VIOMUNDO

Brasileiros em Paris contra o golpe; veja o manifesto

30 de março de 2016 às 13h31

Brasileiros em Paris

Brasileiros residentes em Paris preparam novo ato pró-democracia

Movimento Democrático 18 de Março (MD18), via Valéria

Um grupo de brasileiros residentes na França vai se reunir na próxima quinta-feira, dia 31 de março, a partir de 16h horas, na Place de La Republique, no centro da cidade, em um ato pró-democracia. É a terceira manifestação do grupo, batizado de Movimento Democrático 18 de Março (MD18), em referência ao dia do primeiro ato, coincidentemente aniversário da revolta popular que culminou na Comuna de Paris, em 1871.

A primeira manifestação, coordenada por estudantes de Doutorado, aconteceu em frente ao consulado brasileiro e reuniu cerca de 100 pessoas, que protestaram espontaneamente contra “a manipulação midiática e o golpe de estado em andamento no Brasil, com o processo de impeachment da presidenta Dilma Rousseff”.

A segunda manifestação ocorreu no dia 25, na Place de la République e contou com aproximadamente 150 pessoas, entre estudantes, artistas, intelectuais e profissionais liberais residentes em Paris e arredores.

O grupo lançou um manifesto em várias línguas (anexa a versão em português), um site (http://www.md18.org/) e tem trabalhado para informar a imprensa e a comunidade internacionais sobre a situação do Brasil, além de denunciar a parcialidade e a partidarização de parte da mídia brasileira.

O grupo também esteve à frente de um debate no dia 24 de março na École des Hautes Études en Sciences Sociales, que contou com a participação e o apoio do deputado Jean Wyllys (PSOL-RJ). Atualmente com cerca de 500 aderentes no Facebook, entre residentes na França e em outros países da Europa (Alemanha, Suécia, Itália, Portugal, Inglaterra), o MD18 se organiza para que seu próximo ato público coincida com as manifestações desta quinta-feira no Brasil e espera reunir um público ainda maior.

   MD18 MOVIMENTO DEMOCRATICO 18 DE MARCO com assinaturas.pdf by Conceição Lemes

 

Investigação VIOMUNDO

Estamos investigando a hipocrisia de deputados e senadores que dizem uma coisa ao condenar Dilma Rousseff ao impeachment mas fazem outra fora do Parlamento. Hipocrisia, sim, mas também maracutaias que deveriam fazer corar as esposas e filhos aos quais dedicaram seus votos. Muitos destes parlamentares obscuros controlam a mídia local ou regional contra qualquer tipo de investigação e estão fora do radar de jornalistas investigativos que trabalham nos grandes meios. Precisamos de sua ajuda para financiar esta investigação permanente e para manter um banco de dados digital que os eleitores poderão consultar já em 2016. Estamos recebendo dezenas de sugestões, links e documentos pelo [email protected]

R$0,00

% arrecadado

arrecadados da meta de
R$ 20.000,00

90 dias restantes

QUERO CONTRIBUIR
Nenhum Comentário escrever comentário »

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Deixe uma resposta