VIOMUNDO

Advogados de Lula vão denunciar campanha de O Globo à OAB

18 de fevereiro de 2016 às 22h34

MST - Lula 2Nota de esclarecimento

A reportagem publicada na data de hoje (18/02/2016) pelo jornal “O Globo” (“Caseiro dá telefone de advogado de Lula como contato de dono de sítio”) dá sequencia à ardilosa campanha que busca interferir na atuação dos advogados do escritório Teixeira, Martins & Advogados.

Esses advogados subscrevem ações judiciais contra o diário e alguns de seus jornalistas em favor de clientes que foram vítimas de notícias falsas e manipuladas.

Dois exemplos recentes deixam clara essa indevida campanha promovida pelo jornal: (a) em 30/01/2016, “O Globo” mentiu ao afirmar que o escritório Teixeira, Martins & Advogados teria sido remunerado por serviços advocatícios prestados ao Grupo Odebrecht.

Não haveria qualquer óbice para a prestação de tais serviços, mas “O Globo” pretendia, com tal afirmação, deixar implícita ligação, por meio de advogados, do ex-Presidente Luiz Inácio Lula da Silva ao referido grupo empresarial.

Após ser desmentido — pois o escritório provou ter litigado contra o Grupo Odebrecht, com resultado favorável à sua cliente –, o jornal publicou apenas uma discreta “correção”; (b) em 16/02/2016, “O Globo” fez nova investida contra o escritório  Teixeira, Martins & Advogados, desta vez por meio de coluna assinada  por Lauro Jardim. O diário buscou interferir em julgamento de processo  patrocinado pelo escritório no STJ estabelecendo inexistentes vínculos  entre casos, clientes e terceiros, em uma clara tentativa de  constranger os julgadores do processo. Mais uma vez a farsa foi demonstrada por meio de nota.

Com esse reprovável histórico, na data de hoje o jornal pretendeu escandalizar, por meio de manchete, que o caseiro do “Sítio Santa Bárbara”, em Atibaia (SP), teria fornecido o número do sócio Cristiano Zanin Martins a agentes da Polícia Ambiental de São Paulo, afirmando  que “caseiro de sítio indica advogado de Lula como contrato do proprietário”.

O jornal parte mais uma vez de falsas premissas. Os advogados do Teixeira, Martins & Advogados atuam na defesa do ex-Presidente, o que  é público, como também atendem a centenas de outros clientes, não sendo correto restringir a atuação do sócio Cristiano Zanin Martins como “advogado de Lula”.

É preciso registrar que o número celular supostamente indicado aos agentes não é privado do referido sócio, mas, sim, de uso do escritório Teixeira, Martins & Advogados, tratando-se de linha corporativa. Como já publicado inúmeras vezes, o Teixeira, Martins & Advogados prestou assessoria jurídica a Fernando Bittar e Jonas Suassuna na compra do “sítio Santa Bárbara” e, também, em estudos jurídicos envolvendo a propriedade.

Nada mais natural que o caseiro disponha de um número de contato do escritório, especialmente considerando a pressão diária da mídia sobre seus então clientes.

Igualmente na condição de advogados do Sr. Luiz Inácio Lula da Silva, não haveria qualquer óbice de constar um número de celular do Teixeira, Martins & Advogados na portaria do mencionado sítio, pois o ex-Presidente também já reconheceu frequentar o local em dias de descanso.

O fato de haver a indicação de um número vinculado a um escritório de advocacia não tem o condão de transferir a propriedade de um imóvel a quem não é dono.

Seria preferível que o jornal “O Globo”, ao invés de promover verdadeira campanha objetivando interferir indevidamente na atuação dos advogados do Teixeira, Martins & Advogados, apenas se restringisse a esclarecer os graves fatos recentemente revelados pela imprensa livre no tocante ao imóvel triplex situado no município de Paraty (RJ) em nome da Agropecuária Veine Patrimonial Ltda., atribuída aos proprietários do diário.

Esse indevido tratamento dispensado aos advogados do Teixeira, Martins & Advogados viola prerrogativas funcionais previstas na Lei 8.906/94. O assunto será levado oficialmente ao Presidente da Ordem dos Advogados do Brasil, Dr. Claudio Lamachia, em audiência já marcada para o dia 25/02/2016.

Roberto Teixeira e Cristiano Zanin Martins

Leia também:

Tratamento distinto para duas Mirians

 

5 Comentários escrever comentário »

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

José João Do Nascimento

20/02/2016 - 02h03

Esta maldita quadrilha está calando o Brasil pelo amor de Deus alguém faz alguma coisa a justiça está comendo dos ditador maldito nazistas miserável servidores de Satanás mas o próprio Satanás vai destruir eles com a graça de Deus

Responder

Urbano

19/02/2016 - 20h13

Se não é coma, não é cadáver, não é acefalia nem dano profundo da vista e da oiça; sei não… Sem contar quem seja o plantonista…

Responder

Luiz Carlos Soares de Oliveira

19/02/2016 - 18h08

Gostei da matéria. Achei muito valiosa e esclarecedora de quem é quem. Disso se infere da grande armação que se faz no Brasil de tempos em tempos. O que ocorreu com getúlio Vargas, tentaram agora, contra o PT. Mas parece que, desta vez, tudo está dando errado. Essa banda podre obcecada pelo poder e sem base política decente, está sempre pronta para dar o golpe. E o pior, pregam a democracia, tentam demonstrar que a atuação é republicana etc. mas tudo de maneira dissimulada. Está na hora de punir esses bandidos que sempre venderam o país e atuaram em causa própria

Responder

Mauricio Gomes

18/02/2016 - 23h45

Pau nos mafiosos! Com essa escumalha golpista tem que ser assim, não dá para dialogar com essa matilha de fascistas raivosos. A propósito, dois parlamentares do PT lavaram a alma da esquerda hoje. O deputado Paulo Pimenta questionou a parcialidade do Dr. “não vem ao caso” no escândalo da “Paraty House”, já o Senador Lindberg atacou o MP-PSDB-SP e a tucanalha, que nunca é investigada por nada. O Aloysio “300 mil” teve a cara de pau de dizer que todos são investigados em SP, independente do partido. Essa foi a piada do ano, basta ver o que ocorreu com o escândalo do Trensalão que repousa nas gavetas do procurador De Grandis….

https://vimeo.com/155864466

https://vimeo.com/155871319

Responder

    Bonobo de Oliveira, Severino

    19/02/2016 - 04h56

    Ainda que seja com anos de atraso e com excessivo cuidado nas palavras que deveria caracterizar abertamente o desvio de função e partidarismo dos servidores canalhas associados em forma de quadrilha com os criminosos da mídia, ainda assim, é alvissareiro ver alguém desse partido, que não seja o alvo, que fala, manifestando-se sobre a degradação generalizada dos órgãos (chamados) de controle, que estão virando milicia político partidária. Aleluia!!

Deixe uma resposta