VIOMUNDO

Jornalistas Livres: Veja como PM paulista mistura material encontrado ao lado de um poste ao conteúdo de mochila de manifestante

09 de janeiro de 2016 às 15h06

9 PASSOS PARA FORJAR UMA EVIDÊNCIA

dos Jornalistas Livres, sugestão de Artur Scavone

Durante a ação policial no ato desta sexta-feira contra o aumento da tarifa, quatro estudantes foram revistados e interrogados pela Polícia Militar. Um PM colocou na mochila de um deles um material suspeito, tido como explosivo, que havia sido encontrado junto a um poste.

Um dos meninos, Matheus Machado Xavier, 19 anos, ativista do Movimento Passe Livre, de São José dos Campos, foi acusado pela polícia de ser o dono da mochila. Ele encontra-se agora no 78° DP.

PS do Viomundo: Infelizmente os Jornalistas Livres sucumbiram à lógica do Facebook. Todos os vídeos disseminados pelo Facebook podem ser compartilhados, mas só os vê fora do ambiente do Facebook — por exemplo, neste ou em qualquer outro site/blog — quem estiver logado no Facebook. É a maneira que o Facebook tem de dirigir o tráfego na rede. Com isso, vai matando não só a mídia tradicional, mas toda a blogosfera. Pior que isso: vai submetendo toda a blogosfera aos ditames arbitrários do Facebook. Quem já foi bloqueado pelo Facebook sabe exatamente do que estou falando. Ou seja, o dia em que o Facebook bloquear a página dos Jornalistas Livres eles serão obrigados a correr para outra plataforma e recolocar todos os vídeos. É por isso que o Viomundo, por exemplo, sempre dissemina seus vídeos simultaneamente em mais de uma plataforma.

PS2 do Viomundo: Erramos feio! Os Jornalistas Livres também reproduzem conteúdo no You Tube. Leia o nosso Erramos aqui.

Leia também:

Frente Palestina sugere que Jean Wyllys participa do pinkwashing de Israel

Investigação VIOMUNDO

Estamos investigando a hipocrisia de deputados e senadores que dizem uma coisa ao condenar Dilma Rousseff ao impeachment mas fazem outra fora do Parlamento. Hipocrisia, sim, mas também maracutaias que deveriam fazer corar as esposas e filhos aos quais dedicaram seus votos. Muitos destes parlamentares obscuros controlam a mídia local ou regional contra qualquer tipo de investigação e estão fora do radar de jornalistas investigativos que trabalham nos grandes meios. Precisamos de sua ajuda para financiar esta investigação permanente e para manter um banco de dados digital que os eleitores poderão consultar já em 2016. Estamos recebendo dezenas de sugestões, links e documentos pelo [email protected]

R$0,00

% arrecadado

arrecadados da meta de
R$ 20.000,00

90 dias restantes

QUERO CONTRIBUIR
nogueira
24 - jul 0

Souto Maior: Ministro diz que CLT precisa de “atualização”; leia-se aniquilação

Eufemismo para esconder a destruição dos direitos trabalhistas

Captura de Tela 2016-07-24 às 17.04.30
24 - jul 0

CartaCapital: Temer receia ter sido gravado por Eduardo Cunha

Próximo da guilhotina e da cassação

 

16 Comentários escrever comentário »

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Urbano

11/01/2016 - 16h39

Quando se adentra à porcoração, o primeiro aprendizado vai ver que é sobre plantio… A diferença entre corporação e porcoração depende evidentemente do caráter da chefatura do cimo da pirâmide organizacional, claro. Há situações que chegam a ser quase que impossível separar o joio do trigo. Ainda bem que no geral há sempre as exceções.

Responder

Luís CPPrudente

10/01/2016 - 11h36

Considero esse movimento Passe Livre um movimento demagógico e incoerente, que combate essencialmente governos petistas. Esse movimento Passe Livre deveria, se fosse honesto, protestar contra os governos tucanos que pioram a qualidade do sistema de transporte, contra os políticos (muitos deles nos partidos golpistas) que fazem parte das maracutaias e que diminuem, em consequência, a verba destinada ao transporte público, contra a imprensa golpista do PIG e contra o movimento de coxinhas e patinhos da Fiesp.

Mas no vídeo em questão, a atitude fascista da PM fascista de Alckimin (e com o consentimento do próprio) mostra o outro lado da questão: a incriminalização de todos os movimentos sociais pela PM fascista do Picolé de Chuchu.

Responder

    Fabio

    11/01/2016 - 08h31

    Concordo contigo.

Julio Silveira

10/01/2016 - 11h11

Minha recomendação a manifestantes em estados governados por tucanos, ao serem abordados por policiais sempre tenham alguém posicionado filmando a abordagem. Infelizmente parece que a pratica de forjar provas, tão em voga por governos totalitários, virou política de governos.

Responder

Gerson Carneiro

10/01/2016 - 07h58

Polícia Militar do Estado de São Paulo flagrada praticando crime.

Responder

    Luís CPPrudente

    11/01/2016 - 17h14

    Atividades normais para uma PM sob “jestão” tucana.

Cláudio

10/01/2016 - 04h13

:
.:.
: * * * * 04:13 * * * * .:. Ouvindo A(s) Voz(es) do Bra♥♥S♥♥il e postando: Poema “Metamorfose”:
.:.
“Metamorfose”
.:.
POLÍCIA
POLÍCIO
POLÍCDO
POLÍIDO
POLDIDO
PONDIDO
PANDIDO
BANDIDO
.:.
::
.:.
♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥
* * * * * * * * * * * * *
* * * *
.:.
Por uma verdadeira e justa Ley de Medios Já ! ! ! ! Lula 2018 neles ! ! ! !
.:.
* * * *
* * * * * * * * * * * * *
♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥

Responder

Eduardo Guimarães

10/01/2016 - 03h25

Nada a estranhar da PM paulista se tiver mesmo “plantado” alguma “prova” – a matéria não informa se esses sujeitos do MPL foram acusados de alguma coisa. Mas se a PM fez mesmo isso deve ter sido por conta de que o uso reiterado do cachimbo faz a boca torta, pois não havia “necessidade” de forjar nada, já que os energúmenos do MPL cometeram tantos crimes nessa manifestação cretina que não faltaram motivos para prisões legítimas. Nesse aspecto, forjar motivos para prender integrantes desse ato fascista é absolutamente incompreensível. Só dá para entender porque a PM está tão viciada em cometer arbitrariedades que as comete mesmo sem precisar. Os famigerados black blocs – os quais , “coincIdentemente”, retornaram ao palco simultaneamente com o MPL – são tudo de que uma polícia decente precisaria para fazer prisões legítimas.

Responder

Antonio

09/01/2016 - 23h16

Se o cara é do MBL o melhor lugar para ele é na cadeia, debaixo de borracha.
Quem sustenta esses vagabundos que ajudam os black blocks?
A polícia está errada e os policiais deveriam ser processados, mas no Tucanistão isso nunca vai acontecer.

Responder

Julio Silveira

09/01/2016 - 20h58

Também nisso, esse tal de facebook, a Dilma está errada. Está apostando novamente naquilo que vai lhe prejudicar.

Responder

Francisco de Assis

09/01/2016 - 19h28

Primeiros 12 segundos: um ‘civil’ de bermuda sai da área do poste, na calçada, e, sem ser incomodado pelos PM, atravessa a rua, joga uma mochila no ombro direito, e olha em direção ao PM motociclista. Este PM, embora não tenha campo de visão para a base do poste, ou seja, para os artefatos, pois tem um carro no meio do caminho, se dirige imediatamente para o poste, ‘já sabendo’ que a encomenda lá está. Esta é a polícia do Alckmin.

Responder

Henrique Cartaxo

09/01/2016 - 19h25

Olá,

A título de informação, a respeito do PS: nós Jornalistas Livres também temos um website e postamos todos os nossos vídeos no youtube, de onde ele poderia ter sido embedado aqui sem a necessidade reprodução.

A notícia e o vídeo estão lá:

http://jornalistaslivres.org/2016/01/9-passos-para-forjar-uma-evidencia/
https://www.youtube.com/watch?v=MyeJPNX6bUw

Responder

FrancoAtirador

09/01/2016 - 15h52

.
.
ESCANDALOSA ARTICULAÇÃO ENTRE A MÍDIA JABÁCULÊ DO PSDB

E A CORPORAÇÃO MILITAR FASCIPAULISTA DO GENERALCKMIN.
.
GloboNews e BandNews, ambas ao vivo, desta vez exorbitaram.
.
.

Responder

Deixe uma resposta