NOVO CONTATO WHATSAPP: 11 00000-0000
Leia também

Cynara Menezes: Control C + Control Veja

publicado em 04 de junho de 2012 às 19:22

por Cynara Menezes, em CartaCapital

No centro do furacão desde que vieram à tona suas relações no mínimo pouco éticas com os bandidos da quadrilha de Carlinhos Cachoeira, a revista Veja parece ter perdido toda a noção de ridículo. Sua capa desta semana é uma farsa: o “documento” que a semanal da Abril alardeia ter sido produzido pelo PT como estratégia para a CPI de Cachoeira é, na verdade, um amontoado de recortes de reportagens de jornais, revistas e sites brasileiros.

O tiro no pé de Veja. Foto: Reprodução

Confira neste link (clique AQUI) os fac-símiles do suposto “documento” que a revista apresenta com “exclusividade” e compare com os outros links no decorrer deste texto.

Segundo a revista, os trechos que exibe fariam parte de um “documento preparado por petistas para guiar as ações dos companheiros que integram a CPI do Cachoeira”. Mas são na realidade pedaços copiados e colados diretamente (o manjado recurso Ctrl C+ Ctrl V dos computadores) de reportagens de terceiros, sem mudar nem uma vírgula.

O primeiro deles: “Uma ala poderosa da Polícia Federal, com diversos simpatizantes nos meios de comunicação, não engole há muito tempo o ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal” saiu de uma reportagem de 6 de abril do site Brasil 247, um dos portais de notícia, aliás, que os colunistas online de Veja vivem atacando com o apelido de “171″ (número do estelionato no código penal). Mas quem é que está praticando estelionato com os leitores, no caso? (confira clicando AQUI).

Outro trecho do “documento exclusivo” de Veja é um “copiar e colar” da coluna painel da Folha de S.Paulo do dia 14 de abril: “Gurgel optou por engavetar temporariamente o caso. Membros do próprio Ministério Público contestam essa decisão em privado. Acham que, com as informações em mãos, o procurador-geral tinha de arquivar, denunciar citados sem foro privilegiado ou pedir abertura de inquérito no STF”. (Confira AQUI)

Mais um trecho do trabalho de jornalismo “investigativo” com que a Veja brinda seus leitores esta semana: “Em uma conversa entre o senador Demóstenes Torres e o contraventor Carlinhos Cachoeira, gravada pela Polícia Federal (…)”, é o lead de uma reportagem do jornal O Estado de S.Paulo do dia 28 de abril (leia AQUI).

Pelo visto, os espiões da central Cachoeira de arapongagem, que grampeavam pessoas clandestinamente para fornecer “furos” à Veja, estão fazendo falta à semanal da editora Abril…

 Ria um pouco mais:

Estudantes “saúdam” o governador de Goiás

Urariano Mota: SE Gilmar Mendes

Vai a pílula vermelha ou a azul?

Berzé: E custou 15 milhões de reais!

O hit do #foramarconi

IMG_0619

22 - abr 0

Latuff: Torpedeando

-+*

Attila Louzada

09/07/2012 - 18:24

Sugiro que poham lado a lado, em colunas, o texto de Veja e o dos documentos “grampeados”.

Responder

abolicionista

10/06/2012 - 21:18

Ainda tem imbecil que lê essa joça. Veja emburrece, e não é só por causa da militância anti-petista. As matérias são mal-escritas, mal-concatenadas, a diagramação é uma porcaria. E o que é pior, mais de 70% da revista é tomado por publicidade. Tem gente que paga para ler isso? Eles é que deveriam pagar os leitores…

Responder

Colombo

05/06/2012 - 18:24

Depois do “grampo sem áudio” agora temos o “documento sem papel”.
O que a Veja está esperando para publicar “o documento a que teve acesso”? É uma folha só, são várias? Como começa e como termina? Onde está o documento?
Ou a Veja já o encontrou assim, todo rasgadinho?

Responder

angelo

05/06/2012 - 17:53

hahahahahah

Lula criou a CPI

Responder

Jose

05/06/2012 - 16:58

Pessoal, vamos parar com esta idéia de querer fechar a abril.
Espera o Mauricio de Souza mudar de editora, minha filha é fã do gibi da Monica.

Responder

Antônio

05/06/2012 - 14:58

Ou a veja arranja um substituto à altura do Carlinhos Cachoeira (para editor), ou a revista se acaba.

Ela tentou o Jilmar Dantas, mas o homem não tem o QI do Cachoeira. No entrevero com o Lula, o “novo” waterfall não correspondeu às espectativas.

E o Pole está temporariamente “viúvo”, já que a sua fonte “mais confiável” no mundo do crime marcou bobeira e foi tirar férias na cadeia.

E ai a saída da revista é a colagem. E passa a agir como aqueles alunos que vão fazer um trabalho sobre a corrupção na imprensa brasileira e colam um taquinho daqui, outro dali e no final concluem: a veja é a revista mais corrupta do Brasil. E a professora desconsidera o trabalho, não porque desconfia que é uma colagem, mas porque é assinante da dita cuja.

Viva o Brasil, viva os blogs sujos. Sem os últimos o golpe já teria acontecido há muito tempo.

Responder

RicardãoCarioca

05/06/2012 - 13:39

Está mais para ‘Editora 1o de Abril’.

Responder

paulo astra

05/06/2012 - 11:23

O desembargador Tourinho Neto e Cachoeira
http://www.advivo.com.br/blog/luisnassif/veja-e-o-estelionato-jornalistico

Responder

antonio

05/06/2012 - 10:56

bem feito, para os leitores que se acham o supra-sumo da intelectualidade lendo este panfletinho facista! É VEXAME em cima de VEXAME!!

Responder

Erica Mendag

05/06/2012 - 09:21

Vergonha alheia essa revista… Pra mim Veja está no mesmo rol da Caras, serve apenas para ser folheada em consultórios, pra passar o tempo… não é boa nem pra cachorro fazer xixi, para isso eu uso a Folha de São Paulo.

Responder

Vinicius Garcia

05/06/2012 - 09:16

Ela não faz o papel ridículo sozinha, imagine só como fica quem lê crédulo essas coisas e descobre depois a realidade dos fatos.

Responder

Mardones Ferreira

05/06/2012 - 09:14

k k k k k k

É preço pago pela ignorância e arrogância dos leitores desse panfleto político.

E da Veja é possível esperar tudo, como esse trabalho de aluno de quinto ano colegial.

Responder

Willian

05/06/2012 - 09:08

Cynara Menezes defende brilhantemente o PT daquilo que ele não foi acusado. Pergunta-se:

1. Seja por Control C + control V, o documento produzido foi feito por petistas? 2. Numa CPI que tem por objeto a invetigação do bicheiro Carlinhos Cachoeira, do senador Demóstenes Torres e suas relações com a empresa Delta, por que o foco do PT está em Gilmar Mendes, o PGR Gurgel e a revista Veja?
3. Luiz Fernando Liñares e Rebeca Albuquerque, funcionários da liderança do PT, são autores do documento? Se não, vão processar a Veja por mentir? Se sim, quem os mandantes?

Responder

    Rodrigo Leme

    05/06/2012 - 11:13

    EXATO. A Cynara, no afã de prestar o serviço, segue a cartilha direitinho: joga a discussão pra um “clipping ou documento secreto” e passa reto no “pq montaram isso sobre esses elementos?”.

    Fica mais estranho vindo de parlamentares petistas que diziam que o foco da CPI era investigar pessoas independente de interesses partidários. Aí, a cartilha (clipping, documento, papel, colinha) foca no procurador do Mensalão, em um dos juízes do STF que representa um risco contra os réus do process e no veículo que mais aperta o assunto.

    Pq a Cynara passou reto nisso? Pq isso não se explica, se disfarça.

    abolicionista

    10/06/2012 - 21:12

    Caros tucanos, sem querer fundir os miolinhos de vocês: você acha que se a Veja tivesse um documento lavrado pelo PT, ela hesitaria por um segundo sequer em divulgá-lo? Vocês acham que ela seguraria esse documento? No entanto, vejam só, a Revista mente! Esse é o ponto: ela não tem o documento, e mente para os seus leitores dizendo que o possui! Vocês não ficam escandalizados com isso? Vocês acham que é normal um meio de comunicação publicar mentiras? Acho que vocês precisam fazer um curso básico de ética, gente!

    abolicionista

    10/06/2012 - 21:28

    “Seja por Control C + control V” ????!!!! Você ficou louco, cara? A Revista mentiu! Isso é crime, mané! Sabe certo e errado? Então, mentir está no lado do errado, lembra?! Você paga para ler esse treco, eles mentem pra você e você ainda tenta defendê-los? Cara, junta o que te sobra de dignidade e pára de comprar esse lixo. Gasta com outra coisa, até cachaça é melhor que isso! Uma coisa é ser de direita, outra é ser trouxa. Eu sou de esquerda, mas não pago nem um centavo em uma revista de esquerda que tente me enganar, não pago mesmo! Quanto custa esse porcaria? Pára de jogar dinheiro fora, qualquer fascistinha consegue forjar um documento muito mais crível do que esse, convenhamos…

Gerson Carneiro

05/06/2012 - 08:16

Falta de pauteiro levou a @VEJA a dar #CtrlCCtrlVeja na morte de Steve Jobs nesta manhã de 05/06/2012.

“@VEJA Morre Steve Jobs, criador da Apple, iPod, iPhone, iPad… goo.gl/x6XJ8″ Tue, 05 Jun, 08:03

Responder

Zezinho

05/06/2012 - 08:01

Boa tentativa,

somente foi demonstrado que esse documento foi gerado a partir de reportagens dos outros.

Não acredito que a Veja seria tão amadora a ponto de cometer tal gafe tão grotesca.

Os funcionários do PT que geraram o arquivo é que provaram mais uma vez quão capacitados que são.

Olha o truque da fumaça mais uma vez.

Responder

    Roberto Locatelli

    05/06/2012 - 14:17

    Zezinho, tome muito cuidado para não cair em nenhum outro conto do vigário, além desse da Veja / Cachoeira. Você tem todo o perfil de quem corre o risco de ser enganado por espertalhões.

Fabio Passos

05/06/2012 - 07:30

A repercussão é grande.

Lá no Nassif foi uma traulitada…

“Veja e o estelionato jornalístico”
Autor: DiAfonso
http://www.advivo.com.br/blog/luisnassif/veja-e-o-estelionato-jornalistico


A revista Veja foi, cirurgicamente, desmascarada por Cynara Menezes [CartaCapital]. Como não está sendo mais pautada por Carlinhos Cachoeira, a equipe do semanário do Grupo Abril anda atestando incompetência jornalística ao brindar seus leitores com um vergonhoso estelionato jornalístico.

Note abaixo as cópias publicadas pela Veja e os fragmentos de textos originais. A revista de Civita sequer cita as fontes [a autoria vai para o beleléu].

Responder

Roberto Locatelli

05/06/2012 - 04:49

O que os assinantes da Veja dirão disso? Pagando para ler falsificações! E, ainda por cima, falsificações mal feitas.

Cabe a pergunta: será que não tinha ninguém na redação com mais de dois neurônios? Alguém para dizer: “Olha, pessoal, esse Ctrl+C Ctrl+V tá muito na cara, vai ser descoberto fácil, fácil.”

Responder

    velhinha de taubaté

    05/06/2012 - 09:45

    O que os assinantes da veja dirão? Basta ver o comentário do Zezinho, que diz que o pessoal do PT criou copiando até receita de bolo da Ana Maria Braga e que a veja só descobriu e denunciou brilhantemente esse documento sigiloso ao público…
    Não adianta, assinante da Óia gosta de comer grama, mesmo se for naquele tom amarelado das páginas da óia.

    J Fernando

    05/06/2012 - 10:45

    Eu também notei o comentário do Zezinho…
    Ele acredita piamente que a revista veja não cometeria esta gafe.
    Esta é ainda, a pior realidade que enfrentamos: os leitores de veja acreditam que o que ela publica tem valor. E se a gente desmascara, a culpa é… do PT.

Gerson Carneiro

05/06/2012 - 02:22

E o Serra chama de lixo um livro farto de documentos oficiais, o “A Privataria Tucana”.

Lixo é a porcaria dessa revista que forja documentos.

Responder

Saulo Machado

05/06/2012 - 00:22

“Ciberataque Vermelho: Robôs Petralhas invadem redação da Veja e criam o escândalo Crtl C + Ctrl Veja”

Responder

Rose SP

05/06/2012 - 00:06

Essa revistinha vai morrer de inanição ( falta do editor cachoeira),eu acho é pouco. Revista sem qualificação e crédito entre os que pesam neste País.

Responder

will

04/06/2012 - 23:35

Dá até dó! Será que não estão sabotando a indispensável?

Responder

Paciente

04/06/2012 - 22:10

Perdeu o editor Cacheira,
Se perdeu com o Zé Cascata,
Agora só resta copiar e colar…

Responder

Juliana

04/06/2012 - 22:06

Olha aqui no consultorio tem sempre edições da semana da revista VEJA. As outras ficam mofando. A revista é a mais lida. Só que as pessoas quando vão embora levam a revista. Será para destruir ou continuar lendo?

Responder

Marat

04/06/2012 - 21:17

Quem acha que uma cachoeira de águas turvas poderia substituir fontes sérias está redondamente enganado: veja, um lixo a se esquecer!

Responder

Bonifa

04/06/2012 - 21:09

Veja continua trabalhando forte, correndo qualquer risco, mas secundada sempre por todo o resto da imprensa de oposição. O que querem é proporcionar um clima de suposta “opinião pública” para respaldar a enxurrada de liminares e outras providências jurídicas que estão a chegar por aí, na busca por minar e torpedear a CPI. É trabalhando através da justiça que pretendem agora atacar. Breve poderemos ver Cachoeira solto, livre como um passarinho.

Responder

Paulo

04/06/2012 - 20:55

O tiro no pé quem deu foi a própria Veja. Enquanto todos esperavam uma capa bombástica, com a continuação do enredo da semana passada, Veja apresenta esse remendo de jornalismo supostamente investigativo. Não deu para bancar a mentira da semana passada, então o jeito foi inventar outra para essa semana. Tudo não passa de estratégia para encobrir ou adiar o que a CPI tem condições de esclarecer: o banditismo de uma certa turma demotucanalha…

Responder

    Marat

    04/06/2012 - 21:18

    Prezado Paulo, no caso da veja, foi um tiro na pata (sem querer menosprezar os quadrúpedes!).
    Abraços

Fabio Passos

04/06/2012 - 20:37

putz… então o “documento” que a veja divulgou com “exclusividade” é um cozidão de reportagens. Algumas de abril…

leitores de veja são tratados como imbecis por rupert civita.

Responder

    Jose

    04/06/2012 - 21:01

    Só eles ainda não perceberam isto.

    Marat

    04/06/2012 - 21:20

    Fabio, o pior é que a maioria dos leitores daquele lixo é estúpida mesmo. Até mandam slides pela internet, com as “ideias” porcas daquilo ali. Poucos se salvam naquele esgoto!!!

    Fabio Passos

    05/06/2012 - 07:41

    Olha, faz tempo que não vejo circular spam de reportagem da “mais vendida”.

    Acho que bateu um semancol geral nos leitores de veja.

    Até os militantes do PIG não aparecem mais aqui prá defender a quadrilha.
    Amarelaram… de vergonha. rsrs

Gerson Carneiro

04/06/2012 - 20:29

@Veja dá tiro no pé com o #ComTrollVeja

Responder

Marianne (Serrote)

04/06/2012 - 20:01

E fica por isso mesmo? Não se pode entrar com uma ação no Procon? Afinal estão enganando o consumidor.

Responder

    Fabio Passos

    04/06/2012 - 20:57

    Jose

    04/06/2012 - 21:00

    Infelizmente não posso. Sómente os leitores da Veja. Mas nenhum irá se pronunciar, a vergonha falou mais alto.

    Roberval

    09/06/2012 - 23:53

    Impossível minha cara! Os leitores de Veja não enxergam! Acho que também não têm poder de discernimento.

Deixe uma resposta

NOVO CONTATO WHATSAPP: 11 00000-0000