VIOMUNDO
O VIOMUNDO só é possível também através de anunciantes, e detectamos que você utiliza um AdBlock, bloqueador de anúncios.
Por favor considere ajudar o VIOMUNDO desativando o bloqueador para este site.

Churrasco de linguiça (Aurora) no Higienópolis

14 de maio de 2011 às 18h08

Detalhes imperdíveis, narrados pela Conceição Oliveira, autora das fotos que aparecem acima (para ver mais, vá ao blog da Maria Frô):

Policial para manifestante: Quem é que lidera isso aí?

Resposta: O povo.

Policial: !?!

*****

Da Conceição: O bom de manifestação em Higienópolis é que aqui a gente não apanha! (Diante da Prefeitura, numa manifestação contra as enchentes em São Paulo, ela foi afogada em gás pimenta)

*****

Repórter de importante emissora, narrando diante da câmera o evento:

“Tem linguiça, carne e abobrinha”.

Virando-se para um presente, em nome da verdade factual: “Aquilo é abobrinha, mesmo?”

Para saber mais, vá ao blog da Conceição Oliveira.

*****

25 - jun 0

Duke: O abate

Aécio

19 - jun 0

Berzé: A Constituição

A festa do Gilmar

 

170 Comentários escrever comentário »

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Quando os paulistas vão à Bahia | Viomundo - O que você não vê na mídia

22/08/2011 - 12h02

[…] Churrasco de linguiça (Aurora) no Higienópolis   […]

Responder

FHC, o Facebook e a “coalizão de vontades” | Viomundo - O que você não vê na mídia

20/05/2011 - 20h10

[…] São Paulo, conseguiu arregimentar mais de 50 mil pessoas em um protesto virtual que, em seguida, se materializou de forma autônoma e apartidária nas ruas. Por ironia, aqueles profissionais de “tecnologias de informação” aos quais se […]

Responder

valdo Franca

19/05/2011 - 11h48

Boas…
Alguém poderia nos ajudar a convidar "a gente diferenciada" pra manifestação…dos índios contra BElo Monte???
agradecemos… http://www.facebook.com/event.php?eid=20053232999

Responder

Raphael Tsavkko

16/05/2011 - 22h32

Mais fotos e vídeos do evento: http://www.tsavkko.com.br/2011/05/relato-do-prote

Um mar de gente, de todos os tipos, cores, gêneros prontos para, com muito bom humor, protestar contra o racismo e o preconceito.

De longe avistava-se uma fumaça preta persistente em meio à quantidade surpreendente de pessoas – era a catraca de ônibus que havia sido queimada pelos presentes para protestar, também, contra o preço abusivo do ônibus e do metrô -, além da presença maciça de veículos de meios de comunicação, prontos a noticiar e, claro, falsear o número de presentes.

A PM informou serem 600 os manifestantes, a Folha teve a cara de pau de dizer 300. Mas eram (ou éramos) mais de mil. Seguramente mais de 3 mil ou até 5 mil passaram pelo protesto, comeram um churrasquinho, tomaram uma cerveja diferenciada e se divertiram e cantaram durante as mais de 5 horas de protesto.

Responder

Renato

16/05/2011 - 15h05

Neste caso do Metro em Higienópolis, depois da festinha ou do dito churrasco da "gente diferenciada" tomara que tudo não continue a ser tratado de forma superficial. Não devemos perder a oportunidade de discutir com mais profundidade a questão da mobilidade urbana tão essencial para uma cidade como São Paulo; de discutir a real necessidade da participação ativa da sociedade em torno de decisões públicas importantes como, por exemplo, a forma como se é definida as prioridades pela construção de linhas do Metro; de discutir alternativas em termos de modelos de bairros que queremos para todos. Não podemos simplesmente comemorar mais uma manifestação festiva, a gosto de programas de humor duvidoso de TV e pautas e laudas do pessoal da imprensa fincadas na já cansativa e irritante confrontação PT x PSDB, LULA x FHC. É preciso mais. É preciso despertar consciência de mentalidade cidadã, participativa. Apontam hoje matérias de jornais e de blogs que faltou na tal manifestação, que se diz ter mobilizado mais de 50 mil pessoas em redes sociais, a presença maciça das tais pessoas lamentavelmente consideradas por uma psicóloga como "gente diferenciada". Sou favoråvel ao Metro em todos os lugares. Tudo que ocorreu é importante para reflexão sobre os nossos caminhos. Como,também, serve para reflexão o que ouvi de duas pessoas a respeito do tema. A primeira, de uma pessoa simples, uma empregada doméstica que trabalha no Bairro de Higienópolis e que disse: "Este bairro já é cercado de estações de Metro e há briga para se ter mais uma. Este bairro é muito bem servido de linhas de ônibus. O Governo deveria olhar para o que ocorre na periferia, para locais onde as pessoas têm que caminhar muito para pegar uma condução". A outra declaração ouvi de uma pessoa moradora do bairro bem envolvida com a arte de fazer negócios e ganhar dinheiro, que disse: "Uma coisa é certa, o bairro vai ter mais uma estação de Metro. Isto é bom, é maravilhoso. Depois de pronta, imóveis por aqui vão ficar ainda mais valorizados". Enfim, temos muitos problemas e precisamos sem superficialidades e tom de festa passageira enfrenta-los com sentido voltado, não para destruição do que já funciona bem,mas,com a vontade de construir o progresso que determine melhor qualidade de vida para todos. Mais informação, mais participação da sociedade como um todo quando do processo de planejamento de obras, como a do Metro, é fundamental.

Responder

Igualdade

16/05/2011 - 14h22

Do outro lado da cidade os diferenciados negros tiveram seus cartazes e faixas apreendidos http://noticias.r7.com/sao-paulo/noticias/policia

Responder

Lazlo Kovacs

16/05/2011 - 14h17

O Reinaldo Azevedo se travestiu de cachorro (palavras dele) e assistiu ao evento. O texto diz que a culpa, claro, é dos petistas que insuflam a guerra de classes e que a gente de Higienópolis é uma verdadeira mistura de cores, todas respeitáveis, gente feliz (muito embora, pelas mais diversas razões que conhecemos, não seja bem isto).

Tentei postar/comentar algo em relação àquilo que opina sobre a questão do metrô em Higienópolis.

Meu comentário era simples: se não tinha nenhum problema com a "gente diferenciada", então, que se construa a estação; que já presenciei casos de discriminação na região; que a sua "Weltanschauung" quer se tornar "zeigeist" (referindo-me a http://veja.abril.com.br/blog/reinaldo/geral/zeit… também http://novaurbis.blogspot.com/2009/06/zeitgeist-u…. Evidentemente, não foi colocado ao ar, embora não chegasse a ofender o senhor Reinaldo, que acha que o "petismo" faz aquilo que ele mesmo está fazendo: censura e perseguição.

Não é um simples comentarista oriundo de um jornalismo de esgoto (ou seja, de si mesmo); é um comentarista que alimenta os baixos instintos, ignorante, obscurantista. Seu público parece um espelho do comentarista: ou elogia ou reforça o obscurantismo. Realmente, não dá para dialogar. Conversando com um amigo meu por telefone, entendendo a questão, disse: "O Theodor Adorno escreveu que o fascista não dialoga (princípio do liberalismo democrático que, em tese, tanto pregam), quer a capitulação do oponente; procura afirmar a liberdade negando-a" e sugeriu-me os textos de análise sócio-psicológica do fascismo. A ideia parece muito boa – ler o Reinaldo Azevedo e os comentários postados à luz de tais ideias. Simplesmente contrapor com uma ideia oposta não ajuda muito; neste caso, demanda mais a análise. Será que o estômago aguenta?

Responder

Morvan

16/05/2011 - 11h35

Bom dia.
“Aquilo é abobrinha, mesmo"?
É sim, bem como os assuntos que o PIG "lança" para a população "pensar" no dia-a-dia…
E vivam os diferenciados.

Morvan, Usuário Linux #433640

Responder

marianne

16/05/2011 - 10h10

gente, aquilo não era abobrinha queimando, e sim chuchú!!! helloooo!!!

Responder

Klaus

16/05/2011 - 10h09

Mais uma questão: quando a moradora de Higienópolis disse que o metrô traria gente diferenciada para o bairro ela se referia a quem? Esta gente diferenciada foi ao churrasquinho? Os que foram assustariam a moradora? Como disse o pai de um famoso jornalista brasileiro, estão tentando fazer a revolução sem povo.

Responder

    Beto_W

    16/05/2011 - 13h32

    Klaus, ainda que a maioria das pessoas presentes ao protesto seja de classe média, isso não tira o seu valor. Pelo contrário, se havia alguém lá que não se sentiu diretamente ofendido pelas declarações da elite preconceituosa (o que eu duvido) mas foi mesmo assim para dar seu apoio, sua presença era bemvinda e louvável. Não há nada errado em defender os direitos do outro.

    Bruno

    16/05/2011 - 14h32

    Tira seu valor de essência sim, Beto. As pessoas realmente "diferenciadas" não apareceram. De verdade, nem foram chamadas. É uma pena, porque acho que o "protesto" – tão pacífico que, nestes tempos de abuso do direito de protesto, fica difícil de chamá-lo assim – deveria ser muito maior e mais abrangente.

Klaus

16/05/2011 - 09h28

Pelas fotos, parece que o pessoal da periferia foi em peso ao protesto, né mesmo?

P.S. Minha namorada adorou o casaco de couro marrom e o cachecol (realmente diferenciados) da mocinha que empurra o trio eletrico. Acho iguais em Miami?

P.S. Achei legal o pessoal classe média se fantaasiar de diarista, fingir que toma tubaína e fazer um churrasquinho de gato. Devem achar que são revolucionários e estão dando um passo a frente na conquista do poder pelo proletariado. Terão boas histórias pra contar no bar.

Responder

Aracy_

16/05/2011 - 08h37

Beleza esse churrascão com tubaína da gente diferenciada! Alegre, festivo e crítico ao mesmo tempo. E que incrível, em Higienópolis a polícia é diferenciada, não bate em manifestantes.

Responder

    Bruno

    16/05/2011 - 14h34

    Manifestante educado e pacífico não tem que apanhar mesmo, a PM foi muito bem. Já "manifestante" que fecha avenidas importantes às seis da tarde e ameaça agredir quem quer furar o "bloqueio socialista" tem mais é que ir em cana.

Renato Lira

16/05/2011 - 02h11

Os blogs do Professor Hariovaldo e da Tia Carmela estão imperdíveis hoje.

Ambos tocam neste assunto.

Estão de matar de rir.

Recomendo.

Vão lá e gargalhem igual gente diferenciada.

Responder

SILOÉ -RJ

15/05/2011 - 23h53

Isso sim é que é humor!!!
Tirar sarro da adversidade, são as nossas melhores piadas.
Nós, "diferenciados" somos PHD nisso.

Responder

Público

15/05/2011 - 22h28

A cidadania enfrentou os aparteadores. A gente "diferenciada" ocupou moralmente, intelectualmente e politicamente um espaço público, para demonstrar que o público não pode ser apossado como se privado fôsse.

Responder

Victor

15/05/2011 - 21h27

Tem coisas que só a elite de SP pode nos proporcionar.

Responder

FrancoAtirador

15/05/2011 - 19h51

.
.
"HIGIENÓPOLIS"

NÃO PODERIA SER MAIS SIMBÓLICO E REPRESENTATIVO O NOME DESSE BAIRRO PAULISTANO,

ONDE RESIDE PARTE DA ELITE POLÍTICO-ECONÔMICA HIGIENISTA PAULISTA E, PORTANTO, BRASILEIRA.
.
.

Responder

Mudar

15/05/2011 - 19h41

Neste ritmo "Gente difrenciada" será a grande diferença nas eleições do ano que vem. Temos que nos reunir para exigir meta de políticas que valorize a cidade e promovam o desenvolvimento humano e respeito á "Diferenciada" diversidade da cidade.

Responder

Tubaina

15/05/2011 - 19h35

Para os que não querem gente diferenciada transitando pelo "pedaço" deles, a festa bombou no maior estilo. -SÓ PRA CONTRARIAR.Danilo Gentilli voce perdeu umas aulinhas de humor que a liderança da manifestação do "Churrasco e Tubaina" promoveu: O POVO. Quem tem talento para fazer humor, não humilha e não desrespeita cidadãos diferentes – "diferenciados".Na próxima voce não falte primeiro vai ter que ouvir um som, tomar tubaina, cumprimentar a galera consciente de que o mundo mudou, ter a roupa lavada, e comer uma linguicinha.,Se liga mano – humor educa, promove, incentiva, faz rir com elegância, inteligência respeito.A Conceição fez mais humor que voce ao trazer para o site as fotos, estão divertidíssimas e séria, todas as fotos tem recado cidadão e um chamado venha para a próxima reunião.Os políticos devem estar com raiva, não reunem 1/10 dos diferenciados.

Responder

Margot

15/05/2011 - 19h30

Pelas fotos não me parece que tenha sido manifestação de pessoas diferenciadas problemáticas.
Até a farofa foi comprada no supermarket.
hahahaha
Neo-hippies como esses podem vir à vontade; são inofensivos como tocadores de realejo.

Responder

    Renato Lira

    16/05/2011 - 02h15

    Cê vai dar uns brioches pra eles, sud-Danusa?

D/Cultural

15/05/2011 - 19h21

Que Virada Cultural que nada! O Evento Cultural e Político do Ano que não utilizou verbas públicas é: "Gente Diferenciada" num encontro democrático (exemplo de que o povo sabe organizar-se e não tolera discriminações) para um Churrasco.
Tubaina, som, camelô, empregadas, internautas "reclamões", e churrasco num bairro chiquetérrimo que não tolera "andantes" , é inédito no mundo. Vai para o Guiness e estará registrado: o evento que demonstrou que discriminações faz mal para a mente, alma, coração e para a cidade. Gente diferencida é o mundo.Hegemonia "fui". Político que não se antenar no recado e não for diferenciado na política do bem comum, vai perder votos e confiança do eleitor.
VI O MUNDO site diferenciado.

Responder

Polengo

15/05/2011 - 18h47

Eu de novo.
Acabei de ler a matéria da Conceição, tem um detalhe que não devemos deixar passar batido:
A sugestão dela de que, já que a polícia foi gentil, que todas as manifestações deveriam começar a acontecer lá.

Vai ver, eles acham que as pessoas diferenciadas são também aquelas que têm a honra de ter uma polícia que as agrida.

Responder

    Bruno

    16/05/2011 - 10h09

    A polícia foi gentil porque não ocorreram as selvagerias típicas das manifestações de sexta à tarde na Avenida Paulista, da porta da Prefeitura, das derrotas do Curíntia, etc.

    Polengo

    17/05/2011 - 01h22

    E da polícia militar brigando com a polícia civil na porta do iml, ops, do palácio dos bandeirantes.

    Tá, já te manjei.

Polengo

15/05/2011 - 18h39

A prova de que tinha 50, 60 pessoas no churrascão, é que naquela kombi cabiam todos os que não gostavam do supremo ministro.

Responder

FrancoAtirador

15/05/2011 - 18h01

.
.
MORADORA DE HIGIENÓPOLIS, GUIOMAR FERREIRA,
SUPOSTA AUTORA DA "JENIAL" FRASE DA "GENTE DIFERENCIADA",
ATRIBUI A AUTORIA AO REPÓRTER DA FOLHA DE S.PAULO.

"Eu não disse isso. A frase é dele [repórter da Folha de S.Paulo]. Isso não faz parte do meu vocabulário", disse Guiomar, em entrevista por telefone.

A psicóloga Guiomar Ferreira negou que tenha dito que a construção de uma estação de Metrô em Higienópolis, na Zona Oeste de São Paulo, atrairia "drogados, mendigos, uma gente diferenciada" para a área, um bairro nobre.

A frase consta de reportagem publicada pelo jornal "Folha de S.Paulo" em agosto do ano passado e voltou à tona depois da notícia, na quarta-feira (11), de que o Metrô de São Paulo decidiu não mais construir uma futura estação da linha 6 (ainda em projeto) na Avenida Angélica, no coração do bairro.

Desde então, a expressão se tornou um dos assuntos mais comentados no Twitter (com a hashtag #gentediferenciada) e foi usada para batizar, em tom de ironia, um protesto a favor da construção da estação no bairro, o "Churrascão da Gente Diferenciada", organizado por meio do Facebook.

"Eu não disse isso. A frase é dele [repórter da Folha de S.Paulo]. Isso não faz parte do meu vocabulário", disse Guiomar, em entrevista por telefone.
Segundo ela, a publicação indica que "são pessoas diferenciadas, como se eu tivesse um preconceito terrível contra pessoas que usam drogas. Ele deturpou muito."

Guiomar disse que o fato de o local cogitado para a estação Angélica ser próximo de outra estação prevista, a Higienópolis-Mackenzie, é o principal motivo de sua contrariedade.
"É evidente que muda o perfil do bairro, […] mas eu acho que é uma perda de dinheiro duas estações a três, quatro quadras uma da outra, com tantos locais de São Paulo que precisam mais."
Procurada pelo G1, a "Folha" informou que mantém o que foi publicado.
Segundo o jornal, a entrevista foi concedida em frente a uma terceira pessoa.
Informou também que não tem registro de que a psicóloga tenha contestado a declaração, seja por carta ou e-mail.
.
.
ACHO QUE ESTE CASO AINDA VAI PARAR NO ECAD E NO MinC.
.
.

Responder

Diferenciados

15/05/2011 - 17h39

Acabei de ler no site afropress http://www.afropress.com/indexNew.asp, um protesto pacífico de entidades sociais negras no Centro da Cidade, no dia 13 de Maio foi tenso.

Responder

Tubaina

15/05/2011 - 17h24

O churrasco e a Itubaina embalaram a festa da cidadania ativa. O que não combina com cidadania é hipocrisia, falsas representações políticas, desrespeito ao eleitor, preconceitos, exclusões, machismo, sexismo, racismo, homofobia, fome, latifundios, monopólio dos meios de comunicação, salários aviltantes, analfabetismo, desrespeito á soberania popular.

Responder

Cidadania

15/05/2011 - 17h18

Gerson voce agora é um diferenciado reconhecido mundialmente. Permita-me, eu também sou porque fui representada por voce. Cidadania é isto participação, fortalecimento, união, consciência e solidariedade.
Chega de individualismo.

Responder

Luci

15/05/2011 - 17h12

O jovem com a garrafa de tubaina nas mãos, é a imagem de um futuro que impõe Políticas Públicas de Inclusão, respeito á dignidade humana.Fim de marginalizações, opressões e esculhambações com os pobres.Churrasco é lazer e política. Os jovens não querem estar engessados por tantos preconceitos, nenhuma sociedade sobrevive com estas tolices "gente diferenciada", o progresso da humanidade está entre os filhos das "diferencidas" também. Talento é a soma dos diversos. A diversidade é a garantia de nossa sobrevivência. Primeira aula de cidadania dos diferenciados: Quem lidera O POVO.
A grande questão é que os ricos não querem debater, reconhecer, enfrentar e solucionar a desigualdade social que aumentou em nossa sociedade.

Responder

Yarus

15/05/2011 - 15h24

Eita! não sei quem apareceu, ou vai aperecer mais no PIG, Se o Gerson, ou o Tony Palocci. kkkkkk!
Valeu pessoais diferenciados! Gostaria de ter ido, mas estou a três mil estações diferenciadas de distância.

Responder

renan

15/05/2011 - 14h29

mudando de assunto…….

Não vi nesta semanas os blogs repercutirem as manifestações estudantil no Chile e a violenta repressão do governo.

Ano passado conheci uma intercambista chilena em BH, ela me disse toda discussão de política que os estudantes se envolvem é reprimida, de tal forma que era impossível haver rodinhas de estudantes livremente conversando sobre o assunto como fazíamos. Achei que ele exagerara ou teve dificuldade de se expressar em português, mas depois das manifestação comecei a pensar que não era tão exagero dela…

Olhem essas fotografias: http://educacao.uol.com.br/album/chile_maio11_alb

e este vídeo do R7: http://noticias.r7.com/internacional/noticias/pro

O ensino universitário do Chile é pago, e caríssimo. (principalmente nas instituições ligada ao governo… legado do Pinochet…)

Responder

    Renato Lira

    16/05/2011 - 02h24

    É o Piñera na área, renan.

Bonifa

15/05/2011 - 14h09

Pela primeira vez em muito, muito tempo, um belo exemplo que retoma um tênue fio da maravilhosa irreverência paulista.

Responder

Fabio_Passos

15/05/2011 - 13h49

Um barato.

Responder

milton pereira neves

15/05/2011 - 12h52

O uol esta falando que houve 300 pessoas. eu vi 300 em uma só foto. Daqui a puco eles vão corrigir para um "grande comicio".

Responder

GilTeixeira

15/05/2011 - 11h53

estava trabalhando em outra cidade e só entrei na net ás 2 da matina e fiquei até quase 4 vendo os blogs e os comentários, aí fui ver o que o rei cabeção escreveu na primeira linha tá lá: "Não havia mais que 50 ou 60 pessoas", parei de ler, e olha que já fazia mais de um ano que não dava ibope pra esse sujeitinho! Dormi feliz da vida com "minha gente diferenciada"!

Responder

Márcia E.de Calazans

15/05/2011 - 11h18

SENSACIONAL!!! Viva a democracia!! " Isso aí vamos DESCOLONIZAR !!! Afinal "eles" já partiram para o espaço aéreo… Transporte público,sim, espaços urbanos de uso comum e, de qualidade, JÁ !
VIVA A RES PÚBLICA !
E que a voz da Igualdade seja sempre a nossa voz!

Responder

Silvia Palenque

15/05/2011 - 11h07

Engraçado né… se o cara critica tanto o bairro de higienópolis.. por que mora nele???

E se gosta tanto de pobre assim… por que não vai morar em Paraisópolis???

É isso que eu não entendo..

Responder

    Gerson

    15/05/2011 - 13h30

    Desculpa Silvia,

    Como diz a molecada…Sem noção !!

    Se vc não entende isso não entende mais nada.

    ana

    15/05/2011 - 17h54

    quem não consegue pensar não enten de mesmo.

    João

    15/05/2011 - 22h53

    Se você critica tanto o PT, porque não muda do Brasil???????????? Vá para morar na Europa, e verá o que é ser tratada como "gente diferenciada".
    Eita provincianismo, e síndrome de vira-latas que essa pseudo-elite brasileira tem (elite mesmo tá se lixando se vai ter ou não metrô, porque anda de helicóptero).

    Renato Lira

    16/05/2011 - 02h28

    Mas lá em Paris ele anda de metrô, porque andar de metrô em Paris e Londres é chique, né, Palenque?

    Entendeu, né, Palenque?

    Renato Lira

    16/05/2011 - 02h26

    Esse é um sintoma clássico em alienados.

    Não entender.

    Não entender necas de nada.

    Por isso são fáceis e manipuláveis.

    Ronaldo

    16/05/2011 - 10h25

    Não é só isso que você não entende, não.

Noir

15/05/2011 - 10h22

No Fundo, no Fundo, os franceses da Sorbonne, gostam da "gente diferenciada"; perguntem ao Diretor.

Responder

    Silvia Palenque

    15/05/2011 - 11h05

    Os que gostam de Sorborne gostam de ler livros e de cultura.

    Mas têm aqueles que só gostam do dinheiro que eles têem a oferecer, animador… sabe? 200 mangos para animar a noite….

    priscila presotto

    15/05/2011 - 12h55

    Silvinha ,mm que as pessoas que criticam Higienópolis e lá moram ,tem todo o direito de emitir sua opinião ,isso chama-se CIDADANIA.Vc sabe disso ,né?

    Silvia Palenque

    15/05/2011 - 13h57

    Priscila… NUMTÔTINTENDENDO.

    Ora, mas não são vocês que são contra justamene isso??? ou seja, de que os moradores desse bairro se manifestem contra a estação de metrô?

    Pelo que noto a maioria é a favor, mas o protesto de que quem é contra, só teria validade se fosse em Capão Redondo, por exemplo…ou não ?

    Renato Lira

    16/05/2011 - 02h32

    Pois é.

    Se manifestaram, e tiveram a resposta. Ambos agiram com liberdade.

    Os moradores almofadinhas e peruas solicitando apartheid e os cidadãos rejeitando o apartheid?

    Entendeu, Palenque?

Morvan

15/05/2011 - 10h13

Bom dia.
Povo "diferenciado": lição para o Brasil (quiçá para o mundo inteiro). É assim que se afirma uma nação. Eu, apesar de [bem] diferenciado, a única coisa que posso fazer é me regojizar com a lição cívica destas pessoas bem-humoradas, críticas e altivas, pois moro bem longe das manifestações. Morara aí e estaríamos todos juntos, sem dúvida (mesmo que eu não consumisse churrasco, pois sou vegetariano).
Ficam o meu apreço e a minha alegria por esta onda que não pode morrer; nunca.

Morvan, Usuário Linux #433640

Responder

Silvia Palenque

15/05/2011 - 10h02

A coisa toda começa a mostrar a sua origem mesmo, tem as marcas dessa gente mesmo, não tem como negar.

Além dos protestos contra os """diferenciados""" ficou claro também outroas tipos de ""protestos"" se é que vocês me entendemmmm…

A origem está clara agora… não adianta negar… as fotos mostram a origem de quem está por trás de mais essa ação….

Não esquentem….

Responder

    ana

    15/05/2011 - 17h55

    nossa, quanta inteligência, quanta capacidade de raciocínio. você lê a veja?

    P Pereira

    15/05/2011 - 18h43

    Quem está por trás?
    "os agentes do bolchevismo internacional". Foi o que afirmou o eminente professor Hariovaldo.

    Rene Pacheco

    15/05/2011 - 18h47

    Se você quer defender algum argumento contra o protesto ou as pessoas que estavam lá, pode ser objetiva e direta, não precisa ficar expressando ideias nas entrelinhas, vai direto ao ponto, ou tem medo de defender seu próprio argumento??? Quem não deve não teme!

    Renato Lira

    16/05/2011 - 02h38

    Para quem come brioches e "não entende nada" , estás muito "observadora", hein, Palenque?

    O que é a "origem" desta maldosa e pérfida trama, para ti?

    Já sei, o Professor Hariovaldo ligou para ti e informou-te sobre a origem deste perigosíssimo movimento.

    UIA!!!

    É… fomos descobertos, pessoas diferenciadas.

    Descupa, tá, Silvinha. Tenha piedade de nós. E ponha as pantufas, porque tá frio, viu?

Denise

15/05/2011 - 10h01

DEDICADO AOS QUE ESTÃO MUITO ACIMA DOS CABOS DE VASSOURAS DOS DIFERENCIADOS:

A BANCA DO DISTINTO

Composição : Billy Blanco

Não fala com pobre, não dá mão a preto
Não carrega embrulho
Pra que tanta pose, doutor
Pra que esse orgulho
A bruxa que é cega esbarra na gente
E a vida estanca
O enfarte lhe pega, doutor
E acaba essa banca
A vaidade é assim, põe o bobo no alto
E retira a escada
Mas fica por perto esperando sentada
Mais cedo ou mais tarde ele acaba no chão
Mais alto o coqueiro, maior é o tombo do coco afinal
Todo mundo é igual quando a vida termina
Com terra em cima e na horizontal
Anúncios Google

Responder

Roberto Locatelli

15/05/2011 - 09h52

A velha mídia não consegue captar o que está ocorrendo. A sociedade está cada vez mais consciente, já não aceita os desmandos do poder. E o repórter acha que o mais importante é confirmar se "aquilo é abobrinha mesmo".

Responder

Mauro Alves da Silva

15/05/2011 - 09h47

Água Espraiada e o Túnel da Vergonha.
<img src="http://jabaquaralivre.files.wordpress.com/2011/05/100kassabs2.jpg?w=500&amp;h=225"&gt;
A imprensa tem dado grande destaque à mobilização de um grupo de moradores do rico bairro de Higienópolis contra a construção de uma estação do Metrô. Alguns moradores alegam que a estação vai trazer uma gente “diferenciada” para o bairro; e que a estação vai atrair camelôs e insegurança…
Por que esta mesma imprensa não está dando amplo destaque ao Túnel da Vergonha, que vai ligar o rico bairro do Morumbi à rodovia dos Imigrantes? Serão 2,3 quilômetros exclusivo para automóveis particulares, a um custo superior a R$ 3 bilhões! Tudo isso para que os “limpinhos” do Morumbi não tenham nem mesmo que ser incomodados com a “poluição visual” de 20 mil famílias morando em barracos das favelas ou em cortiços ou em outras moradias precárias…
É uma pena que os paulistanos, paulistas e brasileiros não estejam acompanhando e nem opinando sobre o que de fato está acontecendo na Cidade de São Paulo.
Tanto os prefeitos (atual e anteriores) quanto os vereadores são fortemente apoiados nas campanhas eleitorais com verbas das construtoras e entidades ligadas à especulação imobiliária. Não foi surpresa a cassação do prefeito e de outros 24 vereadores por receberem ilegais doações de uma entidade ligada á especulação imobiliária… [os políticos recorrerão e suspenderam as cassações].
Não existe conselho de representantes nas 31 subprefeituras, contrariando o que determina a lei Orgânica do Município de São Paulo… Pior que isto só mesmo o fato do atual prefeito nomear coronéis aposentados para o importante cargo de subprefeito…
Os atuais subprefeitos não têm poder nem mesmo para decidir sobre “tapar um buraco de rua” nem cortar uma árvore podre que esteja ameaçando cair…
Com o esvaziamento dos poderes das subprefeituras (sem Saúde, sem Educação e sem Assistência Social), a única função dos coronéis-subprefeitos é correr atrás de camelôs e perueiros clandestinos… Polícia na Política é consagrar o total desprezo aos 11 milhões de cidadão paulistanos…
Sem política pública e nem planejamento urbano, sobra apenas os interesses das grandes construtoras e das entidades ligadas à especulação imobiliária… e as verbas publicitárias para calar a boca da grande imprensa!

Jabaquara Livre, 14 de maio de 2011.
Mauro Alves da Silva Responder

LIGEOVANIO

15/05/2011 - 09h39

negocio é o seguinte…essa estaçao em higienopolis sai ou nao sai?
se sair, batizemo-la de 'Estaçao DIFERENCIADA"

Responder

Silvia Palenque

15/05/2011 - 09h31

Com esses ataques odientos de vocês por aqui… imagino que o PT vai mesmo bombar entre a classe média.

Vocês não enganam ninguém, só pregam o ódio de classes e o preconceito.

Responder

    Walter

    15/05/2011 - 12h28

    E a separação classista e gentrificada da cidade é o que? Eu tenho preconceito de teu preconceito, mas não fui eu que comecei a preconceituar, foste tu.

    priscila presotto

    15/05/2011 - 12h57

    Carmem Leporaceeeeeeeeeeeeeeee!

    M. S. Romares

    15/05/2011 - 13h25

    Essa foi facil, hein, Priscila? Esse carmen é realmente multifacetado. Deve ter carater lateral.

    Renato Lira

    16/05/2011 - 02h41

    Não. Tem caráter bilateral.

    Carmen Leporace Palenque Dvorak

    ana

    15/05/2011 - 17h56

    quem é o preconceituoso aqui?

    João

    15/05/2011 - 22h48

    Silvia, acho que quem prega preconceito é a moradora de Higienópolis que disse que haveria "gente diferenciada" lá caso houvesse uma estação do metrô na Av. Angélica.
    Em tempo: Higienópolis é perto da Paulista. Será que aqueles rapazes que atacaram dois outros rapazes com a "justificativa" de serem homossexuais eram de Higienópolis? Nâo sei se são, porque a mídia não deu a repercussão necessária ao caso (afinal, os agressores não são "gente diferenciada").

    SILOÉ -RJ

    16/05/2011 - 00h04

    Desce do palanque, Silvia.

    Renato Lira

    16/05/2011 - 02h40

    É, Palenque. Tá na hora de teu Gardenal.

O_Brasileiro

15/05/2011 - 09h05

É a sabedoria do povo mais uma vez mostrando que tem mais valor do que a ignorância e a ganância da elite colonizada deste país…
E nós ainda temos que aguentar esses exclaves europeus e novaiorquinos em nosso amado território brasileiro…

Responder

Sérgio

15/05/2011 - 08h30

A Folha editou a foto do senhor que segurava a faixa "Pessoais diferenciados, é nóis na fita"?

Está faltando a nota de 3 reais com o rosto da Kassab.
http://noticias.uol.com.br/cotidiano/2011/05/14/m

Responder

Sérgio

15/05/2011 - 07h19

Algumas reflexões matinais sobre o churras da Higienópolis:

1. ocupação dos espaços públicos: churras, piscina, cerveja, skate, bicicleta e outros transportes alternativos. Enfim, cultura popular no meio da rua!

2. não é o fim da luta de classes: mesmo com toda esta manifestação, houve, na TV e na grande e velha mídia, a defesa dos direitos da elite. Discursos polarizaram a cena, como: "vai bagunçar tudo por aqui"; "metrô com grandes estações na superfície é atraso urbanístico"; ou pior, "estão com preconceito contra a elite, agora é feio ser rico!". Ótimo, vem a cena, ao campo democrático, a diferença de interesses entre ricos e pobres, ou médios, que fez desse país o que é hoje.

3. a juventude faz política sim!! Com a sua cara, que é diferente de 1968. O que é melhor, pois é autêntico!

4. a internet, e as novas mídias, são sim uma nova forma de comunicação em massa, descentralizada e democrática. E isto põe em cheque a exclusividade da grande e velha mídia em propor agendas para o país. Até o SPTV cobriu o churras ontem! Agora é uma questão de apreendermos a usar…

Responder

Rildo França

15/05/2011 - 03h36

Rsrs, maravilha, maravilha!!

Responder

glauco

15/05/2011 - 01h41

é quando aumentaram as tarifas de onibus essa galera não tava nem aí , duvido que esse povo iria para uma periferia da vida a apoiar as revindicações de melhoria urbana de comunidades abandonadas em tudo pelo poder público , isso é confete, apenas uma catarse, só mesmo a ingenuidade de achar que isso é alguma contestação ao elitismo, eventismo barato.

Responder

Elza

15/05/2011 - 01h21

Genteee, td mt bom, ameiii o carrinho tah d++++, a faixa do Gerson "gente diferenciada"….. tudo me fez lembrar as "Diretas Já".
As redes sociais estão despertando o desejo do povo brasileiro de ir para as ruas e dizer pacificamente e com humor (uma característica tão singular do povo brasileiro), aos governantes, chega de falcatruas, de conchavos, queremos transparências, queremos uma sociedade mais justa, onde o povo tenha o direito literalmente de 'Ir e Vir", de se alimentar, estudar, ter saúde, educação….

Será que depois dessa, o governador de São Paulo ainda pensa em mudar a estação de Higienópolis. Gostei da sugestão de um comentário feito aki para o nome da estação, "Gente Diferenciada"…. kkkkkkkkkkkkkkkkkkk.

A quase 3.000 km de distância de SP inviável para eu ter estado presente. PARABÉNS a tds q estiveram e nos proporcionaram essas fotos maravilhosas.

Viva o Povo, Viva o SER humano de mentes abertas com idéias de igualdade e justiça.

Responder

    Elza

    15/05/2011 - 17h30

    Uma correçãozinha básica, desculpa aí Gerson Carneiro fiquei tão empolgada com as fotos, com o churrasquão, q registrei as palavras da sua faixa como "gente diferenciada"….., mas na realidade eram “Pessoais Diferenciados"…. apesar do significado ser o mesmo, mas as palavras foram escritas por vc…. rrss!!

Andre Luis

15/05/2011 - 00h30

Higienópolis tinha uma delegacia da Ditadura. Higienópolis tinha, e tem, a sede da TFP. Higienópolis tinha uma Universidade onde, nos anos de chumbo, prosperavam adesões ao CCC. Higienópolis tinha, e tem, a sede de outras tantas instituições conservadoras. Higienópolis é o bairro que FHC escolheu para viver. Lugar onde, quem não vive com medo, tem grandes chances de ter se beneficiado da história sombria de Higienópolis, e continua sendo uma ameaça à liberdade da maioria.

Responder

priscila presotto

15/05/2011 - 00h29

Conceição ,por favor permita-me apenas hoje escrever com maiúsculas:

SENSACIONAL!!!!!!!!!!!!!

bjs para todos!
Gérson ,vc é meu herói!

Responder

Suzy/Rio de Janeiro

15/05/2011 - 00h26

Meu Deus, que coisa LINDA!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Responder

FrancoAtirador

14/05/2011 - 23h13

.
.
SP-ELEIÇÕES MUNICIPAIS 2012: O CARDÁPIO MAIS AMPLO

A polêmica em torno da estação do metrô de Higienópolis – que uma parte da elite do bairro rejeita para evitar um canal de contaminação com a 'gente diferenciada' das periferias – antecipa o debate eleitoral de 2012 ao dar vertiginosa transparência a uma questão rebaixada pelo noticiário: quem decide São Paulo?
Quem discute e opina sobre as políticas urbanas na maior cidade do país?
Por que questões importantes como o traçado do metrô, a ampliação das marginas imposta por Serra como artefato eleitoral em 2010, a limpeza do rio Tietê e o que se quer com ele nas próximas décadas, assim como os malabarismos do alcaide serrista Gilberto Kassab em torno do Plano Diretor não são debatidas em audiências públicas de verdade?
Amplas e com cobertura adequada e abrangente da mídia?
O tucanato que manda no Estado há 17 anos e a mídia que o apóia cobram, com razão, assembléias e debates amplos para as obras federais do PAC, mas resolvem en petit comite as questões cruciais que vão condicionar o futuro da metrópole e dos seus habitantes.
São Paulo não está sucateada apenas do ponto de vista urbanístico.
Os mecanismos de discussão da cidade colapsaram; são mais estreitos e anacrônicos que as galerias pluviais remanescentes dos anos 50.
O que se espera dos movimentos sociais e da esquerda em geral é que o churrasco da 'gente diferenciada' seja apenas o prato de entrada de um cardápio mais amplo decidido a propor métodos e políticas que devolvam o destino da cidade aos seus cidadãos.
O apartheid higienista é uma realidade estruturante na reprodução da cidade.
O episódio da estação do metrô evidenciou uma trinca que rechaça até remendos subterrâneos.
Quais são as propostas da esquerda para reverter esse higienismo social em uma cidade funcional, republicana e democrática do século 21?

Carta Maior; Domingo, 14/05/2011
.
.

Responder

Marvin

14/05/2011 - 23h13

Cara, não aguentei de tanto rir hoje quando vi, pela primeira a matéria no IG. Foi uma manifestação diferenciada, beem sarcástica.. dez!!! queria estar lá. rsrs

Responder

João

14/05/2011 - 23h04

Parabéns a todos que lá estiveram.
Eu, a 700 km de distância, não pude ir. Mas me senti representado por todos os "diferenciados" que lá estiveram.
Gerson, adorei a faixa, e a resposta ao "puliça'.
Abraços diferenciados a todos.

Responder

AugustoJHoffmann

14/05/2011 - 21h41

Ufa! Ainda bem que SC colaborou, pelo menos, com a linguiça Aurora. Caramba, a maré anda ruim prá imagem barriga-verde. Primeiro, a globo, com novela onde exportam gente boa pro Rio. Hoje, os jornais anunciando que um bando de bons moços sairam de SC prá assaltar Bancos em SP. Sem contar com os dois senadores hour concur, o Luiz Henrique da Silveira e o Paulo Bayer. Pelo jeito, tirante a suinocultura, quem bem mal na fita semo nóis.

Responder

Oliveira

14/05/2011 - 21h36

Faltou um churrasquinho kasher para o FHC, Alkmim, Serra e Kassab.

Responder

    Sílvia Palenque

    15/05/2011 - 09h27

    Manda um livro pro Lula ler… quem sabe ele consegue.

    Milton

    15/05/2011 - 13h21

    Lula é HISTORIA! Historia é para SER lida!!

    M. S. Romares

    15/05/2011 - 13h29

    Faz o seguinte meu "anjo": envie voce um daqueles que o Boca escreveu. O Lula tem uma mesa que está meio manca, muito parecida com seus argumentos.

    Oliveira

    15/05/2011 - 13h39

    Sim vou mandar:

    TÍTULO DO LIVRO: A INDÚSTRIA DO HOLOCAUSTO
    AUTOR: NORMAN G. FINKELSTEIN
    EDITORA: RECORD

    O LIVRO
    Publicada no ano 2000 nos Estados Unidos e na Europa, e agora lançada no Brasil, a obra continua desencadeando polêmica em todo mundo. Escrita por um professor judeu americano da Universidade de Nova York, filho de judeus egressos do Gueto de Varsóvia e sobreviventes do campo de concentração de Maidanek e Auschwitz, o livro é uma denuncia da exploração política, ideológica e financeira do Holocausto pelas grandes organizações judaicas internacionais.
    Para Norman G. Finkelstein, "…as atrocidades nazistas transformaram-se num mito americano que serve aos interesses da elite judaica, sendo que nesse sentido, o holocausto transformou-se em Holocausto (com h maiúsculo), ou seja, numa indústria que exibe como vítimas o grupo étnico mais bem sucedido dos Estados Unidos e apresenta como indefeso um país como Israel, uma das maiores potências militares do mundo, que oprime os não judeus em seu território e em áreas de influência". Nesse seu último livro, Norman Finkelstein mostra que o extermínio de judeus durante a Segunda Guerra foi transformado em "uma representação ideológica que defende interesses de classe e sustenta políticas".

    iah

    15/05/2011 - 13h56

    Concordo plenamente com a Sílvia Palenque e com o Professor Hariovaldo:

    "Já não era o suficiente termos que aguentar a invasão dos aeroportos pela gente diferenciada, agora queriam os agentes do bolchevismo internacional, que nosso homeland fosse profanado pela estação da gentalha, atraindo pessoas desqualificadas, poluindo o higiênico ambiente com a presença de tais seres, ocasionando ocorrências indesejáveis. Tais entes inferiores não pertencem a este quartier e dele devem manter distância regulamentar, a exceção dos serviçais devidamente cadastrados e vigiados, por isso, não há função para tal parada do metrô por aqui, precisamos de mais helipontos e não de trens, pois enquanto a gentalha se mete em túneis abaixo da terra, nós, homens de bem, nos deslocamos pelos ares." http://hariprado.wordpress.com/

    Oliveira

    15/05/2011 - 13h56

    Sim vou mandar:

    TÍTULO DO LIVRO: A INDÚSTRIA DO HOLOCAUSTO
    AUTOR: NORMAN G. FINKELSTEIN
    EDITORA: RECORD

    O LIVRO

    Publicada no ano 2000 nos Estados Unidos e na Europa, e agora lançada no Brasil, a obra continua desencadeando polêmica em todo mundo. Escrita por um professor judeu americano da Universidade de Nova York, filho de judeus egressos do Gueto de Varsóvia e sobreviventes do campo de concentração de Maidanek e Auschwitz, o livro é uma denuncia da exploração política, ideológica e financeira do Holocausto pelas grandes organizações judaicas internacionais.

    Para Norman G. Finkelstein, "…as atrocidades nazistas transformaram-se num mito americano que serve aos interesses da elite judaica, sendo que nesse sentido, o holocausto transformou-se em Holocausto (com h maiúsculo), ou seja, numa indústria que exibe como vítimas o grupo étnico mais bem sucedido dos Estados Unidos e apresenta como indefeso um país como Israel, uma das maiores potências militares do mundo, que oprime os não judeus em seu território e em áreas de influência".

    Nesse seu último livro, Norman Finkelstein mostra que o extermínio de judeus durante a Segunda Guerra foi transformado em "uma representação ideológica que defende interesses de classe e sustenta políticas".

    Beto_W

    16/05/2011 - 12h51

    Eita, misturando as pautas de novo… O livro é bom, mas não tem nada a ver com o churrasco.

    Renato Lira

    16/05/2011 - 02h43

    Lula não.

    DOUTOR LULA.

    Um dos mais bem pagos palestrantes do mundo.

    Como diria o Gerson.

    tóin!!!

    Beto_W

    16/05/2011 - 12h44

    Oliveira, nenhum destes é judeu, acho que você misturou as pautas.

Gerson Carneiro

14/05/2011 - 21h32

Olá pessoais!

Pois é. O puliça me chamou no canto e perguntou:

– Qual é o nome do seu líder? Quem lidera isso aí?

– Anotaí: o nome do líder é… PÊ Ó VÊ Ó: POVO.

Tóin!

Responder

    Conceição Lemes

    14/05/2011 - 22h22

    Gerson, adorei a faixa. Parabéns. Tua esposa-gata veio também (rs)? Abração, manda um beijo pra ela

    Gerson Carneiro

    14/05/2011 - 22h31

    Não. Ela é gente diferenciada.
    Ela aproveitou para ir ao shopping Outlet Prêmio com a irmã dela :)

    Eduardo Guimarães

    15/05/2011 - 00h00

    O Gerson foi a estrela do evento. O PIG fez fila pra falar com ele.

    Gerson Carneiro

    15/05/2011 - 12h38

    Eu invadi a praia deles… em nome de todos nóis!

    Gustavo Pamplona

    15/05/2011 - 14h14

    Ai, ai, ai… O que as pessoas não fazem para se sentirem importantes…. (hahahahhahaha)

    Gerson Carneiro

    15/05/2011 - 16h35

    Só pra aumentar a dor de cotovelo: eu fui e voltei na van do Azenha e da Conceição.

    Conceição Lemes

    15/05/2011 - 17h13

    Ainda teve de trocar pneu, né, Gerson? (rs) abs

    Renato Lira

    16/05/2011 - 02h21

    Se tivesse metrô…

    dukrai

    15/05/2011 - 22h02

    smurf, dor de cotovelo mata rs

    Renato Lira

    16/05/2011 - 23h37

    Inveja, além de ser uma merda, dá úlcera no duodeno, viu, Visconde?

    @danielortellado

    15/05/2011 - 00h24

    Olá Gerson! Só agora notei a notinha de 3 real com o Kassab. Tirei essa foto com sua faixa. Fiquei tão fascinado por ela que pensei ter visto uma setinha que apontava para os mendigos boa-praça embaixo dançando. Acabou ficando um composê perfeito. hehehe Saludos!
    (essa foto está no meu álbum do facebook, mas não sei compartilhar aqui): https://fbcdn-sphotos-a.akamaihd.net/hphotos-ak-s

    Lula Gov Sp

    15/05/2011 - 05h35

    Sensacional Gerson.

    walter

    15/05/2011 - 12h38

    Parabéns Gerson, sua atitude mostra que não dá para separar o país entre regiões ou mesmo cidades, sou carioca de família nordestina e tenho um tio paulista e não me chamo Chico Buarque. Se há uma cizânia neste país é aquela que reflete separação entre conservadores, emergentes da escravidão classista, tão confortável à esta parcela da classe média com suas domésticas e demais privilégios cujos pilares tem por alicerce o sangue do pobre e a outra forma de pensar o mundo com distribuição das riquezas que compõe esta sétima economia mundial desfrutada pela minoria.

    Luci

    15/05/2011 - 16h24

    Gerson voce saiu bem na foto.
    Voce representou milhões de brasileiros diferenciados, na foto da cidadania.Seu nome tá lá no PIG (Estado).O Povo pautou o PIG, o Gérson deu a pauta: O POVO.
    Gerson meus parabéns. Nem pessimismo, nem otimismo, mas fé num futuro com inclusão, reconhecimento à cidadania de todos, respeito à diversidade, e respeito á dignidade humana.
    Dierenciados reunidos= Liderança O POVO.

    Tubaina

    15/05/2011 - 17h45

    É o internauta VI O MUNDO.

    Renato Lira

    16/05/2011 - 02h18

    Matou a pau, Gersão.

    EVOÉ!!!

Ana Maria

14/05/2011 - 21h30

Critica com humor e alegria os diferenciados deram o recado .Os diferenciados contra os eugenistas de Higienópolis.
Adorei gostaria de ter participado.

Responder

Mateus

14/05/2011 - 21h21

Depois um dia inteiro estudando nesse PC, terminar o acesso lendo uma noticia dessas é bom demais da conta! Hehehe! Agora, depois de ler tantas vezes, a palavras churrasquinho. Vou ter que ir ali, na esquina, tomar uma boa cerveja gelada. Acompanhada de perfumados e suculentos espetinhos de cupim. Olhando também essa bela lua que esta brilhando nesse céu limpo. Diferente de SP, onde o céu é cinzento assim a mente dessa gente “higiênica” de Higienópolis.

Responder

Ivonete

14/05/2011 - 21h19

Os estafetas da elite nos têm brindado com algumas expressões muito interessantes e divertidas, ainda que essas expressões tenham sido criados para humilhar: "blogues sujos", "do alto de suas vassouras", "gente diferenciada".

Responder

dukrai

14/05/2011 - 21h17

Ô GERSON CARNEIRO (berrando mesmo, Conceição rs) cê tá uma gracinha segurando a faixa "Pessoais diferenciados é nóis na fita" kkkkkkkkkkkk

Responder

    Conceição Lemes

    14/05/2011 - 21h21

    Dukrai, dessa vez passa (rs). O Gerson tá ótimo,kkkkk. abs

    dukrai

    14/05/2011 - 22h42

    não sabia que vc estava online rs fui perguntar na Mariafrô e ela confirmou. abs

Pardalzinho

14/05/2011 - 21h14

O pessoal do "Cansei" deve estar pensando: "Onde foi que nós erramos"?

Responder

ZePovinho

14/05/2011 - 21h07

De repente parece que todo mundo resolveu reviver que São Paulo é uma síntese do Brasil,uma cidade que tem todas as faces desse enorme país.Foi muito bom.

Responder

Antonio Soares

14/05/2011 - 21h02

FHC para presidente de Higienópolis !!!!! Ganha fácil.

Responder

    Sílvia Palenque

    15/05/2011 - 09h29

    Lula vai dar aulas onde?

    manoel rodrigues

    15/05/2011 - 11h43

    O professor é o Serra, de matemática. Lula dá palestra e lhe pagam dez vezes mais do que ao seu professor da Sorbonne.

    @Luirocha

    15/05/2011 - 20h48

    Lula não vai dar aulas.

    Já deu!

    Ou o que vc acha que foram os 8 competentes anos dele à frente do país???

Luci

14/05/2011 - 20h52

Conceição parabéns pelas fotos e matéria.

Responder

María Edith

14/05/2011 - 20h48

Prezado Azenha,

Quem diria que a "gente diferenciada" seria pauta do PIG.
Parabéns pela criatividade, humor e alegria diferenciada.
Cordialmente, María Edith

Responder

Eduardo Guimarães

14/05/2011 - 20h44

Ouvi dizer que semana que vem o pessoal de Higienópolis vai protestar tocando música erudita em Paraisópolis. Enquanto isso, fiquem com a crônica "primaria" deste amigo do Azenha http://www.blogcidadania.com.br/2011/05/cronica-%

Responder

    ZePovinho

    14/05/2011 - 20h57

    KKKKKKKKKKKKKK!!!!!!!!!!!!!!!!

    FrancoAtirador

    14/05/2011 - 21h21

    .
    .
    A Gente Diferenciada proclamou a "Res Publica" no Reino de Higienópolis.
    .
    .
    Liberdade! Liberdade! Abre as asas sobre nós !

    E que a voz da Igualdade seja sempre a nossa voz!
    .
    .
    A praça, a praça é do povo,
    como o céu é do condor!
    É o antro onde a liberdade
    cria asas em seu calor !

    (Castro Alves)

    http://www.blogcidadania.com.br/wp-content/upload

Luci

14/05/2011 - 20h40

A rua é marginal, a rua é o espaço mais democrático do mundo. Nós cidadãos "rueiros" temos que resgatar a rua como espaço de todos, sem agressões, sem preconceitos, com respeito e solidariedade. Vejo neste movimento um povo que quer a rua para todos. Quem lidera é o povo. O que digo na reportagem: Que a abobrinha veio e o Xuxu faltou, mas na próxima ele virá.

Responder

Rios

14/05/2011 - 20h37

Em NYC até no Upper East Side em Manhatan tem linha de metrô.

Responder

José

14/05/2011 - 20h37

Imagina que a elite cheirosa vai aceitar que pé-rapados de outros bairros andem no "território" deles? Aí se concentra o supra-sumo do reacionarismo e do eleitorado demo-tucano, alguma novidade nisso? Essa é uma demonstração explícita da LUTA DE CLASSES que a globosta tenta negar a todo custo….

Responder

Milton Freitas

14/05/2011 - 20h32

Bem acho que apareceu o nome para substituir os blogueiros progressistas .
O nome pode ser comunicadores Diferenciados e sujos

Responder

FrancoAtirador

14/05/2011 - 20h24

.
.
A única abobrinha que deu p'ra notar

foi a que saiu da boca do repórter da RGTV.
.
.

Responder

Marcos C.Campos

14/05/2011 - 20h23

Quem diria … a praça Tahriq brasileira é em Higienópolis …

Responder

Maria Rita

14/05/2011 - 20h17

Tô sabendo que até o Stanley Burburinho esteve lá!
E daqui eu acompanhei tudo pelo twitter e, também, pela transmissão do Terra. Esse evento diferenciado foi um grande barato! Adorei!

Responder

trombeta

14/05/2011 - 20h10

Churrasco de pobre é fumacento mas é bom.

Responder

    Elton

    14/05/2011 - 20h23

    É que "as carne" é "mais gorda"………..mas é DANADO de BÃO!

j.felix

14/05/2011 - 20h08

gostei do litrao de Itubaina KKKKKKKKKKKKKKKKKK .Vou pedir ai Kassb um ponto em frente ao metro pra botar meu carrinho de currasquinho de gato,sera q ele me autoriza???????

Responder

ZePovinho

14/05/2011 - 20h05

A gente não têm do quê reclamar.Nossos primos ricos nos receberam até bem,soltando um ou outro muxoxo- coisa normal,afinal eles estavam se preparando para a hora do chá.

[youtube upyc5seOzZA http://www.youtube.com/watch?v=upyc5seOzZA youtube]

Responder

Povo

14/05/2011 - 20h02

Conceição está provado o repórter fala (abobrinhas) sobre o que não sabe!!!!!!Viva esta gente diferenciada.Quem é o líder o POVO.Maravilhoso.
Agora é sério. Esta gente diferencida tem poder pautaram telejornais.

Responder

Rubens

14/05/2011 - 20h00

O sambão da “Gente diferenciada”: http://www.youtube.com/watch?v=tZXMDqJ5kDs

A festa da “gente diferenciada”:
http://www.youtube.com/watch?v=cAOrPdEuMDo http://www.youtube.com/watch?v=dst3DUEuzwo http://www.youtube.com/watch?v=7kHV9YUdXqA

O preconceito da “massa cheirosa” contra a “gente diferenciada” vira piada: http://www.youtube.com/watch?v=13fGYqZCFDk&fe

Responder

ZePovinho

14/05/2011 - 19h59

Éramos "sujos" e,agora,somos "sujos diferenciados".Já é um "pogresso"…..

Responder

sergio

14/05/2011 - 19h54

Os neocolonizados de higienopolis pagam mico no exterior, ficam em filas quilometricas para tirar visto no consulado americano, outros tiram o sapato em aeroporto, por isso não querem o metro na angelica. nas próximas eleições não votem em picolés de verdura nem em mortos vivos insones.

Responder

O Povo

14/05/2011 - 19h51

O povo é soberano, portanto ele lidera.O policial tinha que perguntar quem é o diferenciado? Todos nós, somos diferenciados e queremos ser respeitados em nossa diversidade e queremos ter o direito de estar em todas as ruas da cidade, do estado, do país e do mundo.A rua é do povo, é o legítimo espaço do povo de todas as tribos.A rua é espaço de encontro.Metrô na Angélica é a vontade e necessidade do povo.
Estrelas da festa: Churrasco e tubaina. Os diferenciados foram até o ponto de encontro para ouvir um som, churrasco e tubaina.Na próxima tem que montar umas barracas de camelô.Agora à noite uma senhora concedeu entrevista e afirmou não quero estação de metrô porque atrai camelô.!!!!! Esta gente diferencida é moderninha, faz protesto sem liderança, líder o povo.Faz muito tempo que não ouço esta máxima.

Responder

Wolney

14/05/2011 - 19h47

É a Primavera da Blogodemocracia no Brasil !

Prá frente com o Plano Nacional de Banda Larga: milhões de blogueiros e internautas descobrindo o Brasil.

Responder

Diferenciados

14/05/2011 - 19h41

Boa.Quando o povo sai as ruas espontâneamente é porque estão cansados deste peso de preconceitos e discriminações. Os cidadãos " gente diferenciada" se entendem muito bem, as fotos demonstram estão protestando até pelos que não tem voz.Ótimo momento de cidadania e participação contra rótulos "gente diferencida" foi de estarrecer.O pobre neste país é tratado como bola no campo adversário.

Responder

william

14/05/2011 - 19h38

perdão amigos mas é William e não WILLAIM, mas me de um desconto é muita alegria pro meu coração leviano

Responder

    Janah

    15/05/2011 - 10h06

    É para te diferenciar

    william

    15/05/2011 - 17h03

    kkkkkkkkkkkkkkkk é verdade

WILLAIM

14/05/2011 - 19h36

Ai que inveja (não o da revista é claro) moro no Rio de Janeiro e não posso participar dessa Festa da Democracia, só uma perguntinha tem cachaça é que eu adoro uma pinga rsrs… pois sou diferenciado tambem um abraço a todos os amigos

Responder

mariazinha

14/05/2011 - 19h30

AH! NÂO! Eu queria estar aí!
Adorei meus queridos! VCs foram formidaveis, maravilhosos e eu os amo muito!

Responder

E a gente diferenciada mostrou seu valor | Maria Frô

14/05/2011 - 19h28

[…] ver algumas das fotos que eu fiz vá ao Viomundo e também ao álbum do churrascão do meu […]

Responder

Orellano Paz

14/05/2011 - 19h27

Higienópolis, Aurora, pessoais diferenciados, tubaína, churrasco na rua, caminhão(zinho) multimídia, o povo na rua… As fotos dizem tudo. Show de bola.
Pela primeira vez na vida lamentei não estar em Sampa.
Talvez seja mesmo a Aurora paulistana.
Parabéns a todos os participantes.
Recebam um grande abraço gaúcho.

Responder

Luís

14/05/2011 - 19h08

Belo pedaço de carne.

Responder

    dukrai

    14/05/2011 - 21h20

    só espero que não assem com a gordura pro lado de baixo como está na foto. dá uma baita fumaceira e vc perde o maior atrativo que é a carne suculenta de gordura.

Jocélio

14/05/2011 - 19h07

Azenha,
O hino é dez…..
http://www.youtube.com/watch?v=tZXMDqJ5kDs

Responder

Wolney

14/05/2011 - 18h56

“Se esta rua, se esta rua fosse minha,
eu mandava, eu mandava ladrilhar.
Com pedrinhas, com pedrinhas de brilhante,
para o meu, para o meu Metro passar”.

Eles querem nos proibir de ir ao shopping!
Eles querem nos proibir de ir ao cinema!
Eles querem nos proibir de ir à igreja!
Eles querem nos proibir de ter automóvel!
Eles querem nos proibir de andar de metrô!
ELES QUEREM NOS PROIBIR DE SERMOS FELIZES!!

Protesto com bom humor e irreverência no Churrascão da Gente Diferenciada.

Valeu pessoal! Foi dado o recado com sucesso e estilo.
Fiquei feliz de ver a moçada animada, demonstrando que há luz nessa treva cultural de BBB Brasil que nos sufoca.

Responder

Saroba

14/05/2011 - 18h48

Nóis sofre mais nóis goza!

Saroba

Responder

Eugênio

14/05/2011 - 18h47

Taí um excelente nome para a estação do metrô: Estação Gente Diferenciada

Responder

Edson BH

14/05/2011 - 18h46

Estou com muito orgulho do meu povo brasileiro!

Minha mãe, que estudo até a antiga 4ª série e trabalha de "auxiliar de serviços gerais" em uma prefeitura da grande -BH, sempre se queixou dos "governantes ladrões, que atrapalham nossa vida". Hoje com 56 anos ela tá participando, de manifestações e reuniões de greve.

Juntando esta participação popular que vejo crescer, a repercussão dada pela internete , A humor irreverente, a pacificidade desta manifestação em Higienópolis revela, pelo menos para mim, que O Povo está voltando.

Responder

ANA

14/05/2011 - 18h44

#gentedifrenciada que faz a alegria de sermos políticos com qualidade e alegria.
mal humor é a cara depressiva da Direita.

Responder

Sergio Telles

14/05/2011 - 18h41

Acho q esse é um marco pro início do fim dos tucanos no poder em SP, os paulistanos estão de parabéns, pena estar com resfriado forte, senão teria chegado por aí com certeza!

Responder

Leider_Lincoln

14/05/2011 - 18h40

Nossa, realmente uma manifestação diferenciada!

Responder

FrancoAtirador

14/05/2011 - 18h40

.
.
GENTE DIFERENCIADA

Música: Márcio Lugó
Letra: Márcio Lugó e Dre Nascimento

Eu sou diferenciado
Gosto de churrasco de gato
Pão com pão sem queijo coalho
Cerveja gelada só no bar do lado

Alguns dizem “não preciso de metro
Tenho carro, dinheiro que levo aonde eu vou”
Mas e a gente tão igual e diferente
Que pelos trilhos descarrila a cantar

Alguns dizem que não precisa de metro
E o governo aceita sem nenhum pudor
Mas a gente que é diferenciada
Nesse churrasco mostra a cara pra cantar

Eu sou diferenciado
Pego ônibus lotado
Morumbi ou Eldorado
Porque o metrô foi inapropriado
Pra quem?

[youtube tZXMDqJ5kDs&feature=player_embedded http://www.youtube.com/watch?v=tZXMDqJ5kDs&feature=player_embedded youtube]

Responder

Cledir

14/05/2011 - 18h39

è, vamos ver agora o "povão diferenciado" invadindo circulos de bon vivant, ver se com essa pressão popular o Governador vai ter peito pra mudar mesmo a estação de Higienópolis.

Responder

Antonio Araujo

14/05/2011 - 18h38

È por isso que o Alckmin nunca vai ser presidente, é puxa saco de Banqueiro!!!!!!!!!!!!
Viva gente diferenciada!!!!!!!!!!

Responder

    FrancoAtirador

    14/05/2011 - 20h31

    .
    .
    GENTE DIFERENCIADA

    Música: Márcio Lugó
    Letra: Márcio Lugó e Dre Nascimento

    Eu sou diferenciado
    Gosto de churrasco de gato
    Pão com pão sem queijo coalho
    Cerveja gelada só no bar do lado

    Alguns dizem “não preciso de metro
    Tenho carro, dinheiro que levo aonde eu vou”
    Mas e a gente tão igual e diferente
    Que pelos trilhos descarrila a cantar

    Alguns dizem que não precisa de metro
    E o governo aceita sem nenhum pudor
    Mas a gente que é diferenciada
    Nesse churrasco mostra a cara pra cantar

    Eu sou diferenciado
    Pego ônibus lotado
    Morumbi ou Eldorado
    Porque o metrô foi inapropriado
    Pra quem?

    http://mariafro.com.br/wordpress/2011/05/14/eu-so

    [youtube tZXMDqJ5kDs&feature=player_embedded http://www.youtube.com/watch?v=tZXMDqJ5kDs&feature=player_embedded youtube]

Deixe uma resposta