VIOMUNDO
O VIOMUNDO só é possível também através de anunciantes, e detectamos que você utiliza um AdBlock, bloqueador de anúncios.
Por favor considere ajudar o VIOMUNDO desativando o bloqueador para este site.
Cartas de Minas

Será que eu estou delirando?

03 de agosto de 2017 às 12h43

O impensável pode acontecer: a Globo se aliar à esquerda.

Este é um dos cenários que se apresentam, após a peleja de Temer contra Janot, os Marinho e parte do PSDB.

Sim, todos os outros atores são meros figurantes.

Ouso arriscar uma ficção, mas que é bem plausível.

Temer, cheio de si e com o Congresso no bolso, decide prorrogar seu mandato.

Como sua rejeição popular é enorme, e não contará com cenário econômico favorável em 2018, em nome da governabilidade, pede aos parlamentares para apreciarem uma prorrogação de mandato.

A manobra, considerada descarada pela a mídia, faz o clamor popular aumentar.

Temer então sai em busca de um inimigo que una o país.

Encontra na vizinha Venezuela, de caso com a Rússia, seu melhor rival.

Aceita abrir o território ao Grande irmão do Norte, em troca de dinheiro e de crescimento econômico.

Com medo da instabilidade, a sociedade se mobiliza contra o “comunismo”.

Exemplo típico e de farto registro histórico: a política do choque e do medo.

Com o aumento das tensões, a sociedade delega ao Estado o poder de operar pelas armas, em defesa da Soberania Nacional.

Com apoio militar, político e popular Temer se impõe e passa a atacar seus inimigos, entre eles a famiglia Marinho, que apela aos progressistas e à esquerda contra o novo ditador.

Na iminência do caos, a resistência se alinha à Globo e à parte do empresariado nacionalista, em torno de uma “causa maior”.

Os que são contra este alinhamento são perseguidos como inimigos da pátria e passam a ser taxados inclusive de “temeristas”.

Entra em cartaz o teatro do absurdo.

Perseguições, desaparecimentos, supressão das liberdades, tortura e crimes.

E o impensável acontece.

Espero que tudo isso seja apenas um delírio persecutório.

19 - out 1

A verdadeira revolução

 É sexual

16 - out 1

Sobre asas e gaiolas

Ideia do Edgar

11 - out 1

Reflexão antecipada

Ou será fora de hora?

 

2 Comentários escrever comentário »

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Edgar Rocha

04/08/2017 - 00h57

Bota delírio nisto, colega. Pois,se tudo que a Globo deseja é a presença americana no país, como é possível pensa que neste quadro que sairá perdendo é a platinada? Mais fácil pensar que uma das condições para se ter apoio gringo seja manter a estrutura dos meios d comunicação intacta, já que esta sempre serviu a interesses externos. Temer passa a ser o queridinho da imprensa numa boa, desde que promova a interferência do norte em solo brasileiro. Acordos deste tipo também são amplamente registrados. Seria o famoso pé em cada canoa. A Globo faz isto muito bem.
Neste caso, o risco é todo do Temer. Não interessa quem governe, desde que faça que a Globo ordena. Se bobear, ele pode até virar a rainha da Inglaterra.

Responder

Patrick

03/08/2017 - 16h44

Faz sentido, mas Temer & Cia são muito incompetentes pra uma tarefa desse tamanho.

Responder

Deixe uma resposta