CartaCapital: Nem Ed Wood juntaria aranhas, robôs e comunistas - Viomundo - O que você não vê na mídia
VIOMUNDO

CartaCapital: Nem Ed Wood juntaria aranhas, robôs e comunistas

14 de maio de 2012 às 16h33

Escândalo

14.05.2012 14:37

A Veja quer censurar a internet

da CartaCapital

A revista Veja tem medo do jogo da velha. O jogo da velha, no caso, são as hashtags, antecedidas pelo sinal #, para destacar vozes numa multidão de internautas – bobagens em alguns casos, mobilizações, em outros.

Para quem diz defender com a própria vida a liberdade de expressão, é preocupante. Nas 16 páginas desperdiçadas na edição do fim-de-semana em que tenta se defender, a semanal da editora Abril deixou claro: para ela, a liberdade de expressão não é um valor absoluto. Tem dono – ela e o reduzido grupo de meios de comunicação que se auto-qualificam de “imprensa livre”. Livre de quem? No caso da Veja, certamente eles não tratavam do bicheiro Carlos Cachoeira, espécie de sócio na elaboração de pautas da publicação.

Getúlio Vargas valia-se da expressão “aos amigos tudo, aos inimigos a lei”. A revista, em sua peça de realismo fantástico disfarçada de “reportagem”, a reformula: “aos amigos tudo (inclusive o direito de caluniar, manipular e distorcer), aos inimigos a censura. Ou não é isso, ao desferir um golpe contra as manifestações livres na rede e sugerir uma “governança” na internet, que os editores do semanário propõem? Eles tem urticária só de ouvir falar em um debate sobre a regulação dos meios de comunicação. Mas pimenta nos olhos dos outros…

Na própria peça de defesa, Veja distorce. Não foi a revista que derrubou Fernando Collor de Melo. É uma mistificação que só a ignorância permite perpetuar. A famosa entrevista do irmão do ex-presidente não teria resultado em nada. O que derrubou Collor foi o depoimento do motorista Eriberto França, personagem descoberto pela rival IstoÉ, na ocasião dirigida por Mino Carta.

Em termos de desonestidade intelectual, Veja se superou. Ao misturar aranhas, robôs e comunistas, a semanal de Roberto Civita produziu um conto de terror B. Nem se vivo fosse o falecido cineasta norte-americano Ed Wood, famoso por suas produções mambembes, toparia filmar um roteiro parecido. Além de tudo, a argumentação cheira a mofo, tem o tom dos anos da Guerra Fria. Quem tem medo de comunistas a esta altura? Nem na China.

PS: a lanterna na capa do semanário mostra outra coisa: calou fundo na editora o apelido Skuromatic, a lâmpada que provoca a escuridão ao meio-dia, dado a Roberto Civita por jornalistas da antiga redação de Veja.

Captura de Tela 2016-04-24 às 13.53.50
27 - abr 5

Pataxó: Questão de ponto-de-vista

Sobre o golpe no Brasil

Captura de Tela 2016-04-16 às 20.15.36
16 - abr 5

Ribs: Os três amigos do golpe

Longo histórico

Captura de Tela 2016-04-13 às 01.45.37
13 - abr 4

Laerte: Imparcial

Objetividade jornalística

38 Comentários escrever comentário »

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Publicitário William Bonner, nosso Lou Dobbs, mostra que é bom de marketing « Viomundo - O que você não vê na mídia

20/08/2014 - 17h52

[…] no twitter, em uma só frase, juntou robôs (deve ter se inspirado na famosa reportagem da Veja, que ao ser pega em conluio jornalístico com o bicheiro Carlinhos Cachoeira atacou ‘aranhas, …, corruptos insatisfeitos e blogueiros sujos (adotando, aqui, designação formulada por um dos […]

Responder

denis dias ferreira

14/05/2012 - 22h31

O PIG, quando lhe convem, confunde liberdade de imprensa com liberdade absoluta de imprensa.

Responder

ooooooooooo

14/05/2012 - 21h58

#Vejacensurainternet

Uma boa sugestão prá sabado, não sei quem sugeriu

Responder

Fabio Passos

14/05/2012 - 21h57

Parece que oPT finalmente acordou:

“Revista Veja cavou a própria cova”
http://www.cartamaior.com.br/templates/analiseMostrar.cfm?coluna_id=5587

“Carlinhos Cachoeira tinha o poder, segundo as interceptações, de deliberar sobre a finalidade e o lugar das reportagens da Veja, beneficiando, desta forma, negociatas com seu parceiro Cláudio Abreu, executivo da construtora Delta…

Não há formas de defender a continuidade de circulação desta revista.

(…)

A revista Veja se envolveu com criminosos em uma situação em que a ética jornalística foi seriamente ferida.

Esta revista cavou sua própria cova!”

Deputado Valmir Assunção (PT-BA)

Responder

    Mário SF Alves

    15/05/2012 - 15h27

    Perfeita a observação do Deputado Valmir Assunção (PT-BA), e anos luz à frente da mediocridade ainda reinante no quase extinto reino do PIG 100% sádico, supostamente divino e supostamente irrepreensível.

    “À força das armas, a força das idéias”

    E viva a América Latina!E viva a Argentina libertada! E viva a Grécia em vias de se libertar! E viva a Polícia Federal cidadã!

ooooooooooo

14/05/2012 - 21h43

#VejaLucyEhHumana

#acreditonalucyinsky

Mais sugestões para o tuitaço de sábado!

Responder

Gerson Carneiro

14/05/2012 - 20h29

#VejaCensuraInternet porque #VejaTemMedo da Robosfera.

Responder

Willian

14/05/2012 - 19h32

No dia que a CartaCapital fizer uma crítica que constranja o governo eu como meu sapato.

Responder

    Dias

    14/05/2012 - 20h02

    De duas, uma, ou não lê Carta Capital ou anda descalço, caso contrário, apresente-se à deglutição do pisante ou covardemente recolha a ignorante empáfia, saia de fininho e leve junto a promessa 171.

    Francisco

    14/05/2012 - 20h20

    Rarara, esse ai não acompanha a midia “suja” mesmo…

    Nenhum, repito nenhum jornalista brasileiro bate mais no PT e no governo do que… Paulo Henrique Amorim!!!

    PHA chega a ser quizilento! Cobra linha por linha promessa de campanha e coerencia programática. Se Serra tivesse uma “midia amiga” assim, ia chamar ela de “oposição”!

    Esse tipo de cometário prova que a nossa imprensa (como nossa elite) não entendeu nada: a Revolução Francesa aconteceu… e foi vitoriosa!!!
    OBS. e essas letrinhas são um saco!

    Fabio Passos

    14/05/2012 - 21h19

    Tremenda evolução!
    leitores de veja param de lamber as botas de carlinhos cachoeira e passam a comer o próprio sapato… rsrs.

    Mário SF Alves

    15/05/2012 - 15h31

    Ca…..! O quê que é isso?!! KKKKKKKKK……..

    paulo gente

    14/05/2012 - 20h26

    O próximo tuitaço tem que ter como objetivo esclarecer para a Veja e seus leitores que Lucy não é robô, é gente em carne e osso

    Yacov

    18/05/2012 - 17h21

    KKKKKKKKKKKKKKKK… Então pode começar a mastigar, pafeiro!! A CC já criticou muito o governo na questão dos Juros Altos e do Cesar Batistti, que eu me lembre. Vai um Ketchup, aí?!?

    O BRASIL PARA TODOS não passa na gLOBo – O que passa na gloBO é um braZil para TOLOS”

josué

14/05/2012 - 18h39

O xixivita precisa urgente trocar o fraldão ,,,

Responder

Fabio Passos

14/05/2012 - 18h24

Um barato.
A veja cai de quatro… e pasta!

Confiram a “viagem” da veja.
uma tremenda bad trip… rsrs

“Veja e o robô que não era robô
A revista lisérgica: Lucy in the Sky”
http://www.rodrigovianna.com.br/radar-da-midia/revista-lisergica-lucy-in-the-sky-with-diamonds.html

Responder

    Mário SF Alves

    15/05/2012 - 15h34

    Foi uma sequência de bad trips, mesmo. Ácido vencido desde 1964!

Fabio Passos

14/05/2012 - 17h55

Foi muito bacana.
A veja foi tosqueada por horas.
Uma sova popular na quadrilha de rupert civita & carlinhos cachoeira.

E a Carta Capital acertou em cheio. É evidente que a capa da veja é recalque devido ao apelido de “Skuromatic – a lâmpada que provoca a escuridão ao meio-dia” do rupert civita.

Responder

Sandra Santos

14/05/2012 - 17h39

“O que derrubou Collor foi o depoimento do motorista Eriberto França, personagem descoberto pela rival IstoÉ, na ocasião dirigida por Mino Carta.”

Aí ele já forçou a barra legal mesmo.

Não viaja meu amigo, pega leve se não abusas da nossa inteligência.

Por isso que vocês estão cada vez mais sem credibilidade.

Outra coisa, conhecemos muito bem o passado, lá pelos idos de 64 e antigos editoriais da mesma revista Veja e quem os assinava. Portanto, menos.

Responder

    Leider Lincoln

    14/05/2012 - 17h53

    O EUNAOSABIA não desiste nunca?

    ronaldo

    14/05/2012 - 17h54

    Foi isto mesmo! Agora, se sua memória é curta ou é desinformada faça uma pesquisa.Não procure em Veja, pois, quando não é do interesse dela, a revistinha esconde os fatos. Outra coisa, o que faz aqui, mocinha(!)?
    Fique com o “titio” da Veja. Lá ele publica somente elogios.

    Fabio Passos

    14/05/2012 - 17h59

    Quem abusou da sua “inteligência”(?) foi o rupert civita… que adestrou um punhado de udenistas com “reportagens” escritas pelo carlinhos cachoeira.

    rupert civita te chamou de …??? deixa prá lá. rsrs

    chora, piguinho!

    Gil Rocha

    15/05/2012 - 13h28

    Devia procurar os editoriais
    lá dos anos 70 também.
    Só não fique admirada em quem
    assinava.
    E a Isto É que derrubou o Collor
    foi?
    Pode me dizer em que edição foi isso?
    Eu gostaria muito de ler, acredito que
    a revista tenha um arquivo digital não é?

    Yacov

    18/05/2012 - 17h26

    Quem está sem credibilidade, pafffeira?! Que eu saiba a audiência da Blogosfera só faz aumentar ao passo que a audiência e venda de jornalões e revistões só faz decair. Acho que o seu cérebro mecânico está precisando de um tranco, que é p’rá ver se pega… KKKKKKKKKKKKKK… PEDALA BURRINHA, digo, ROBINHO!

    O BRASIL PARA TODOS não passa na gLOBo – O que passa na gloBO é um braZil para TOLOS”

Vinicius Garcia

14/05/2012 - 17h39

Mas a Veja é isso mesmo, viúva recalcada da ditadura militar, tenta se fazer de democrática quando nem mesmo seus “jornalistas” permitem contestação contrásria em seus blogs. Como acreditar em tal falácia? Como ver com seriedade tal piada? O pior argumento é a porrada ou o grito, a Veja criou um novo, o não-contestativo.

Responder

Mailson

14/05/2012 - 17h25

A veja deveria investir todos os seus recursos para tirar o Carlinhos Cachoeira da cadeia.

Ali ele é de pouca serventia para o lixo produzido pelo Sr. Civita.

Sem Carlinhos não tem dossiês,não tem corrupção envolvendo ministros do governo, e vai ser muito difícil derrubar a Dilma, segundo o recado mandado diretamente pelo Civita a nossa PRESIDENTA.

A veja está desesperada é porque ainda não apareceu um substituto à altura de um Carlinhos Cachoeira. Mas eu não duvido que em breve apareça um “clone” do bicheiro. A revista conhece com a palma da mão o submundo do crime organizado. Ou melhor, ela é a representante par excellence dos criminosos de colarinhos brancos e ama rronzados deste país. Resta saber como a revista pretende calar os blogs sujos e impor as suas mentiras e distorções sem contestação: a internet veio para ficar. FOREVER (OU SERÁ FOR GOOD?)

Responder

    Fabio Passos

    14/05/2012 - 18h02

    Pois é… prenderam o maior “repórter investigativo” da quadrilha veja: carlinhos cachoeira. rsrs

    Marcio H Silva

    15/05/2012 - 01h04

    Pensei que ele era o editor.

lulipe

14/05/2012 - 16h49

Grande notícia para o Brasil:

http://noticias.terra.com.br/mundo/noticias/0,,OI5772512-EI294,00-Fernando+Henrique+Cardoso+ganha+premio+da+Biblioteca+do+Congresso+dos+EUA.html

Responder

Deixe uma resposta