VIOMUNDO

FUP: Será que Murilo Ferreira presidiu Conselho de Administração da Petrobras para favorecer a Mitsui, parceira da Vale?

08 de janeiro de 2016 às 20h30

murilo e gaspetro

Um negócio da China, não do Japão!

Petrobrás contraria trabalhadores, Justiça e especialistas com a venda de 49% da Gaspetro 

do Primeira Mão, da Federação Única dos Petroleiros (FUP)

Ao apagar das luzes de 2015 a Petrobrás concretizou a venda de 49% da Gaspetro ao grupo japonês Mitsui.

A transação que é alvo de sérios questionamentos na justiça foi finalizada no dia 28 de dezembro pela ninharia de R$ 1,93 bilhão.

Os números do negócio evidenciam as suspeitas de que existem fatos obscuros envolvidos na venda de parte da subsidiária, já que segundo as estimativas feitas pelos bancos JP Morgan e Brasil Plural, os valores de 49% da Gaspetro estavam calculados em 1,3 bilhão de dólares, ou seja, 5,6 bilhões de reais.

Além disso, não é necessário ser economista ou especialista na área de gás e energia para compreender que a venda da Gaspetro representa uma grande perda para a Petrobrás.

Em 2014, a subsidiária obteve um lucro líquido de R$ 1,5 bilhão e, na média dos últimos quatro anos, até agora divulgados (2010 a 2014) o seu lucro ficou em R$ 1,4 bilhão.

Portanto, se a empresa mantiver a média histórica dos lucros anteriores, a abertura de 49% de seu capital pode levar à queda da metade da aquisição do lucro da Petrobrás, que em números representa cerca de R$ 750 milhões a menos nos cofres da companhia.

Outro fato que gerou a cobrança de suspensão da venda da Gáspetro, através de ação civil pública impetrada pela assessoria jurídica da FUP e, até mesmo do estado da Bahia, foi a “coincidência” em torno da nomeação de Murilo Ferreira ao Conselho de Administração da Petrobrás.

O diretor-presidente da Vale passou a ocupar a presidência do CA exatamente no período em que se espalharam as primeiras notícias sobre o possível “negócio do Japão”.

Para quem não sabe, a Vale é empresa parceira da japonesa Mitsui em uma série de empreendimentos.

Será possível que Murilo tenha presidido o Conselho de Administração da maior empresa de energia do país para garantir o favorecimento da japonesa?

Ação judicial da FUP

Em outubro de 2015, a assessoria jurídica da FUP impetrou uma ação judicial pedindo a paralisação da venda da Gaspetro, sob a pena de uma multa de R$ 1.000.000,00 (um milhão de reais) por dia de descumprimento.

O processo foi distribuído em 26/10/2015 sob o nº 0132025-80.2015.4.02.5101 e tramita na 28ª Vara Federal da seção judiciária do Rio de Janeiro.

A determinação da justiça é que a Petrobrás se manifeste no prazo de 72h, sobre os termos da inicial da ação, entretanto, este prazo passará a valer somente após a efetiva intimação judicial da empresa.

Leia também:

Aumenta o risco de um golpe militar na Venezuela 

Investigação VIOMUNDO

Estamos investigando a hipocrisia de deputados e senadores que dizem uma coisa ao condenar Dilma Rousseff ao impeachment mas fazem outra fora do Parlamento. Hipocrisia, sim, mas também maracutaias que deveriam fazer corar as esposas e filhos aos quais dedicaram seus votos. Muitos destes parlamentares obscuros controlam a mídia local ou regional contra qualquer tipo de investigação e estão fora do radar de jornalistas investigativos que trabalham nos grandes meios. Precisamos de sua ajuda para financiar esta investigação permanente e para manter um banco de dados digital que os eleitores poderão consultar já em 2016. Estamos recebendo dezenas de sugestões, links e documentos pelo [email protected]

R$0,00

% arrecadado

arrecadados da meta de
R$ 20.000,00

90 dias restantes

QUERO CONTRIBUIR
6 Comentários escrever comentário »

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Maurício do Carmo Ferreira

11/01/2016 - 09h40

Houve em outubro de 2015 a cisão de parte dos ativos da Gaspetro em favor da Petrobrás. Pelo comunicado da Petrobras ao mercado a Gaspetro seria uma holding das distribuidoras de gás. Assim, os ativos e passivos desta empresa estariam diminuídos em relação aos anos anteriores. Desse modo não se pode comparar os lucros advindos antes com os que virão.
http://www.investidorpetrobras.com.br/pt/comunicados-e-fatos-relevantes/fato-relevante-cisao-da-gaspetro

Responder

FrancoAtirador

09/01/2016 - 15h42

.
.
Digamos, eufemisticamente em Linguagem da Mídia dos Mercados,
.
que a Nomeação do Tucano-Faz-Tudo foi ‘só para facilitar o Negócio’.
.
.

Responder

Nelson

09/01/2016 - 13h37

Os governos do PT parecem querer fazer de tudo para ficarem iguaizinhos aos do PSDB.

Lamentável, deprimente.

Responder

Assim Falou Golbery

09/01/2016 - 02h18

o petismo apenas exerce o seu legítimo direito e obrigação de fazer privataria tal qual fizeram os tucanos

Responder

LUIZ

08/01/2016 - 22h38

Cada dia me convenço mais que as conquistas dos trabalhadores em anos tão dificies pelos quais passamos: arrocho, desemprego, inflação, desmanche estatal e outros negociatas escandalosas não investigadas no período PT – agora louco é quem acredita que vai sobrar alguma coisa pro futuro se não impostos e falta de vergonha na cara.

Responder

Deixe uma resposta