VIOMUNDO

Lula vai à Justiça contra a Globo: Jornal Nacional censura o seu direito de resposta

15 de março de 2016 às 16h01

jn

Sem ouvir a defesa do ex-presidente, Jornal Nacional expõe família de Lula a acusações mentirosas

NOTA À IMPRENSA

Pedido de direito de resposta contra a Globo já está na Justiça

do Instituto Lula

São Paulo, 15 de março de 2016,

Os advogados do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva protocolaram, nesta segunda-feira (14), ação que solicita direito de resposta contra a TV Globo. O pedido diz respeito à reportagem de abertura do Jornal Nacional do último dia 10 de março, que não contemplou a defesa de Lula ao noticiar denúncia apresentada por três promotores do Ministério Público de São Paulo contra o ex-presidente. A emissora, além de negar o “outro lado” a Lula, utilizou ainda de recursos de edição para legitimar e reafirmar a frágil acusação.

Acionada diretamente, a Globo negou o pedido de resposta sob a alegação de que já teria dado oportunidade ao ex-presidente e aos seus advogados de apresentar posicionamento sobre a denúncia dos promotores. Isso não é verdade.

Veja a nota do Instituto sobre a censura ao direito de defesa de Lula

Como prova a ação judicial, a assessoria de imprensa de Lula não foi procurada pela produção do Jornal Nacional para comentar o assunto. A produção do JN procurou os advogados de Lula, mas para falar apenas sobre os fundamentos do pedido de prisão preventiva do MP-SP, que foi objeto de reportagem distinta — e não sobre o mérito da denúncia.

Entre os argumentos apresentados pelos advogados de Lula, destacam-se:

* O fato de que o direito de resposta tem amparo na Constituição Federal (art. 5º, V), na Convenção Americana de Direitos Humanos (Pacto de San José da Costa Rica – art. 14) e na Lei nº 13.188/2015 (art. 2º); é expressão do direito de manifestação, do direito de defesa e, ainda, tem a relevante função de relativizar discursos unilaterais permitindo a reflexão e o diálogo; não é ataque à qualquer veículo;

* Que uma reportagem sobre denúncia criminal desacompanhada da defesa do acusado oferece à opinião pública uma versão desequilibrada dos fatos, especialmente diante dos recursos de edição de imagem e de voz utilizados no caso concreto; coloca em risco o necessário equilíbrio processual e, ainda, configura publicidade opressiva, tanto mais ao equiparar Lula a um traficante de drogas ao explicar a “teoria da cegueira deliberada”;

* Houve agressiva e ilegítima recusa do pedido de resposta feito diretamente à emissora, que resolveu levar ao ar novas ofensas ao ex-presidente e aos seus advogados, que reforçam a publicidade opressiva já indicada.

Leia também:

Como um procurador sequestrou e manteve a mulher em cárcere privado… e foi confirmado no cargo

Investigação VIOMUNDO

Estamos investigando a hipocrisia de deputados e senadores que dizem uma coisa ao condenar Dilma Rousseff ao impeachment mas fazem outra fora do Parlamento. Hipocrisia, sim, mas também maracutaias que deveriam fazer corar as esposas e filhos aos quais dedicaram seus votos. Muitos destes parlamentares obscuros controlam a mídia local ou regional contra qualquer tipo de investigação e estão fora do radar de jornalistas investigativos que trabalham nos grandes meios. Precisamos de sua ajuda para financiar esta investigação permanente e para manter um banco de dados digital que os eleitores poderão consultar já em 2016. Estamos recebendo dezenas de sugestões, links e documentos pelo [email protected]

R$0,00

% arrecadado

arrecadados da meta de
R$ 20.000,00

90 dias restantes

QUERO CONTRIBUIR

 

4 Comentários escrever comentário »

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Urbano

17/03/2016 - 12h22

Que mega empresa de qualquer outra atividade econômica estaria ainda em atividade, caso tivesse feito a vigésima parte do que a groubostonoma já fez?

Responder

    Urbano

    17/03/2016 - 12h23

    Complementando: … já fez contra o Brasil e contra a democracia como um todo?

Jadir Rocha

16/03/2016 - 13h45

A gLOBO que acabar com a nossa democracia. Temos que nos unir para que o interesse desta emissora não sobressaia sobre todos os nossos. Vamos participar dos protestos do dia 18. JUNTOS VENCEREMOS.

Responder

Edson Silva

15/03/2016 - 23h44

A primeira medida de Lula deveria ser zerar TODA verba publicitária para esse mídia prostituída. Câncer se mata por inanição.

Responder

Deixe uma resposta