VIOMUNDO
O VIOMUNDO só é possível também através de anunciantes, e detectamos que você utiliza um AdBlock, bloqueador de anúncios.
Por favor considere ajudar o VIOMUNDO desativando o bloqueador para este site.

Nassif: A Procuradoria Geral da República atua para quebrar a Odebrecht

17 de fevereiro de 2017 às 12h55

Lava Jato janot 2 A Procuradoria da República atua para quebrar a Odebrecht

Luis Nassif, no GGN, em 17/02/2017

Um dos pontos centrais dos acordos de delação é a palavra das partes. O delator precisa acreditar que os acordos fechados serão cumpridos.

Peça central da Lava Jato, o ex-diretor da Petrobras Paulo Roberto da Costa, está ameaçado de perder as regalias da delação.

Segundo O Globo, o procurador Deltan Dallagnol – aparentemente em síndrome de abstinência de holofote – notou irregularidades na delação de Costa.

“Um dos exemplos de versões divergentes citadas pelo MPF diz respeito ao termo de colaboração número 80. No depoimento, Costa disse que requisitou à Arianna a retirada de R$ 100 mil e US$ 10 mil de sua empresa. Contudo, em juízo ele mudou a versão. Afirmou ter solicitado que a acusada buscasse R$ 50 mil no escritório da Costa Global Consultoria” (MPF pede a Moro suspensão de benefícios e a condenação de Paulo Roberto Costa).

Fantástico! Melhor que isso só a informação de que a Procuradoria Geral da República juntou procuradores de onze países para liquidar de vez com a Odebrecht.

Semanas atrás conversei longamente com um procurador que respeito – da cooperação internacional. Ele estava claramente incomodado com as acusações de que o MPF se tornara uma força antinacional:

– Tem procurador de direita e esquerda aqui. Mas nenhum contra o país.

Argumentei sobre o processo de destruição nas empreiteiras nacionais. Sua resposta foi a de que o MPF acertara acordos de leniência, visando poupar as empresas.

Ora, os acordos só foram acertados quando as empreiteiras jaziam exangues, sem capital de giro, sem projetos, proibidas de operar com o BNDES e com o mercado externo sendo demolido – pelo MPF e pelo próprio BNDES.

A Odebrecht já pagou por todos seus pecados. E é uma empresa que detém tecnologia sensível em várias áreas do país: na petroquímica, na área de defesa, no submarino nuclear, nas telecomunicações, nas construções de hidrelétricas, no conhecimento do mercado internacional

Qual a lógica desse golpe final contra a empresa? Evidentemente não é para atender a interesses nacionais. Mais cedo ou mais tarde virá à tona os verdadeiros interesses a que a Lava Jato e a Procuradoria Geral da República servem.

Leia também:

Brasil vai virar uma Nigéria?

 

10 Comentários escrever comentário »

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Lukas

20/02/2017 - 10h15

Que fim de feira: advogado de empreiteira corrupta. E o pior, aparentemente, de graça.

Responder

jose carlos lima barbosa

19/02/2017 - 16h36

A democracia retornará.

Em 2008 Lula diz que o Pré-Sal é “bilhete premiado” do povo brasileiro. Em 2013 Snowden revelou com documentos que os EUA espionaram a Petrobras. Em 2014 os membros da Lava Jato traem a Petrobrás e o Brasil em processo nos Estados Unidos movido contra o Brasil. Em 2016 o juiz da Lava Jato impede que delatores revelem o que disseram nos processos em que ajudaram os Estados Unidos. Em 2017 o Presidente Donald Trump decreta sigilo absoluto em relação a assuntos das empresas de Petróleo americanas. Recentemente a justiça brasileira vem concedendo liminares para impedir os leilões da Petrobrás.

Os corruptos da Lava Jato querem se safar e a moeda de troca que eles oferecem é a entrega do nosso petróleo e da engenharia brasileira. Depois que as grandes empresas brasileiras estiverem entregues, os gringos vão querer mão de obra barata para toca-las, por isso é necessário acabar com a CLT e com a Previdência Social.

Esse jogo político não tem nem a complexidade de um jogo de xadrez, no máximo se compara a um jogo de damas.

Portanto é de se estranhar que “jornalistas” (sic) “investigativos” (sic) deixem de tratar de um assunto tão importante e estratégico para o País como esse e fiquem atrás de atuação teatral, a mando de seus patões, a fim de distrair a população e incriminar o Presidente Lula.

Esses jornalistas vendidos e arregados que estão enganando a nação brasileira jamais serão perdoados quando a democracia for restabelecida. Cuidado traidores, Ele, e o Povo, estão voltando.

Responder

jose carlos lima barbosa

19/02/2017 - 16h35

Em 2008 Lula diz que o Pré-Sal é “bilhete premiado” do povo brasileiro. Em 2013 Snowden revelou com documentos que os EUA espionaram a Petrobras. Em 2014 os membros da Lava Jato traem a Petrobrás e o Brasil em processo nos Estados Unidos movido contra o Brasil. Em 2016 o juiz da Lava Jato impede que delatores revelem o que disseram nos processos em que ajudaram os Estados Unidos. Em 2017 o Presidente Donald Trump decreta sigilo absoluto em relação a assuntos das empresas de Petróleo americanas. Recentemente a justiça brasileira vem concedendo liminares para impedir os leilões da Petrobrás.

Os corruptos da Lava Jato querem se safar e a moeda de troca que eles oferecem é a entrega do nosso petróleo e da engenharia brasileira. Depois que as grandes empresas brasileiras estiverem entregues, os gringos vão querer mão de obra barata para toca-las, por isso é necessário acabar com a CLT e com a Previdência Social.

Esse jogo político não tem nem a complexidade de um jogo de xadrez, no máximo se compara a um jogo de damas.

Portanto é de se estranhar que “jornalistas” (sic) “investigativos” (sic) deixem de tratar de um assunto tão importante e estratégico para o País como esse e fiquem atrás de atuação teatral, a mando de seus patões, a fim de distrair a população e incriminar o Presidente Lula.

Esses jornalistas vendidos e arregados que estão enganando a nação brasileira jamais serão perdoados quando a democracia for restabelecida. Cuidado traidores, Ele, e o Povo, estão voltando.

Responder

Rita Isabel

19/02/2017 - 15h18

Existem procuradores e promotores que são verdadeiros BRUCUTUS, quero dizer, seguem a interpretação literal da norma, sem qualquer interação com outras normas, o resultado é este absurdo do absurdo.

Responder

Alfredo

18/02/2017 - 12h30

A Halliburton agradece

Responder

Edmilson

17/02/2017 - 18h30

O MPF, “pró-mercado”, está praticando um ato de vingança contra uma empresa que eles julgam ter dado ajuda relevante ao financiamento de campanhas do PT. Quer justiçar a CNO para que sirva de exemplo aos demais empresários, a fim de que nenhum deles jamais volte a se associar a governos trabalhistas. Simbolicamente, é como se esquartejassem a empresa e colocassem seus restos mortais à vista de todos, como Portugal fez com os inconfidentes.

Responder

Nelson

17/02/2017 - 15h29

A verdade, amigo, é que, cada vez mais, tenho que concordar com o historiador Luiz Alberto Moniz Bandeira e o diplomata Samuel Pinheiro Guimarães.

A Lava Jato e seus condutores são instrumentos do golpe. O objetivo é deixar nosso país “no chinelo”, numa condição da qual só conseguirá sair com uma revolução o que significa guerra com o grande Império do Norte.

Responder

Nelson

17/02/2017 - 15h25

Duas hipóteses. Ou o procurador respeitado pelo Nassif é um grande tapado, para nada enxergar do que está tão às claras, ou ele tá no time dos enviados divinos.

Na primeira hipótese, a pergunta é: o que uma taipa – como se chama aqui no Rio Grande – desse tipo está fazendo no MPF? Ali deveria ser lugar só para gente muito antenada.

Na segunda, sinto, mas o Nassif terá que tirá-lo de sua lista de cidadãos respeitáveis.

Responder

lulipe

17/02/2017 - 15h17

A que interesses serve quem vive defendendo uma empresa envolvida nos maiores casos de corrupção da história do Brasil????

Responder

sergio

17/02/2017 - 14h50

Esta eu respondo:

Mas vamos acrescentar outros atores importantes a pergunta.

A quem serve a Lava-Jato, o MPF, a PGR e seu grão-vazador, o STF ou SCM (suprema corte de merda) se preferirem, o juizeco de quinta da primeira instância de Curitiba, o traira e seus asceclas, o PSDB e o PMDB?

Servem a interesses internacionais de americanos e das petroleiras internacionais.

Destruir o Brasil, em troca de uns trocados, e que se foda o povo brasileiro.

Que de certa forma merecemos. Pois não fizemos força para entender que quando alguns coxinhas-midiotas vestiram a camisa da seleção e foram as ruas pedir a cabeça de uma presidenta honesta e eleita democraticamente, e por conseguinte destruir a democracia, nos por nossa leniência de não dar uma resposta a altura aos coxinhas-midiotas selamos o nosso destino, o futuro de nossos filhos e netos e o fim de uma nação soberana chamada Brasil. Seremos daqui para frente uma republiqueta de Bananas.

E tome ferro: PEC da morte, PEC da escravidão (reforma da previdência e trabalhista), reforma do ensino médio, fim do SUS, fim das universiades federais e quanto mais suportamos, doação do Pre-sal, destruição da indústria naval, destruição da Petrobras, destruição da indústria de uma forma geral.

Nosso destino: vender grãos e minério bruto, gerar um ponte de maquiladoras e comprarmos tudo de fora …

Responder

Deixe uma resposta