Flash ad ID:10

PATROCINE O VIOMUNDO

SOMOS 31.817 FAÇA PARTE !

Jarbas, Maciel e o “menorzinho que trabalhou na reforma agrária” respondem a Lula

publicado em 29 de agosto de 2010 às 23:13

PE: Jarbas diz que Lula é semi-Deus e quer “esmagar” oposição
28 de agosto de 2010 • 13h51

Ed Ruas
Direto de Recife, no Terra

O senador e candidato ao governo de Pernambuco, Jarbas Vasconcelos (PMDB) rebateu, neste sábado (28), as ironias feitas por Lula que, ao final da eleição, o parlamentar ficaria “devendo pontos” aos institutos de pesquisa. “Ele continua uma figura extravagante, ferindo a Lei. É um semi-Deus. Então, acha que pode tudo. Quer esmagar e se possível suprimir as oposições do Brasil. Vamos ver como o povo se comporta diante disso”, avaliou Jarbas, depois de caminhada no mercado popular de Casa Amarela, no Recife.

A declaração do presidente Lula foi feita em comício realizado nesta sexta-feira (27), no Marco Zero do Recife, ao lado da candidata à presidência Dilma Rousseff (PT) e do governador e candidato à reeleição Eduardo Campos (PSB), que lidera as pesquisas de intenção de votos com 50 pontos percentuais de vantagem. O líder petista, ao pedir votos para Campos, e para os candidatos ao Senado, Humberto Costa (PT) e Armando Monteiro Neto (PTB), teceu críticas a toda chapa majoritária de oposição no Estado, encabeçada por Jarbas.

“É bom lembrar que em uma sociedade democrática o juiz é o eleitor. Eu e Jarbas fazemos política como dizia Joaquim Nabuco, com P grande. Ou seja, com consistência. Também com obras. Tenho um elenco de obras que nós realizamos na vice-presidência da República, que talvez alguns não conheçam e por isso fazem essas acusações”, disse Marco Maciel (DEM), chamado pelo presidente Lula na ocasião de “senador da época do Imperador” e acusado de não ter trazido nenhuma obra para o Estado na época em que trabalhou ao lado do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB).

O deputado federal Raul Jungmann (PPS), que foi citado por Lula como o “menorzinho que trabalhou na reforma agrária”, disse que o presidente deveria ter “vergonha”. “Ele, que sempre foi discriminado por ser nordestino, pobre, não deveria nunca utilizar o discurso de ridicularizar ou diminuir a oposição”, avaliou.

Em pesquisa sobre a corrida pelas vagas ao Senado em Pernambuco realizada pelo instituto Datafolha e divulgada pelo jornal Folha de São Paulo, neste sábado (28), Humberto Costa obteve 44% das intenções de votos, Marco Maciel tem 33%, Armando Monteiro Neto obteve 29% e Raul Jungmann aparece com 11%. Se a eleição fosse hoje, Costa e Maciel seriam eleitos senadores.

 

100 Comentários para “Jarbas, Maciel e o “menorzinho que trabalhou na reforma agrária” respondem a Lula”

  1. sáb, 11/09/2010 - 9:32
    daniel

    "Quer esmagar e se possível suprimir as oposições do Brasil."
    Por favor, me citem uma liderança política na história do mundo que não sonhou um dia com isto? Pra mim, é por isso que a oposição no brasil está à deriva, não conseguem entender o ÓBVIO!

  2. dom, 05/09/2010 - 10:02
    joão sal

    Respeitem o raul jungman!
    Ele não é menorzinho.
    Para ser menorzinho
    Vai ter que crescer muito.
    Haja pó royal.

  3. qui, 02/09/2010 - 17:58
    eroni spinato

    Comentáram bem de Pernambuco, vamos agora para Rio Grande do Norte, agripino Maia etc. Amazonas, Arthur Virgilio etc. Ceará, Tasso etc. .. eles vão sumindo aos poucos…

  4. ter, 31/08/2010 - 12:42
    Rogério Franz Lins

    O mais incrível é que seu Jarbas declarou nos seus ganhos 2 apartamentos no Pier Mauricio de Nassau hoje cada um vale R$850.000,00 a R$1.000.000,00 mais seu Jarbas conseguiu comprar segundo a sua declaração de bens, um apartamento no valor de R$150.000,00 e o outro R$130.000,00, não esqueci de zero não e uma casa de quase um quarteirão onde o metro quadrado do terreno custa R$3.500,00 pasmem por R$100.000,00 e o mais incrível é o menorzinho que na declaração dele só tem R$17.000,00 é isso mesmo dezessete mil reais, nem carro o pobrezinho tem, ele doava tudo como deputado não é lindo?

  5. ter, 31/08/2010 - 11:38
    ruypenalva

    Aquilo é de menor mas é escolado, se não se eleger em Pernambuco arranja uma sinecura em São Paulo como o parceiro pançudo Roberto Freire.

  6. ter, 31/08/2010 - 8:25
    Julio Silveira

    Não sou pernambucano, mas posso dar meu pitaco neste assunto visto que essas nulidades tem visibilidade nacional.
    O presidente Lula está corretissimo em tentar elevar o nivel dos candidatos a cargos eletivos em Pernambuco, também em todo o País. Há evidencia maior lá em Pernambuco por ser o estado natal do presidente, que tem visto durante decadas algumas figuras se perpetuarem na politica sem nada acrescentar nem ao estado nem ao Brasil, a não ser pelo seu aferrado empenho em se perpetuar no poder.
    Esse MMaciel é desses dinossauros, que deveriam ter sido aposentados junto com a ditadura militar de onde surgiu.

  7. ter, 31/08/2010 - 6:30
    Melinho

    Marcos Maciel é conhecido em Recife como Mr. Nulidade. O que o Lula quer é aposentá-lo, já que ele nunca fez nada pelo Estado de Pernambuco, a não ser pela sua família e pela família dos seus cabos eleitorais.

    Lula tem todo direito de sacudir Maciel, Sérgio Guerra e outros políticos insignificantes na lata do lixo da história.

  8. seg, 30/08/2010 - 21:36
    Raimundo Rodrigues

    Oito anos na vice-presidência da República. Mostre senhor Maciel as obras feitas em Pernambuco durante o seu governo (FHC)!?

  9. seg, 30/08/2010 - 19:56
    Carlos Augusto

    Quando o sr. Maciel foi eleito vice-presidente da República, todos nós pernambucanos imaginávamos: "agora sim, chegou a vez de Pernambuco!" e sin ceramente não aconteceu nada, não mudou nada, não tivermos obras estruturantes, nem indústrias, nem emprego, nem renda, nem inclusão social, nem Suape…não tivemos nada. Demorou, mas agora, Pernambuco saberá dar o troco ao sr. Maciel, senador desde o tempo do Império…e junto com ele o sr. Jarbas, o que se acha o cara, mas não é…o cara é LULA, garanhuense, pernambucano, nordestino… que sabe honrar seu estado natal, sua pátria, seu País. Chega dessa elite que governa o Brasil desde os tempos da colônia….

  10. seg, 30/08/2010 - 19:17
    Francêsca

    A bandeira de Pernambuco tem mais de 200 anos. Nas eleições passadas Marco Maciel, Jarbas, Mendonça, Sergio Guerra e muitos fizeram campanha dizendo que os projetos das industrias e comercio e principalmente os projetos de SUAPE eram todos VIRTUAIS, isso mesmo a palavra que usavam era: V I R T U A L. Somos um povo filhos de: Frei Caneca, Abreu e Lima, Pedro Ivo, Paulo Freire, Gregorio Bezerra, Arraes , Lula e me desculpe os que nao citei. Dilma guerreira do povo brasileiro!!!.

  11. seg, 30/08/2010 - 16:02
    BloGDoRiLDo

    Ó. Esse discurso do Lula mudou o voto de uma amigo que participa da ONG Associação Recreativa de Veteranos de Engenheiro Pedreira onde sou diretor. Ele é chamado por nós de Tuta ou Pernambuco (ele atende pelos dois codinomes). Machão, não votava em mulher "de jeito nenhum". Assistindo ao vídeo ele disse: "É verdade. Enquanto eu vivi em Pernambuco, não vi nada que pudesse ser atribuído ao Marco Maciel e ele sempre esteve de braços dados com o poder". Ao final do nosso encontro ele me disse: "pô Rildo, vou ter que votar na mulher né? O homi mandou…" Sorriu.

    • seg, 30/08/2010 - 16:48
      eli

      Isso de mudar voto é balela, conversa para boi dormir. Pelo comportamento dessa oposição suja, nojenta durante estes oito anos – é bom que seja exterminada.

  12. seg, 30/08/2010 - 15:59
    jose carlos

    Podia ter chamado o menorzinho de Champinha. Era mais apropriado.

  13. seg, 30/08/2010 - 14:42
    Urbano

    O jarbarrabás vãsconselhos, o mitômano II, é o maior engenheiro de obras prontas do Mundo. Passou oito anos desconstruindo Pernambuco, principalmente nas áreas de segurança, saúde e educação, e agora tem a cara de pau de querer criticar o Governador Eduardo Campos, que em menos de quatro anos fez infinitamente mais do que ele, que é o maior criador de casos da história política pernambucana. Ele e o zé contra-rampa, o mitômano, são perfeitamente idênticos, pois no início do seu desgoverno as polícias civil e militar trocaram balas em frente ao Palácio das Princesas. Tiros até umas horas, mas por frouxura, ficou o dito pelo não dito. Ao que parece, no também desgoverno do zé contra-rampa, o mitômano, também houve esse lance de bang-bang.

  14. seg, 30/08/2010 - 12:38
    carlos quintela

    Jarbas, Maciel e Jungmann são a vanguarda do atrazo.

    • seg, 30/08/2010 - 13:28
      Sagarana

      Assim como Lula é um demokrata.

      • seg, 30/08/2010 - 21:14
        Helcid

        … e não é mesmo ? Poxa, mandou bem, trollzinho !!

      • seg, 30/08/2010 - 21:21
        Leider_Lincoln

        Eu adoro o rancor dos derrotados pela história, dos que estão em vias de terem a própria vileza massacrada!

      • ter, 31/08/2010 - 0:57
        Renato Lira

        Não, Sagarana.

        Demokratas são Bornhausen, Bolsonaro, Agripino, Marinho, Civita, Frias, TFP, Opus Dei,Coturno Noturno, Nazifascistas separatistas do sul, essa turma que tá com Serra, ou seja, sua turma também.

        Só gente que preza delas liberdades democráticas, não é mesmo, Saga?

    • seg, 30/08/2010 - 18:57
      Orsola Ronzoni

      E a vanguarda do progresso é Sarney no Maranhão, Collor e Renan Calheiros nas Alagoas, Jáder Barbalho no Pará, Romero Jucá em Roraima, etc. Vanguarda dos estados crescem no Brasil e com o melhor IDH. (LOL)

      • seg, 30/08/2010 - 20:33
        Alex Gonçalves

        É verdade. Collors, Sarneys, ACMs, todos proprietários de afiliadas da grande democrática rede Globo – que os sustentam e apoiam – sempre serão a 'vanguada do progresso'. plim-plim!

      • seg, 30/08/2010 - 21:01
        Orsola Ronzoni

        E hoje os seus principais sustentáculos e apoiadores são o PT e o grande líder Lulla da Silva

      • seg, 30/08/2010 - 22:59
        Alex Gonçalves

        Putzgrila. Quem bota os Sarneys, Collors e ACMs da vida de volta no congresso são os eleitores. Quem você acha que conta mais pra isso? O PT ou a Globo?

      • ter, 31/08/2010 - 13:07
        Orsola Ronzoni

        Eu acho que a Globo (sic). Por isso ela vai eleger o Serra, e todos os candidatos demo-tucanos. A figura do Lulla-lelé é o que menos conta, né não?

      • ter, 31/08/2010 - 19:01
        Alex Gonçalves

        Sarneys, ACMs e Collors existem muito antes do PT chegar à presidência. Collors desde sempre. ACM ministro de Sarney trabalhou unha e carne com a Globo. Sarney cumpriu o sonho de ver sua afiliada mudar pra Globo durante seu mandato.

        O poder que eles e outros têm desde sempre é que obriga governos a fazerem alianças. Esse poder se deve em grande parte graças a quem? Plim – plim!

      • qua, 01/09/2010 - 21:36
        Renato Lira

        Será que é o Lula que é "lelé", ou quem fala um monte de baboseira, pois tem o cérebro lobotomizado pela mídia demotucana ?

        A globo quer eleger o Serra, nem que seja no tapetão, pois vai levar uma surra na urna (quero ver ter coragem). Aliás o clã ACM é Serra desde criancinha.

        Ainda bem que sobrou só uns 4 por cento de lobotomizados. De LELÉS.

        Cê tá num grupo bem restrito, viu, Orsola.

  15. seg, 30/08/2010 - 12:27
    João Sales

    Nem sei qual é a estatura do Raul Jungman, mas pela estatura política dá para taxá-lo de bosquímano. Não que os outros sejam muito maiores. Todos desaparecerão sem deixar rastros.

  16. seg, 30/08/2010 - 11:54
    Hugo

    Não sei o que Armando Monteiro tá fazendo junto ao PT, se é que ainda resta ideologia partidária no Brasil

    • ter, 31/08/2010 - 1:00
      Renato Lira

      Claro que há.

      O PT, apesar das alianças, tem eleitores fiéis e ideológicos.

      Por isso é o maior partido em militantes e preferência.

      Basta deixar os subterfúgios e preconceitos para admitir.

  17. seg, 30/08/2010 - 11:53
    Marcos Batista

    Jugmann vai desaparecer como Roberto Freire que teve de migrar para São Paulo, pois em Recife não é eleito nem como sindico de prédio! Maciel fala de um elenco de obras e não cita nenhuma!!! Tenho 38 anos e não lembro de nenhuma grande obra estruturadora do senhor Maciel. Ele junto com os outros demos de Pernambuco sabotaram o projeto da refinaria durante o governo FHC, quando Miguel Arraes era governado dor do estado.

    • seg, 30/08/2010 - 12:59
      beattrice

      Em SP não cabe mais nenhum reacionário, já estamos inclusive nos desfazendo da nossa cota autóctone mandando ALCKMIN fazer estágio com o OPUS DEI na Espanha a partir de 3 de outubro.
      VOU COM MERCADANTE.

  18. seg, 30/08/2010 - 11:49
    pedrogermanoleal

    A direitada e a imprensa marrom não perdem por esperar: saindo da presidência Lula vai engrossar o caldo e quebrar geral – tudo o que teve que engolir vai ser respondido a altura.

  19. seg, 30/08/2010 - 11:44
    Marcelinho

    Jugmann será um menorzinho abandonado depois das eleições. hahahaha

  20. seg, 30/08/2010 - 11:41
    Pedro

    Interessante o MM, diz que o que fez não aparece. Então, ou enterrou fios, ou esgotou o sanitário.

  21. seg, 30/08/2010 - 11:28
    Haroldo Cantanhede

    O senhor Jarbas Vascocncelos é o boneco de ventríloquo de Marco Maciel e isto há anos. Ou seja, diz que está no PMDB mas na verdade serve ao PFL. E o outro, o do INCRA, esse todo mundo sabe quem é; a resposta lhes virá nas urnas. O povo quer extirpar este tumor que é a nossa direita egoísta e empedernida.

  22. seg, 30/08/2010 - 11:04
    marcelo

    não se pode esquecer que foi Marco Maciel que colocou o Brindeiro (o engavetador geral da república) como procurador geral da república.

  23. seg, 30/08/2010 - 11:01
    Flavio Lima

    Menorzinho foi na mosca.
    Agora sera o menorzinho.
    Mas por pouco tempo, loguinho vai sumir da Politica.

  24. seg, 30/08/2010 - 10:59
    william porto

    Esse pessoal da direita de Pernambuco já estão derrotados, o magrão office boy da ditadura ainda está com alguns pontos na frente mas está caindo, vai perder, e o outro candidado ao senado, o bufão menorzinho e4sse já sifu. Jarbas vai perder por dois milhões de votos, se chegar a 20% é muito. Será a maiou lavagem da hiistória política de Pernambuco.

    • seg, 30/08/2010 - 12:05
      Lalves

      No HE, o que se diz o Marco de Pernambuco, esquece o passado, começa sua biografia em 1985. Esquece que foi governador biônico, que serviu a ditadura e que é filho puro sangue da ARENA.

  25. seg, 30/08/2010 - 10:57
    juarez da silva ac

    Ninguém vai lembrar do "Engavetador Geral da República"? Primo do Maciel.

  26. seg, 30/08/2010 - 10:45
    Julio Montenegro

    Pelo que ouvi em rodas (ôpa!) cultivadas, pra não falar nas capas bicho papão da veja nem das editadas (por quem?) matérias do jornal (anti)nacional, tudo que o Lula esculhambar esses filhos da… ELITE, esses cães de guarda do brasilcolonial, é… pouco.

  27. seg, 30/08/2010 - 10:30
    Laércio Nunes

    Durante 8 anos a oposição quis esmagar o governo, mas, quem vai esmagar a oposição é o povo, e com o voto.

  28. seg, 30/08/2010 - 10:21
    Carlos

    Empresa de informática "IT – Tecnologia Internacional" ainda existe?
    Pessoa que aparecia/aparece como dono era/é isso mesmo (dono) ou apenas 'laranja" de importante político do PFL pernambucano?

    • seg, 30/08/2010 - 11:39
      Pedro

      A IT, como todas do gênero, "faliram". Aliás, está na hora de o Brasil rever essa questão da falência, pois, enquanto as empresas "falirem" e seus controladores enriquecerem no processo, as coisas não melhorarão.

  29. seg, 30/08/2010 - 10:18
    Pedro

    Todos os impérios ruiram, é o que esta acontecendo no Brasil, o império dessa corja que se diz oposição, que protegidos pela mídia podre e canalha sempre trabalharam contra os brasileiros esta com os dias contados. Acredito que a união dos blogueiros decentes e patriotas irá desmascarar qqer tentativa da mídia criminosa em espalhar mentiras. Precisamos de uma oposição com cérebro, consequentemente, com capacidade, inteligência e ligada nas mudanças globais. Essa " oposição" representada por imbecis do tipo Serra, Quércia, Alckimin, Kassab etc.. que se escondem atrás de qqer sigla ( PSDB,DEM,etc..) são , com algumas ( raridades) um bando de canalhas comprados pela "elite" e protegidos pela mídia mafiosa que tem como objetivo "tocar" esse país de acordo com seus interesses. Leiam o livro do ALOYSIO BIONDI – O BRASIL PRIVATIZADO e, terão uma idéia do que vai acontecer se eles chegarem ao poder..

  30. seg, 30/08/2010 - 10:07
    Filipe Rodrigues

    Que papelão do PT, apoiando uma pessoa contrária a redução da carga horária de 44 para 40 horas (Armando Monteiro Neto (PTB)). Francamente, se for para votar em alguém da direita em Pernambuco, prefiro o Marco Maciel.

  31. seg, 30/08/2010 - 10:00
    Luis

    Como esse Lula é mau! O PIG bate nele e ele reage.

  32. seg, 30/08/2010 - 9:59
    Luis

    Esse "magro" Maciel já embromou tempo demais não é? Chega a ser preguiça mental lembrar desse cara em uma eleição séria e se esquecer do quanto ele carrega de passado, uma afronta ao novo milênio!

  33. seg, 30/08/2010 - 9:56
    Ronaldo

    Engraçado…..

    O senhor Jarbas Vasconcelos tinha por hábito chamar Marco Maciel de gogó de sola e os demais inimigos políticos (hoje, amigos) de filhotes da ditadura.

    Marco Maciel (também conhecido como Marco Zero):
    “…Tenho um elenco de obras que nós realizamos na vice-presidência da República, que talvez alguns não conheçam e por isso fazem essas acusações”,

    Que obras? Onde estão? Mostre?

    Quanto ao menorzinho….Deixa prá lá, não vale a pena.

  34. seg, 30/08/2010 - 9:51
    Remindo Sauim

    A oposição que esmagou a si mesmo
    Cedendo a mídia a função de fustigar sem tréguas o governo Lula, a oposição acabou virando reboque e como tal se comportou nos últimos 8 anos. Acreditou que a população iria se influenciar pelas manchetes forçadas e colunas mentirosas que atacaram o governo Lula durante todo seu mandato. Assustados com a perda de sua função tentam creditar ao governo uma ação que eles mesmo patrocinaram.

  35. seg, 30/08/2010 - 9:38
    dukrai

    Pernambuco me enche de orgulho, mesmo sendo mineiro rs

  36. seg, 30/08/2010 - 9:37
    Ivonete

    O menorzinho que fez campanha suja para que o governo não protegesse a caderneta de poupança dos mais pobres. O menorzinho que apoio o golpe de Estado em Honduras.

  37. seg, 30/08/2010 - 8:44
    Klaus

    Basicamente, qual a diferença entre Marco Marciel e José Sarney?

  38. seg, 30/08/2010 - 8:43
    Aristides Marcionilç

    A Dondoca ai (Cantanhede) diz que os Blogueiros são cães raivosos da Internet! Este pessoal da "Massa cheirosa" tem que reconheceram e já viram que somos uma raça unida e que eles não mais passarão. Estamos atentos!

  39. seg, 30/08/2010 - 8:40
    Randolfo Meneguel

    Vejam ai o trio: Jarbas, Jungman e Marco Maciel. Estão fadados a serem parceiros no joquinho de Canastra a "leite de pato" la na Caverna do Ostracismo em Higienópolis com o Farol (de pijama listrado e chinelão de dedo). Esperem para ver!

  40. seg, 30/08/2010 - 8:32
    Jairo_Beraldo

    Conforme artigo publicado anteriormente, também penso que Lula está exagerando um pouco nas críticas. Mas depois, pensando bem, Lula passou 8 anos tomando "porrada" literalmente destes senhores e de seus interlocutores, o PIG. Chumbo trocado não dói. Ou dói, quando é com a verddae?

  41. seg, 30/08/2010 - 8:31
    Ronaldo Caetano

    Só não gostei que Lula não fustigou, diretamente, o anão político Sérgio Guerra…

    Um zero à esquerda, um coronel travestido de democrata que está rebolando para eleger-se, pasmem, deputado federal. Nacionalmente posa de tucano convicto, regionalmente esconde que apoia Serra.

    Merece queimar, ad eternum, no fogo do inferno.

  42. seg, 30/08/2010 - 7:59
    Gerson Carneiro

    "Menorzinho", eu pensei que o Lula se referia ao ACM Neto. Aquele que disse uma vez que seria "capaz de dar uma surra no Presidente Lula". Com o devido perdão pelo trocadilho, digo que: Lula derruba o ACM Neto com um dedinho.

    • seg, 30/08/2010 - 11:37
      Suzy

      O apelido do ACM Neto é "lenhador de bonsais".

      • seg, 30/08/2010 - 13:05
        beattrice

        A inteligência do baiano é maravilhosa.

      • seg, 30/08/2010 - 21:17
        Helcid

        … ué, eu achava que era "alpinista de meio-fio", "piloto de autorama", "salva-vidas de aquário", "engenheiro de maquete", "pouca-sombra"… mas esse aí é novidade pra mim, Suzy !! kkkkk !

      • seg, 30/08/2010 - 21:32
        Maria Thereza

        Suzy, não sabia disso, mas adorei!! Apelido perfeito. Aliás, anda sumidinho, né? O que o povo baiano vai fazer com ele?

      • qua, 01/09/2010 - 8:55
        Gerson Carneiro

        Não dá nem pra fazer chaveiro. Na Bahia já temos muita bugiganga.

  43. seg, 30/08/2010 - 7:31
    eroni spinato

    A vingança é um prato que se aprecia quente, frio, morno, resfriado, bem passado, no ponto, mal passado….hehehe…Adeus oposição tacanha…

  44. seg, 30/08/2010 - 7:10
    Antonio Lyra Filho

    Raul Jungmann caminha para ser outro cadáver político a exemplo de Roberto Freire.

  45. seg, 30/08/2010 - 6:28
    alexandre

    Menorzinho pegou. o novo nome desse pária agora é esse; "menorzinho". Pena que ele vai desaparecer e a gente nem vai poder usar o apelido direito.

  46. seg, 30/08/2010 - 4:47
    Felipe

    Está tudo bem, a direita acusando o pt de quebra de sigilo… e os 4 milhões que sumiu? Sumiu da pauto jornalística tb?

  47. lula é um sarrista.

    ..

  48. seg, 30/08/2010 - 2:08
    ZePovinho

    http://www.mp.go.gov.br/portalweb/conteudo.jsp?pa

    Receita apurou suposta "venda de legislação"

    DA SUCURSAL DE BRASÍLIA

    Em 2003, a Corregedoria-Geral da Receita iniciou investigação para apurar suposta "venda de legislação" no fisco na gestão de Everardo Maciel (1995 a 2002).
    Os dois principais alvos da corregedoria eram assessores diretos e homens de confiança de Everardo, Sandro Martins e Paulo Baltazar Carneiro. Martins também foi assessor especial do sucessor de Everardo, o ex-secretário Jorge Rachid.
    Os dois mantinham uma consultoria tributária, chamada Martins Carneiro. Eram conhecidos como "anfíbios" -ora trabalhavam na Receita, ora na iniciativa privada, contra o fisco.
    Pelo menos quatro grandes empresas foram beneficiadas pela atuação da dupla: a construtora OAS, a Eximbiz Comércio Internacional, a Fiat e o McDonald's.
    A Martins Carneiro recebia os pagamentos sempre após a Receita editar normas tributárias benéficas para os clientes da consultoria.
    No ano passado, o ministro Guido Mantega (Fazenda) demitiu Martins e converteu a exoneração de Carneiro, então aposentado, em destituição (não poderá mais atuar no serviço público).
    O ministro entendeu que os servidores enriqueceram ilegalmente utilizando informações privilegiadas e estratégicas de seus cargos contra a própria Fazenda Nacional.
    Poucos meses após a demissão dos dois servidores, o ministro decidiu exonerar Rachid da Receita.

    Fonte: Folha de S. Paulo – 15/11/2009

  49. seg, 30/08/2010 - 2:06
    ZePovinho

    O senador Marco Maciel ainda deve explicações sobre a instalação no Brasil de um sistema tributário massivamente regressivo.Ao nomear Everardo Maciel(seu primo) para a Receita Federal,tornou-e muito suspeita a massiva folhagem de isenções fiscais para bancos e empresas depois disso.
    Sabemos que Jorge Bornhausen(DEM-SC) é de família de banqueiros.Marco Maciel também é do DEM.
    Depois,supostamente,apareceram denúncias de venda de legislação tributária nesse período.Legislação tributária feita na medida para retirar impostos de patrimônio,renda e aplicações de capital:
    http://www.mp.go.gov.br/portalweb/conteudo.jsp?pa

    15/11/2009 – Dinheiro – Ex-secretário Everardo nega acusações e vê erro jurídico

    O ex-secretário da Receita Federal Everardo Maciel apresenta uma série de argumentos para afirmar que a decisão da Procuradoria Geral da República, de determinar a continuidade da investigação contra ele, é um erro jurídico.
    Já a fabricante de bebidas AmBev diz que as mudanças no recolhimento de PIS e Cofins promovidas pela Receita tiveram o mérito de coibir a sonegação e, por consequência, aumentar a arrecadação dos tributos em todo o setor.
    Everardo lembra que o mesmo objeto do procedimento do Ministério Público, o suposto favorecimento à AmBev, foi abordado em caráter administrativo pelo Ministério da Fazenda, ao qual a Receita está subordinada.
    No ano passado, o então procurador-geral da Fazenda Nacional, Luís Inácio Adams (hoje advogado-geral da União), entendeu que não havia nada contra Everardo nem contra seu sucessor no fisco, o ex-secretário Jorge Rachid. Adams recomendou que o caso fosse encerrado, o que o ministro Guido Mantega, da Fazenda, acatou.
    "Se não existe matéria administrativa, como pode haver representação criminal, que é muito mais grave, exige provas?", questionou Everardo.
    Ele destacou que o procedimento do Ministério Público foi instaurado a partir de um termo de constatação da Corregedoria-Geral da Receita, não de um inquérito policial.
    "O juiz julgou que era uma constatação de um inquérito. Ele não sabia que já foi concluído [na esfera administrativa] e que não tinha mais acontecido aquela coisa. E tomou a decisão, que eu entendo, com o devido respeito, errada", disse.
    "Tanto não havia [elementos contra ele] que mandaram fazer nova investigação", completou o ex-secretário.
    Everardo ressaltou também que o presidente da 2ª Câmara de Coordenação e Revisão em Matéria Criminal, o sub-procurador-geral da República, Wagner Gonçalves, votou pelo arquivamento do caso, mas foi vencido pelos demais membros da câmara.
    Everardo diz também que obteve vitórias em todas as ações das quais foi alvo movidas pelo Ministério Público Federal no caso da suposta "venda de legislação". Nenhum dos processos até aqui, contudo, transitou em julgado.
    A reportagem não conseguiu entrar em contato com o ex-secretário Jorge Rachid, atualmente em Washington como adido tributário.
    Por meio de sua assessoria, a AmBev informou que em 2004 passou a recolher 120% a mais de PIS e Cofins do que em 2002. Entretanto, os especialistas no setor destacaram que os concorrentes da cervejaria teriam um aumento ainda maior no recolhimento dos tributos.
    De acordo com a cervejaria, as medidas da Receita foram mais duras contra os fabricantes de bebidas que sonegavam impostos. Por esse motivo, ressaltou sua assessoria, os analistas especializados no setor disseram que a AmBev teria sido beneficiada.
    Sobre Everardo Maciel, a AmBev informou que só o contratou após seu período de quarentena, cumprido depois de ter deixado o fisco.
    Quanto à cláusula de remuneração variável do ex-secretário, a AmBev deu a mesma resposta de Everardo, de que se tratava de um contrato privado entre as partes.

    Receita apurou suposta "venda de legislação"

    DA SUCURSAL DE BRASÍLIA

    ……………………………………………………………………………..

  50. seg, 30/08/2010 - 1:31
    SérgioFerraz

    Para quem não sabe perder uma eleição com dignidade, sem ficar planejando golpes, "menorzinho" é pouco.

  51. seg, 30/08/2010 - 1:18
    Eugênio

    Esquenta não, e nem devemos ter o mínimo de misericórdia e compaixão com esta "galera" não. TODO castigo é POUCO para esta turminha, recordo que Marco Maciel está a 43 anos no poder, é o coroné-mor do BRASIL.

    Lembremos da reportagem do Cidadania "A vingança de Luis Inácio" (para mim, é a reportagem do ANO). http://www.blogcidadania.com.br/2010/08/a-vinganc

    Na foto, quem ri NÃO é Luis Inácio LULA da Silva, é Miguel Arraes de Alencar.

    Jarbas Vasconcelos e a Direitona Entreguista de Pernambuco tem uma conta para acertar com o maior estadista pernambucano/cearense de TODOS os tempos: Doutor Miguel Arraes.

    Eduardo Campos é neto e herdeiro político de Miguel Arraes… Dudu vai cobrar a conta. Dudu vai mandar de volta "o cipó de arueira no lombo de quem mandou dar".

    Dilma e Dutra lembram perda de Miguel Arraes no Twitter
    13 de agosto de 2010 http://noticias.terra.com.br/eleicoes/2010/notici

    E o próximo que vai vingar o avô é Carlos Daudt Brizola, o Carlito, o Brizola Neto.

  52. seg, 30/08/2010 - 0:44
    Polengo

    O mundo dá voltas.

  53. seg, 30/08/2010 - 0:43
    Ed.

    Esse pessoal está perdendo o rumo…
    Preparem-se, pois vem coisa por aí…

  54. seg, 30/08/2010 - 0:19
    nelsão

    O senador Marco Maciel, de perfil, parece um palito de fósforo queimado. Lembro-me de ele ter escrito que a sociedade Brasileira tem uma grande dívida com os negros, indios e pobres. E ele quando era govêrno o que fez? Ficava só indicando amigos para cargos no govêrno do FHC.
    He,he,he…

  55. seg, 30/08/2010 - 0:07
    Josnei Di Carlo

    No Brasil, a direita é marcada pelo golpismo. Fora do poder, o PSDB se tornou um representante autêntico da direita tupiniquim, golpista. Oposição golpista não aperfeiçoa a democracia, apenas ameaça a democracia. Quando alguém me fala de oposição, pergunto: “Qual oposição?”.

  56. seg, 30/08/2010 - 0:05
    Leonardo

    Menorzinho é sacanagem… mas ele merece!

    • seg, 30/08/2010 - 8:27
      Jairo_Beraldo

      Diante da pequenêz de Jungmann, Lula foi muito polido. O atrevimento dele em passar por cima do executivo na questão de Honduras, o arrastará para sua merecida aposentadoria.

    • seg, 30/08/2010 - 8:35
      Armando P. Silva Jr.

      Se ainda fosse tampinha, tudo bem.
      Mas, menorzinho é sacanagem.

  57. seg, 30/08/2010 - 0:00
    Urbano

    Aqueles outros três eram infinitamente mais inteligentes, inofensivos e divertidos… Os três também eram com "P" grande.

  58. dom, 29/08/2010 - 23:58
    Daniel Alves

    Esse Lula é terrível!

  59. dom, 29/08/2010 - 23:52
    pedro - bahia

    Nenhuma das falas do Presidente Lula se compara as ameaças que recebeu da oposição em tempos recentes. Por exemplo: a) Quanto o deputado baiano ACM Neto ameaçou bater em Lula. b)Quando o então senador Bornhausen ameaçou extingir a raça do PT no Brasil. c) Quando a tendenciosa revista Veja em total desrespeito à instituição, estampou uma foto do Presidente Lula supostamente recebendo uma pezada no traseiro. Isso so para citar algumas.
    O que acontece no momento e euforia de campanha e eu, particularmente, não vi nenhuma ofensa moral aos políticos pernambucamos.
    Vejo sim, outro desreipeito por parte da mídia, quando o âncora da Globo (JG) William WAak manda a candidata Dilma calar a boca num momento em que ela era entrevistada.

    • seg, 30/08/2010 - 19:45
      Odete

      É verdade. Mesmo porque é campanha. Em campanha estas coisas são normais. Lula está apenas colocando os pingos nos iiiis.

    • seg, 30/08/2010 - 21:41
      Maria Thereza

      Apoiado. Lula passou 8 anos engolindo sapo e sendo achincalhado por essa imprensa menor. Oposição é uma coisa. É saudável e bem-vinda, mas esse jogo ofensivo, anti – patriótico, tentando dia e noite, desmoralizar o governo e a figura do presidente não merece ser chamado de oposição. A mim, eles ficaram desesperados porque, depois de 500 anos, alguns tiveram até que tirar carteira de motorista e eles não aguentam ficar longe do poder, pois são iluminados e predestinados… Só temos que esperar mais 33 dias, para eles se acostumarem com a idéia da alternância de poder (eles não adoram isso, agora?).

  60. dom, 29/08/2010 - 23:46
    Renato Lira

    "Menorzinho"…

    rararara…

    Gostei dessa.

    Jungmann é mesmo uma figura menor.

  61. dom, 29/08/2010 - 23:41
    Uélintom

    Jarbas é um zero à esquerda, e se sente um Jaba (do Star Wars). Marco Maciel, o que dizer dele?… lembra daquele símbolo que aprendemos em matemática, o do "conjunto vazio"? É o próprio. E Jungmann, coitadinho, deveria ficar feliz de ser lembrado pelo presidente Lula, mesmo como um "menorzinho". Como alguém que lambe as botas dos paulistas do PSDB quer ser lembrado? Ele deveria dizer: "obrigado, sr. Presidente".

    Minha nossa. É assustador ver que tipo de oposição vai existir nos próximos anos. Não precisam ser raivosos e ameaçar a democracia, como Serra vem fazendo à portas fechadas com generais de pijama. Mas tem que ter cérebro, senão, não dá.

  62. dom, 29/08/2010 - 23:39
    Dilson

    Raul Jungmann, rumo ao ostracismo.

Comentar