VIOMUNDO

MST: Conluio da mídia com MP e PF condena Lula e só depois busca crime

16 de fevereiro de 2016 às 20h01

mst -lula

Nota Pública: MST se solidariza com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva

Nos solidarizamos com Lula e sua família. A cada dia se evidencia a estratégia de primeiro condená-lo para depois encontrar um crime que justifique a condenação.

Da Página do MST

O Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) repudia a ofensiva patrocinada pelo conluio da mídia tradicional – controlada por poucas famílias muito ricas – com setores do Ministério Público, Poder Judiciário, Policia Federal e a ala mais conservadora do Congresso Nacional, que busca, concomitantemente, destituir a Presidenta da República democraticamente eleita em 2014, destruir a figura política do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e criminalizar a política.

Ninguém mais do que a classe trabalhadora sempre exigiu dos poderes do Estado o combate à corrupção e à apropriação indevida dos bens públicos.

É uma luta permanente e deve ser tratada, nos marcos da lei, com equidade e isenção contra TODOS os que cometeram tais crimes.

Não é o que vemos nos dias de hoje. A nota assinada por centenas de advogados atesta os dias sombrios que vivemos, promovidos pelo conluio citado, ao denunciar:

“O desrespeito à presunção de inocência, ao direito de defesa, à garantia da imparcialidade da jurisdição e ao princípio do juiz natural, o desvirtuamento do uso da prisão provisória, o vazamento seletivo de documentos e informações sigilosas, a sonegação de documentos às defesas dos acusados, a execração pública dos réus e o desrespeito às prerrogativas da advocacia, dentre outros graves vícios, estão se consolidando como marca da Lava Jato, com consequências nefastas para o presente e o futuro da justiça criminal brasileira.”

Já é notório que os governos do PSDB e suas lideranças políticas, grupos econômicos e, principalmente, as famílias que controlam a mídia tradicional são consideradas inimputáveis pelos crimes que cometem. Faria bem à democracia e às instituições do Estado se as denúncias das ações criminosas cometidas pela Rede Globo, que circulam em blogs independentes e documentadas, fossem apuradas com seriedade e à exaustão pela Justiça.

Já os partidos e políticos identificados com o atual governo são condenados antes mesmo do término das investigações e do julgamento. Uma prática já implementada no julgamento da AP 470, onde um dos réus, José Dirceu, foi condenado sem provas, nas palavras da ministra Rosa Weber, assessorada, em seu voto, pelo juiz Sérgio Moro.

Nos solidarizamos com ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e sua família, agredida de forma incessante pelo conluio conservador. A cada dia se evidencia a estratégia de primeiro condená-lo para depois encontrar um crime que justifique a condenação.

Por último, essa crise politica, que afeta as instituições da República, os partidos políticos e a política em si, exigem uma profunda reforma política que deverá ser consolidada em uma nova Assembleia Nacional Constituinte, soberana e independente.

Direção Nacional do MST

São Paulo, 16 de fevereiro de 2016.

Leia também:  

Fernando Morais: O “niu júrnalism” ataca novamente  

 

5 Comentários escrever comentário »

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Maria Dolores de Fatima Silva

16/02/2016 - 23h19

Já não é segredo pra ninguém a não ser aqueles q não querem ver q existe uma perseguiçao implacável em relação a Lula. Mas existe tb uma pergunta q não quer calar… Não é Dilma q tem o poder de destituir essas pessoas arbitrárias do poder?

Responder

    bonobo de oliveira, severino

    17/02/2016 - 09h15

    Eu creio que não. A atual Presidenta, que ainda não se apercebeu devidamente das importantes atribuições inerentes ao mandato conquistado nas urnas em 2014, tem um grande poder no que tange à nomeação de uma pessoa com perfil adequado para preencher a vaga de Ministro da Justiça. Assim ela poderia contribuir reduzindo a esculhambação generalizada, pelo menos, na Policia Federal, transformada numa milícia política associada a membros do judiciário, do MP e donos de empresas de comunicação.

Mauricio Gomes

16/02/2016 - 21h00

E o FHC, não vão investigar os recursos para a compra do ap em Paris ou do mimo que deu para sua concubina em SP? Agora a mãe do não-filho do FHC resolveu contar o canalha que ele é, algo que o povo brasileiro já sabe há anos.

http://www.conversaafiada.com.br/brasil/bomba-mirian-dutra-tira-a-mascara-de-fhc

Responder

Mauricio Gomes

16/02/2016 - 20h46

Por uma queda da bastilha tupiniquim, guilhotina nesses traidores e golpistas! Ao ataque contra o porco beiçudo do STF, ao juizeco fascista de CÚritiba, aos procuradores-pastores e às família$ que controlam o PIG. Se derem golpe, cabeças irão rolar como em 1789.

https://pt.wikipedia.org/wiki/Tomada_da_Bastilha

Responder

    bonobo de oliveira, severino

    17/02/2016 - 09h33

    Se chegar a esse ponto, o primeiro a mandar pra vala tem que ser o porco beiçudo de Diamantino.

Deixe uma resposta