VIOMUNDO
O VIOMUNDO só é possível também através de anunciantes, e detectamos que você utiliza um AdBlock, bloqueador de anúncios.
Por favor considere ajudar o VIOMUNDO desativando o bloqueador para este site.

Confirmado: Mídia brasileira rasga dinheiro

05 de agosto de 2012 às 14h06

 

Gráficos extraídos de Venezuela no Mercosul anima indústria, na Folha, 04.08.2012

por Luiz Carlos Azenha

O mundo em crise econômica. A China avançando sobre mercados brasileiros. E a mídia nativa quer que o Brasil abra mão de crescer em mercados nos quais o país tem imensa vantagem comparativa em relação a concorrentes, entre outros motivos por causa da geografia.

É ou não rasgar dinheiro?

Dois dias antes de publicar os gráficos, a Folha martelou, no editorial Sem Rumo no Mercosul: “Celebrada pelo governo brasileiro como uma ‘nova etapa’ do bloco comercial, a precipitada incorporação da Venezuela ao Mercosul, concretizada anteontem, seguiu a lógica estreita da afinidade ideológica e das políticas erráticas que têm impedido o aprofundamento da integração comercial sul-americana”.

Já o Estadão, em O desmonte do Mercosul, escreveu: “O ingresso da Venezuela de Chávez nada acrescenta, economicamente, à cambaleante união aduaneira. Do ponto de vista diplomático, a presença do chefe bolivariano será mais um entrave a negociações com parceiros relevantes, como os Estados Unidos e a União Europeia. Será, igualmente, um complicador adicional em discussões de alcance global. Neste momento, já é um fator de desagregação”.

Pura coincidência: a linha dos dois jornalões paulistas combina com os objetivos estratégicos dos Estados Unidos, cuja propaganda, promovida de forma aberta ou clandestina, ora mata Hugo Chávez, ora o acusa de envolvimento com o narcotráfico, ora diz que ele é o grande mentor das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (FARC) — com esta última acusação, aliás, nem mesmo o governo da Colômbia, que deveria ser o maior interessado, concorda!

Quem entrou no Mercosul não foi Hugo Chávez, mas a Venezuela. O presidente venezuelano é passageiro. Porém, os jornalões paulistas usam, eles sim, a ideologia, para adotar uma postura que contraria os interesses econômicos e estratégicos do Brasil.

A quem interessa afastar Brasil e Venezuela, se a adesão do país caribenho ao Mercosul é vantajosa para empresas brasileiras?

Aos Estados Unidos, com certeza, que querem para si controle exclusivo de um mercado que o Brasil crescentemente vai ocupar. Isso, sim, podemos chamar de “afinidade ideológica, comercial e estratégica” com Washington.

E a Folha ainda tem coragem de escrever na capa que é um jornal “a serviço do Brasil”. Concordamos: de um ‘certo’ Brasil.

O livro da blogosfera em defesa da democracia - Golpe 16

Golpe 16 é a versão da blogosfera de uma história de ruptura democrática que ainda está em curso. É um livro feito a quente, mas imprescindível para entender o atual momento político brasileiro

Organizado por Renato Rovai, o livro oferece textos de Adriana Delorenzo, Altamiro Borges, Beatriz Barbosa, Conceição Oliveira, Cynara Menezes, Dennis de Oliveira, Eduardo Guimarães, Fernando Brito, Gilberto Maringoni, Glauco Faria, Ivana Bentes, Lola Aronovich, Luiz Carlos Azenha, Maíra Streit, Marco Aurélio Weissheimer, Miguel do Rosário, Paulo Henrique Amorim, Paulo Nogueira, Paulo Salvador, Renata Mielli, Rodrigo Vianna, Sérgio Amadeu da Silveira e Tarso Cabral Violin. Com prefácio de Luiz Inácio Lula de Silva e entrevista de Dilma Rousseff.

Compre agora online e receba na sua casa!

Captura de Tela 2016-11-21 às 13.27.30
21 - nov 5

Laerte: Outro Roda Viva, urgente!

Vômito coletivo

Captura de Tela 2016-11-13 às 09.55.58
13 - nov 2

Vitor Teixeira: Mãos ao alto

O ataque ao MST

CHARGE
08 - nov 3

Emanoelf: Brasil descarrilhado

PEC 55, antiga 241

 

41 Comentários escrever comentário »

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Partidos e movimentos sociais promovem ato de apoio a Chávez « Viomundo – O que você não vê na mídia

05/09/2012 - 11h09

[…] Confirmado: Mídia brasileira rasga dinheiro […]

Responder

FrancoAtirador

06/08/2012 - 20h08

.
.
A MÍDIA OLIGÁRQUICA DOS EU-B (G.A.F.E.)

É A SUCURSAL DA MÍDIA OLIGÁRQUICA DOS EU-A.
.
.

Responder

Confirmado: A mídia brasileira rasga dinheiro « novobloglimpinhoecheiroso

06/08/2012 - 17h13

[…] Luiz Carlos Azenha em seu Viomundo […]

Responder

Roberto Locatelli

06/08/2012 - 17h09

Comparação:

PIB do Paraguai: U$ 23,88 bilhões
Valor de mercado da CEMIG (Cia. de Eletricidade de MG): + – U$ 26 bilhões

É claro que o valor de um país não se mede pelo PIB, e sim pelo valor de seu povo. Mas, já que estamos falando de comércio…

Responder

ZePovinho

06/08/2012 - 15h29

Pouca gente lembra,mas depois de alguns encontros com Obama vários presidentes contrários aos interesses dos EUA adquiriram câncer.Foi estranho,além de ser bantante estranho que jornalistas brasileiros falassem com certeza absoluta de que o câncer mataria Hugo Chávez.
Todo mundo sabe que eu sou um conspiracionista.O que eu não esperava é que o governo do Egito também fosse,inclusive com a mesma acusação(indução de doenças em governantes) aos bandidos estadunidenses/sionistas:

http://www.voltairenet.org/Egipto-acusa-a-EEUU-de-matar-a

Egipto acusa a EEUU de matar a Omar Suleiman

<img src="“>

…..Zakaria acusó al presidente de EE.UU., Barack Obama, a la embajada norteamericana en El Cairo y a la Agencia Central de Inteligencia (CIA) de asesinar a Suleiman por tener informaciones secretas relacionadas a los planes estadounidense-israelíes y de otros regímenes árabes.

Según el político egipcio, Omar Suleiman siempre temía ser asesinado y murió sorpresivamente por una enfermedad desconocida, cuando había decidido escribir y publicar sus memorias……..

Responder

lucio

06/08/2012 - 14h09

Imagina com as nossas refinarias, que estão sendo capacitadas para refinar o nosso petróleo, que em sua maior parte é pesado e é refinado fora do país. Com a inclusão da Venezuela poderemos de quebra refinar o petróleo deles, que também é pesado. Quantos benefícios iriamos trazer para a região norte e para o Brasil e além disso nos livraríamos de ter que refinar o petróleo fora do pais.

Responder

    Ze Duarte

    06/08/2012 - 16h42

    grande parceiro que deu calote justamente em refinaria…

Bertold

06/08/2012 - 13h14

Eles não rasgam dinheiro deles. Os governos estaduais tucanos abastecem seus caixas com compras e mais compra de assinaturas de jornais, revistas, livros, dvds e outras bugingangas sem que eles precisem contratar ninguém para sair vendendo. Assim é fácil ser capitalista.

Responder

Confirmado: Mídia brasileira rasga dinheiro

06/08/2012 - 12h33

[…] Viomundo EmailPrint Tags: Mercosul, mídia […]

Responder

Confirmado: Mídia brasileira rasga dinheiro | OCOMPRIMIDO

06/08/2012 - 10h00

[…] Luiz Carlos Azenha, do Viomundo. Gráficos extraídos de Venezuela no Mercosul anima indústria, na Folha, 04.08.2012 Leia […]

Responder

cassio zecatti

06/08/2012 - 08h40

A elite brasileira é a mesma do Brasil Colonial. A ligação com a metrópole era péssima, mas atendia a poucos e muito bem.

Responder

Paciente

06/08/2012 - 05h35

Se no entanto Chavez fechar um contrato de fornecimento de publicações da Abril para as escolas venezuelanas… aí, tudo muda!

Responder

sil

05/08/2012 - 22h46

Muito bom Francisco Niterói,a minha percepção é a mesma.

Responder

    francisco niterói

    06/08/2012 - 08h14

    Obrigado, sil
    Aproveito a deixa para protestar contra o comentario acima de NELSON ZEIN FILHO. Caramba, como temos ainda que avancar no nosso processo civilizatorio.
    Deixei de ler a midia convencional pra ficar livre “deste tipo de publico” e me deparo aqui com este lixo misogino, preconceituoso e burro pois ignora, por ex, a forca petrolifera da Venezuela.
    ALO! VIOMUNDO! DESCULPE O CAIXA ALTA! MAS AQUELE COMENTARIO DEVE SOFRER UM REPUDIO DE VCS!

    Maria Libia

    06/08/2012 - 13h45

    Francisco, veja que ele é BRANCO, de raça pura como Hitler queria.

    lia vinhas

    06/08/2012 - 14h25

    Francisco Niteroi, todos os seus comentários são pertinentes. Nossa elite é igualzinha a da Venezuela, uma das mais reacionárias do mundo, posto que, sua maioria, está ligada a área do petróleo e tem ódio ao Chaves. Basta uma ida a vários blogs sérios para ver todas as coisas positivas que o líder da Revolução bolivariana deu ao seu povo: mais de um milhão de empregados com carteira assinada em plena crise mundial, milhares de casas para pessoas que vivem em locais de risco, Faculdades de Medicina por todo o país, inclusive em locais de difícil acesso, para que os novos médicos, oriundos em geral desses lugares, possam tratar aqueles que já conhece bem (e de graça, como as Faculdades),e por aí vai. O Brasil só tem a ganhar com o ingresso da Venezuela no Mercosul e melhor ainda será com a entrada dos demais países amigos.

Fabio Passos

05/08/2012 - 21h46

Os cretinos do PIG desejam um Brasil minúsculo e servil aos eua.
capachos ianques.

marinho, civita, frias e mesquita são da mesma laia de joaquim silvério dos reis e fernando henrique cardoso: traidores.

Responder

E. S. Fernandes

05/08/2012 - 21h45

Estadinho e Falha de S. Paula são partes menores do PIG, normal.
Anormal é a Lei de Medios que nunca regulamenta os dispositivos já constitucionais. Então, o PIG se autoalimenta e a cada instante solta outra matéria pró império e anti-povo brasileiro. A esquerda ainda não angariou as forças sociais suficietes para matar o cancer, fazer o que? Mas bem que o governo, indutor para o bem ou mal, podia fazer um pouquinho mais, neste sentido: induzir o fortalecimento da contra-hegemonia até criar uma outra hegemonia pro Brasil em novas mídias socializadas. Ou o papel impresso e o espaço eletro-magnético é, também, monopólio deles?

Responder

Gilmar bueno

05/08/2012 - 21h43

Locatelli presto muito atenção nos teus/comentários.Aqui vai um meu:Não sei onde li que 85% da publicidade (jabá)que à tal mídia/negócios recebe,provém das multinacionais.Outra é questão de história,mesmo.São os descendentes dos gringos que vieram pra cá no século XIX e conservaram o extrativismo,deixados pelo portugueses.Ou seja arranca tudo o que de bom temos e leva para à mastriz.

Responder

    Roberto Locatelli

    06/08/2012 - 17h06

    Pois é, Gilmar, com essa publicidade eles compram a opinião da mídia. Por isso é preciso democratizar a comunicação. Por exemplo, universalizando a banda larga. Abraço.

heloisa

05/08/2012 - 21h37

Perfeito seus comentários, Azenha.

O novo governo do Paraguai afirma, igualzinho à elite simbolica brasileira, que a entrada da Venezuela se dá por questao ideologica e esconde que a censura à essa associação, de anos, que é de cunho ideológico. Usam de pura ideologia quando seus interesses conservadores de poder economico, politico e cultural são questionados pelos interesses de populações inteiras desses países. Querem manter seus privilégios e estão certamente usando de seu poder simbólico para manipular e manipular. Estão putos e estão usando todas as suas armas, limpas ou sujas, muito sujas, para isso. Eles podem escolher o que colocar nos seus jornais, mas não podem calar a internet!

Responder

Cláudio

05/08/2012 - 20h42

O sloggan correto é: um jornal se servindo do Brasil.

Responder

Almir

05/08/2012 - 20h29

E ainda se ofendem quando são chamados de capacho de americanp.

Responder

Roberto Locatelli

05/08/2012 - 19h21

Não acho que a mídia brasileira rasgue dinheiro. Acho que ela está alinhada com os EUA por motivos financeiros. Aposto que muitos veículos de mídia no Brasil recebem dinheiro de fundações estadunidenses.

É por isso que, enquanto a FIESP e a CUT festejam, juntas, a queda da taxa SELIC, Miriam Leitão, Sardenberg, etc, dizem que “ainda não era a hora de baixar os juros”.

PS.: só para lembrar:
– PIB da Venezuela U$ 316,48 bilhões
– PIB do Paraguai U$ 23,88 bilhões
Fonte: Google Public Data – http://migre.me/aaRIT

Responder

    ZePovinho

    05/08/2012 - 20h03

    Não lembra não,Roberto????Quem assinou a lei que permite e presença de capital estrangeiro na mídia brasileira??????????

    Resposta: FERNANDO HENRIQUE CARDOSO.

    Roberto Locatelli

    06/08/2012 - 08h52

    Vixe, só podia ser ele!

    Fernando Soares

    05/08/2012 - 20h42

    Pode apostar todas as suas fichas que recebem sim Roberto, e é em dólares.

    Roberto Locatelli

    06/08/2012 - 08h54

    É nessa hora que o Governo Federal deveria agir para democratizar as comunicações.
    Cadê a banda larga universal?
    Cadê a lei geral das comunicações?

    Djijo

    06/08/2012 - 08h47

    Isso daí faz um tempão que desconfio. Acho até que eles são donos da mídia brasieiria e que os atuais “donos” são laranjas.

    Roberto Locatelli

    06/08/2012 - 17h03

    Olha, não duvido. A Abril, por exemplo, tem uns sócios sul-africanos, que fugiram de lá quando acabou o apartheid. Teoricamente não são sócios majoritários…

Polícia Federal acionada para investigar enciclopédia « Viomundo – O que você não vê na mídia

05/08/2012 - 18h32

[…] Confirmado: Mídia brasileira rasga dinheiro […]

Responder

O_Brasileiro

05/08/2012 - 18h05

http://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2012-08-05/queda-nos-juros-dos-titulos-publicos-desestimula-especulacao-dizem-especialistas
Por isso que a mídia golpista, porta-voz dos especuladores, esperneia quando o Banco Central reduz os juros!
Que saudades eles devem estar do Meirelles…

Responder

O Cafezinho » Blog Archive » Azenha: Mídia brasileira rasga dinheiro

05/08/2012 - 16h33

[…] por Luiz Carlos Azenha, no blog Viomundo. […]

Responder

jaime

05/08/2012 - 16h30

Para entender a grande mídia brasileira é preciso sempre imaginá-la como porta voz dos interesses norte americanos; aí fica fácil. E se mesmo assim der vontade de macaquear os “irmãos do norte”, lembre-se: para parecer estadunidense, a primeira providência que se deve tomar é tornar-se nacionalista; melhor, ultranacionalista. A segunda providência seria tornar-se imperialista.

Responder

Aracy

05/08/2012 - 16h02

Só o Professor Hariovaldo acredita nas opiniões da Folha sobre o comércio exterior brasileiro.

Responder

O_Brasileiro

05/08/2012 - 15h08

O Brasil tem um polo industrial e uma refinaria, em Manaus, perto da Venezuela, com ligação terrestre.
A estrada no lado venezuelano é muito boa. Bastaria melhorar a estrada no Amazonas e em Roraima para melhorar ainda mais esta logística e aumentar as exportações para a Venezuela.
Também há uma hidrovia, a do Madeira, e um terminal graneleiro, em Itacoatiara, que tem ligação terrestre com Manaus, caso aquele país também interesse importar soja.
Além do que isso pode facilitar a escoação da produção para o Caribe, embora talvez seja mais vantajoso fazê-lo via Belém.
Isso sem falar que, apesar de o gás natural ter chegado a Manaus, ainda não há usinas de energia capazes de utilizá-lo nesta cidade, que poder-se-á beneficiar do fornecimento de energia elétrica a partir da hidrelétrica de Guri, a terceira maior do mundo.
Os Geógrafos me corrijam naquilo que eu estiver errado.

Responder

    Elton

    05/08/2012 - 18h36

    Se é a opinião de um geógrafo que você quer, então aqui vai:
    Está correto seu raciocínio, em todos os aspectos. Aliás apoio 100% o ingresso da Venezuela no Mercosul. O Brasil precisa consolidar o bloco, antes que o mesmo fragilize-se e dê vazão aos interesses dos EUA na América do sul.

Urbano

05/08/2012 - 15h05

É que o pig é modesto e acredita que o que já existe nos cofres do Bacen vem a ser de bom tamanho para a quadrilha da oposição ao Brasil se locupletar e, por ainda cima, distribuir com seus parceiros nacionais e internacionais; coisa essa que sempre fizeram e farão ad infinitum. E por isso esperneia porque não há um comparsa lá, coisa essa que era tão normal na maior parte do tempo.

Responder

Julio Silveira

05/08/2012 - 14h57

Azenha. você tocou num ponto crucial, a falta de brasilidade impregnada nessas pessoas que se dizem brasileiros para terem acesso ao povo e agirem feio alguns vírus que entram na célula e replicam o proprio DNA na célula hospedeira.
Os cidadãos brasileiros são para esses como as células hospedeiras. São usados apenas para que se nutram e se repliquem, mas não fazem parte do povo. Escolheram ser estrangeiros e nunca vão deixar de sê-los, escolheram ser alienígenas e nunca vão deixar de sê-los. Isso vem de dentro. Apesar de se parecerem com a gente, apresentarem muitas semelhanças com nossa gente jamais serão iguais, por que simplesmente tem DNA diferente.

Responder

francisco niterói

05/08/2012 - 14h38

Azenha
A única coisa que admiro na imprensa americana é o nacionalismo dela, mesmo que muitas vezes de forma a atentar contra principios basicos da civilizaçao (afinal de contas, ninguem gera um TEA PARTY inpunemente).
De forma análoga, o que mais desprezo na direita brasileira é o seu ódio visceral ao Brasil, este desprezo por qq coisa que represente minimamente reconhecer como justa qq aspiracao do país.
Nos EUA um politico que compre, por exemplo, um carro japones praticamente perde os seus votos pois a propria direita o ataca por nao ser nacionalista. Éum exagero, claro, mas ao vermos que no Brasil a nossa elite ataca o pais em qq oportunidade nos faz pensar que há mais coisas nesta posicao do que somente desprezo pelo país e seu povo.
Eu penso que a nossa elite, ciente, por exemplo, que ela paga pouco imposto, tem medo de um país sério pois neste caso qualquer distribuicao da carga tributaria fatalmente se encaminharia pra um debate justo e claro e aí quem teria que coçar o bolso seria ela, a nossa elite. Ou seja, eles sao muito espertos. Assim, nada me tira mais do serio do que verCLASSE MEDIA criticando o Brasil. Eles caem como patinhos na cantilena da elite para manter tudo do jeito que está.

Responder

    maria olimpia

    05/08/2012 - 18h14

    Francisco niterói,
    De pleno acordo com seu comentário.

Deixe uma resposta