VIOMUNDO
O VIOMUNDO só é possível também através de anunciantes, e detectamos que você utiliza um AdBlock, bloqueador de anúncios.
Por favor considere ajudar o VIOMUNDO desativando o bloqueador para este site.

Moro dá uma de joão-sem-braço. Como se ninguém fosse capaz de identificar manobra para julgar Lula nos jornais

11 de fevereiro de 2016 às 17h40

Captura de Tela 2016-02-11 às 17.35.25

A manobra de Moro para quebrar o sigilo no caso do sítio

ATUALIZADO EM 11/02/2016 – 12:30

Patricia Faermann, no Nassif

Jornal GGN – No pedido da Polícia Federal para a abertura de um inquérito exclusivo ao caso do sítio de Atibaia, onde Lula seria visitante frequente, os delegados informaram que as investigações necessitariam um sigilo elevado. Em resposta, o juiz Sergio Moro aparentou acatar a sugestão e determinou que, a partir daquele momento, toda a investigação corresse em segredo de justiça, incluindo a sua própria decisão.

Antes de vazar a informação para a imprensa, Moro aparentava aceitar o sigilo e ainda enfatizou que seria “aconselhável a anexação de documentos com sigilo elevado em procedimento que tramita sem segredo de justiça”.

A decisão é datada do dia 4 de fevereiro.

Captura de Tela 2016-02-11 às 17.26.42Logo, ao divulgar a autorização da abertura de um novo inquérito, Moro quebrou a regra de sigilo. Para não quebrar a aura de legalidade que cerca a Lava Jato, na manhã da quarta-feira (10), disse que o despacho foi “lançado automática e inadvertidamente” no sistema que permite ao público consultar os processos que tramitam na Justiça Federal, sem os devidos cuidados para manter o segredo sobre a investigação.

Com a ampla publicidade do caso nos jornais por todo o Brasil, Sergio Moro decidiu, no segundo despacho publicado seis dias depois, nesta quarta, que “prejudicado o sigilo” da decisão de desmembrar o inquérito, já “não faz sentido mantê-lo [o sigilo]”.

A tática do juiz de quebrar o sigilo, com os devidos cuidados, insere-se na estratégia atual de manter o fogo elevado no mês de fevereiro.

Nessa linha, Paulo Moreira Leite também lembra, em sua coluna, que o vazamento do inquérito com mira no ex-presidente abafa a notícia da delação premiada de Fernando Moura, que incidiria sobre o senador Aécio Neves (PSDB-MG).

De acordo com juristas ouvidos pelo GGN, a nova frente de investigação aberta exclusivamente com foco no sítio de Atibaia — paralelamente a outro inquérito que já apurava suspeitas de lavagem de dinheiro pela OAS com recursos de contratos da Petrobras — não tem a intenção de condenar o ex-presidente Lula, uma vez que a comprovação de propriedade do sítio seria “praticamente impossível”.

“Esse caso, para quem tem o mínimo de experiência [jurídica] é aquele que fatalmente não para em pé. Se processado, [o ex-presidente] vai ser julgado inocente. Propriedade, de fato, tem que se dar por transcrição, para se provar que o Lula tem a posse, é muito difícil, porque ele não mora lá. A única finalidade é se construir uma denúncia, sem ter a condenação. É uma operação feita para desmoralizar politicamente. Irão tocar o inquérito, divulgar documentos até o que der, tentarão construir uma denúncia se o MPF oferecer, e já sabendo que irão perder. Sabendo da inocência do réu”, disse um dos especialistas consultados.

Leia também:

PSDB abraça tese furada de Merval

O livro da blogosfera em defesa da democracia - Golpe 16

Golpe 16 é a versão da blogosfera de uma história de ruptura democrática que ainda está em curso. É um livro feito a quente, mas imprescindível para entender o atual momento político brasileiro

Organizado por Renato Rovai, o livro oferece textos de Adriana Delorenzo, Altamiro Borges, Beatriz Barbosa, Conceição Oliveira, Cynara Menezes, Dennis de Oliveira, Eduardo Guimarães, Fernando Brito, Gilberto Maringoni, Glauco Faria, Ivana Bentes, Lola Aronovich, Luiz Carlos Azenha, Maíra Streit, Marco Aurélio Weissheimer, Miguel do Rosário, Paulo Henrique Amorim, Paulo Nogueira, Paulo Salvador, Renata Mielli, Rodrigo Vianna, Sérgio Amadeu da Silveira e Tarso Cabral Violin. Com prefácio de Luiz Inácio Lula de Silva e entrevista de Dilma Rousseff.

Compre agora online e receba na sua casa!

 

25 Comentários escrever comentário »

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Edivaldo

13/02/2016 - 21h15

Moro, devia por uma melancia no pescoso para aparecer melhor.

Responder

Eduardo Giimarães

12/02/2016 - 15h01

Há muito, até inocentes e tolos tem sido capazes de compreender os propósitos! Isso me leva a indagar se tais práticas ou ” deslizes” são aceitáveis a tão elevado nível judicial!

Responder

Sidnei Brito

12/02/2016 - 10h48

Aceitemos que houve um equívoco.
Até onde sei, sigilo na Justiça é coisa tratada com muita seriedade.
Sendo assim, o que o TRF4 está fazendo para apurar o grave erro?
Abriu sindicância? Está apurando responsabilidades?
Se numa coisa tão fácil de se controlar, desde que se tenha atenção, a Justiça Federal do Paraná comete um erro tão bobo, o que mais não pode estar cometendo sem que estejamos sabendo?
Era o que todo mundo deveria estar exigindo agora: a apuração da responsabilidade pela publicação do despacho que deveria seguir em sigilo.
Mas o que estou dizendo?
Melhor não. Afinal, a culpa vai recair naquela senhora terceirizada que prepara o cafezinho dos operosos servidores da 13ª Vara.
Abafa o caso!

Responder

Arnaldo Costa

12/02/2016 - 07h26

Já está mais que provado que o capanga Moro é um grande moleque picareta tucano. Diretores e donos da Andrade Gutierres são “da cozinha” de Aético e de outros tucanos de Minas, há até uma obra de arte doada no gabinete do ex-governador. A soltura do ex-presidente dessa empresa comprova que não há isenção, não querem de forma alguma investigar o gangster Aético e a corja do seu partido. O mesmo acontece com Álvaro Dias, amigo íntimo de Youssef e que está sendo protegido por Moro, já que tem vários envolvidos junto com ele ligados ao ciclo de amizade do juiz. Uma vergonha o que presenciamos, uma briga de torcidas onde os políciais, a organização do estádio, a imprensa estão do lado dos “donos da casa (grande)”. São omissos, coniventes e até cúmplices ao ocultarem provas de seus aliados, ao mesmo tempo que perseguem seus adversários políticos. Abafa-rápido virou mais um circo tucano. É muita hipocrisia, é muita injustiça, é muito descaramento! Não vem ao caso?????

Responder

Gabriel Costa Braga

12/02/2016 - 07h20

Gostaria de deixar aqui tbm o seguinte. Tds q ali estão cospem q amam o país, faço pelo povo e para o povo. Besteira pq não defendem e não fazem nada sem interesses particulares ou para enriquecimento próprio. Já q amam e tudo, pq não devolvem os dinheiros de seções q eles inventam como extraordinária pra ganhar mais e mais. Alguém aí quando mudam de trabalho ganham apartamento mobiliado, carros pra se deslocar, avião pago pelo patrão pra curtir férias? Muitos irão me crucificar pelo q estou dizendo mais como disse, defender seu próprio bolso e interesse é fácil. Alguém aí se esqueceu como é travada uma batalha para aumentar 10% no salário mínimo? Agora lá para políticos e outros e uma balela. Não me lembro quanto tempo tem is juízes brigavam por um aumento de R$ 7.000,00 para eles e os seus reservas teriam direitos, uma piada em relação ao salário mínimo não acham? Olha tenho 12 anos posso não saber de nada, mais q tem um monte de coisas erradas q são feitas por quem deveria zelar e nos proteger, a isso tem.

Responder

Gabriel Costa Braga

12/02/2016 - 07h03

Bom dia a tds. Gostaria de deixar aqui minha indignação, vejo alguns defendendo outros atacando. Quem ali é honesto, quem ali e correto, quem ali se preocupa com o povo ? Digo logo ninguém, pq se tiver ali alguém como mencionei não se manifestou, se calou e pronto. Gente a política a anos e uma doença na vida do trabalhador, matando, mutilando, hospitalizando a nos classe trabalhadora. Pois tds entram com o mesmo discurso e no final acaba jogando no mesmo time. Se ali tivesse quem prestasse, já teriam se juntado e acabado com as mordomias, pq tds trabalhamos e temos q pagar tudo tirando de nossos salários enquanto muitos em Brasília tem inúmeros previlegios. Vamos parar de hipocrisia e defender quem realmente merece, q é o brasileiro trabalhador e assalariado. Pois ninguém aí se lembra d quantos aumentos foi colocados no ano passado de goela a baixa em cima da gente não é? Gente temos é sim q cobrar ao invés de reformas q só se discute mais impostos, volta de CPMF, aumentos de gás, gasolina, energia e qlqr coisa q tire do nosso suado salário grana pra eles desviarem. São reformas q incluam a retirada imediata de previlegios como auxílio moradia, auxílio palitó, auxílio alimentação, carro bancado para eles, plano de saúde vitalício e extensivo pra dependentes. Vcs tem algumas mordomias desses heim, bancadas ou se quiser tem q tirar de seus míseros salários? Vamos sim é nos juntarmos e de uma vez por todas exigir q mudem essas e outras coisas q eu desconheço. Um forte abraço a tds e fiquem com Deus.

Responder

jose neto

12/02/2016 - 01h29

Esse Sérgio Moro já devia ter sido afastado por suspeição. É tendencioso, acintoso e desrespeitoso.

Responder

FrancoAtirador

11/02/2016 - 23h19

.
.
Do Pum do Moro
Ninguém Escuta o Chiado,
mas como Féde na Mídia
Jabáculê do Mercado.
.
.

Responder

Nelson

11/02/2016 - 23h18

O STF está assistindo a todos os desmandos do Moro e mantém uma passividade bovina. O que temem os juízes da mais alta corte de Justiça do Brasil que não colocam este juiz em seu devido lugar?

Como eles não reagem, fica a impressão de que têm o “rabo preso” e temem que a mídia revele seus segredos inconfessáveis. Pelo bem do nosso país, espero, sinceramente, que seja apenas impressão.

Responder

Ribeiro

11/02/2016 - 23h01

Esses ladrões do PT são indefensáveis independente da corrupção alheia, independente de quem os julgue,…

Responder

    FrancoAtirador

    11/02/2016 - 23h22

    .
    .
    (https://youtu.be/oVItMDSe_D4)
    .
    .

    luiz

    12/02/2016 - 02h47

    Os “ladrões do PT” construiram 3.500.000 casas populares, e mais 18 Universidades, mais 81% da Transposição de Sao Francisco, mais a ferrovia TransNordestina (única ferrovia construída nos últimos CEM anos), mais a hidreletrica de Belo Monte! !!!!
    Porque o dinheiro que pagou todas essas obras não foi parar na Suissa, como ocorreu nos governos anteriores? Hein?

    Acorda, tolinho!

    Wes

    12/02/2016 - 05h13

    Concordo..,..

Nelson

11/02/2016 - 22h31

Os órgãos da mídia hegemônica e seus (de)formadores de opinião aparecem a nossa frente, diuturnamente, como defensores empedernidos da democracia e, por consequência do chamado Estado Democrático de Direito (EDD).

Quando mencionam a palavra ditadura, já apontam para a Venezuela de Hugo Chávez ou Nicolás Maduro, para o Iran dos aiatolás ou para a Cuba dos irmãos Castro, entre outros casos. Interessante notar que a Arábia Saudita, para ficar apenas neste exemplo, nunca é citada quando eles mencionam a palavra ditadura.

Pois, esta mesma mídia assiste, a todo momento, a ataques frontais ao EDD perpetrados por um tal de Sérgio Moro, portanto, ditatoriais, e não esboça uma única palavra de repreensão à conduta do juiz. Pelo contrário, estão, constantemente, a incensá-lo como um exemplo de compromisso com a lisura e a honestidade no trato da coisa pública.

Apodrecimento moral que só aumenta.

Responder

Julio Silveira

11/02/2016 - 21h22

O Moro quer é espaço midiático para uma candidatura futura pelo PSDB.

Responder

soll

11/02/2016 - 21h11

Lamentável ainda ter gente tentando defender o indefensável. Ate o Lula sabe, o corrupto que ele e. Gracas a Deus temos um profecional serio e honesto como o Juiz Moro, para acabar com essa roubalheira e corrupção. Calma que ainda tem muitas outras propriedades, inclusive rurais, escrituradas em nome de laranjas do Lula. Isso e só o começo.

Responder

    Mauricio Gomes

    11/02/2016 - 22h02

    “Profecional”? Espero que tanto o texto quanto o atentado ao idioma pátrio sejam ironias suas….

renato

11/02/2016 - 20h29

Já tomei minha posição.
Bom ou MAL, LULA para sempre..
Preso ou solto, LULA para sempre..
Vivo ou morto, LULA para sempre..
Perdi a fé na LEI..

Responder

Marcio Ramos

11/02/2016 - 20h13

O Moro saindo do armário. Cutuca mais que ele arrega.

Responder

FrancoAtirador

11/02/2016 - 18h43

.
.
Diria o Ciro: Tucanistão se Estende para Além das Fronteiras do Despudor
.
(http://jornalggn.com.br/noticia/ruim-para-lula-quebra-de-sigilo-aliviou-para-aecio-por-paulo-moreira-leite)
.
.

Responder

Mauricio Gomes

11/02/2016 - 18h40

Esse juizeco fascista de CÚritiba é uma vergonha, alguém bote um freio nesse maluco antes que esse ser trevoso jogue o país no abismo. Se é que já não jogou…

Responder

    Nelson

    11/02/2016 - 22h19

    Somente o que Moro já aprontou em termos de desvios e desmandos na operação Lava Jato mostra que ele nada tem de honesto além da aura que a exposição midiática positiva lhe emprestou.

    Se não basta isso, Magoo, eu te digo que o dia em que o Moro vier me explicar, “nos mínimos detalhes”, de forma minimamente convincente, o que o levou a isentar a tucanalha do desvio monumental de dinheiro para o exterior, 130 bilhões de dólares, ocorrida através do Banestado, eu poderei começar a pensar em dar um voto de confiança a ele.

    Lembra do escândalo do Banestado, Magoo. Pois, o Sr Moro era o juiz que estava por detrás das investigações que deram em nada. Você sabia disso?

    Gesiel Ferreira

    11/02/2016 - 22h26

    Quem é contra lava jatove contra o Brasil!

MANREL

11/02/2016 - 18h13

O Moro está quase imitando o macaco que enfiou a mão no buraco do côco, e por não saber dosar a mão, acaba se auto prendendo. no mesmo.
Logo, logo, ele dará outro passo em falso, é só esperar, o ódio e a vaidade, cega.

Responder

Deixe uma resposta