VIOMUNDO
O VIOMUNDO só é possível também através de anunciantes, e detectamos que você utiliza um AdBlock, bloqueador de anúncios.
Por favor considere ajudar o VIOMUNDO desativando o bloqueador para este site.

Leandro Fortes: Faltou um Google à antenada blogueira cubana

19 de fevereiro de 2013 às 11h03

Só axé?

YOANI RELOADED

Por Leandro Fortes (CartaCapital)

Primeiro de tudo: foi um erro dos manifestantes baianos impedir a exibição do documentário, ou seja lá o que for aquilo, do tal cineasta de Jequié, Dado Galvão, em Feira de Santana. Não que eu ache que dessa película poderia vir alguma coisa que preste, mas porque praticar sua arte – seja genial, banal ou medíocre – é um direito inalienável de qualquer cidadão brasileiro.

Ao impedir o documentário, os manifestantes estão ajudando a consolidar a tese adotada pela mídia de que os que são contra a blogueira Yoani Sánchez são, apenas, a favor da ditadura cubana. Fortalece, pois, esse reducionismo barato ao qual a direita latinoamericana sempre lança mão para discutir as circunstâncias de Cuba.

Minha crítica aos manifestantes, contudo, se encerra por aqui.

De minha parte, acho ótimo que tenha gente disposta a se manifestar contra Yoani Sánchez, uma oportunista que transformou dissidência em marketing pessoal.  Não vi ainda nenhuma matéria que informe ao distinto público quem está pagando a turnê de Yoani por 12 (!) países – passagens aéreas, hospedagens, traslados, alimentação, lazer, banda larga e direito a dois acompanhantes, o marido e o filho.

Nem a Folha de S.Paulo, que até em batizado de boneca do PT pergunta quem pagou o vestido da Barbie, parece interessada nesse assunto.  E eu desconfio por quê.

Yoani Sánchez é a mais nova porta-bandeira da liberdade de expressão em nome das grandes corporações de mídia e do capital rentista internacional. É a direita com cara de santa, candidata a mártir da intolerância dos defensores da cruel ditadura cubana, a pobre coitada que tentou, vejam vocês, 20 vezes sair de Cuba para ganhar o mundo, mas só agora, que a lei de migração foi reformada na ilha, pode viver esse sonho dourado. Mas continuo intrigado. Quem está pagando?

A mídia brasileira, horrorizada com as manifestações antidemocráticas em Pernambuco e na Bahia, não gosta de lembrar que a atormentada blogueira morou na Suíça, apesar de ter tentado sair de Cuba vinte vezes, nos últimos cinco anos. Vinte vezes!

Façamos as contas: Yoani pediu para sair de Cuba, portanto, quatro vezes por ano, de 2006 para cá. Uma vez a cada três meses. Mas, antes, conseguiu ir MORAR na Suíça. Essa ditadura cubana é muito louca mesmo.

Mas, por que então a blogueira dissidente e perseguida abandonou a civilizada terra dos chocolates finos e paisagens lúdicas de vaquinhas malhadas pastando em colinas verdejantes? Fácil: nos Alpes suíços, Yoani Sánchez poderia blogar a vontade, denunciar a polícia secreta dos Castros e contar ao mundo como é difícil comprar papel higiênico de qualidade em Havana – mas de nada serviria a seus financiadores na mídia, seja a Sociedade Interamericana de Imprensa (SIP), que lhe paga uma mesada, ou o Instituto Millenium, no Brasil, que a tem como “especialista”.

Então, é preciso fazer Yoani Sánchez andar pelo mundo. Fazê-la a frágil peregrina da liberdade de expressão, curiosamente, financiada pelos oligopólios de mídia que representam, sobretudo na América Latina, a interdição das opiniões, quando não a manipulação grosseira, antidemocrática e criminosa da atividade jornalística, em todos os aspectos.

É preciso vendê-la como produto “pró-Cuba”, nem de direita, nem de esquerda – aliás, velha lenga-lenga mais que manjada de direitistas envergonhados. Pena Yoani ter se atrasado nessa missa: Gilberto Kassab, com o PSD, e Marina Silva, com a Rede (Globo?), já se apropriaram, por aqui, dessa fantasia não-tem-direita-nem-esquerda-depois-da-queda-do-muro-de-Berlim.

No mais, se a antenada blogueira cubana tivesse ao menos feito um Google antes de embarcar para o Brasil, iria descobrir:

1)   Dado Galvão, apesar de “colunista convidado” do Instituto Millenium, não é ninguém. Ela deveria ter colado em Arnaldo Jabor;

2)   Eduardo Suplicy é a Yoani do PT;

3)   Em Pernambuco não tem só frevo;

4)   E na Bahia não tem só axé.

Leia também:

As dúvidas sobre a blogueira cubana

Salim Lamrani bate papo com Yoani Sánchez em Havana

16 - set 0

Duke: Convicções

No rumo que interessa ao dinheiro grosso

11 - set 0

Vitor Teixeira: Amor e ódio

Os patos

07 - set 0

Vitor Teixeira: A invasão

E precisa?

 

95 Comentários escrever comentário »

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

PROF. ADRIANOV ZHUKOV

23/02/2013 - 19h07

DEFENDER AS CONQUISTAS SOCIAIS PARA A MAIORIA DE SUA POPULAÇÃO , BEM COMO, A GRANDE LUTA QUE FOI , É E ESTÁ SENDO A REVOLUÇÃO SOBERANA CUBANA , CONTINUA SENDO O DEVER DE TODO O CIDADÃO MARXISTA – LENINISTA DENTRO DA PERSPECTIVA HISTÓRICO-DIALÉTICO.

SÃO 187 PAÍSES QUE VOTAM HÁ 18 SESSÕES , CONTRA O FIM DESTE BLOQUEIO INFAME E INFANTIL DO MAIOR ESTADO TERRORISTA DO PLANETA, OS EUA / USA JUNTO COM SEU CÃO RAIVOSO E FASCISTA , ISRAEL….

A LUTA CONTINUA TCHÊ….NUNCA ABAIXAR A GUARDA….O PREÇO DA SOBERANIA E LIBERDADE COMO NAÇÃO É A ETERNA VIGILÂNCIA.

Responder

JC Tavares

20/02/2013 - 23h22

Fosse ela mensageira do governo cubano, e o imprensalão golpista a ignoraria, ninguém saberia que ela existia.

Responder

Jair de Souza

20/02/2013 - 18h04

Em lugar de perder tempo com a cibermercenária patrocinada pelo Instituto Millennium (no Brasil, pois no mundo os custos correm por conta da CIA e dos partidos de direita da Europa neocolonialista), recomendo que assistam ao documentário O Bloqueio, A guerra contra Cuba. Vale a pena conhecer algumas verdades sobre a “Ilha de Fidel”.
http://www.youtube.com/watch?v=kTKWT60LouI&list=UUBvZA4xUBwZoFUHo06S33lw&index=2

Responder

Valcir Barsanulfo

20/02/2013 - 18h03

Nunca ouvi essa blogueira cubaninha criticar o bloqueio e boicote contra sua pátria.
Vê-se claramente que ela é simplesmente mensageira do capital especulativo e do PIG.

Responder

Faltou um Google à antenada blogueira cubana

20/02/2013 - 17h28

[…] Viomundo EmailPrint Tags: Cuba, direita latinoamericana, Revolução Cubana, Yoani […]

Responder

Fabio Passos

20/02/2013 - 17h27

Ela negou que é agente da CIA.

Deve ser trabalho voluntário. rs

O PiG já não sabe o que fazer para atacar a esquerda. Não acerta uma.
O PiG virou motivo de chacota… mais uma vez.

Responder

henrique de oliveira

20/02/2013 - 14h33

Viva a Bahia (não a de Caetano e Magalhães)
Viva Pernambuco (não a dos Freires)

Responder

Adilson

20/02/2013 - 12h15

Quem assistiu ao programa Entre Aspas, dessa quarta-feira, na Globo News, pôde perceber que a
noite de ontem foi mais um daqueles dias em que “convidaram o cara errado”.

Breno Altman, do site Opera Mundi, tentou dar seu ponto de vista sobre o caso Yoni, mas era interpelado menos pelo outro convidado e muito mais pela apresentadora, que chegou a engasgar, quando ele, num ato de coragem, ousou questioná-la.

Disse ela, achando que passaria desapercebido: “Esses jovens da UJS, agiram, a gente sabe, sob orientação..”

Breno inclinou o corpo a frente da cadeira, a interrompeu na hora e mandou na lata: “De quem, Monica? Quem é que estaria por trás disso?

Monica refugou, engoliu a seco e desconversou…a partir dali ficou travada, tensa. Não está acostumada a ser questionada sobre esse tipo de suspeitas vagas, prática comum no jornalismo da empresa que trabalha.

É por isso que eu falo, de uma maneira geral, os jornalistas da Globo não resistiriam a dois minutos numa conversa séria. Estão acostumados com a “sombrinha e água fresca” de jogar coisas no ventilador a vontade e contar com o apoio quase canino de seus Magnolis, Romanos, DaMattas, Villas e outros colegas de afinidade intelectual.

Responder

Francisco

20/02/2013 - 06h58

Deram o Nobel para Solnitsen que só escreveu um livro de real interesse “Um dia na vida de Ivan Denissovitch”. Deram para ele um Nobel!

Coitado de Drummond, coitado de Erico Verissimo, coitado de jorge Amado, coitados…

Vão inventar um tipo de Nobel de “literatura” para blog… e dar a ela.

Dúvida?

PS. No mais, ela é bonita e por uma questão de principios e de baianidade, não queimo navios…

Responder

LEANDRO

20/02/2013 - 06h37

Adoro essa esquerda brasileira, enquanto estão discutindo sobre a blogueira cubana, as privatizações estão a todo vapor por aqui e nem um tópico sobre isso, como também não teve nada sobre a onda de violência em SC (se fosse em SP). Após aeroportos, agora virá a privatização dos portos.

Responder

    Willian

    20/02/2013 - 08h29

    Não são privatizações, são concessões. Privatização dá arrepios a esta gente.

    Julio Silveira

    20/02/2013 - 12h41

    Tenho que concordar com Vc. Essa nossa esquerda só confirma que é fascinada pela Globo, que criou essa blogueira artista para o Brasil. É mais uma invenção desse grupo criador de pop stars instantaneas, ou não, que estejam dispostas a lhes ajudar na manutenção suas posições. E para isso tem que se tornar ideológica, e atualmente de oposição. Bem aprendido dos seus inspiradores Yankes. E essa nossa “esquerda” sonegando coisas importantes para aparecer no carnaval e pegar uma beira nos 15 segundos de fama dessa artista menor.

    Zé das Couves

    20/02/2013 - 12h52

    Doação de patrimônio público não é privatização nem concessão.
    O nome disso é PRIVATARIA!

    Vlad

    20/02/2013 - 16h00

    Shhhhhhhhhhhh!!!!
    Quieto!!!!
    Ou apontaremos as “urgentes baterias antiaéreas” que os russos nos enviarão e pagaremos (eu e você e mais vocês) para que a JBS, maior doadora da campanha da Dilma, possa voltar a lucrar com as exportações.

João-PR

20/02/2013 - 01h32

Vejam quem é a mais nova “especialista” do Instituto Millenium:

http://www.imil.org.br/categoria/especialistas/

Ah, as fotos estão organizadas em ordem alfabética. Logo, o “Y” é a última foto.

Responder

    Fabio Passos

    20/02/2013 - 17h22

    “especialista” do instituto millenium. rsrs
    Será que o PiG achava mesmo que a blogueira teria credibilidade?

    Fabio Passos

    20/02/2013 - 18h21

    “especialistas” rsrs

    Esta lista é hilária.
    A mais completa irrelevância e mediocridade.

    Não há sombra de dúvida.
    Não há como negar: O PiG considera seus próprios leitores imbecis.

Messias Franca de Macedo

19/02/2013 - 23h45

“Imaginem como seria o tratamento dado por certa mídia e por certos setores da sociedade caso um jornalista estadunidense – financiado pelos governos de Cuba, da Venezuela, da Bolívia, do Equador, do Irã… – chegasse ao Brasil protagonizando a cena de arauto contra o regime dos Estados Unidos, imperialista, intervencionista, terrorista [vide, por exemplo, a criminosa invasão do Iraque – adendo nosso!]… Portanto, denunciando as mazelas daquele país e pregando a derrocada do regime capitalista… Imaginem!…”

Breno Altman – do site Opera Mundi. Declaração proferida durante um programa do PIG, deixando de ‘saia justa’ a âncora e o contendor reacionário de direita, e autor do livro ‘A Ilha Roubada’.

Viva Fidel! Viva a Revolução!

América Latina
Bahia, Feira de Santana
Messias Franca de Macedo

Responder

Marat

19/02/2013 - 21h54

Graaaaande Fortes! Nosso B-52 Stratofortress!!!
Será que há como se enviar perguntas a coitadinha?
1) Por que seu sotaque é tão estranho? Você é mesmo cubana? O espanhol é sua segunda língua?
2) Problemas com direitos humanos em Cuba? Você inclui ai o campo de concentração de Guantánamo?
3) Qual sua opinião sobre as matanças de velhos, crianças, e adultos inocentes por parte dos drones estadunidenses?
4) Qual sua opinião acerca dos direitos humanos no Iraque e no Afeganistão invadidos?
5) Qual sua opinião acerca dos direitos humanos nos territórios invadidos por Israel?
6) Qual sua opinião acerca da liberdade na Arábia Saudita?
7) Você se compadece com os milhões e milhões de mendigos que vivem nos EEUU, ou acredita que eles escolheram tal caminho?
8) Qual sua opinião acerca das ditaduras na América Latina, aqui inseridas pela CIA?
9) Você considera os dirigentes cubanos mais desrespeitadores dos direitos humanos que os terroristas George W. Bush e Barack Obama?
10) Por fim… Quem está pagando essa sua turnê?

Responder

Nelson

19/02/2013 - 21h48

A energia que os manifestantes baianos gastaram para impedir a rodagem do filme deveria ter sido carreada para divulgar outras informações sobre Cuba a um contingente maior de brasileiros que não aquelas, já surradas, que os órgãos da mídia hegemônica insistem em nos trazer de tempos em tempos. Precisamos da energia de cada um que esteja disposto a contrarrestar as manipulações e mentiras veiculadas pela citada mídia.

Quanto ao protesto contra blogueira, está corretíssimo, e os baianos estão de parabéns por isso.

Responder

Fabio Passos

19/02/2013 - 21h39

Esta blogueira se comunica com o mundo pela rede e está viajando na mamata patrocinada pela mídia-lixo-corporativa…

Presos políticos reais são os 5 cubanos que os ianques prenderam por denunciar terroristas.

E o PiG, que considera seus próprio leitores imbecis, pensa que ninguém percebe a realidade . rsrs

Responder

FrancoAtirador

19/02/2013 - 20h37

.
.
A Cucaracha Yoani pode aproveitar o patrocínio

do Departamento de Estado Norte-Americano

e fazer uma ‘tour’ pela América do Sul.

Ao menos, dar uma esticadinha na Argentina,

depois uma chegadinha na Bolívia e no Equador,

e, por fim, uma entrada triunfal na Venezuela.

Lá, estão todos ansiosos, esperando por ela,

para que os convença que Cuba é pior país do mundo

e que os United States of America é o melhor.
.
.

Responder

    FrancoAtirador

    19/02/2013 - 21h09

    .
    .
    Que pena!

    Acabo de ler no Miami Herald

    que a próxima ‘tour’ da Cucaracha

    vai ser mesmo em Miami/Florida/USA
    .
    .
    BY MIAMI HERALD STAFF

    Famed Cuban dissident and blogger Yoani Sanchez, who was allowed to leave the island this week, will visit Miami on April 1.

    Sanchez will speak at the historic Freedom Tower, Miami Dade College announced on Tuesday. The college owns the tower.

    Sanchez is currently on tour in Brazil as is expect to make stops.

    Sanchez’s visit to the Freedom Tower is significant because the 1925 building is well-known to Cuban exiles as the place where many of them were processed upon their arrival in the U.S.

    Sánchez’s ability to travel outside Cuba this week was seen as a test of a new Cuba law that eliminates the exit permit that had been required of islanders for five decades. Cuban authorities can still deny travel in cases of defense and “national security,” among other reasons, and some dissidents continue to face restrictions.

    Still, the exit permit’s demise is seen as one of the most significant reforms of President Raúl Castro’s ongoing plan to refashion some elements of the economy, government and society.

    In her first days of travel, Sanchez was heckled by Fidel Catsro sympathizers.

    Brazil’s most influential magazine, Veja, published a story this weekend alleging that Cuban diplomats were working with Brazilian leftists to organize protests against Sánchez during her stops in the country, where she is expected to stay for a week.

    “That doesn’t surprise me; it’s part of an information war,” she told the Salvador-based A Tarde newspaper. “Obviously I don’t like it, but I understand that facing this siege is part of my profession.”

    After Brazil, Sánchez plans several stops in the U.S. with appearances at universities in New York, visits to Google and Twitter offices and now a stop in Miami.

    (http://www.miamiherald.com/2013/02/19/3242804/famed-cuban-blogger-yoani-sanchez.html#storylink=cpy)

    Versão em espanhol do Miaimi Heralds para Cucarachas:

    (http://www.elnuevoherald.com/2013/02/19/1411877/yoani-sanchez-estara-en-la-torre.html)

    FrancoAtirador

    19/02/2013 - 21h51

    .
    .
    Agora, uma ‘palhinha de um blogueiro independente, também de Miami:

    EYE ON MIAMI [OLHO EM MIAMI]
    …analysis of national trends and local news
    you won’t find in Miami’s mainstream media…
    [análises das tendências nacionais e notícias locais
    que você não encontrará na grande mídia de Miami…]

    Yoani Sanchez: “Information War” … not so different, in Miami
    [“Guerra da Informação” … não é tão diferente, em Miami]

    Two Miami Herald OPED’s struck my interest this morning.

    The first, about the Cuban blogger Yoani Sanchez celebrating her arrival in Brazil and the ‘shower of democracy’, being able to access the internet free of censors.

    The second, an OPED by Fred Grimm, “FIU deal benefits connected exec”.

    The Fred Grimm editorial excoriates the political connections behind a move by FIU to reward a Texas entrepreneur with a contract for its online MBA degree program.
    As we have documented at Eye on Miami, Florida and Miami Dade’s embrace of private charter schools and initiatives like the one exposed by Mr. Grimm is all about keeping intact and rewarding the Jeb!
    Bush strain of the Republican Party.
    That includes, of course, hyping Marco Rubio for 2016.

    We wrote about this phenomenon, just the other day.
    FIU’s president emeritus Mitch Madique was given space on the Sunday Herald OPED page to pen a gratuitous appeal for civic engagement in Miami that FIU — through its own behaviors tied to insider dealing (US Century Bank, for example) and an insular board of directors, now including Cesar Alvarez, of Greenberg Traurig — undermines.

    It is rare when the Miami Herald offers readers insight to those undercurrents and political orthodoxies that have transformed Miami into one of the LEAST civically engaged cities in the nation.
    So what is up with the Herald?
    One day its OPED page grants Mitch Madique free reign to empty puffery on civic engagement and the next day, to an editorial writer to expose the financial underpinnings of that same puffery.

    Is this what the Herald calls, balance?
    Were she to work in Miami, once she got used to fast internet access, I suspect Yoani Sanchez would be in our corner, on the answers to this question.

    (http://eyeonmiami.blogspot.com.br/2013/02/yoani-sanchez-information-war-not-so.html)

    Leia também:

    Occupy Movement: Understand the 99% vs. 1% issue

    (http://eyeonmiami.blogspot.com.br/search/label/Occupy%20Movement)

    FrancoAtirador

    19/02/2013 - 22h09

    Estevão Zanch

    20/02/2013 - 08h41

    Pergunta? Quem financia o Eye Miami?

José X.

19/02/2013 - 20h23

O que eu não entendo é essa fixação da direita brasileira contra Cuba. Cuba é pobre, assim como muitos países na Am. Latina, África e Ásia. É uma ditadura, assim como alguns dos maiores aliados dos EUA (p.ex:, Arábia Saudita).

(Na verdade eu entendo: são os imbecis e quinta-colunas, tele-guiados pela política norte-americana).

Se é prá levar a sério esse negócio de embargo, os EUA deveriam começar por declarar um embargo contra a China, a maior ditadura do mundo…

Responder

    FrancoAtirador

    19/02/2013 - 23h06

    .
    .
    A Maior Ditadura do Mundo é a do Capital,

    com Matriz em Wall Street, Manhattan/USA,

    que atua planetariamente com Two Arms:

    1) The Midia Matrix Corporation e

    2) The Global War on Terror.

    Só há verdadeiramente Democracia

    Onde há saúde e não há analfabetismo;

    Onde há igualdade social e solidariedade;

    Onde há governo para 99% e não para 1%.
    .
    .

    Tiago

    20/02/2013 - 15h30

    Prezado FrancoAtirador, a “liberdade” não entra em suas pré-condições do que considera “democracia”?

    FrancoAtirador

    22/02/2013 - 20h25

    .
    .
    A dos “Livres Mercados” certamente não.
    .
    .

    Dominus Veritas

    20/02/2013 - 13h22

    Amigo,

    Não é porque os EUA patrocinam politicas neocolinialistas no oriente médio, assassinatos e guerras sem autoridades que devemos apoiar uma ditadura em Cuba. Uma ditadura não pode ser aceita moralmente só por seu alinhamento ideológico. Não devemos nos esquecer do periodo de ditadura no Brasil, os sofrimentos impostos e agora fechar os olhos para a ditadura cubana.

Pedro Vizcaya

19/02/2013 - 19h32

Aos amiguinhos baderneiros (crianças sem educação) uma pequena repreenda mas com elogios e a inimiga do povo cubano, dos trabalhadores e da revolução a boa e velha desqualificação tipico de quem com democracia fala contra quem luta por ela. Como sempre falo a melhor coisa que o homem possui é a liberdade.

Responder

Fabio

19/02/2013 - 18h35

Quem financia é o Instituto Milenium pelo menos no Brasil agora se falta papel higienico em Cuba, assina o documento pedindo revogação de comercio com a ilha a mais de 50 anos que existe este embargo.Uma ilha menor que o Estado de Sergipe e ainda faz um estrago nos Usa.Se o Mr. Obama vc mais corajoso já tinha retirado este embargo a muito tempo.

Responder

    Antonio

    19/02/2013 - 21h44

    [email protected]

    Muito interessante a incoerência da blogueira, afinal a autoproclamada defensora da liberdade contra a censura, censura e manda para o “paredão” todos comentários que à criticam em seu blog. Fortes vale a pena você falar sobre isto

trombeta

19/02/2013 - 17h51

A fantoche do instituto millenium não agradou.

hehehe…

Responder

    Fabio Passos

    19/02/2013 - 21h45

    Esta blogueira só agrada aos militantes do PiG… que não são nem 6% da população brasileira. rsrs

José Barbosa

19/02/2013 - 17h28

O Suplicy foi, simplesmente, ridículo. Apoiar uma suposta dissidente, fabricada pela grande mídia, não é um papel digno de um homem de sua estatura.

Responder

Paulo Figuiera

19/02/2013 - 17h01

Foi um erro grosseiro esse tipo manifestação contra a blogueira e o documentário, estão fazendo justamente o que o PIG deseja, seria muito mais eficaz os blogs progressistas solicitarem uma entrevista em conjunto para que a blogueira fosse questionada em seus argumentos.

Responder

Leo V

19/02/2013 - 16h27

Essas adjetivações ao Suplicy para mim desqualificam os textos.

Um dos poucos políticos corretos e coerentes. Querem vassalos de direção de partido?

Comparar o Suplicy com a Yoani é um desrespeito e apelação. Se não se concorda com alguma posição do Suplicy, que explique o desacordo.

Responder

Willian

19/02/2013 - 16h21

Uma entrevista reveladora de Fidel Castro no Granma de hoje.

http://www.granma.cu/portugues/cuba-p/15febrero-8entrevista1p.html

Responder

    Mário SF Alves

    19/02/2013 - 19h28

    Valeu a dica, heim, Willian. Obrigado.

leoleo

19/02/2013 - 15h49

porque voces comunistas não vão todos pra Cuba? se amam tanto Fidel, vai lá morar ai depois vem falar de Democracia tá?

Responder

    rodrigo

    19/02/2013 - 19h59

    E quem te disse que todo mundo aqui é comunista? O reader’s digest? O time-life? Ou o plínio correia de oliveira?

    Luís Carlos

    19/02/2013 - 20h01

    Seguindo sua lógica, já que gosta tanto do capitalismo, porque não vai morar nos EUA com seu super consumismo e ditadura da mídia que não aceita posições diferentes, com seus dois únicos partidos políticos (grande democracia??) e depois volte ao Brasil…

    leoleo

    20/02/2013 - 11h28

    porque aqui ainda é uma democracia, é um pais capitalista e graças a Deus cristão. melhor lugar não tem para morar.

    JULIO/Contagem-MG

    19/02/2013 - 20h02

    E porque vcs não vão pros isteites !!!!!!

Urbano

19/02/2013 - 15h27

Como drone ianque, por que a yoani não escolheu a Rússia ou a China para esse seu périplo mundo afora? A gente aqui tem nada a ver com as idiossincrasias dela?

Responder

Marcia Noemia

19/02/2013 - 14h45

A blogueira tem cara de santa, jeito de santa, roupa de santa, cabelo de santa; quase uma pobre coitada perseguida pelo Estado. No entanto, consegue fazer suas pregações milinárias por meio da rede. Essa pobre moça rica tem uma leva forte de seguidores, os capitalistas da grande imprensa do Brasil e do mundo. É tão santinha, a “pobrezinha coitada” cubana, que é bem capaz que Bento XVI, antes de deixar o papado, peça para depois de morta,canonizá-la como a mais verdadeira e representativa santinha do pau oco.

Responder

João Vargas

19/02/2013 - 14h27

Ouvi muito a imprensa golpista perguntar do que vivia o ex-presidente Lula antes de ele se tornar presidente, e até mesmo depois de ser presidente. Sempre achei desprezível, mesquinho e sem nenhuma imaginação tal questionamento. Continuo achando.

Responder

Thiago Bethonico

19/02/2013 - 14h01

Primeiramente, acho válido assumir que não venho defender a blogueira Yoani Sánchez. Procuro, por meio deste comentário, expor um contra-argumento a um ponto explorado pelo jornalista Leandro Fortes.
No quarto parágrafo desta publicação, o autor questiona a origem do dinheiro que patrocina a viagem da blogueira alem de supor que alguém, ou alguma instituição, esteja financiando tal “turnê” – “Não vi ainda nenhuma matéria que informe ao distinto público quem está pagando a turnê de Yoani…”. Porém, no segundo parágrafo do texto “As dúvidas sobre a blogueira cubana” – cujo link está destacado após o texto – é exposto um dado importante: Yoani Sánchez, por conquistar “tantos prêmios internacionais”, recebeu 250 mil euros, equivalente a 653 mil reais. Dinheiro que, ao meu ver, é mais que suficiente para bancar o “tour” da blogueira pela América do Sul.
Não se pode descartar a possibilidade da blogueira estar sendo financiada, mas também não se pode afirmar que Yoani não teria condições de financiar sua própria viagem.

Responder

    Thiago Bethonico

    19/02/2013 - 14h14

    Acho que “faltou um google” ao próprio Leandro Fortes…

    Narr

    19/02/2013 - 18h34

    Quer dizer que se eu pagar um cafezinho pro ministro STF, que ganha bem, então quem pagou foi ele?
    Ora, por mais que a cubana tenha recebido prêmios valiosos, a pergunta continua válida.
    O questionamento maior não foi sobre o financiamento, mas pelo inusitado não questionamento por parte da imprensa.
    E aí a gente entende um pouco como é feito jornalismo hoje pelo PIG. Você reclama da pergunta do jornalista. Porque é isso mesmo, hoje em dia, se o jornalista pergunta pela fonte pagadora isso se tornou equivalente a “aí tem maracutaias, vamos ver se ele consegue enganar o povo ou é apanhado”. Um tipo de código implícito. Não estou dizendo que o Leandro foi capcioso, estou dizendo que ele botou o dedo na ferida do jornalismo trivial do PIG.

    Maria Izabel L Silva

    20/02/2013 - 17h00

    Também não devemos descartar aprioristicamente a existencia de Papai Noel e do Coelhinho da Páscua …

Josean Araújo

19/02/2013 - 14h00

Aqui é a terra de Francisco José Pinto dos Santos, ou simplesmente CHICO PINTO.

Responder

Marcos W.

19/02/2013 - 14h00

O Lula não é de direita, tampouco de esquerda. Ainda bem!

Responder

Gerson Carneiro

19/02/2013 - 13h55

Ouvi dizer que a blogueira vida mansa não tem dente. Só pode ter perdido os dentes mascando muito chicletes. Com tanto dentista que atende de grátis em Cuba, pra perder os dentes mascando chicletes vindo dos EUA só pode ser muito desleixada. Não bastasse aquele cabelão. Será que é o Fidel que não a deixa cortar?

Responder

    Lilian Vaz

    19/02/2013 - 14h09

    Agora fiquei curiosa: será possível que a dita cuja seja desdentada??? Quanto ao cabelinho, acho que é para compor o visual de coitadinha. O duro é que a cara dela não ajuda neste quesito, o de coitadismo!

    Gerson Carneiro

    19/02/2013 - 14h31

    Se colocar nela aquela blusinha branca que a Heloisa Helena usava durante o período de campanha eleitoral… viiixe, aí vai virar uma irmã Dulce.

    maria olimpia

    19/02/2013 - 16h28

    Ela me faz lembrar a HH, para quem não se recorda, Heloisa Helena(ex(?)Psol!

    Willian

    19/02/2013 - 14h11

    Não é não, Gérson. Há dentistas em Cuba, mas é necessário ser amigo do regime para conseguir uma consulta.

    Luiz Moreira

    19/02/2013 - 18h58

    WILLIAN!
    O serviço de saúde para a população cubana é superior ao do EUA. E, se quiser saber onde torturam em CUBA, pergunte para o OBAMA! Esta mulher não deve saber. Vá se reunir com a irmã do FIDEL, que não gostou de desapropriarem a fazenda da família. Mas a projeção da menina é baseada no que mesmo? Prêmios internacionais sempre, ou quase sempre, tem posição política. Ou acreditam que nada disto existe? Cuba não manda drones para outros países. Manda médicos. Peçam que os EUA troquem os drones por médicos, mas não aqueles que injetam sífilis e gonorreia em presidiários e loucos. (Na GUATEMALA, segundo a BBC)

    rubem gonzalez

    19/02/2013 - 19h06

    Mas ela ganhou 650 mil…… ainda precisa do estado para trstar os dentes, cortar o cabelo e comprar um vestido?
    Pelo visto para alguns que subjetivamente acham que ela é que banca a sua viagem acho que deveriam considerar a possibilidade dela cuidar da saúde bucal antes de bater perna, é mais ocndizente para a imagem que elea quer vender.
    E para os analfabetos de plantão aviso que o tratamento dentário e médico em Cuba não e destinado a alguns, isso era na época dos EUA aonde apenas a massa cheirosa cubana ( havia uma massa cheirosa lá também, acreditem. hoje vivem saudosos em Miami aonde a terceira geração ainda desfruta o que foi roubado do povo cubano ) não se chega aos indices de mortalidade infantil de Cuba dando saúde apenas para os “amigos”.

Sr.Indignado

19/02/2013 - 13h48

Daqui a pouco ela estara palpitando sobre a política brasileira. Dirá isso e aquilo e ai de quem tentar falar.

Quando o Noam Chompsky vem ao Brasil ninguem fala nada.
E se ao invés dela fosse o Michel Moore?
Nessas horas PIG não pia.

Responder

    Mário SF Alves

    19/02/2013 - 15h59

    Bom, se até o Papa opinou, por qual motivo tosco, piguento e casagrandeano ela não opinaria?

Felipe

19/02/2013 - 13h47

40 perguntas para Yoani Sánchez em sua turnê mundial
Famosa opositora cubana fará seu giro mundial por mais de uma dezena de países do mundo

FONTE:

http://operamundi.uol.com.br/conteudo/opiniao/27260/40+perguntas+para+yoani+sanchez+em+sua+turne+mundial.shtml

Responder

Messias Franca de Macedo

19/02/2013 - 13h39

… E ainda tem gente que perde tempo com esta fedelha: está a pouco metros da minha residência… E eu estou cuidando é da minha vida! A revolução são os nossos braços, mentes… E memória!…

… Viva Fidel Castro! Viva Ernesto ‘Che’ Guevara! Viva Hugo Chávez! Viva Luiz Inácio Lula da Silva! Viva a presidente Dilma Rousseff, A Magnífica! Viva o verdadeiro povo cubano! Viva o honesto, sapiente e trabalhador povo brasileiro!

Feira de Santana,
Bahia,
República de ‘Nois’ Bananas

Responder

    Mário SF Alves

    19/02/2013 - 16h20

    Pois é, Messias, e durma-se com uma barulheira dessa.
    Cara, é complicado entender como o poderosíssimo gigante do Norte ainda se incomode tanto com pequenina Ilha. Não satisfeito com o eterno, desumano e criminoso boicote político-econômico que há impõe à Cuba, agora, vem com mais essa, essa testa-de-ferro, chamada como mesmo,Yoaná?
    ___________________________________
    É repeteco da antiga estória do Golias caindo de quatro frente o senso prático e conhecimento de realidade de um Davi. Só pode ser isso.
    ___________________________________________
    E logo agora que a mídia cada vez mais fora-da-lei nos enfiou guela abaixo a lógica [via linchamento tudo {só} contra o PT] de que por aqui a democracia que interessa é só a democracia dela, a relativa, a do regime casa-grande-BraZil-eterna-senzala, somos brindados com mais essa. É dose cavalar.

Ricardo Pecego

19/02/2013 - 13h31

Gostei do texto no geral, primeiro parágrafo, no meu ponto de vista ótimo. Eu realmente não sei por que uma pessoa que já está fora de um complexo regime persicutório, volta para ser perseguida.

Outra questão importante é quem realmente esta financiando a difusão das ideias desta blogueira.

Agora onde eu discordo é quando não acredita em alguém que não segue direita, ou esquerda. Discordo mesmo porque eu não sigo, é inutil essa polarização de ideologias. Estou trabalhando há quase 10 anos no terceiro setor e os ismos sempre atrapalham em questões simples onde o simples bom senso é o melhor remédio. A massa da população não é ideológica apenas segue a maré, não é de esquerda por que votou no Lula e Dilma, apenas enxerga uma maneira de melhorar de vida e usufruir do modo capitalista de viver ( que é o que nos é vendido pelos meios de comunicação). A classe trabalhadora precisa de gente que administre os recursos de impostos de forma coerente, exemplar. As teorias desenvolvidas são ótima base para que alguém que saiba cuidar de gente possa realmente realizar coisas boas, consultar o povo, participar o povo das ideias que tem, isso é democracia é representar o povo e não governá-lo.

Responder

Salim Lamrani: Um bate-papo com Yoani Sánchez « Viomundo – O que você não vê na mídia

19/02/2013 - 13h29

[…] Leandro Fortes: Faltou um Google à antenada blogueira cubana […]

Responder

jõao

19/02/2013 - 12h59

Publicado em 19/02/2013
YOANI É FAVOR DO BLOQUEIO A
CUBA. SUPLICY LHE DÁ APOIO
Vídeo sensacional: estudante da UJS dá lápis e papel e ela se recusa a assinar documento contra o bloqueio.

COMPARTILHE Vote: (+31) | Imprimir

O amigo navegante André Tokarski postou vídeo muito interessante.

Na Bahia, um jovem da UJS perguntou à blogueira cubana quem paga a passagem dela – pergunta que o Leandro Fortes tambem se faz.

Depois, o mesmo jovem entregou lápis e papel à blogueira para assinar um documento em que se manifestaria contra o bloqueio americano a Cuba.

A blogueira faz o gesto de quem não vai assinar.

O jovem avisa à plateia: “ela não vai assinar !”

E pede: “assina !”.

Quem vem em socorro à blogueira ?

O Suplicy, aquele senador tucano filiado ao PT.

Eles se merecem: o senador tucano, a cubana e a Bláblárina.

Paulo Henrique Amorim

Responder

    Mário SF Alves

    19/02/2013 - 16h27

    Suplicy?!! Não! Pensando bem, pode até ser. Só resta saber quando é que ele iria criar um novo partido ou, a exemplo de Marina, uma outra Rede Eco-capitalista de $u$tentabilidade.

Fred

19/02/2013 - 12h57

40 perguntas a Yoni Sanches, extraido do site opera mundi:

—————————————

18/02/2013 – 20h03 | Salim Lamrani | Paris

40 perguntas para Yoani Sánchez em sua turnê mundial
Famosa opositora cubana fará seu giro mundial por mais de uma dezena de países do mundo
.

Opera Mundi
Opera Mundi
Terça, 19 de Fevereiro de 2013FAÇA DO OPERA MUNDI A SUA HOME PAGE
BUSCA
RECEBA NOSSA NEWSLETTER
AMÉRICA LATINA
18/02/2013 – 20h03 | Salim Lamrani | Paris
40 perguntas para Yoani Sánchez em sua turnê mundial
Famosa opositora cubana fará seu giro mundial por mais de uma dezena de países do mundo
.

1. Quem organiza e financia sua turnê mundial?
.
2. Em agosto de 2002, depois de se casar com o cidadão alemão chamado Karl G., abandonou Cuba, “uma imensa prisão com muros ideológicos”, para imigrar para a Suíça, uma das nações mais ricas do mundo. Contrariamente a qualquer expectativa, em 2004, decidiu voltar a Cuba, “barco furado prestes a afundar”, onde “seres das sombras, que como vampiros se alimentam de nossa alegria humana, nos introduzem o medo através do golpe, da ameaça, da chantagem”, onde “os bolsos se esvaziavam, a frustração crescia e o medo se estabelecia”. Que razões motivaram esta escolha?
.
3. Segundo os arquivos dos serviços diplomáticos cubanos de Berna, Suíça, e de serviços migratórios da ilha, você pediu para voltar a Cuba por dificuldades econômicas com as quais se deparou na Suíça. É verdade?
.
4. Como pôde se casar com Karl G. se já estava casada com seu atual marido Reinaldo Escobar?
.
5. Ainda é seu objetivo estabelecer um “capitalismo sui generis” em Cuba?
.
6. Você criou seu blog Geração y (Generación Y) em 2007. Em 4 de abril de 2008 conseguiu o Prêmio de Jornalismo Ortega e Gasset, de 15 mil euros, outorgado pelo jornal espanhol El País. Geralmente, este prêmio é dado a jornalistas prestigiados ou a escritores de grande carreira literária. É a primeira vez que uma pessoa com seu perfil o recebe. Você foi selecionada entre cem pessoas mais influentes do mundo pela revista Time (2008). Seu blog foi incluído na lista dos 25 melhores blogs do mundo pela cadeia CNN e pela revista Time (2008), e também conquistou o prêmio espanhol Bitacoras.com, assim como The Bob’s (2008). El País lhe incluiu em sua lista das cem personalidades hispano-americanas mais influentes do ano 2008. A revista Foreign Policy ainda a incluiu entre os dez intelectuais mais importantes do ano em dezembro de 2008. A revista mexicana Gato Pardo fez o mesmo em 2008. A prestigiosa universidade norte-americana de Columbia lhe concedeu o prêmio María Moors Cabot. Como você explica esta avalanche de prêmios, acompanhados de importantes quantias financeiras, em apenas um ano de existência?
.
7. Em que emprega os 250 mil euros conseguidos graças a estas recompensas, um valor equivalente a mais de 20 anos de salário mínimo em um país como França, quinta potencia mundial, e a 1.488 anos de salário mínimo em Cuba?
.
8. A Sociedade Interamericana de Imprensa, que agrupa os grandes conglomerados midiáticos privados do continente, decidiu nomeá-la vice-presidente regional por Cuba de sua Comissão de Liberdade de Imprensa e Informação. Qual é seu salário mensal por este cargo?
.
9. Você também é correspondente do jornal espanhol El País. Qual é sua remuneração mensal?
.
10. Quantas entradas de cinema, de teatro, quantos livros, meses de aluguel ou pizzas pode pagar em Cuba com sua renda mensal?
.
11. Como pode pretender representar os cubanos enquanto possui um nível de vida que nenhuma pessoa na ilha pode se permitir levar?
.
12. O que faz para se conectar à Internet se afirma que os cubanos não têm acesso e ela?
.
13. Como é possível que seu blog possa usar Paypal, sistema de pagamento online que nenhum cubano que vive em Cuba pode utilizar por conta das sanções econômicas que proíbem, entre outros, o comércio eletrônico?
.
14. Como pôde dispor de um Copyright para seu blog “© 2009 Generación Y – All Rights Reserved”, enquanto nenhum outro blogueiro cubano pode fazer o mesmo por causa das leis do embargo?
.
15. Quem se esconde atrás de seu site desdecuba.net, cujo servidor está hospedado na Alemanha pela empresa Cronos AG Regensburg, registrado sob o nome de Josef Biechele, que hospeda também sites de extrema direita?
.
16. Como pôde fazer seu registro de domínio por meio da empresa norte-americana GoDady, já que isto está formalmente proibido pela legislação sobre as sanções econômicas?
.
17. Seu blog está disponível em pelo menos 18 idiomas (inglês, francês, espanhol, italiano, alemão, português, russo, esloveno, polaco, chinês, japonês, lituano, checo, búlgaro, holandês, finlandês, húngaro, coreano e grego). Nenhum outro site do mundo, inclusive das mais importantes instituições internacionais, como por exemplo as Nações Unidas, o Banco Mundial, o Fundo Monetário Internacional, a OCDE ou a União Europeia, dispõem de tantas versões linguísticas. Nem o site do Departamento de Estado dos Estados Unidos, nem o da CIA dispõem de igual variedade. Quem financia as traduções?
.
18. Como é possível que o site que hospeda seu blog disponha de uma banda com capacidade 60 vezes superior àquela que Cuba dispõe para todos os usuários de Internet?
.
19. Quem paga a gestão do fluxo de mais de 14 milhões de visitas mensais?
.
20. Você possui mais de 400 mil seguidores em sua conta no Twitter. Apenas uma centena deles reside em Cuba. Você segue mais de 80 mil pessoas. Você afirma “Twitto por sms sem acesso à web”. Como pode seguir mais de 80 mil pessoas sem ter acesso à internet?
.
21. O site http://www.followerwonk.com permite analisar o perfil dos seguidores de qualquer membro da rede social Twitter. Revela a partir de 2010 uma impressionante atividade de sua conta. A partir de junho de 2010, você se inscreveu em mais de 200 contas diferentes do Twitter a cada dia, com picos que podiam alcançar 700 contas em 24 horas. Como pôde realizar tal proeza?
.
22. Por que cerca de seus 50 mil seguidores são na verdade contas fantasmas ou inativas? De fato, dos mais de 400 mil perfis da conta @yoanisanchez, 27.012 são ovos (sem foto) e 20 mil têm características de contas fantasmas com uma atividade inexistente na rede (de zero a três mensagens mandadas desde a criação da conta).
.
23. Como é possível que muitas contas do Twitter não tenham nenhum seguidor, apenas seguem você e tenham emitido mais de duas mil mensagens? Por acaso seria para criar uma popularidade fictícia? Quem financiou a criação de contas fictícias?
.
24. Em 2011, você publicou 400 mensagens por mês. O preço de uma mensagem em Cuba é de 1,25 dólares. Você gastou seis mil dólares por ano com o uso do Twitter. Quem paga por isso?
.
25. Como é possível que o presidente Obama tenha lhe concedido uma entrevista, enquanto recebe centenas de pedidos dos mais importantes meios de comunicação do mundo?
.
26. Você afirmou publicamente que enviou ao presidente Raúl Castro um pedido de entrevista depois das respostas de Barack Obama. No entanto, um documento oficial do chefe da diplomacia norte-americana em Cuba, Jonathan D. Farrar, afirma que você nunca escreveu a Raúl Castro: “Ela não esperava uma resposta dele, pois confessou nunca tê-las enviado [as perguntas] ao presidente cubano. Por que mentiu?
.
27. Por que você, tão expressiva em seu blog, oculta seus encontros com diplomáticos norte-americanos em Havana?
.
28. Entre 16 e 22 de setembro de 2010, você se reuniu secretamente em seu apartamento com a subsecretaria de Estado norte-americana Bisa Williams durante sua visita a Cuba, como revelam os documentos do Wikileaks. Por que manteve um manto de silêncio sobre este encontro? De que falaram?
.
29. Michael Parmly, antigo chefe da diplomacia norte-americana em Havana afirma que se reunia regularmente com você em sua casa, como indicam documentos confidenciais da SINA. Em uma entrevista, ele compartilhou sua preocupação em relação à publicação dos cabos diplomáticos norte-americanos pelo Wikileaks: “Eu me incomodaria muito se as numerosas conversas que tive com Yoani Sánchez forem publicadas. Ela poderia sofrer as consequências por toda a vida”. A pergunta que imediatamente vem à mente é a seguinte: quais são as razões por que você teria problemas com a justiça cubana se sua atuação, conforme afirma, respeita o marco da legalidade?
.
30. Continua pensando que “muitos escritores latino-americanos mereciam o Prêmio Nobel de Literatura mais que Gabriel García Márquez”?
.
31. Continua pensando que “havia uma liberdade de imprensa plural e aberta, programas de rádio de toda tendência política” sob a ditadura de Fulgencio Batista entre 1952 e 1958?
.
32. Você declarou em 2010: “o bloqueio tem sido o argumento perfeito do governo cubano para manter a intolerância, o controle e a repressão interna. Se amanhã as suspenderem as sanções, duvido muito que sejam vistos os efeito”. Continua convencida de que as sanções econômicas não têm nenhum efeito na população cubana?
.
33. Condena a imposição de sanções econômicas dos Estados Unidos contra Cuba?
.
34. Condena a política dos Estados Unidos que busca uma mudança de regime em Cuba em nome da democracia, enquanto apoio as piores ditaduras do Oriente Médio?
.
35. Está a favor da extradição de Luis Posada Carriles, exilado cubano e ex-agente da CIA, responsável por mais de uma centena de assassinatos, que reconheceu publicamente seus crimes e que vive livremente em Miami graças à proteção de Washington?
.
36. Está a favor da devolução da base naval de Guantánamo que os Estados Unidos ocupam?
.
37. Você é favorável à libertação dos cinco presos políticos cubanos presos nos Estados Unidos desde 1998 por se infiltrarem em organizações terroristas do exílio cubano na Florida?
.
38. Em sua opinião, é normal que os Estados Unidos financiem uma oposição interna em Cuba para conseguir “uma mudança de regime”?
.
39. Em sua avaliação, quais são as conquistas da Revolução Cubana?
.
40. Quais interesses se escondem atrás de sua pessoa?

Responder

    Estevão Zanch

    19/02/2013 - 23h23

    38. Em sua opinião, é normal que os Estados Unidos financiem uma oposição interna em Cuba para conseguir “uma mudança de regime”?

    E em sua opinião estava certo quando Cuba e URSS financiavam guerrilhas na América do Sul?

Fabio SP

19/02/2013 - 12h56

No google ela também veria que o embaixador de Cuba manda e desmanda por aqui.

Responder

francisco niterói

19/02/2013 - 12h51

Concordo, e muito, com o post, só tenho a acrescentar:

TO DE SACO CHEIO DESSE SUPLICY. QUE BABACA!!!!!

Responder

sofia

19/02/2013 - 12h46

Você ta muito enganado. Ela não precisa provar quem pagou sua viagem coisa nenhuma, ela é uma cidadã exercendo seu direito de liberdade de ir e vir!! Ela não é um político que é eleito e pago pelo povo. Você é um idealista desinformado! “Ninguém” é esse site que eu nunca tinha ouvido falar. Quem tem que pedir para sair do país??? Você deve ter pleno direito de ir e vir de qualquer lugar do MUNDO. As pessoas gostam mesmo de viver engaioladas, sendo controladas por seus “comandantes que fumam charuto em suas mansões” enquanto o povo se limpa com papel higiênico barato sim. Ja fui para Cuba e foi ótimo pois para o turista não falta nada, ele é tratado como nos EUA e para o povo, bem para o povo resta nos servir e receber nossas gorjetas polpudas que pra nós é uma miséria. Eles estão deixando de ser médicos para trabalhar com o turismo, pois ganham muito mais com nossas esmolas do que com um trabalho digno. Todas as pessoas com quem conversamos reclamaram sorrateiramente do governo, pois liberdade de expressão é algo que não existe e elas são presas se fazem isso abertamente. Enquanto isso empresas brasileiras se estabelecem em Cuba, com seus executivos usufruindo dos carros importados que por la circulam assim como de suas casas com todas as regalias. Esse é o modelo de igualdade que você espera? Utopia! Não podemos ser contra a riqueza, a Suiça, temos que nos espelhar na pobreza. Até quando vamos continuar com esta mentalidade medíocre que é a sua e de tantos outros?? Trabalhem e vencerão, aqui ou em qualquer outro lugar. Mas não em Cuba. La é lindo, muito romântico, barato, pra conhecer, não pra morar. Todos querem viver bem, e pra isso na democracia você pode fazer acontecer com seu trabalho. Espero que esta seja uma coluna de humor mesmo, assim como está descrito em seu título.

Responder

    Cristiano

    19/02/2013 - 15h00

    Pois é, Sofia… Pelo texto e comentários, a moça é a vilã da história, né? Acusam-na até mesmo de ter voltado a morar em seu próprio pais! Bando de ridículos! Ficam aqui defendendo o indefensável, ou seja, uma ditadura q proíbe até mesmo direitos elementares, como expressar opinião ir e vir, etc, etc, etc… Querem desqualificá-la sem qualquer argumento, mas apenas questionando sua aparência e o fato de ser financiada no “tour”. Algum cidadão cubano q não seja do Partido conseguiria pagar uma passagem, q fosse para a longínqua Miami? E o cartaz do manifestante-dinossauro, que dizia “Financiada pela CIA”? Nossa, que preguiça desse povo…

    Pedro Ramos de Toledo

    19/02/2013 - 17h29

    Nossa, Cristiano. Que dinossauro. Todos nós sabemos que a CIA não existe mais, não é mesmo? coisa do Século passado.

    Todo mundo é livre pra falar a bobagem que quiser.

Macx

19/02/2013 - 12h40

no balanço da rede

http://www.flickr.com/photos/boemios_errantes/8488981894/

Responder

Paullo Bragança

19/02/2013 - 12h31

No mínimo está mal antenada porque o nordeste e particularmente a Bahia a esquerda é mais organizada e arrisco dizer até mais petulante. Porque não foi logo para S. Paulo ou Minas, onde tucanos e PiG sem dúvida lhe daria melhor acolhida. Mas o mal dos mercenários é acreditar que todo mundo é burro e só ele é esperto.

Responder

    Roberto Locatelli

    20/02/2013 - 20h44

    Verdade, Paullo, se ela viesse direto para São Paulo, Alckmin lhe estenderia o tapete vermelho. Êpa, vermelho não! Mas lhe estenderia o tapete. Ao invés disso, ela começou a viagem pelo Nordeste. Faltou estratégia.

Jose Roberto

19/02/2013 - 12h27

Demorou pra falar e ainda falou mal da moça. Ela cometeu o “pecado capital” de falar mal da Ditadura Cubana. A “Meca” do Socialismo. O “Vaticano” da esquerda. Isso só demonstra o que seria uma Ley de Medios. Uma perseguição implacável contra quem fala mal de Cuba ou do PT. Ainda bem que a chance desta Lei passar é zero.

Responder

Willian

19/02/2013 - 12h14

Jequié só foi citada no texto para mostrar a insignificância do cineasta. Quem esperaria que algo que preste saia de Jequié, no interior da Bahia.

Não foi um ato falho, foi uma fresta para a alma progressista.

Responder

Willian

19/02/2013 - 12h02

Que bom que Leandro Fortes vive no Brasil, não em Cuba. Aqui pode falar o que quiser.

Deveriam estender este direito aos cubanos.

Responder

    Luiz (o outro)

    20/02/2013 - 10h56

    Verdade, nosso País é mesmo maravilhoso… até o monte de bobagens que vc escreve tem espaço aqui… mas levar a sério essas bobagens, felizmente é só uma meia dúzia de babacas…

André Pereira

19/02/2013 - 11h57

Quem é esse senhor todo de preto, com uma bolsa no ombro será que estava no mesmo avião!!!veja fotos do link abaixo.

http://www1.folha.uol.com.br/mundo/1232333-blogueira-cubana-e-recebida-com-protesto-no-recife.shtml

Responder

    Mário SF Alves

    19/02/2013 - 19h33

    É o próprio drone do Millenium à tira-colo. Kkkkkkkkkkk….

ted tarantula

19/02/2013 - 11h53

otimo…agora que desclassificamos completamente nossa oponente que tal contestar um pouquinho que seja seus argumentos????

Responder

    Paulo Figuiera

    19/02/2013 - 16h52

    Leia a entrevista feita por Salim Lamrani com a blogueira, aqui mesmo no Vi o Mundo. Seus argumentos são derretidos como picolé ao sol quente

    Mário SF Alves

    20/02/2013 - 15h24

    41- Em sua opinião, estava errada Cuba ao estimular a revolução socialista na superexplorada, covardemente massacrada e desnecessariamente envergonhada América Latina?

Michel

19/02/2013 - 11h41

Excelente texto. Mas Leandro Fortes só deu uma bola fora no finalzinho: “Dado Galvão não é ninguém” (?). Nunca ouvi falar do tal Dado Galvão, mas acho que ninguém; nenhum artista (os de rua, cinema, TV etc), por mais medíocre que seja, precisa provar algo p/ mostrar sua arte e dizer que é alguém.

Responder

MTHEREZA

19/02/2013 - 11h37

òtima e oportuna análise sobre essa blogueira disfarçada de inocente. Também acho que não deviam ter impedido a exibição do filmete. Mas tantos anos de novela devem estar dificultando que as pessoas vejam um pouco além da coisa imdeiata. A exibição do filme tiraria mais um discurso da velha mídia. Mas, é ótimo que a personagem comece a ser desmascarada com mais veemência.

Responder

Eduardo Oliveira

19/02/2013 - 11h37

Os asilados políticos brasileiros saíram da Europa e retornaram ao Brasil na ditadura militar para lutar por aquilo em que acreditavam. Foram coerentes.
Agora, Leandro Fortes quer desmerecer Yoany pelo fato de ela ter saído da Suiça para voltar à Cuba.
Ora, seria ela coerente se ficasse na Europa? Não é elogiável que ela tenha voltado ao seu país para lutar pelo que acredita?

Responder

renato

19/02/2013 - 11h24

Estou de olho!

Responder

Deixe uma resposta