VIOMUNDO
O VIOMUNDO só é possível também através de anunciantes, e detectamos que você utiliza um AdBlock, bloqueador de anúncios.
Por favor considere ajudar o VIOMUNDO desativando o bloqueador para este site.

Sem licitação, Alckmin compra armas de destruição em massa

25 de agosto de 2013 às 18h06

denúncia feita pelo blog Amigos do Presidente Lula

Leia também:

NaMaria: Desde 2004, PSDB paulista gastou R$ 200 milhões com a mídia

Requião: Não me arrependo de ter extinto a publicidade oficial

Helena Chagas diz que governo desconcentra verbas publicitárias

16 - set 0

Duke: Convicções

No rumo que interessa ao dinheiro grosso

11 - set 0

Vitor Teixeira: Amor e ódio

Os patos

07 - set 0

Vitor Teixeira: A invasão

E precisa?

 

35 Comentários escrever comentário »

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Gerson Carneiro: Médico com cara de médico - Viomundo - O que você não vê na mídia

30/08/2013 - 23h00

[…] Sem licitação, Alckmin compra armas de destruição em massa […]

Responder

José BSB

26/08/2013 - 18h42

É por isso que a educação em sampa vai de mal a pior. É um mensalão com recibo sem domínio do fato.

Responder

Julio Silveira

26/08/2013 - 16h50

Realmente isso é tacanho, mas tenho certeza que não é uma pratica exclusiva tucana. Os governos estaduais e até o federal fazem o mesmo, como vemos em criticas ocasionais nesses espaços cívicos, tenho certeza. Se não dessa forma investindo fortemente nesses grupos. A diferença aí é o comprometimento, talvez ideológico, enquadramento contratual, talvez. Mas o certo é que dependendo do partido no poder fazem panfletagem politica a favor ou contra. Pode ser que um ou outro seja melhor ou pior, para garantir o Business.

Responder

M.Cruz

26/08/2013 - 15h42

Isto sem mencionar o aparelhamento tucano que o governo de SP promove na TV Cultura (uma concessão pública financiada com nossos impostos).
Além do TVfolha e espaços demais para o pessoal do PIG se manifestar, agora temos Augusto Nunes comandando o roda viva e comentando no jornal da cultura. É o fim da picada!

Responder

BEM

26/08/2013 - 14h54

O psdb usa isso há muito tempo para fazer lavagem celebral, vai ver que é por isso estão tanto tempo no governo de SP.

Responder

alício

26/08/2013 - 14h38

Queime e enterre qualquer exemplar da veja. Não vacile, seu filho pode se contaminar e ficar idiota ao ler veja, folha e estragão. Então, queime-as e enterrem-nas.

Responder

Edno Lima

26/08/2013 - 14h37

Ue, queriam licitação para compra de jornal e revista ????

Responder

nelton

26/08/2013 - 12h46

Entre-amigos. Isto é uma vergonha! Como diria um célebre sacana.

Responder

Regina Braga

26/08/2013 - 11h38

A óia é apenas um subproduto da destruição em massa…os demotucanos e seu xoque de jestão matam mais que o holocausto.

Responder

killimanjaro

26/08/2013 - 10h24

hauhauahuahauhauhauaha

Responder

Matheus

26/08/2013 - 09h23

Armas de destruição de cérebros em massa.

Responder

Mardones

26/08/2013 - 08h55

Dilma contrata médicos para pobres. Alckmin a Veja.

Responder

Gerson Carneiro

26/08/2013 - 08h33

É o núcleo publicitário do Propinoduto Tucano em ação.

Responder

Tomudjin

26/08/2013 - 07h52

Isso explica o silêncio sepulcral da imprensa “Chuíça”, no escândalo do metrô.

Responder

ma.rosa

26/08/2013 - 07h48

Agora descobri porque eles não me ligaram e nem mandaram mais cartas com propostas de assinatura das “obras editoriais”(kkkkk…risos)desta malfadada Abril! Estou com pena dos estudantes paulistas! Tomara que os professores façam bastante trabalhos de recortes de figuras com as revistas, pois ficar em exposição numa estante, todo o lixo da Abril, niguém merece!!!!!!!

Responder

Fernando Fidelis Vasconcelos

26/08/2013 - 01h47

E então, eleitores paulistas, vão continuar votando na manutenção do tucanoduto por mais vinte anos? O dinheiro é de vocês!!!

Responder

Apavorado por Vírus e Bactérias

25/08/2013 - 23h24

Ladrão que ajuda ladrão tem cem anos de perdão?
E além de tudo, o que vão fazer com a cabeça das criancinhas?
Já pensou, aquelas cabecinhas imaculadas lendo Reinaldo Azevedo e toda aquela porcaria?
Alckmin vai criar monstros com essa leitura torpe, sacana e muito cara.

Responder

robson

25/08/2013 - 23h17

A revista VEJA é um dos maiores males que podemos proporcionar para mentes em formação.
Pensei que drogas eram proibidas e agora estou notando o porquê de FHC ser a favor da liberação da maconha pois a VEJA (que é uma das drogas mais nocivas)foi liberada por que não a maconha?

Responder

carlos

25/08/2013 - 22h20

O MP nem se manifesta! INCRIVEL.

Responder

FrancoAtirador

25/08/2013 - 21h08

.
.
Os Tucanalhas têm razão quando dizem:

“+O Bolsa-FamíGlia é Cosa Nostra”.

Ô, Máfia, seu!
.
.

Responder

Sem licitação, Alckmin compra arm...

25/08/2013 - 21h01

[…] denúncia feita pelo blog Amigos do Presidente Lula Leia também: NaMaria: Desde 2004, PSDB paulista gastou R$ 200 milhões com a mídia Requião: Não me arrependo de ter extinto a publicidade oficial Helena Chagas diz que governo desconcentra verbas…  […]

Responder

José X.

25/08/2013 - 20h42

E aquele pessoal mau caráter do PIG ainda chama os “blogs sujos” de “chapa branca”.

Responder

kalifa

25/08/2013 - 19h44

Se chegar uma revista veja em suas mãos seja coerente jogue-a ao lixo sem abrir!

Responder

Marat

25/08/2013 - 19h39

Esse é um dos maiores cânceres do Brasil: A promiscuidade entre o PSDB e a impren$$$a… se isso gerasse somente alguns Thomas, tudo bem, mas gera monstros que destroem nosso país!

Responder

Seabra

25/08/2013 - 19h35

É mais um projeto tucanóide de nome bonitinho para melhorar a qualidade de vida de um punhado de sanguessugas de verbas públicas.

Responder

Ulisses

25/08/2013 - 19h29

Qual que é a imprensa CHAPA BRANCA mesmo?

Responder

Dinho

25/08/2013 - 19h23

Ave Maria! Os professores paulistas serão doutrinados pela Veja. Estamos f*.

Responder

Luciano

25/08/2013 - 18h59

Prestem atenção!

O Contrato fala de 5.200 assinaturas Semestrais no Valor de R$ 669.240,00.
Eu acessei o Site da Editora Abril para conferir os preços das Assinaturas. Na pesquisa não encontrei nenhum valor de assinatura semestral, então, a conta que eu me propus realizar foi baseada no valor da assinatura anual de R$ 437,10 (Caso seja pago a vista). Na conta, eu arredondei o valor para R$ 438,00.

Não sou muito bom em Matemática – se os meus cálculos estiverem errados, por favor, corrijam-me –, mas a minha conta ficou assim:

5.200 (quantidade de assinaturas) X R$ 438.00 (Valor da assinatura por 1 ano) = R$ 227.760.00.

Na conta do Geraldo Alckmin:

5.200 (quantidade de assinaturas) X R$ 1.287.00 (Valor pago por cada assinatura por seis meses) =R$ 669.240.00.

Você deve está se perguntando: De onde o Luciano tirou esse valor de R$ 1.287.00?

É Simples. Se o valor total do contrato que o Estado assinou com a Editora Abril foi de R$ 669.240.00, então, cada uma das 5.200 assinaturas saiu pelo valor de R$ 1.287.00.

Governador, se o valor de uma assinatura ANUAL sai por R$ 438.00, por qual motivo o seu Governo está pagando o valor de R$ 1.287,00 por uma assinatura SEMESTRAL ?

O Superfaturamento, como podemos notar, não se restringe apenas as obras do Metrô e da CPTM. E Talvez, o valor desse contrato com a Editora Abril seja o principal motivo para que a revista Veja até o presente momento não tenha escrito em suas páginas uma única linha a respeito do Propinoduto Tucano – o Trensalão do PSDB – e de todas as demais roubalheiras Tucana no Estado de São Paulo.

Responder

    Eduardo

    26/08/2013 - 11h50

    Desculpa, sua conta inicial falta um “zero”
    5.200 X 438 = 2.277.600 e não 227.760
    Att,

    Jorge

    26/08/2013 - 11h58

    Na verdade, sua conta ficou com uma casa decimal a mais. O preço real das armas de destruição em massa é de R$ 128,70 por assinatura.

Luís Carlos

25/08/2013 - 18h46

Eles são contra impostos, com exceção de quando esses impostos são usados para comprar seus jornais e revistas. Dinheiro jogado no lixo, literalmente.

Responder

jaime

25/08/2013 - 18h29

É o programa Bolsa Empresariado, destinado àqueles eficientes empreendedores da iniciativa privada que vivem falando mal do programa Bolsa Família.

Responder

Fabio Passos

25/08/2013 - 18h29

É fato. Alckmin compra drogas e distribui para as crianças.

Responder

Deixe uma resposta