VIOMUNDO
O VIOMUNDO só é possível também através de anunciantes, e detectamos que você utiliza um AdBlock, bloqueador de anúncios.
Por favor considere ajudar o VIOMUNDO desativando o bloqueador para este site.

Ziza Valadares: Mais um “combatente da corrupção” denunciado por levar propina da Odebrecht

14 de dezembro de 2016 às 18h04

Captura de Tela 2016-12-14 às 10.19.58

À esquerda, Ziza Valadares “combatendo a corrupção” (do PT) nas ruas

LAVA JATO

Delator afirma que Ziza Valadares recebeu R$ 1,5 milhão em propina

Paulo Cesena, presidente da Odebrecht Transport, afirmou que o ex-presidente do Atlético teria recebido valor para reduzir dívida da Supervia, diz Lauro Jardim, colunista de O Globo

de O Tempo, em 12/12/2016

O presidente da Odebrecht Transport, Paulo Cesena, afirma em delação premiada que o ex-presidente do Atlético e atual diretor da Light, Luiz Otávio Motta Valadares, conhecido como Ziza Valadares, recebeu R$ 1,5 milhão em propina em troca de uma redução de dívida da concessionária de trens do Rio de Janeiro, empresa controlada pelo grupo Odebrecht.

A informação é do colunista de O Globo, Lauro Jardim.

Segundo Cesena, a dívida da Supervia passou de R$ 65 milhões para R$ 9 milhões – abatimento de R$ 56 milhões.

O executivo afirma que a propina foi pedida por Ziza Valadares, pai do deputado estadual do PSDB, Gustavo Valadares, e o pagamento foi intermediado por Ramiro Ribeiro.

Além de presidente do Atlético, Ziza foi deputado pelo PSDB, presidente da Companhia Brasileiro de Trens Urbanos no governo FHC e secretário de Esportes de Belo Horizonte na gestão de Eduardo Azeredo. Ele está na Light desde 2012.

Em nota, Ziza Valadares afirma que não conhece o delator e nunca esteve com ele. O ex-presidente do Atlético afirma que as informações contidas na delação são “absurdas, inverídicas e caluniosas”. Ele diz que assumiu o cargo na Light muito depois de a dívida ter sido negociada.

“Em 2013, a dívida foi renegociada a partir de uma definição do Conselho Fiscal, que tinha autonomia e competência para discutir essa questão. Ziza não era membro do Conselho Fiscal e não teve qualquer participação com essa renegociação”, diz trecho da nota.

Leia também:

O racha no PDT por causa da PEC 55

O livro da blogosfera em defesa da democracia - Golpe 16

Golpe 16 é a versão da blogosfera de uma história de ruptura democrática que ainda está em curso. É um livro feito a quente, mas imprescindível para entender o atual momento político brasileiro

Organizado por Renato Rovai, o livro oferece textos de Adriana Delorenzo, Altamiro Borges, Beatriz Barbosa, Conceição Oliveira, Cynara Menezes, Dennis de Oliveira, Eduardo Guimarães, Fernando Brito, Gilberto Maringoni, Glauco Faria, Ivana Bentes, Lola Aronovich, Luiz Carlos Azenha, Maíra Streit, Marco Aurélio Weissheimer, Miguel do Rosário, Paulo Henrique Amorim, Paulo Nogueira, Paulo Salvador, Renata Mielli, Rodrigo Vianna, Sérgio Amadeu da Silveira e Tarso Cabral Violin. Com prefácio de Luiz Inácio Lula de Silva e entrevista de Dilma Rousseff.

Compre agora online e receba na sua casa!

 

7 Comentários escrever comentário »

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Carlos Lima

16/12/2016 - 09h12

Que vontade é essa de manchar o Atlético, poxa Azenha, se o dinheiro tivesse sido para o Atlético tudo bem, não sendo bastaria que colocasse que o esse tal ZIZA da turma do Aécio foi presidente do Atlético como informação, mas ficar repetindo parece coisa de torcedor Maria. Tal PIg tal Prog. jornalismo como disse o papa Francisco ‘Você pode matar uma pessoa com a língua”, afirmou em reunião com conselho internacional de jornalismo. A verdade é factual, mas a responsabilidade é a nossa missão ao informar, disse o papa também “Jornalismo não é uma arma de destruição”. GALO FORTE E VINGADOR, não podemos perder a credibilidade, ainda mais numa hora dessas.

Responder

Fernando

15/12/2016 - 13h30

Denunciado não é culpado!

Responder

Luiz Carlos P. Oliveira

15/12/2016 - 10h35

Tudo gente boa. Vestiram camisa verde e amarela contra a corrupção. Assim como deputados que vão à tribuna acusar o PT. Demagogos é pouco para adjetivá-los.

Responder

a.ali

15/12/2016 - 00h20

Nós, “gente de bem”,… pois sim!
Nada como um dia após o outro, cambada de salafrários.

Responder

FrancoAtirador

14/12/2016 - 23h58

.
.
Promoção Natal ODB

Compre 3 Ministros de Têmer
e Mais 2 Prefeitos Tucanos
e Leve de Brinde a Francine

https://pbs.twimg.com/media/CzrVselWQAAC4NQ.jpg
.
.

Responder

Lâmpada

14/12/2016 - 18h34

Olha aí!
GENTE DE BEM!

Responder

Deixe uma resposta