VIOMUNDO
O VIOMUNDO só é possível também através de anunciantes, e detectamos que você utiliza um AdBlock, bloqueador de anúncios.
Por favor considere ajudar o VIOMUNDO desativando o bloqueador para este site.

Gerson Carneiro: Pessoal da Cracolândia gostou de apanhar da PM

03 de fevereiro de 2012 às 09h10

O livro da blogosfera em defesa da democracia - Golpe 16

Golpe 16 é a versão da blogosfera de uma história de ruptura democrática que ainda está em curso. É um livro feito a quente, mas imprescindível para entender o atual momento político brasileiro

Organizado por Renato Rovai, o livro oferece textos de Adriana Delorenzo, Altamiro Borges, Beatriz Barbosa, Conceição Oliveira, Cynara Menezes, Dennis de Oliveira, Eduardo Guimarães, Fernando Brito, Gilberto Maringoni, Glauco Faria, Ivana Bentes, Lola Aronovich, Luiz Carlos Azenha, Maíra Streit, Marco Aurélio Weissheimer, Miguel do Rosário, Paulo Henrique Amorim, Paulo Nogueira, Paulo Salvador, Renata Mielli, Rodrigo Vianna, Sérgio Amadeu da Silveira e Tarso Cabral Violin. Com prefácio de Luiz Inácio Lula de Silva e entrevista de Dilma Rousseff.

Compre agora online e receba na sua casa!

 

45 Comentários escrever comentário »

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Gerson Carneiro: “Jingle Bell, Jingle Bell, acabou o papel!” | Viomundo - O que você não vê na mídia

17/02/2012 - 19h10

[…] Gerson Carneiro: Pessoal da Cracolândia gostou de apanhar da PM […]

Responder

Outro Antonio

05/02/2012 - 20h43

Eles pensam que nós somos os jumennios – cruzamento de jumento com jenio tucano paulista.

Responder

Morvan

04/02/2012 - 20h46

Boa noite.

Desculpem Gerson Carneiro e mantenedores do Blogue pelo "Fora do Tópico", mas o assunto é bem relevante, também:

Presidente da Câmara tira CPIs da gaveta e põe oposição na mira

O Presidente da Câmara, Marco Maia, já "desengavetou" três pedidos de CPI – regimentalmente, são permitidas cinco, simultaneamente.

Diz a fonte (Estadão):
"Essa triagem levou o deputado Pauderney Avelino (DEM) a entrar com mandado de segurança no Supremo Tribunal Federal para garantir a criação da CPI sobre as barreiras eletrônicas. Ao ser questionado pelo STF, Maia se antecipou à manifestação da Justiça e mandou arquivar a CPI com o argumento de que não havia um fato determinado que sustentasse a investigação.".

Elos de Acesso:
Estadão – ” target=”_blank”>http://www.conversaafiada.com.br/politica/2012/02/04/cpi-da-privataria-vem-ai-maia-e-bom-ser-deputado/

:-D

Morvan, Usuário Linux #433640.

Responder

Abolicionista

03/02/2012 - 20h06

Às armas, cidadãos! Morte aos tiranos que roubam o pão de nossos filhos! Morte aos tiranos que mancham suas mãos com o sangue de inocentes! Morte à corja imunda que vilipendia nossa pátria! Morte aos que roubam os amanhãs! Às armas!

Responder

Julio Silveira

03/02/2012 - 18h10

Não é mais uma pesquisa Datafolha? vejam se não tem os mesmo patrocinadores.
Essa turma não perde uma oportunidade de surpreender. Negativamente.

Responder

Vlad

03/02/2012 - 15h41

O gracioso título da matéria já conduz os comentários à vala comum: o da sentença de morte da tal pesquisa (que ainda que suspeita seja, não é de todo improvável). Exceto pelo _Rorschach_, parece um rebanho amestrado.

º,..,º

Responder

João

03/02/2012 - 15h09

O Jornal da Record mostrou ontem que ainda há tráfico e usuários de crack que se encontram em plena luz do dia. Expliquem isso, Kassab e Alckmin!

Responder

Leider_Lincoln

03/02/2012 - 15h03

Segundo o Datafolha/Ibope, dos entrevistados paulistas, 93,4% aprovaram a ação da PM-PSDB no Pinheirinho, enquanto 16,7% acharam que a ordem demorou para ser reestabelecida; 0,1% foi contra. A ROTA garantiu que este "desvio estatístico" já não mais existe. A unanimidade foi restaurada!

Responder

Luci

03/02/2012 - 14h52

Esta pesquisar será apresentada no Zorra Total, no programa do Tom ou nos palcos de circos espalhados pelo país?

Responder

Polengo

03/02/2012 - 14h08

Eu acho que esses 125 usuários foram consultados durante as ações da PM, in loco.
(ao longo das borrachadas)

Responder

Eduardo Guimarães

03/02/2012 - 14h03

Acabo de saber que essa pesquisa com os usuários da Cracolândia foi feita por telefone e internet…hehehe

Responder

    José Carlos JC

    03/02/2012 - 15h00

    Eu já imaginava que tivesse sido feita assim. Por telefone… E internet. Rs

    Sampaio

    03/02/2012 - 15h03

    Ligaram pra tua casa?

    LuisCPPrudente

    05/02/2012 - 10h19

    Não, para a minha casa não ligaram não. Se ligassem eu perguntaria:Cadê a CPI da Privataria Tucana?Cadê a CPI da Privataria Tucana?Cadê a CPI da Privataria Tucana?Cadê a CPI da Privataria Tucana?Cadê a CPI da Privataria Tucana?

    Polengo

    03/02/2012 - 15h31

    Podicrê, os "usuários de crack" precisaram interromper o "uso do crack" por alguns segundos para poder atender o chamado telefönico.

    Não sei não, mas acho que a maioria dos "usuários de crack" consultados deve ter atendido o telefone lá no palácio do governo de SP.

    Gerson Carneiro

    03/02/2012 - 17h40

    Hummm… agora entendi. A pesquisa foi realizada com os usuários de crack dos bairros chiques de São Paulo, e podemos concluir que eles querem "menas gentes diferenciadas" usando crack pra sobrar mais pra eles.

Luci

03/02/2012 - 13h37

Há uma música que os Racionais MCs cantam cujo título serve para explicar esta pesquisa "Qual mentira vou acreditar".

Responder

Jean

03/02/2012 - 13h13

E o G1/Globo ainda trata os dependentes químicos com a alcunha de "viciados".

Responder

Hiro

03/02/2012 - 12h40

E a Rolha de SP q afirmou q "petistas" aprovaram essa ação?
Pesquisas absurdas.
Kafka seria escritor amador perto dessas histórias reais.

Responder

FrancoAtirador

03/02/2012 - 12h12

.
.
Mas será que os entrevistados são os mesmos que foram expulsos da Cracolândia ?
.
.

Responder

Cleverton_Silva

03/02/2012 - 12h07

Caramba! O comando da gestapo paulista diz que os viciados só se internam depois de sofrer pela dor e agora instituto de pesquisa diz que até viciados dizem que vício se trata é com pancada mesmo? Putz! Será que o Aébrio concorda com isso? Galera da Lei Seca, que tal descer a madeira em Aébrio quando ele aparecer bêbado dirigindo por aí? Será que vão apoiar? Agora o pig diz, para justificar a política pública da pancadaria tucana, que os viciados são sadomasoquistas. Isso me lembrou o vídeo abaixo:
[youtube pql7H8dWAbw http://www.youtube.com/watch?v=pql7H8dWAbw youtube]

Responder

eunice

03/02/2012 - 11h55

E só negros. Isso é só o começo do Armagedom. Os ricos vão usar os meios que têm para acabar com os pobres. Agrotóxicos, escolas ruins, falta de médicos, falta de remédios, falta de recursos para habitação. Depois vai ser na unha mesmo.

Responder

willforlife

03/02/2012 - 11h46

Acabaram com o parque. mas não acabaram com o Mickey.

Responder

_Rorschach_

03/02/2012 - 11h45

Amigos

É óbvio que os moradores da Cracolândia são contra.

Mas muitos dos viciados, que querem sair do maldito vício e não conseguem, são a favor de internação compulsória.

Digo isso, não por experiência própria, frise-se, mas pelos relatos de um amigo, advogado criminalista, que conseguia absolvições de viciados em crack alegando sua inimputabilidade. Dizia-me que alguns dependentes, nos raros momentos de lucidez, pediam que ele, defensor, lhes algemassem ou coisa parecida para que não viessem a consumir a droga.

E, geralmente, quem se libertou do crack, diz que por vias normais não se abandona esse vício. Ouvi, outro dia, um ex-viciado que se internou 26 vezes para se salvar. Imaginem!

Espantoso como os homens tendem a procurar sua própria destruição.

PS: Eu particularmente, não sou a favor de internações forçadas (amanhã alguém bate à minha porta e quer me internar…) Todavia, como não lido com esse problema e nem conheço nenhum viciado, só posso acreditar em depoimento de terceiros.

Responder

    Bleeer

    03/02/2012 - 18h01

    Espantoso como os homens tendem a procurar sua própria destruição. … é só continuar votando no PSDB que é garantida.

J Fernando

03/02/2012 - 11h40

Pesquisa feita com 125 usuários.
É brincadeira, né?

Responder

Marcelo de Matos

03/02/2012 - 11h30

Ah, ah, ah. Pesquisa com viciado? É nonsense. Se alguém tem a infelicidade de ter uma pessoa próxima viciada em drogas sabe disso. Tudo que o viciado diz que vai fazer é mentira. Ele promete mil coisas e não cumpre nada. O pesquisador não pode dar o mínimo crédito às suas opiniões. O viciado é como aquele personagem citado por Stanislaw Ponte Preta: “mentia com tanta convicção que até o inverso do que ele dizia estava longe de ser verdade”. O pessoal fez um churrasco na Rua Helvétia para os viciados, mas, quem disse que eles estão interessados em comida? O viciado só se interessa por droga. Estive lendo hoje que a Cracolândia representava só 5% do contingente de viciados da cidade. Os demais estão espalhados, inclusive, por áreas “nobres”, em desvãos de viadutos, etc. A OAB diz que é preciso diminuir o consumo de crack. Por onde o governo deve começar? Combatendo o tráfico, internando compulsoriamente os viciados, deixando que eles fumem livremente em determinas áreas? Não vejo uma luz no fim desse túnel.

Responder

Regina Braga

03/02/2012 - 11h14

Pesquisa de demotucano é tão confiável como a cor do camaleão!

Responder

    José Ricardo Romero

    03/02/2012 - 15h41

    Pesquisa demotucana é tão confiável quanto bundinha de nenem.

Gerson Carneiro

03/02/2012 - 11h14

A metodologia utilizada na "pesquisa" certamente foi a mesma empregada nos porões do DOI-CODI para arrancar confissão dos prisioneiros.

É bastante conhecido o conto do porco que após ser capturado e espancado pela polícia afirmava contundentemente "eu sou o coelho, eu sou o coelho".

Responder

Marco Ferreira

03/02/2012 - 11h11

A julgar por essa pesquisa, e comparando com a pesquisa do "datafraude", podemos inferir que boa parte da população de São Paulo tá usando crack? Não me xinguem, só estou usando a lógica tucano-facista…rsrsrs

Responder

Lu_Witovisk

03/02/2012 - 10h54

Mais uma de algum psicopata rico em SP: roubo de obras raras da biblioteca do Instituto de Botânica: http://g1.globo.com/sao-paulo/noticia/2012/02/obr

Me perdoem, mas este roubo não é coisa de pobre, isso cheira a encomenda de ricaço metido a "colecionador e a botanico amador".

Responder

Lu_Witovisk

03/02/2012 - 10h49

Quanto mais mexe, mais fede!! Esses caras só dão fora, quem é doido de acreditar nessa pesquisa?? ahhhh, os Homers que assistem o Bonner, por ingenuidade, e a elite "culta" pq lhe convém.

Responder

Sampaio

03/02/2012 - 10h22

Segundo a Folha, 83% dos entrevistados que se declararam serem eleitores do PT, foram a favor da ação da PM na cracolândia.

Vocês estão ridicularmente pregando no deserto e não se dão conta disso.

Responder

kblo

03/02/2012 - 09h58

graças a deus… http://noticias.r7.com/sao-paulo/noticias/-comi-l

Responder

RicardãoCarioca

03/02/2012 - 09h55

Parece uma história que ouvi no interior de MG quando morei lá, sobre um candidato a prefeito tentando a reeleição. Seus correligionários espalharam pela cidade e PiG municipal pesquisa que apontava um índice de aprovação do prefeito-candidato de 96,8% com 7% de margem de erro! A imprensa local nem se deu o trabalho de fazer uma continha de somar para achar estranho alguém poder ter até 103,8% de aprovação.

Responder

Reinaldo

03/02/2012 - 09h46

O Instituto Goebbels aponta: 89,4% dos estudos da Secretaria de Saúde de São Paulo são deliberadamente enviesados para atender às determinações do chefe do executivo paulista.

Responder

    Morvan

    03/02/2012 - 10h10

    Bom dia.

    Renaldo, gostei da pesquisa (o nome do prost., digo, instituto, já diz tudo). Esperemos para ver se o DataPardo confirma ou não os dados. DataPrado tem bem mais credibilidade.

    :-D

    Morvan, Usuário Linux #433640.

Marcelo Ramos

03/02/2012 - 09h40

O pior é que estão seguindo a "orientação" do Reinaldo Azevedo/Veja, esse @#$* (não há palavras adequadas para descrever a escrotidão dessa #@*%). A Veja publicou que é "estratégia" dos movimentos sociais apanhar em troca de voto… como a Veja recebe, todo ano, uma amistosa dispensa de licitação da prefeitura de São Paulo, agora parece que a prefeitura está "fazendo consultoria" com esse papel higiênico. Tudo a ver…

Responder

Alberto

03/02/2012 - 09h32

É pra gente pensar de como as ideias autoritárias e conservadoras das classes dominantes ganham as consciências de outros setores da sociedade

Responder

Morvan

03/02/2012 - 09h21

Bom dia.

Neste caso, não se deve tratar da Síndrome de Estokolmo. Quem sabe a Síndrome de EstouCalmo ou Síndrome de Ex-Craque (o cara que é amigo do Romário, do Bebeto e do Viola, seria isso?

Ora, estes tunganos pensam que todo mundo é otário. Esta "pesquisa" deve ter sido feita lá na cozinha da Opus Dei.

:-D

Morvan, Usuário Linux #433640.

Responder

    Jairo_Beraldo

    03/02/2012 - 10h29

    Na verdade eles não pensam que todo mundo é otário…eles, os tunganos e os puliça, é que são de inteligencia ímpar, QI altiíssimo….quando vejo um puliça na TV dando entrevista, fico pensando – pra que juiz, promotor, advogado? É tão simples…se foi assassinado por ser pobre, é acerto de contas com traficantes, mas se for assassinado sendo rico, foi latrocínio…ora, vamos fazer uma petição para extinguir a magistratura a promotoria e os advogados e dar plenos poderes aos anacéfalos anarfas de papai e mamãe(as excumungadas em juramento) veste fardas e seremos felizes para sempre!

    Paulo P.

    03/02/2012 - 10h30

    ou de síndrome de 'MULHER DE MALANDRO' by Nelson Rodrigues.

    Vivas ao MAGUARY

    Morvan

    03/02/2012 - 11h03

    Bom dia.

    Sóoo.

    :-D

    Morvan, Usuário Linux #433640.

Wandersona Brum

03/02/2012 - 09h18

De um lado gente negra e pobre contente com com cacetadas da PM e do outro gente cinza da PM contente em dar cacetadas. SP é mais perfeito reino da alegria onde que que não é Sado e Masoquista ou as duas coisas…

Responder

Deixe uma resposta