VIOMUNDO
O VIOMUNDO só é possível também através de anunciantes, e detectamos que você utiliza um AdBlock, bloqueador de anúncios.
Por favor considere ajudar o VIOMUNDO desativando o bloqueador para este site.
Cartas de Minas
Cartas de Minas

Gleisi diz que presidente do TRF4, que elogiou sentença de Moro, tenta tumultuar julgamento

16 de janeiro de 2018 às 13h01

Deputados do PT visitam Thompson Flores em Porto Alegre

Presidente do TRF-4 tenta tumultuar julgamento de Lula

Desembargador do TRF-4 Carlos Thompson Flores tenta desviar a opinião pública da questão principal do processo do triplex: não há prova alguma contra Lula

A inusitada movimentação do presidente do Tribunal Regional Federal da 4a. Região, Carlos Thompson Flores, pelas mais altas instâncias do Judiciário, do Ministério Público e da Segurança Institucional, nesta segunda-feira (15), é uma clara tentativa de tumultuar o ambiente em torno do julgamento do recurso da defesa do presidente Lula contra a sentença injusta e injurídica de Sergio Moro.

O sr. Thompson Flores já expressou, contrariamente à lei, o seu pré-julgamento no caso, e tenta agora criar uma cortina de fumaça para desviar a opinião pública da questão fundamental: não há provas para manter a condenação de Lula.

O TRF-4 só fará Justiça e mostrará isenção anulando a sentença e proclamando a inocência do ex-presidente.

O Partido dos Trabalhadores reafirma que as manifestações em defesa da democracia e do direito de Lula ser candidato, como quer a grande maioria dos brasileiros, seguirão pacíficas, como é da tradição do partido.

Gleisi Hoffmann
Presidenta Nacional do PT

Leia também:

Julgar recurso de Lula agora é para consolidar o golpe, diz o PSOL

23 - fev 2

Ações contra Paulo Preto em SP detalham os esquemas que ele montou, sem ser incomodado pela Lava Jato

Não ponho a mão no fogo nem pelos meus filhos. Aloysio Nunes Ferreira, hoje chanceler, sobre seu amigo Paulo Preto, no Roda Viva Da Redação O Palácio dos Bandeirantes está nervoso. É que Paulo Vieira de Souza, o Paulo Preto, chegou à Desenvolvimento Rodoviário S/A, a Dersa, pelas mãos de Geraldo Alckmin, em 2005, às […]

 

Nenhum Comentário escrever comentário »

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Deixe uma resposta