Antes de comer frutas e hortaliças, você higieniza-as certo? Teste. A culpa de alguns “desarranjos” não é a comida do boteco!

por Conceição Lemes

“Quem vê cara, não vê coração”, diz o ditado popular. Em se tratando de legumes, verduras e frutas é a pura verdade.

Vê-las em supermercados e feiras enche os olhos.  Apetitosas, lindas e aparentemente limpas.  Só que, até chegar à sua mesa, as hortaliças passam por diversas situações capazes de comprometer-lhes a segurança.

A começar pelo plantio. Que garantia se tem de que foram irrigados com água de boa procedência? E de que os seus colhedores lavam as mãos após ir ao banheiro?

Depois no depósito. Qual a certeza de que ratos, baratas e outros animais não passaram por cima, urinaram e defecaram? E de que os funcionários que os manipulam são asseados? E de que feirantes, repositores de supermercado e clientes não deixaram nesses alimentos bactérias, fungos e vírus, já que os manuseiam o tempo todo?

“Se filmássemos às escondidas a trajetória das hortaliças”, previne a a nutricionista Celeste Elvira Viggiano, da Supervisão de Vigilância em Saúde da Prefeitura de São Paulo, “vocês teriam surpresas desagradáveis.”

Arghr… Calma, tem jeito! O que fazer?

Bem, primeiro um teste. É simples. Antes de comer frutas, verduras e legumes, é hábito na sua casa passar todos esses alimentos:

a) Apenas na água corrente?

b) Na água corrente e depois deixá-los em solução de água e vinagre?

c) Na água corrente e depois deixá-los em solução de água mais água sanitária?

d) Na água corrente e depois deixar apenas as verduras em solução de água mais água sanitária?

“Se você cravou c, mantenha o hábito”, aplaude Celeste, que também é mestre em Saúde Pública pela Faculdade de Saúde Pública da USP.

Já se o costume é uma das demais alternativas, ela alerta: “Você e sua família correm o risco de consumir alimentos contaminados por microorganismos e terem problemas gastrintestinais”.

Os sintomas mais freqüentes são diarréia, vômito, dor abdominal e náusea. Eles podem ocorrer desde meia hora após o consumo até dias, dependendo do agente patogênico causador.

Moral da história: alguns daqueles “desarranjos”, que muitas vezes atribuímos à comida do boteco, restaurante ou da lanchonete, decorrem de erros de higienização de hortaliças em nossa própria cozinha.

COMO HIGIENIZAR ADEQUADAMENTE AS HORTALIÇAS

— Ah, mas isso a gente já sabe fazer!!! — já sei que alguém acaba de dizer.

— Tem certeza de que faz corretamente?Faz isso toda vez ou às vezes passa batido?

Passar as hortaliças apenas na água corrente é insuficiente, a menos que, depois, elas sejam cozidas, assadas ou fritas. A água corrente elimina unicamente as sujeiras aparentes – terra, larvinhas.

Já água com vinagre faz essas sujidades se desprenderem mais facilmente.  Só isso.

Exceto o processo de cocção, nenhuma dessas condutas mata os microorganismos presentes em verduras, cascas de legumes e frutas e que são invisíveis a olho nu. Os microorganismos que não alteram textura, sabor e cheiro do alimento são os mais nocivos à saúde. Pior. Ao cortar as hortaliças, a faca — isso mesmo, a faca! — leva os microorfanismos para a parte comestível.

Por isso a única maneira de prevenir problemas gastrintestinais é submeter aquelas que serão consumidas cruas à higienização com água sanitária (a 2% ou 2,5% de cloro ativo) ou hipoclorito de sódio (em gotas, distribuído em postos de saúde e à venda em farmácias).

O processo deve ser feito antes de verduras, frutas e legumes irem para a geladeira:

* Passe o alimento na água corrente. É para limpá-lo.

* Faça uma solução de água com água sanitária. Para cada litro de água use uma colher de sopa de água sanitária. No caso do hipoclorito de sódio, siga a orientação do fabricante. Misture bem.

* Coloque as hortaliças nessa solução. Deixe por 15 a 20 minutos. Escorra.

* Passe, de novo, o alimento na água corrente, para retirar eventual resíduo do produto. Está pronto para ser consumido.

A propósito. Substitua a tábua de madeira (microorganismos se acumulam nos orifícios) pela de plástico (lavável e não junta sujidades).

Lave a pia com água e detergente toda vez que manipular hortaliças. Portanto, olho na cozinha. É questão de segurança alimentar.