VIOMUNDO
O VIOMUNDO só é possível também através de anunciantes, e detectamos que você utiliza um AdBlock, bloqueador de anúncios.
Por favor considere ajudar o VIOMUNDO desativando o bloqueador para este site.
Cartas de Minas
Cartas de Minas

Pesquisa mostra que Temer poderia afundar Alckmin

15 de janeiro de 2018 às 16h24

Ibope: 90% dos entrevistados não votariam em aliado de Michel Temer

Dado da pesquisa é péssima para os tucanos Geraldo Alckmin e João Doria, de olho na disputa das eleições deste ano. Somente 5% dos eleitores votariam em candidato que apoia Temer

da Rede Brasil Atual

São Paulo – Pré-candidatos de plantão às eleições deste ano, o governador de São Paulo Geraldo Alckmin e o prefeito da capital paulista, João Doria, ambos do PSDB, receberam hoje (14) uma péssima notícia: 90% dos eleitores ouvidos pelo Ibope nas 10 maiores capitais brasileiras disseram que não votariam em candidatos que defendam o governo de Michel Temer (PMDB).

Temer, o presidente pior avaliado em toda a história do país, transfere para seus aliados a péssima imagem. É como diz o ditado: diga com quem andas, e direi quem tu és.

Em seu blog no jornal O Globo, Lauro Jardim conta que a pesquisa foi feita com usuários de internet das classes A, B e C entre 9 e 17 de dezembro.

“Temer será um fardo de uma tonelada para se carregar”, escreveu o blogueiro.

Apenas 5% dos entrevistados – os que aprovam o peemedebista – responderam que votariam, sim, nesses aliados.

Ainda segundo Jardim, 42% e 44% avaliam que o nível de corrupção do governo Temer é igual ou maior do que o registrado nos governos Lula e Dilma. E para 8% dos entrevistados, a corrupção diminuiu.

Leia também:

Haddad: Obra pela qual campanha teria recebido vantagem estava suspensa!

 

Nenhum Comentário escrever comentário »

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Deixe uma resposta