VIOMUNDO
O VIOMUNDO só é possível também através de anunciantes, e detectamos que você utiliza um AdBlock, bloqueador de anúncios.
Por favor considere ajudar o VIOMUNDO desativando o bloqueador para este site.
Cartas de Minas

Homem da mala do PSDB, Aécio mostra a força de sua grana dentro do partido

03 de agosto de 2017 às 18h32

Da Redação

Principal articulador do impeachment de Dilma Rousseff, o senador Aécio Neves demonstrou força nos bastidores: 22 deputados do PSDB apoiaram Michel Temer na rejeição da denúncia da PGR e outros quatro se ausentaram.

Portanto, Temer teve 26 apoios no PSDB, contra 21 votos não.

Como ficou claro nas gravações feitas por Joesley Batista, Aécio é o principal articulador contra a Operação Lava Jato nos bastidores — pensando obviamente em salvar o próprio pescoço, ele que é alvo de nove inquéritos.

No Supremo Tribunal Federal, está blindado pelos ministros Gilmar Mendes, Marco Aurélio e Alexandre de Moraes.

Mas, como Aécio angariou tanta força interna no PSDB?

Segundo o jornalista Marco Aurélio Carone, colaborador do Viomundo e profundo conhecedor das coisas de Minas, os múltiplos esquemas de arrecadação de Aécio, agora expostos, permitiram a ele montar um caixa forte e disputar o poder interno no partido com a turma de São Paulo.

Toda a bancada mineira do PSDB votou com Temer, mas ele também obteve o voto da veterana Yeda Crusius no Rio Grande do Sul e da novata Bruna Furlan em São Paulo.

Daí, o racha inevitável.

Votaram com Temer:

Izalci Lucas (DF), Célio Silveira (GO), Giuseppe Vecci (GO), Nilson Leitão (MT), Elizeu Dionizio (MS), Geraldo Resende (MS); Bonifácio de Andrada (MG), Caio Narcio (MG), Domingos Sávio (MG), Marcus Pestana (MG), Paulo Abi-Ackel (MG), Rodrigo de Castro (MG), Nilson Pinto (PA), Luiz Carlos Hauly (PR), Nelson Padovani (PR), Marco Tebaldi (SC), Arthur Virgílio Bisneto (AM), Antonio Imbassahy (BA), Bruno Araújo (PE), Rogério Marinho (RN), Yeda Crusius (RS) e Bruna Furlan (SP).

Ausentes:

Raimundo Gomes de Matos (CE), Eduardo Barbosa (MG), Shéridan (RR) e Pedro Vilela (AL).

Votaram contra Temer:

Betinho Gomes (PE), Mariana Carvalho (RO), Fábio Sousa (GO), Geovania de Sá (SC), Daniel Coelho (PE); Carlos Sampaio (SP); Pedro Cunha Lima (PB), Eduardo Cury (SP), Izaque Silva (SP), João Gualberto (BA), Jutahy Junior (BA), Rocha (AC), João Paulo Papa (SP), Lobbe Neto (SP), Mara Gabrilli (SP), Miguel Haddad SP), Ricardo Tripoli (SP), Silvio Torres (SP), Vanderlei Macris (SP), Vitor Lippi (SP), Otavio Leite (RJ).

Os inquéritos a que Aécio responde: desvios na construção da Cidade Administrativa, por vender influência no setor de energia, por desvios em Furnas, por sumir com documentos da CPI dos Correios, por montar caixa dois para si, para aliados e para o sucessor Antonio Anastasia e dois relativos à delação de Joesley Batista, um deles envolvendo malas de dinheiro.

 

Um comentário escrever comentário »

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Dimas

05/08/2017 - 16h31

Não é a toa que muitos e muitos dizem que a justiça brasileira é racista e só trabalha se pagar. Tá aí a prova viva . Um traficante, mais um, esta solto.

Responder

Deixe uma resposta