VIOMUNDO

Secundaristas denunciam violência policial em Goiás

25 de janeiro de 2016 às 11h38

Captura de Tela 2016-01-25 às 11.34.56

Do Facebook

Em Goiás o movimento secundarista ocupou 27 escolas contra a implantação das Organizações Sociais e a gestão pela polícia militar das escolas públicas estaduais.

O movimento está ocorrendo desde dezembro de 2015.

Com o início das aulas, porém, o governo vem tentando desocupar algumas escolas mesmo sem ordem de reintegração de posse.

Alunos do Colégio Estadual Ismael Silva de Jesus, da região Noroeste de Goiânia, denunciam que foram expulsos da escola por policiais militares que pularam o muro sem qualquer ordem judicial.

Eles estão resistindo agora na entrada do colégio e tentando manter a ocupação.

Um aluno teve uma fratura exposta e foi pro hospital, outro ficou bastante machucado. A maior parte dos alunos ocupantes é do Ensino Fundamental II, sendo menores de idade.

Já no Colégio Estadual Rui Barbosa, ocupado nesse sábado, foi invadido por policiais militares e pela diretora do colégio, que estão tentando pressioná-los a sair da ocupação por ameaça de advertência, suspensão e também pela intimidação dos militares.

Os secundaristas do estado temem que esse tipo de ação ilegal se expanda para outros colégios ocupados, infringindo o seu direito de manifestação.

Veja também:

Como foi o encontro entre secundaristas de São Paulo e Goiás, vítimas de governadores tucanos

 

2 Comentários escrever comentário »

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

FrancoAtirador

27/01/2016 - 16h25

.
.
O Abuso é a Regra, principalmente nas Corporações Policiais.
.
.

Responder

Urbano

25/01/2016 - 15h54

Na maior parte das vezes o substantivo e o adjetivo se confundem…

Responder

Deixe uma resposta