam 4 eleições e perderão as próximas duas, com Lula ou sem Lula. Vamos eleger quem ele quiser, até a mãe de qualquer coxinha que ele indicar. Simples assim, curto e grosso, gostem ou não gostem. Assim como vocês são milhões de Cunha (ou já esqueceram?), somos milhões de Lula. O próximo governo vai botar essa corja toda na cadeia, pois nenhum desses golpistas de merda serão reeleitos. A esquerda fará a maioria e aí faremos com esses pilantras o que eles estão fazendo com o PT. Podem estocar vaselina, porque vai doer. E muito.

Schell

16/01/2018 - 14h29

Essa rede “lobobosta” é o que há de pior neste país de merrecas. Cria da ditadura em que mamou até o final. Ditatorialmente estabelecida pela lavagem cerebral de coxinhas e paneleiros. Editou criminosamente o debate entre o Lula e o colllor. Foi cúmplice do collor até quase o final daquele despreparo. Escondeu a movimentação pelas diretas em defesa da casa-grande. Nada fez contra a posse do sarney (sob os auspícios do ulisses, também criminoso). Tentou fraudar as eleições para o governo do Rio de Janeiro, tentando evitar a eleição do Brizola. Mente despudoradamente contra o PT desde a criação do partido. Assalta e apunhala o partido dos trabalhadores diuturnamente. Mantém colunistas-amestrados, sempre e sempre, para falarem mal do PT e endeusarem o “mercado”. Servem-se de maracutaias mil para aumentarem sua riqueza: fifa, copa do mundo et caterva. Desgraçam o país ao enterrarem a cultura, o respeito e a fragilidade do povo. Bateram no PT em função do “mensalão” que se provou, apenas, maracutaia do bobjeferson e seu ptb. Apoiaram os joaquins e as rosas da vida em sentenças criminosamente construídas contra o PT. Encobrem a roubalheira e a trambicagem (a começar pelo FHC) dos pessedebistas dos esgotos. Escondem sua sonegação fiscal e tributária. Desde 2014 batem no PT pelo lavajatismo do PP e do PMDB, sem contar a quadrilha dos demitidos (pela Dilma) da Petrobrás. Apoiaram e apoiam o golpe institucional que derrubou o governo democraticamente eleito. Dão vazão ao ódio de sempre – induzindo seus coxinhas e paneleiros – contra o Lula. E, agora, vem com esse editorial esmerdeado como o são contra manifestações democráticas. Ou seja, não fosse a rede “lobobosta” o país seria algo próximo à normalidade institucional. Ratos de esgoto, com perdão aos ratos e aos esgotos.

Responder

    Sandro

    16/01/2018 - 16h34

    Falou tudo.

    Mario Cordeiro

    16/01/2018 - 18h03

    Já fui petista. Hoje não tenho nem uma preferência partidária.
    Mas pergunto: por que o pais se encontra nessa situação de desespero on não se vê horizonte pra nada.
    De cima a baixo não se tem um minimo de esperança de que um dia tudo possa mudar pra melhor. Hoje está mais fácil mudar pra piorar maisdo que ja está.
    E o agravante o pior de tudo não se tem pra quem apelar.

Deixe uma resposta