VIOMUNDO
O VIOMUNDO só é possível também através de anunciantes, e detectamos que você utiliza um AdBlock, bloqueador de anúncios.
Por favor considere ajudar o VIOMUNDO desativando o bloqueador para este site.

Coletivo de advogados denuncia O Globo: “Alienação, sonegação, ditaduras”

24 de janeiro de 2016 às 12h59

Captura de Tela 2016-01-24 às 12.55.04

É provável que a falta de costume em ter demandas rejeitadas em tribunais superiores haja levado os advogados a carregar nas tintas ao denunciar a Lava-Jato como uma espécie de “inquisição”, e tachá-la de um “justiçamento, como não se via nem mesmo na ápoca da ditadura”. Editorial de O Globo sobre manifesto de advogados que denunciaram a Lava Jato

Da página do Coletivo de Advogados do RJ

A pedido do CDA-RJ o cartunista Vini produziu essa charge. Ela representa o sentimento do Coletivo e dos Advogados de um modo geral:

O de que a advocacia foi afrontada por um jornalista e, sobretudo, pelo editorial do “jornal” O Globo.

Este amontoado de papel impresso faz um desserviço à população quando acusa a advocacia levianamente. Sem o árduo trabalho da advocacia ainda teríamos um país antidemocrático e muito mais desigual.

Nossa resposta é contundente, porque não aceitamos — e temos certeza que a sociedade brasileira também não aceita — um ataque infundado sobre uma das profissões que mais se organiza para defender os interesses da sociedade civil.

A advocacia não é profissão para covardes. O jornalismo também não é.

Repudiamos a charge do “Chico”.

Veja também:

A íntegra da carta aberta dos advogados

O livro da blogosfera em defesa da democracia - Golpe 16

Golpe 16 é a versão da blogosfera de uma história de ruptura democrática que ainda está em curso. É um livro feito a quente, mas imprescindível para entender o atual momento político brasileiro

Organizado por Renato Rovai, o livro oferece textos de Adriana Delorenzo, Altamiro Borges, Beatriz Barbosa, Conceição Oliveira, Cynara Menezes, Dennis de Oliveira, Eduardo Guimarães, Fernando Brito, Gilberto Maringoni, Glauco Faria, Ivana Bentes, Lola Aronovich, Luiz Carlos Azenha, Maíra Streit, Marco Aurélio Weissheimer, Miguel do Rosário, Paulo Henrique Amorim, Paulo Nogueira, Paulo Salvador, Renata Mielli, Rodrigo Vianna, Sérgio Amadeu da Silveira e Tarso Cabral Violin. Com prefácio de Luiz Inácio Lula de Silva e entrevista de Dilma Rousseff.

Compre agora online e receba na sua casa!

 

5 Comentários escrever comentário »

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

FrancoAtirador

24/01/2016 - 18h48

.
.
Estranho é que Todos os Tribunais, mesmo Superiores,
.
possuem Advogados de Carreira na Composição Plena.
.
Por exemplo, o Presidente e a Vice-Presidente do STF.
.
(http://www.conjur.com.br/2016-jan-24/supremo-trf-apontam-18-erros-moro-lava-jato)
.
.

Responder

    FrancoAtirador

    24/01/2016 - 18h55

    .
    .
    De certo, a Mídia Jabáculê Nazi-Fascista
    .
    deseja que houvesse apenas Promotores
    .
    de Acusação no Sistema Judiciário do Brasil.
    .
    .

gsdanilo

24/01/2016 - 15h57

Uma amostra da coragem dos advogados seria enfrentar a Globo nos Tribunais exigindo retratação e indenizações, ato que até agora não vi por parte da OAB, apenas com a resposta covarde de uma charge não vai mudar nada.

Responder

Hugo Santana

24/01/2016 - 15h46

Concordo e assino em em baixo. Advocacia não é para covardes, assim como jornalista não é para publicar reportagem leviana e afrontar a moral e a dignidade do cidadão sem provas. É o que vem acontecendo com a imprensa e com alguns meios de comunicação televisiva. A globo manipula as informações e deseduca as pessoas assim como,foi cumplicie do regime militar, que transformou o pais em uma ditadura por mais de 20 anos portanto, não tem moral para atacar nenhum cidadão trabalhador do Brasil.

Responder

Deixe uma resposta