VIOMUNDO
O VIOMUNDO só é possível também através de anunciantes, e detectamos que você utiliza um AdBlock, bloqueador de anúncios.
Por favor considere ajudar o VIOMUNDO desativando o bloqueador para este site.

Ao vivo, STF retoma julgamento de Eduardo Cunha

02 de março de 2016 às 15h10

O livro da blogosfera em defesa da democracia - Golpe 16

Golpe 16 é a versão da blogosfera de uma história de ruptura democrática que ainda está em curso. É um livro feito a quente, mas imprescindível para entender o atual momento político brasileiro

Organizado por Renato Rovai, o livro oferece textos de Adriana Delorenzo, Altamiro Borges, Beatriz Barbosa, Conceição Oliveira, Cynara Menezes, Dennis de Oliveira, Eduardo Guimarães, Fernando Brito, Gilberto Maringoni, Glauco Faria, Ivana Bentes, Lola Aronovich, Luiz Carlos Azenha, Maíra Streit, Marco Aurélio Weissheimer, Miguel do Rosário, Paulo Henrique Amorim, Paulo Nogueira, Paulo Salvador, Renata Mielli, Rodrigo Vianna, Sérgio Amadeu da Silveira e Tarso Cabral Violin. Com prefácio de Luiz Inácio Lula de Silva e entrevista de Dilma Rousseff.

Compre agora online e receba na sua casa!

2016-12-09-PHOTO-00000295
09 - dez 0

Moro escrachado na Alemanha; veja as fotos

Na Universidade de Heidelberg, na Alemanha “Lava Jato não é parcial”, diz Moro da Deutsche Welle Em palestra sobre corrupção na Alemanha, juiz federal diz que operação não é influenciada pelo jogo político. Moro chama de “infeliz” foto em que aparece rindo com Aécio Neves, mas ressalta que senador não é investigado. Entre aplausos e vaias, […]

 

4 Comentários escrever comentário »

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Julio Silveira

03/03/2016 - 16h23

Eu só quero saber quando o meliante vai ter que responder nas barras da justiça. Ou a justiça brasileira é como o sistema moro?

Responder

FrancoAtirador

02/03/2016 - 18h30

.
.
Milhões de BraSileiros 6 x 0 Milhões de Cunhas
.
Por enquanto, votaram pelo Recebimento da Denúncia
e, por conseqüência, pela Instauração da Ação Penal
contra o Deputado Federal Eduardo Consentino Cunha:
.
Teori Zavascki (Relator)
Carmem Lúcia
Luís Roberto Barroso
Luiz Edson Fachin
Marco Aurélio Mello e
Rosa Weber
.
Já há, portanto, Maioria Absoluta do Pleno do STF
.
(http://www.stf.jus.br/portal/cms/listarNoticiaUltima.asp)
.
.

Responder

FrancoAtirador

02/03/2016 - 15h43

.
.
Ex-Procurador-Geral da República (PGR),
Antônio Fernando de Souza, hoje advogado,
faz a Defesa de Eduardo Cunha no STF.
.
Em 2006, Souza, então o PGR, ofereceu, no Supremo,
a Famigerada Denúncia Midiática contra 40 Pessoas,
no Caso Apelidado de Mensalão por Roberto Jefferson.
.
.
Quase 10 anos depois, o homem que ficou famoso pela denúncia que iniciou o julgamento do mensalão retorna ao STF (Supremo Tribunal Federal) na condição de advogado de um dos principais personagens do escândalo da Lava Jato.
.
O ex-procurador-geral da República Antônio Fernando de Souza é um dos advogados do presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), suspeito de receber propina do esquema investigado pela Operação Lava Jato. Cunha nega as acusações.
.
Nesta quarta-feira (2), o STF iniciou o julgamento que decidirá se o presidente da Câmara será ou não réu do crime de corrupção e lavagem de dinheiro.
.
Depois da aposentadoria, em 2010, Antônio Fernando decidiu seguir a carreira de advogado
e virou sócio do escritório Garcia de Souza Associados, com sedes em Curitiba e em Brasília.
.
Legalmente, não há nenhum dispositivo legal que impeça Souza de advogar
para quem quer que seja. Mas a decisão de defender Cunha (seu cliente mais famoso até agora)
causou estranheza ao deputado federal Ivan Valente (PSOL-SP),
um dos responsáveis pela ação que pede a cassação do presidente da Câmara
por quebra de decoro parlamentar:
.
“Eu acho que alguém que passou pela PGR tem o direito de exercer a profissão,
mas nesse caso, como ex-representante da PGR, inclusive no caso do mensalão,
eu acho que ser advogado de uma figura como Eduardo Cunha é indefensável.
Eu acho que é contraditório e incoerente”, diz Ivan Valente.
.
Antônio Fernando não é o único advogado de Cunha,
mas pessoas ligadas ao estafe do presidente da Câmara
afirmam que ele é o principal estrategista da defesa feita ao STF.
.
UOL/FOLHA.
.
.

Responder

Deixe uma resposta