VIOMUNDO

Governo Obama frustra os doidivanas do “bolivarianismo”

04 de novembro de 2014 às 13h22

Captura de Tela 2014-11-03 às 21.11.51

Petição anti-Dilma não reflete opinião americana, dizem EUA

por Gil Alessi, sugerido por Conceição Oliveira

Do UOL, em São Paulo 04/11/2014, 10h05 — Atualizada 04/11/2014, 12h13

Segundo a petição, líderes do Poder Judiciário seriam ligados ao PT, e as urnas eletrônicas não seriam confiáveis

Após a reeleição da presidente Dilma Rousseff (PT), eleitores insatisfeitos com o resultado do pleito criaram uma petição (leia a íntegra abaixo) no site da Casa Branca pedindo que os Estados Unidos se posicionassem contra o que o texto chama de “expansão bolivariana e comunista no país” – até esta terça-feira mais de 123 mil pessoas tinham assinado o documento.

Em nota, a adida da Embaixada dos EUA em Brasília Arlissa Reynolds afirmou que “petições apresentadas nessa página não representam as opiniões do governo dos EUA”.

Reynolds lembrou que a Casa Branca já se manifestou sobre as eleições no Brasil e “publicou uma declaração parabenizando a presidente Dilma Rousseff por sua reeleição”.

O texto divulgado pelo governo americano diz que “o Brasil é um importante parceiro para os Estados Unidos e estamos empenhados em continuar a trabalhar com a presidente Dilma Rousseff a fim de fortalecer as nossas relações bilaterais”.

A petição feita pelos brasileiros também esbarra no fato de que a seção onde foi criada no site da Casa Branca, o “We the People” (Nós o Povo, em tradução livre), “é destinada à cidadãos norte-americanos” com “13 anos de idade ou mais”, segundo a diplomata.

Uma outra petição insta o governo do presidente Barack Obama a investigar e processar “indivíduos ligados a fraudes e crimes ocorridos na Petrobras durante a gestão de Dilma Rousseff”, com “a ajuda do FBI [Agência de Investigação Federal dos EUA]”.

Intervenção militar

No sábado (1º) um protesto convocado pelas redes sociais reuniu cerca de 2.500 pessoas na avenida Paulista, região central de São Paulo. Alguns dos presentes pediram o fim do PT, a volta dos militares Além disso e a recontagem dos votos das eleições.

Leia o texto da petição na íntegra

“Nós peticionamos para que a administração de Obama:

Se posicione contra a expansão bolivariana no Brasil promovida pela administração de Dilma Rousseff

Em 26 de outubro Dilma Rousseff foi reeleita e irá continuar com os planos de seu partido de estabelecer um regime comunista no Brasil – nos moldes bolivarianos propostos pelo Foro de São Paulo. Nós sabemos que aos olhos da comunidade internacional a eleição foi totalmente democrática, mas as urnas eletrônicas não são confiáveis, além do fato de que os chefes do Judiciário são predominantemente membros do partido vencedor.

Políticas sociais também influenciaram a escolha da presidente, e as pessoas foram ameaçadas com a perda de sua bolsa alimentar caso não reelegessem Dilma. Pedimos à Casa Branca uma posição com relação à expansão comunista na América Latina. O Brasil não quer e não se tornará uma nova Venezuela. Os Estados Unidos precisam ajudar os promotores da democracia e da liberdade no Brasil.”

Leia também:

Os brasileiros que formam nossa Little Havana

Investigação VIOMUNDO

Estamos investigando a hipocrisia de deputados e senadores que dizem uma coisa ao condenar Dilma Rousseff ao impeachment mas fazem outra fora do Parlamento. Hipocrisia, sim, mas também maracutaias que deveriam fazer corar as esposas e filhos aos quais dedicaram seus votos. Muitos destes parlamentares obscuros controlam a mídia local ou regional contra qualquer tipo de investigação e estão fora do radar de jornalistas investigativos que trabalham nos grandes meios. Precisamos de sua ajuda para financiar esta investigação permanente e para manter um banco de dados digital que os eleitores poderão consultar já em 2016. Estamos recebendo dezenas de sugestões, links e documentos pelo [email protected]

R$0,00

% arrecadado

arrecadados da meta de
R$ 20.000,00

90 dias restantes

QUERO CONTRIBUIR
Captura de Tela 2016-07-21 às 19.19.43
21 - jul 6

Aroeira: A serpente e o ovo

Mau humor

Captura de Tela 2016-07-16 às 09.18.54
16 - jul 1

Laerte: O Centrão

Ratos

Captura de Tela 2016-07-08 às 23.03.16
08 - jul 2

Aroeira: Chora, nenê

Certeiro

 

36 Comentários escrever comentário »

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

VALTENIR PEREIRA DIAS TUTA

10/11/2014 - 14h45

Se é tão grande a vontade de ser dominado pelos americanos, é simples: muda pra lá! Quanto ao pedido de golpe militar, leiam bastante sobre como foi o nosso ! Vocês não sabem nada sobre a história verdadeira contada pessoalmente por jornalistas sérios e inteligentes, ou seja com o sopesamento necessário em cima do que realmente aconteceu. Só pra lembrar aos novos, inclusive jornalistas, da tentativa de golpe-quase bem sucedida-contra o próprio governo Geisel, coordenada pelo General silvio Frota, num dia 12 de Outubro, feriado de Nossa Senhora Aparecida. Para não falar de outros “fogos amigos”, quando o próprio General Goubery ( a “eminência parda” do regime disse: “É preciso puxar a válvula da panela de pressão porque ela está para explodir !”. Um ditador, de seja qual for o regime, sempre atirará na própria sombra, sem saber de que lado poderá vir o inimigo: um tiro efetuado por alguém da confiança DE Hitler, quase o levou à morte, deixando-o com mal de Parckinson. Ruim com a democracia, mil vêzes pior sem ela ! Vamos deixar a preguiça de lado e vamos ler e raciocinar mais, minha gente ! Abraços e não me queiram mal, porque eu sou daqueles eternos provocadores da democracia, agradei e desagradei a muitos, a ponto de quem era da direita aqui em Araçatuba me chamar de “vermelhinho” e quem era de esquerda desconfiar que eu fosse informante do regime, sendo que ambos estavam enganados! Eu era, simplesmente, um cidadão de bem que praticava o verdadeiro jornalismo como repórter de rádio, que praticava a verdadeira democracia, seja, ouvindo as partes. Repórter Tuta.

Responder

Urbano

05/11/2014 - 16h50

O governo ianque não dá a mínima para uma parte do povo dele, quanto mais para colonizados, inda mais cretinos. A oposição ao Brasil não se enxerga mesmo…

Responder

roberto

05/11/2014 - 14h27

Os pobres coxinhas estão como aqueles cachorros que saem para a rua e apanham de todos, aí quando voltam para casa,apanham do dono também.
Hahahaha…. Essa paulada do comunista bolivariano Obama,deve ter doído na muringa e também na alma.
Que coisa!,todo mundo virou comuna nojento, só os coxinhas, a mídia familiar e os tucanalhas continuam íntegros!!
O Malafaia vai pedir para Deus,com quem ele fala pelo Skype todos os dias,um bom Apocalipse que liquide somente esses esquerdistas aloprados.

Responder

Tirando um sarro

05/11/2014 - 13h53

“We the People” (Nós o Povo, em tradução livre), “é destinada à cidadãos norte-americanos” com “13 anos de idade ou mais”, segundo a diplomata.

E aí coxinhas, conhecem esta palavra “Toddler”.

Colocaram a petição numa página muito além da idade mental de voces.

E a idade é 13. Idéia fixa. kkkkkkkkkkkkkkkkk

Responder

abolicionista

05/11/2014 - 11h25

Xi, até os EUA aderiram ao bolivarianismo… o horror, o horror…

Responder

sergio

05/11/2014 - 02h05

Estes vira-latas golpistas, mau perdedores, só fazem o País passar vergonha frente outras nações.
Vá gostar de ficar de quatro para americanos nos infernos.

Responder

    leo

    05/11/2014 - 15h58

    Não fale isso! Você não sabe o que nossas “otoridades” do governo dizem aos jornalistas europeus! rsrs

    Isto sim é ter vergonha…

FrancoAtirador

05/11/2014 - 01h25

.
.
Entrementes, no Fêicibuquistão…

“MANIFESTO PELA FUSÃO PARTIDÁRIA DAS OPOSIÇÕES [PSC/DEM]

1. O presente manifesto tem o intuito de apoiar a fusão dos partidos Democratas (DEM) e Partido Social Cristão (PSC), de acordo com a possibilidade aventada pela primeiro em se amalgamar com outra agremiação política.

2. Não se afasta a possibilidade de outros partidos serem incluídos na perspectiva de fusão, em especial os partidos menores, passíveis de serem excluídos do cenário político com um possível retorno da cláusula de barreira.

3. Este manifesto se opõe à hipótese de fusão com o Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB), pois o ideário do DEM seria encoberto pelas causas albergadas pelos tucanos, transformando uma suposta união de forças num engolimento de um partido menor (DEM) por outro maior (PSDB).

4. Em face dos resultados eleitorais passados, ambas as siglas saíram menores do que o pretendido: o DEM não manteve seu número de deputados federais eleitos e o PSC deixou de crescer conforme o planejado. No Senado, o DEM aumentou de 4 para 5 senadores, ante a possibilidade de sair do pleito com 8 senadores. O PSC manteve-se com 1 membro no Senado Federal.

5. Dado esse quadro, o noticiário informou que o DEM estaria em conversações internas a respeito de uma fusão futura com algum partido. Este manifesto visa arregimentar apoio para que tal fusão ocorra com o PSC.

6. Avista-se também a hipótese de outros partidos se fundirem numa única sigla de centro-esquerda, quais sejam: Partido Socialista Brasileiro (PSB), Solidariedade (SD), Partido Popular Socialista (PPS) e Partido Verde (PV). Essa possibilidade reforça a necessidade da criação de um partido que contrabalanceie a movimentação centro-esquerdista.

7. A imediata fusão DEM-PSC, inalterados seus quadros, daria ao futuro partido 34 deputados federais, 6 senadores e mais de 500 prefeituras, uma estrutura de poder suficiente para almejar crescimento eleitoral e fortalecimento de militância.

8. A fusão DEM-PSC é cabível pelos seguintes motivos: ambos os partidos se colocam inquestionavelmente na oposição; ambos os partidos atuam no Congresso em defesa do mercado, da lei e da ordem; ambos refutam as teses ideológicas do atual governo federal.

9. Além das semelhanças, a agremiação DEM-PSC proporcionaria a necessária travessia da oposição do confuso centrismo político para o centro-direitismo ponderado.

10. Uma vez criado, o novo partido seria o expoente da boa luta faltante na política nacional, portador da combatitividade que dê suporte, nos termos de nossa Constituição, à construção da sociedade livre, aos valores da livre iniciativa, à livre concorrência, ao pluralismo político, à soberania nacional, à família como base da sociedade e ao repúdio ao terrorismo.

11. Sem invencionismos ou modismos baratos, típicos das ideologias vigentes nas outras siglas, o novo partido será defensor intransigente da economia de mercado, do Estado de Direito e da democracia representativa.

12. Como sugestão de nova nomenclatura, temos: Partido Popular Conservador (PPC), Partido Democrático Nacional (PDN) e outros.

13. O presente manifesto clama pelo entendimento das forças oposicionistas dispersas em diversos partidos e circunstancialmente unidas nas causas dignas da política nacional. A fusão DEM-PSC é o caminho mais seguro para a manutenção da relevância dos que por eles militam, bem como significa a consolidação de um ideário (não de uma ideologia) que favoreça a construção de uma sociedade livre e ética.” [*] e [**]

ASSINAR Abaixo-Assinado…
.
.
Com a Palavra o Coordenador-Geral da Campanha Presidencial da Coligação do PSDB/DEM

Senador José Agripino Maia (RN), Líder da Bancada do DEM no Senado Federal,

a quem se ajuntarão, em 2015, os recém eleitos Senadores Ronaldo Caiado (DEM-GO)

e Davi Alcolumbre (DEM-AP) que dará continuidade à Oligarquia dos Sarney no Amapá.

(http://www.conjur.com.br/2014-out-06/dez-senadores-tentam-reeleicao-somente-cinco)
.
.
O DEM (ex-PFL) é o mesmo Partido Político ao qual estiveram filiados os Apóstolos:

1) Demóstenes Torres, ex-Senador Ético [*] da Revista/Veja/Abril/Naspers;

2) José Roberto Arruda, ex-Governador Preparado [**] do Distrito Federal; e

3) (http://pt.wikipedia.org/wiki/Categoria:Membros_do_Partido_da_Frente_Liberal)

[*] (http://abre.ai/veja-abril-naspers_amarelas_paladino-etico–demostenes) e (http://naofo.de/1voi)

[**] (http://abre.ai/revista_veja_e_arruda_tudo_a_ver) e (http://abre.ai/veja-abril-naspers_austero-jose-roberto-arruda)
.
.

Responder

Marat

04/11/2014 - 23h09

Ele frustou os aloprados do STF e das ruas!

Responder

Urbano

04/11/2014 - 20h38

Recomenda-se que um pouco antes de cada eleição, essa corja de hienas seja vacinada contra a raiva; sem se esquecerem do reforço…

Responder

Rogério Ramirez

04/11/2014 - 20h02

Tio Sam deu uma “palmada” pública.

Responder

    leo

    05/11/2014 - 16h03

    Enquanto o Brasil estiver divido, será muito bom para os EUA. Mas, se o verde-amarelo se avermelhar por completo e espalhar essa tendência para toda América do Sul, estaremos próximos de um Armagedom sulamericano.

    Os EUA se alegram por ver a população brasileira tão fragmentada politicamente. Reino divido não subsiste e para os norte-americanos pouco importa o bolivarianismo, desde que não sejam ameaçados.

Tina

04/11/2014 - 19h06

Ai gente, que vergonha alheia…

Responder

FrancoAtirador

04/11/2014 - 19h02

.
.
Nova York 31 OCT 2014 – 14:41 BRST
El País

“EUA DECLARAM SEU ORGULHO POR TRABALHAR COM CUBA CONTRA O EBOLA”

Por Vicente Jimémez

A Embaixadora dos Estados Unidos nas Nações Unidas,

Samantha Power, Elogiou a Ajuda Fornecida por Cuba

na Luta Contra a Epidemia de Ebola na África Ocidental.

A Diplomata, durante um encontro organizado pela agência Reuters

na sexta em Nova York, fez outras Significativas Menções à Ilha:

“Estamos muito agradecidos a Cuba,
que já tem 265 médicos na região,
e mais 200 estão por vir.
Ainda que não seja um esforço integrado,
estamos trabalhando ombro a ombro”.

O regime de Havana é um dos poucos países

que, na opinião de Power, fazem muito,

ao contrário de muitos outros

que, denunciou, não fazem quase nada.

Em Havana, o Ministro das Relações Exteriores Britânico,

Hugo Swire, também elogiou o esforço do regime castrista

na primeira visita de alto escalão do Reino Unido na Ilha,

em uma década. As palavras de Power chegam 24 horas depois

de uma delegação norte-americana participar de uma reunião técnica

contra o ebola realizada em Havana, convocada pelos países

integrantes da Aliança Bolivariana dos Povos da América (ALBA).

(http://brasil.elpais.com/brasil/2014/10/31/internacional/1414769756_983090.html)
.
.

Responder

    adhemar

    05/11/2014 - 11h31

    excelente comentário,enquanto não luz no túnel do pig,aqui vamos além dos horizontes

    FrancoAtirador

    05/11/2014 - 18h37

    .
    .
    Valeu, Adhemar!

    Na Luta Diária, Constante, Contínua,

    Resistente, Persistente e Permanente…
    .
    .
    Aprendemos a querer-te
    desde a histórica altura
    onde o sol de tua bravura
    cercou a sombra da morte.

    Aqui, é claro, cristalino.
    É a transparência profunda
    de tua querida presença.

    Tu vens queimando a brisa
    com os sóis de primavera
    para plantar a bandeira
    com a luz do teu sorriso.

    Aqui, é claro, cristalino.
    É a transparência profunda
    de tua querida presença.

    Teu revolucionário amor
    leva a novas empreitadas
    de onde esperam a firmeza
    do teu braço libertador.

    Aqui, é claro, cristalino.
    É a transparência profunda
    de tua querida presença.

    Continuaremos, firmes, fortes,
    como junto a ti seguimos,
    e com Fidel te dizemos:

    “¡Hasta siempre, Comandante!”

    Aqui, é claro, cristalino.
    É a transparência profunda
    de tua querida presença,

    Comandante Che Guevara!

    ¡HASTA LA VICTORIA, SIEMPRE!

    ¡PATRIA O MUERTE!

    (http://imgur.com/5SgFWk9)
    i.imgur.com/5SgFWk9.jpg
    .
    .

Eduardo

04/11/2014 - 18h20

E a turma da “MariaJoana”! Lobão também assinou?

Responder

Valmont

04/11/2014 - 17h55

O que preocupa é o nível absurdo de ignorância e estupidez desses “revoltosos”.
A quantidade de pessoas que aderem às opiniões de Reinaldo Azevedo e Arnaldo Jabor é muito grande, considerando que uma população minimamente informada os ignoraria e até riria do primarismo deles.
A eleição de parlamentares como os Bolsonaros (que agora já são dois, um no RJ outro em SP), Eduardo Cunha e Feliciano com enormes votações revela o tamanho do problema.
O Brasil nunca teve uma cultura democrática amplamente arraigada na sociedade. Somando-se a isso uma educação deficiente e uma imprensa dominante (monopolista) corrupta e golpista, vivemos ultimamente um verdadeiro pandemônio.
Não se pode descartar, ainda, a incidência de outro fator: a intervenção de origem externa, como aquelas observadas em vários países, onde a Otpor (organização de mercenários a serviço de Washington/CIA) atuou de forma decisiva para promover a desestabilização e a deposição de governos.
A situação política do Brasil hoje é extremamente complexa e delicada. A nossa vulnerabilidade é muito grande.

Responder

Paulo

04/11/2014 - 17h52

Isso nao chega a ser crime de traiçao contra a patria? Credo…que povo vendido.

Responder

    Francisco Melo

    04/11/2014 - 20h26

    “Vendido” e “Fedido”.

Carlos

04/11/2014 - 17h51

Hugo Chavez Frías há de estar sorrindo com tamanho do “estrago” que ele fez na elite “criolla” brasileira!

Responder

Jorge

04/11/2014 - 17h33

bom…..descer a lenha nessa galera…cambada de borra botas dos EUA…
não conseguiram ganhar as eleições e vão pedir ajuda do Tio Sam….
Com certeza os babacas do “Manhatam connection” devem estar no meio destes….
Não tá no Brasil: Vai pra Miami lavar prato e entregar pizza….

Responder

Elias

04/11/2014 - 17h13

Papai Sabe Tudo

– Parem de chorar, meus filhos, minha filhas! O que é isso, crianças? Tomem, papai trouxe uma porção de bigmacs pra vocês.

Responder

José Mário

04/11/2014 - 17h11

Quem abandona sua PÁTRIA MÃE e vai viver em outras bandas, não tem MORAL nenhuma para reivindicar coisa nenhuma, pois, na minha opinião não são BRASILEIROS, portanto,nem deveriam ter direito ao voto aqui.

FORA SEUS ABUTRES FUJÕES! Nosso PAÍS é DEMOCRÁTICO e SOBERANO,o complexo de VIRA LATAS ficou no passado.

Responder

Edgar Rocha

04/11/2014 - 16h56

Os caras da petição deveriam fazer manifestação lá nos EUA, denunciando este “escurinho diferenciado” que governa o país em favor dos bolivarianos do Texas. KKKKKKKKKKK. Vão lá fazer isto, vão!!! Manés! Vergonha alheia é pouco.

Queria ver a guasca descer no lombo deles.

Responder

O Mar da Silva

04/11/2014 - 16h37

“A petição feita pelos brasileiros também esbarra no fato de que a seção onde foi criada no site da Casa Branca, o “We the People” (Nós o Povo, em tradução livre), “é destinada à cidadãos norte-americanos” com “13 anos de idade ou mais”, segundo a diplomata.”

Precisa desenhar? k k k k k k k k

Responder

Walter Guanambi

04/11/2014 - 16h17

Esse pessoal (se é que devemos chamá-lo assim), me faz passar cada vergonha!

Responder

Neon

04/11/2014 - 16h11

Nossa! que vergonheira!!! sem palavras…

Responder

Fernando

04/11/2014 - 15h44

bando de abobados da elite direitista brasileira, essa gente pensa que o Brasil é um estado da federação estadudinense…além de bocabertas ainda são traidores de nossa soberania!!

Responder

Julio Silveira

04/11/2014 - 15h16

E dão titulo de eleitor a esses boçais, sem qualquer teste psicológico, ou patológico, que ainda por cima ousam criticar os nordestinos, esses sim que tem se constituído ao longo da construção deste país numa ferramenta tão necessária quando por esses desvalorizada, no soerguimento das riquezas deste país.
A esses ilustres boçais a America do Norte os espera como pátria mãe, mas cuidado lá traidores são punidos rigorosamente na forma da lei e as instituições são sagradas.

Responder

Gilberto Melo

04/11/2014 - 15h02

…quá…quá…quá….quá…..

Responder

osvaldo

04/11/2014 - 14h45

Essa história é muito constrangedora. Ao não saberem lidar com as próprias frustrações, essas pessoas perderam o senso de realidade. É triste.

Responder

L@!r [email protected]+e5

04/11/2014 - 14h38

É a água do volume morto da Cantareira.

Responder

Léo

04/11/2014 - 14h00

Já cantava e canta os TITÃS “…a tv está me deixando muito, burro, muitoburro demais…”

Responder

    dinarte

    04/11/2014 - 14h28

    Não é só a TV, hoje também existe o FACEBURRO.

Deixe uma resposta