VIOMUNDO
O VIOMUNDO só é possível também através de anunciantes, e detectamos que você utiliza um AdBlock, bloqueador de anúncios.
Por favor considere ajudar o VIOMUNDO desativando o bloqueador para este site.
Cartas de Minas
Cartas de Minas

Jeferson Miola: Globo é incompatível com ideal de Nação democrática; seu negócio é continuar o golpe

20 de maio de 2017 às 01h23


A Globo é incompatível com um ideal de Nação democrática

Jeferson Miola, no Facebook

O Jornal Nacional e a Globo News demoliram Temer, que é um cadáver em estágio terminal na UTI.

Mas a guerra da Globo é contra os subalternos: eleição indireta + continuação das reformas selvagens + destruição do Lula em seguida.

O negócio deles é a continuidade do golpe.

É guerra!!

As armas são conhecidas: os canalhas que deram o golpe, desmascarados como líderes de quadrilha, possuem contra si filmagens, números de contas bancárias, gravações escatológicas, malas de dinheiros, paraísos fiscais, mesadas, roteiros rastreados etc.

Tentam contrabalançar a podridão dos seus com falsidades a respeito das campanhas de Lula e Dilma, porém não apresentam um — um único comprovante, mesmo que microscópico, documento.

Para continuarem o golpe, precisam desesperadamente tirar Lula do caminho.

Por isso a Globo já enterrou o Temer, e rapidamente assumiu o combate frontal contra o campo progressista, democrático e popular.

Por isso é guerra!

Ou o Brasil ou a Globo vence esta guerra. A Globo é incompatível com um ideal de Nação, menos ainda uma Nação democrática.

Leia também: 

Depois de observar a Globo, Rodrigo Vianna lança a campanha Fica Temer!

 

Nenhum Comentário escrever comentário »

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Deixe uma resposta